Arquivo de tag Violência

Goleiro brasileiro morre após ser atropelado por ônibus em Recife

João Henrique Pedrosa, conhecido como Biscoito, tinha 21 anos e defendia o Íbis

O Hospital da Restauração de Recife, confirmou nesta segunda-feira (25) a morte do goleiro João Henrique Pedrosa, conhecido como Biscoito. O jogador tinha 21 anos, defendia o Íbis e estava internado no local desde a última sexta-feira (22), quando foi atropelado por um ônibus da empresa Metropolitana. Ele costumava treinar fora de época, nos campos da orla da praia do Pina, na Zona Sul da capital pernambucana.

De acordo com o Globoesporte.com, os treinamentos do Íbis seria retomados nesta segunda, após uma pequena pausa para a disputa da Copa, mas foram cancelados em função da tragédia. O enterro do arqueiro acontecerá nesta terça-feira (26).

“Ele era um menino dedicado e se cuidava por si próprio. Ficava treinando por conta própria, sempre gostava de se cuidar. Tanto que estava indo treinar no momento do acidente. Jogou conosco a temporada de 2017 e tinha passado pela divisão de base do Sport e pelo Afogados da Ingazeira Futebol Clube. Estamos muito tristes com essa tragédia”, disse Ozir Ramos Junior, presidente do Íbis.

Biscoito chegou a Íbis em 2017 para disputar a Série A2 do Pernambucano.

A empresa de ônibus emitiu uma nota lamentando o acidente, se colocou à disposição das autoridades e disse estar em contato com os familiares do goleiro.

“A Empresa Metropolitana lamenta o acidente ocorrido na última sexta-feira (22/06), e esclarece que o motorista envolvido na ocorrência respeitou os procedimentos internos, prestando o socorro às vítimas e acionando os órgãos responsáveis para pronto atendimento e encaminhamento médico dos mesmos. A empresa esclarece que está em contato com as famílias prestando toda a assistência necessária. A Metropolitana está à disposição para colaborar com as autoridades competentes e aguarda análise final do caso”.

 

Com Notícias no Minuto

Childish Gambino – This Is America

Jornalistas do Grupo Jornal do Comércio criam projeto de monitoramento de feminicídios em Pernambuco

As jornalistas Juliana de Melo e Ciara Carvalho coordenam um grupo de profissionais do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) que faz o mapeamento de mortes violentas sofridas por mulheres em Pernambuco. As apurações do projeto #UmaPorUma começaram em janeiro e desde o fim de abril vêm contando as histórias de cada mulher assassinada, e acompanhando o andamento dos casos na Justiça.

“A pauta do feminicídio sempre esteve em nosso dia a dia. A sensação que cada uma de nós tinha é que fazíamos o dia, mas não dávamos continuidade. Ficava sempre a sensação de que poderíamos ter feito mais”, disse Melo, editora do portal NE10, ao Centro Knight.

A compilação dos dados acontece por meio de informações publicadas em veículos de comunicação e em acordo de cooperação com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

“Sabíamos que se ficássemos só com nosso monitoramento de mídia, poderíamos deixar alguma mulher de fora. Chamamos o secretário de Defesa Social à redação, explicamos como seria o projeto e uma vez por mês estamos recebendo os dados oficiais do governo. Eles são mais um indicativo de que estamos no caminho certo, porque toda a apuração é feita por nós, pois não daria tempo de esperar os dados oficiais. E está sendo de grande valia, porque cruzamos os dados de nossa apuração com o que vem das fontes oficiais e não deixamos passar nenhum caso”, explicou Melo.

De acordo com o levantamento feito até aqui, 77 mulheres foram assassinadas no Estado entre janeiro e março. A previsão é que o projeto se encerre em janeiro de 2019 com o balanço dos feminicídios de 2018. Veja abaixo o vídeo de apresentação.

Da redação com Portal IMPRENSA