Arquivo de tag PSB

porpjbarreto

Secretária de Estado Denise Albuquerque anuncia saída do PSB e diz que seguirá governador

Ela disse que pedirá em breve a desfiliação do PSB. Denise Albuquerque também revelou ter sido convidada por três partidos. Um deles foi o Avante.

A secretária de Desenvolvimento Humano da Paraíba e ex-prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, disse que vai acompanhar o governador João Azevêdo e também deixará o PSB. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (3).

Ela disse que pedirá em breve a desfiliação do PSB. Denise Albuquerque também revelou ter sido convidada por três partidos. Um deles foi o Avante, comandado pelo deputado estadual Júnior Araújo.

A secretária disse que conversará com João Azevêdo para escolher algum novo partido.

Com ClickPB

porpjbarreto

O PSB assumiu um compromisso de inclusão social e defesa da democracia que trará contribuições importantes para o Brasil afirma Jeová

O Congresso do PSB, realizado no Rio de Janeiro, nos dias 28, 29 e 30 últimos, segundo o deputado estadual Jeová Campos, traz contribuições importantes para luta em defesa da democracia e da soberana nacional. “O Partido, nas suas resoluções, foi categórico e assumiu um compromisso de inclusão social, do enfrentamento das desigualdades econômicos e uma posição de defesa do estado Democrático de Direito se colocando contra e combativo a essa política neoliberal do atual governo federal”, disse o parlamentar que participou da Conferência Nacional da Autorreforma do partido que contou com a participação de vários governadores, a exemplo de Paulo Câmara (PE) e Renato Casagrande (ES), e do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

“Posso afirmar, sem dúvida nenhuma, que o PSB marca um ponto importante nos rumos do Brasil com esse encontro. Agora, vamos para as ruas. Sair do laboratório, da formulação que foi o Congresso e vamos para a rua construir a auto reforma do PSB, para que o partido, efetivamente, se consolide como uma legenda de esquerda, socialista e comprometida com os mais pobres. Acredito que o PSB terá um importante papel a cumprir no próximo período do país. Vamos à luta”, disse o deputado que aproveitou o momento para divulgar as ações da Frente Parlamentar da Água e da Agricultura Familiar na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). “Apresentei o trabalho da Frente e recebemos muitos elogios pelas ações e iniciativa”, disse o parlamentar.

Assessoria 

porpjbarreto

Jeová apresenta trabalho da Frente Parlamentar da Água e da Agricultura Familiar na Conferência Nacional do PSB no Rio

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) está realizando nos dias 28, 29 e 30 de novembro, no Rio de Janeiro, uma verdadeira reestruturação de seu grupo, com o objetivo de captar propostas inovadoras de desenvolvimento sustentável para o Brasil. O deputado estadual Jeová Campos está participando da Conferência Nacional da Autorreforma do partido e afirmou, nesta sexta-feira (29), que tem vivido momentos importantes durante o evento, haja vista a troca de experiência e sua contribuição como presidente da Frente Parlamentar da Água e da Agricultura Familiar na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). “Apresentei o trabalho da Frente e recebemos muitos elogios pelas ações e iniciativa”, destacou o parlamentar.

De acordo com o parlamentar, que está integrando o eixo temático “Desenvolvimento e meio ambiente”, o debate no âmbito do grupo tem sido enriquecedor para todos. Desenvolvimento sustentável é uma das bandeiras políticas de Jeová. O deputado apresentou alguns projetos que estão sendo realizados na Paraíba e que se originaram em seu gabinete.

“Hoje aqui eu tive um momento muito prazeroso que foi trazer a experiência da Frente Parlamentar, com o deputado Buba, da Água e da Agricultura Familiar para o nosso grupo temático que trata da politica de desenvolvimento sustentável. Passamos a manhã toda debatendo a questão, inclusive, sobre a agricultura familiar”, disse ele. O deputado disse que ficou contente ao constatar que o PSB Nacional também está preocupado em fomentar o desenvolvimento dos pequenos arranjos produtivos, entre eles, a questão da agricultura familiar e a produção de alimentos mais saudáveis, livres de agrotóxicos.

Jeová frisou ainda sua satisfação com o PSB e chamou a atenção para a política (falta dela, na realidade) de combate aos agrotóxicos que o PSB vai fazer em 2020. “Isso pra mim é muito representativo, simbólico, saber que meu partido está preocupado com uma questão econômica fundamental que é a inclusão dos pequenos na economia e alimentos sem agrotóxicos, uma critica muito forte à liberação dos venenos e que projeto que o PSB vai defender na área é a agricultura orgânica, sem agrotóxico para melhorar a saúde do brasileiro. São milhares de pessoas aí morrendo de câncer”, finalizou o parlamentar, que retorna à Paraíba no domingo.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

Jeová Campos confirma presença na Conferência Nacional da Autorreforma do PSB no Rio de Janeiro a partir desta quinta-feira

O deputado estadual Jeová Campos (PSB) foi convidado e vai participar da Conferência Nacional da Autorreforma do PSB, que ocorrerá nos dias 28, 29 e 30 de novembro, no Rio de Janeiro. O parlamentar deve integrar um dos cinco grupos temáticos do encontro: Reforma política/Reforma do Estado; Desenvolvimento e Meio Ambiente; Políticas Sociais; Economia; e Socialismo e Democracia, sendo seu interesse o eixo “Desenvolvimento e Meio Ambiente”, tendo em vista seu trabalho como ex-presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), e a própria linha de atuação de seu mandato que defende o fomento a novos negócios.

