Arquivo de tag sessão especial

porpjbarreto

Convite: Câmara Municipal de Cajazeiras realiza nesta terça-feira (03), Sessão Especial em comemoração aos 25 anos do IFPB

A Câmara Municipal de Cajazeiras, por meio do seu presidente, o Vereador José Gonçalves de Albuquerque, convida toda sociedade cajazeirense e demais comunidades vizinhas, para uma Sessão Especial em comemoração aos 25 anos de fundação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPB, Campus de Cajazeiras.

Em atendimento à propositura do Vereador Jucinério Félix.

Data: terça-feira (03/12/2019)

Horário: 18 horas

Local: Auditório do IFPB – Campus Cajazeiras

 

Assessoria

porpjbarreto

Jeová Campos lembra da importância da resistência e luta durante sessão especial sobre os 40 anos do Centro de Educação da UFPB

Os 40 anos de atuação do Centro de Educação (CE) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) foram lembrados durante sessão especial realizada pela Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (21). Proposta pela deputada Cida Ramos (PSB), a iniciativa teve o objetivo de enaltecer o papel do Centro que nas últimas quatro décadas contribuiu com a educação na Paraíba. Logo na abertura da sessão, o deputado Jeová Campos (PSB), que secretariou os trabalhos, emocionou os presentes ao apresentar um vídeo com Luiz Gonzaga cantando ‘Para não dizer que não falei das flores’, de Geraldo Vandré, uma música que simboliza a resistência e luta do povo brasileiro em prol da democracia. “É preciso resistir e lutar para que direitos não sejam mais suprimidos, que a liberdade de expressão prevaleça, contra o sucateamento da Educação no país, contra essa política neoliberal”, disse o parlamentar.

“O Brasil precisa se unir contra o liberalismo econômico. Nosso inimigo não é Bolsonaro, ele é um fantoche deste processo. O nosso debate não é se ele é miliciano ou não. Cada um faça um juízo de valor sobre isso. Nosso debate é qual o projeto econômico, qual a repercussão nas diversas áreas que nós temos a oferecer a esse país para tirá-lo do encantoado deste momento. A música de Vandré já nos dá respostas: Bem vamos embora porque esperar não é saber…”, destacou o parlamentar.

A autora da propositura, deputada Cida Ramos, falou do orgulho de integrar os quadros da UFPB e enalteceu a importância do Centro na formação dos educadores. “O Centro de Educação da UFPB tem uma história de resistência e formação de quadros, pois foi responsável pela quase totalidade da formação e capacitação continuada dos educadores dos municípios paraibanos. São vários projetos de extensão, cursos de graduação e pós-graduação. Eu tenho muito orgulho de integrar os quadros da UFPB e de poder aqui homenagear um espaço que fomenta a Educação e Cultura de forma muito significativa”, disse a parlamentar.

O deputado Jeová Campos, que falou em seguida, destacou o papel da Educação na vida das pessoas e lembrou que ele próprio é um exemplo de mudança, a partir da formação educacional. “O que seria de mim se não fosse a Educação e não digo isso com vaidade. Um deputado, um professor e um advogado que já foi agricultor e vendedor de alho, que morou numa casa sem banheiro durante muitos anos, quem permitiu essa mudança foi a Educação”, disse Jeová, lembrando que o Centro de Educação já tinha o acolhido anos antes.

O parlamentar reiterou ainda a importância de comemorar os 40 anos dos Centros de Educação, não só da Paraíba, mas do país inteiro, mas, sobretudo entender esse momento e resistir. “Na saída da ditadura estavam nascendo os Centros, agora nós estamos precisando resgatar a soberania nacional e resistir. E preciso derrotar esse projeto que está curso no Brasil. O que fizeram com o Chile, em Honduras, no Paraguai, aqui com o golpe em Dilma e a prisão de Lula, depois na Bolívia, vão tentar fazer na Argentina também e tudo isso tem o dedo do imperialismo americano. É preciso resistir e para isso temos que nos agigantarmos em solidariedade, em irmandade, quebrando nossas diferenças para buscar um eixo comum que derrube o liberalismo econômico que está acabando com a previdência, com o SUS, com direitos adquiridos”, finalizou o parlamentar.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

Câmara Municipal de Cajazeiras realiza Sessão Especial nesta terça-feira (19), para debater o Dia da Consciência Negra

A Câmara Municipal de Cajazeiras, vai realizar nesta terça-feira (19), uma Sessão Especial em alusão ao Dia da Consciência Negra e debater sobre as questões que envolvem o tema.

A propositura foi do Vereador Rivelino Martins (PSB).

Local: Câmara Municipal de Cajazeiras

Horário: 18 horas

Data: 19 de novembro (terça-feira)

 

Assessoria

porpjbarreto

Convite: Câmara Municipal de Cajazeiras vai realizar Sessão Especial para debater sobre o Dia Mundial do Diabetes

A Câmara Municipal de Cajazeiras irá realizar logo mais à tarde, uma Sessão Especial para debater sobre o Dia Mundial do Diabetes, atendendo uma propositura da vereadora Léa Silva.

 

Data: terça-feira (12/11/2019)

Horário: 18:00 horas

Local: Câmara Municipal de Cajazeiras

porpjbarreto

Câmara Municipal de Patos realiza sessão especial pelos 50 anos de regulamentação da Fisioterapia e homenageia profissionais da área

Regulamentada no dia 13 de outubro de 1969, com o Decreto-Lei 938, a Fisioterapia se legitimou como profissão e completa, este ano, meio século de reconhecimento como uma Ciência da Saúde que estuda, previne e trata os distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, por traumas e por doenças adquiridas. E foi para homenagear profissionais da área e enaltecer a importância do fisioterapeuta e marcar os 50 anos do reconhecimento da atividade que a Câmara Municipal de Patos realizou, na noite desta quarta-feira (30), uma sessão especial, que foi conduzida pela presidente da Casa, a vereadora Tide Eduardo. A diretora geral do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, Liliane Sena, profissional formada em 2007, pela UFPB, foi uma das homenageadas.

Em seu discurso, Liliane destacou a importância e diferença que faz um fisioterapeuta na equipe interdisciplinar e enalteceu a necessidade dos profissionais irem além do reabilitar. “Nós não apenas reabilitamos as pessoas, somos promotores de saúde também, por isso, digo sempre, principalmente, a quem está começando na profissão que é necessário sair dos ‘muros’ e enxergar além porque nossa profissão é ampla e múltipla”, disse ela, ressaltando o espaço aberto pelo SUS como excelente e principal campo de atuação da Fisioterapia, na atualidade. Em seu discurso, Liliane lembrou do professor Dailton Lacerda, como sendo um expoente de sua formação, e da mudança da grade curricular do curso que aperfeiçoou, ainda mais, a formação dos profissionais da área.

As cinco décadas de regulamentação da profissão, foi lembrada durante a sessão especial com homenagens a diversos profissionais da área, alguns dos quais, receberam Voto de Aplauso. Todos fizeram discursos onde destacaram os fundamentos da profissão, a finalidade de restaurar, desenvolver e conservar a capacidade física do paciente, abordaram a Fisioterapia no mercado de trabalho, bem como seus avanços e desafios.

Assessoria