Arquivo de tag Três

porpjbarreto

Extorsão: Após publicação de fotos íntimas nas redes sociais do prefeito de Cajazeiras, primeira-dama acusa três mulheres de chantagem

Sem citar nomes, mas declarando ter conhecimento e total discernimento sobre a problemática que envolveu seu esposo, o prefeito de Cajazeiras – José Aldemir Meireles (PP) no tocante à publicação de fotos pessoais, onde o gestor aparecia em momentos íntimos com uma mulher, a deputada estadual e primeira-dama de Cajazeiras, Dra. Paula Francinete revelou que três mulheres estão fazendo chantagem para obter vantagem financeira, utilizando desse expediente.

A deputada não descreveu com todas as letras, os nomes das possíveis mulheres, que estão tentando extorquir o prefeito – porém, tudo leva a crer que uma delas é a ex-amante e as demais, duas ex-servidoras exoneradas recentemente pelo chefe do executivo cajazeirense. Esses são os comentários entre servidores públicos municipais, grupos de WhatsApp e redes sociais no momento. Vale ressaltar que extorsão é crime tipificado no artigo 158 do Código Penal Brasileiro

Abaixo, Dra. Paula diz como está se sentindo e que não vai deixar destruir uma vida política com Zé Aldemir de (trinta e três) anos.

 

Redação

porpjbarreto

Fest Aruanda anuncia curtas selecionados para 2019, três são da Paraíba

Alto nível dos trabalhos foi observado pelo comitê organizador

A organização do 14º Fest Aruanda anunciou a lista com os curtas-metragens selecionados da edição 2019. Diferente do ano passado, serão 14 filmes que disputarão os troféus Aruanda, com destaque para três curtas produzidos na Paraíba.

Para o comitê de seleção, formado pelos jornalistas Amilton Pinheiro (curador do Fest Aruanda), Suyene Santos (professora universitária e do blog Bangalô Cult) e Clarissa Kushinir (colaboradora da revista Preview, de SP), o altíssimo nível dos trabalhos inscritos foi um importante, digno de registro.  “A seleção de curtas me surpreendeu no aspecto de linguagem e qualidade. Foi uma escolha difícil, em meio a tantos filmes bons, independente do engajamento”, assinalou Kushinir.
Já para Suyenne Santos, mesmo passando por um momento delicado, as produções artísticas no Brasil resistem a todas as adversidades. “No cinema, vemos uma produção pulsante, plural e que chama a atenção pela qualidade técnica, pela abordagem de temas pertinentes e pela preocupação em dialogar com o público, comentou. Para ela, é possível observar isso em boa parte das produções audiovisuais inscritas nessa edição do Aruanda, o que tornou, segundo ela, um “trabalho de curadoria prazeroso e ao mesmo tempo difícil na hora de escolher os selecionados”.

Quem também chamou a atenção foi a produção paraibana. O curador Amilton Pinheiro, ao lado do produtor Lúcio Vilar, decidiu instituir, nesta edição, uma mostra que reunirá apenas curtas locais. “Ao consideramos essa excepcionalidade da prata da casa, decidimos criar uma mostra exclusiva que contemplará os três selecionados pra competitiva nacional, mais cinco filmes que ficaram de fora da mesma”, disse Amilton.

Quanto a maiores detalhes sobre essa novidade ‘aruandeira’, público e realizadores terão que esperar até a próxima quinta-feira (31), data em que será realizada uma coletiva de imprensa e quando serão anunciadas a nova leva de cinco produções com sotaque paraibano.

O 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro acontecerá entre os dias 28 de novembro e 4 de dezembro, no Manaíra Shopping, em João Pessoa. O evento é patrocinado pela Energisa (Usina Cultural) e Armazém Paraíba via Lei Federal de Incentivos – Ministério da Cidadania (com chancela da UFPB).

Confira a lista dos curtas selecionados para Mostra Competitiva Nacional: 

1- “Um Café e Quatro Segundos” de Cristiano Requião- Ficção- São Paulo/SP
2- “Um Grande Amor de Um Lobo” de Kennel Rogis é Adrianderson Barbosa – Documentário- São Miguel do Gostoso/RN
3- “Gravidade” de Amir Admoni- Animação- São Paulo/SP
4- “Nadir” de Fábio Rogério – Documentário – Aracaju/SE
5- “De Longe Ninguém Vê o Presidente” de Rená Tardin – Documentário – Rio de Janeiro/RJ
6- “Nervo” de Pedro Jorge  e Sabrina Maróstica – São Paulo/SP
7 – “Balão Azul” de Alice Gomes – Ficção – Rio de Janeiro/RJ
8 – “Um” de Daniel Kfouri e João Castellano – Documentário – São Paulo/SP
9 – “Travelling Adiante” de Lúcio Branco – Documentário – Rio de Janeiro/RJ
10 – “Nuvem Negra” de Flávio Andrade – Ficção – Petrolina/PE
11 – “Apenas o Que Você Precisa Saber Sobre Saber Sobre Mim” de Maria Augusta V. Nunes – Florianópolis/SC
12 – “Quitéria” de Tiago A. Neves – Ficção – Campina Grande/PB
13 – “Brasil-Cuba” de Bertrand Lira e Arturo de la Garza – Documentário – João Pessoa/PB
14 – “No Oco do Tempo” de Antonio Fargoni – Ficção – Cabaceiras/PB.

Assessoria de Imprensa