Arquivo de tag Transposição

porpjbarreto

Após oito meses de silêncio sobre o corte no abastecimento da Transposição a PB, Romero/Enivaldo se manifestam

Incoerência? A assessoria do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) e de seu vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP) enviaram um comunicado onde anunciam que nesta segunda-feira (18), vão integrar uma comitiva para visitar a chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco, no eixo leste, na cidade de Monteiro. Ocorre que o Governo do presidente da República Jair Bolsonaro, foi é responsável pelo desligamento do bombeamento deste eixo que abastece, entre outros mananciais, o Açude de Boqueirão, interrompido desde 22 de fevereiro deste ano. Portanto nesses quase oito meses não há registro de cobrança do prefeito de Campina a Bolsonaro pela volta do abastecimento, o que ocasionou o açude de Boqueirão, responsável pelo fornecimento de Campina Grande e outras 19 cidades chegasse hoje (18), a 17,2% de sua capacidade.

A interrupção do bombeamento do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco, completou nesta segunda-feira (18.11) quase oito meses de paralisação. Decisão esta mantida neste referido período pelo presidente Jair Bolsonaro e não questionada por aliados, como o prefeito Romero e seu vice Enivaldo. O bombeamento só recebeu o aval de Bolsonaro, dois dias após a libertação do ex-presidente Inácio Lula da Silva, em visita que o chefe do executivo nacional fez a Campina Grande, para entregar a obra do Conjunto Aluízio Campos que teve como madrinha a ex-presidente Dilma Rousseff.

Durante esses oito meses de paralisação do bombeamento ao açude de Boqueirão, responsável pelo abastecimento da Rainha da Borborema e outras 19 cidades, não há registros na imprensa por parte de Romero e Enivaldo de cobranças ao Governo Federal para volta do bombeamento. Veja detalhes: https://correiodaparaiba.com.br/geral/transposicao-do-rio-sao-francisco-esta-a-70-dias-sem-agua/

Em 2018, Romero defendeu abertamente a manutenção do racionamento na Rainha da Borborema, decisão essa não acatada pelo Governo do Estado, que mostrou dados da elevação do nível do manancial que estava sendo abastecido pelo eixo leste da Transposição e pelo período chuvoso. Boqueirão tinha até o dia (18.11.2019), 80.319.885 milhões de metros cúbicos, o que equivale a 17,2% de sua capacidade que é de 466 milhões de m³

 

Redação com PB News

porpjbarreto

Deputados da Paraíba e de Pernambuco se reúnem em Recife para traçar ações conjuntas em relação às obras da transposição do Rio São Francisco

Os deputados estaduais Jeová Campos (PSB), da Paraíba e, o deputado pernambucano, Antônio Fernando (PSC), que integram a Frente Interestadual em Defesa da Transposição, se reuniram nesta terça-feira (12), em Recife, para definirem as próximas ações da Frente. Uma das decisões é que os parlamentares vão pleitear uma participação no Fórum dos Governadores do Nordeste, nos próximos dias, e também terão uma nova agenda em Brasília.

“Precisamos retornar a Brasília para saber como ficou a montagem do orçamento para 2020, em relação a transposição do Eixo Norte, e também a questão do terceiro ramal, o Ramal do Piancó. Essa viagem deverá acontecer, ainda este mês”, disse Jeová, lembrando que para tratar dessa pauta, uma audiência já foi solicitada pela Frente ao Ministério da Integração Nacional.

Sobre a participação da Frente no Fórum de Governadores, Jeová explica que é fundamental aglutinar forças tanto do poder executivo, quanto legislativo na busca da conclusão das obras da Transposição. “Essa é uma pauta que interessa ao Nordeste e, portanto, aos chefes do executivo também, de forma que quanto mais unidos, mais forças teremos para cobrar a conclusão das obras do Eixo Norte e do Terceiro Ramal”, finaliza Jeová.

Assessoria 

porpjbarreto

Transposição: MPF e MPPB recomendam liberação de água de Custódia/PE para Monteiro/PB

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendam à Secretaria Nacional de Segurança Hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) que, mediante devido monitoramento da barragem de Cacimba Nova, no município de Custódia/PE, proceda à liberação de água proveniente do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), no eixo leste/meta 3 L, para o canal da transposição em Monteiro/PB. A recomendação estabelece que a vazão de água não deve ser inferior a 0,8m³/s, visando garantir a mínima segurança hídrica à população do Cariri paraibano (alto curso do Rio Paraíba).

Na última quarta-feira (6), a procuradora do MPF, Janaina Andrade, e o 2º subprocurador de Justiça do MPPB, Alvaro Gadelha, realizaram visita ao longo do canal da transposição, indo até o açude Cacimba Nova, com apoio do Ministério Público de Pernambuco (Promotoria de Custódia) e do MPF no município de Serra Talhada/PE. Lá, os representantes do MP constataram que a situação de risco da barragem vem sendo equacionada pelo MDR.

“Foi realizada a instalação de pré-filtro invertido, com o intuito de retenção de material fino do corpo da barragem, tratando-se de uma macrodrenagem a jusante, retirando excesso de água do Riacho Maravilha, o que pode viabilizar um equilíbrio na operação do sistema do Pisf”, relatam os procuradores na recomendação, que foi expedida nesta quinta-feira (7/11).

Foi estabelecido o prazo de 10 dias, a contar do recebimento da recomendação, para que a secretaria do MDR se manifeste acerca do acatamento, ou não, de seus termos, indicando as razões técnicas em caso de impossibilidade de cumprimento do recomendado, ou encaminhando relatório de cumprimento da recomendação. Outras providências judiciais para solucionar questões relativas ao Pisf não são descartadas pelo Ministério Público.

 

Com informações e foto da Ascom/MPF