O objetivo do deputado é conhecer as diretrizes e posição do partido e a linha ideológica do PSB Nacional em relação à politica econômica adotada pelo governo federal. Também durante a Conferência, os participantes vão debater e aprovar o documento-base para atualização do manifesto e do programa partidário. O texto será colocado em consulta pública para discussão nos estados e municípios, no próximo ano de 2020.

 “Será um momento importante do partido pois é preciso além de debater metas  e estratégias, se posicionar diante do atual cenário político-econômico do país e definir encaminhamentos, além de formular novas ou reafirmar antigas diretrizes do PSB. Eu, como representante do PSB na Paraíba, desejo me atualizar das questões propostas pelo meu partido e também espero contribuir para o debate no sentido de atualizar o manifesto do PSB e o próprio programa partidário que defendemos”, destacou Jeová.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

PSB vê PT isolado e critica estratégia do partido para eleições

“Ambos os extremos estão perdendo a racionalidade. Pior coisa que pode acontecer para a democracia é essa guerra que aparenta ser entre o bem e o mal. A polarização não é inteligente, está faltando bom senso”, afirmou à coluna o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

Enquanto o PT se reafirma, após o congresso partidário ontem, como líder exclusivo da esquerda contra Bolsonaro  o PSB abre outra frente em busca de espaço.

Vai realizar esta semana a Conferência Nacional de Autorreforma  para construir um discurso fora da polarização. Quer algo forte que encontre ressonância no eleitorado.

O PSB, como outros partidos que fazem oposição a Bolsonaro, não quer orbitar ao redor do PT. “Temos vida própria e uma história anterior de construção de esquerda no País”.

Exclusivismo

Siqueira critica a estratégia petista de candidaturas próprias para as eleições municipais do ano que vem, anunciada no Congresso do PT.

Entendo  que é direito deles,  mas essa via exclusivista não contribui para o momento de anormalidade democrática,  que pede ampliação de forças, unidade para evitar retrocessos.”

Para as próximas eleições municipais, o PSB pretende estar mais próximo do PDT, e conversa com PV e Rede.

Acredita que é possível estar com o PT, mas se este ficar mais aberto. “O PT está num indicativo isolacionista. Mas a vida não é de mão única. É preciso também apoiar para ser apoiado”.

No centro do debate do PSB está a crise do sistema partidário. A perda de força de legendas tradicionais para partidos esvaziados de quadros é o que leva o PSB a uma autoanálise.

Reestruturar passa diretamente por democratizar a participação, segundo Siqueira.

Consulta pública

O PSB procura agora se aproximar da militância e do eleitorado em geral com uma nova forma de se comunicar.  O partido, que chegou a estar perto da Presidência da República em 2014, tenta se reposicionar no cenário atual, ainda com o vazio deixado pela morte de Eduardo Campos.

Representantes do PSB explicam que o processo renovação passará por um ano de debates, que incluem consulta pública. Mas, de forma alguma – pensam em mudar a sigla.

A Conferência ocorre entre 28 e 30 de novembro, no Rio de Janeiro. Vai reunir cerca de 300 dirigentes do partido, parlamentares, gestores, representantes de movimentos temáticos, entre outros.

Durante o encontro, os participantes debaterão sobre o documento “Autorreforma do PSB – Subsídios para Elaboração do Programa Partidário (Provocação ao Debate)”. O texto foi elaborado com a contribuição de mais de 30 especialistas em suas áreas e aborda cinco eixos temáticos: reforma política; desenvolvimento, cultura e meio ambiente; políticas sociais; economia: prosperidade, igualdade e sustentabilidade; e socialismo e democracia.

Congresso em Foco
porpjbarreto

Três prefeitos do sertão podem deixar o (PSB) nos próximos dias

Os próximos dias são decisivos para os “girassóis”. Capítulos emocionantes desta história deverão surgir, protagonizados pelo atual governador, e o ex-governador da Paraíba. No Sertão, três prefeitos do (PSB) estão acompanhando com lupa todo esse imbróglio: Fábio Tyrone (Sousa), Chico Mendes (São José de Piranhas), e Gervásio Gomes (Bernardino Batista).

Internamente existe um acordo entre esses três mandatários para se deixarem o partido seja em bloco. A tendência é que a posição deles deverá ser em prol de João Azevedo. Os Prefeitos sertanejos não andam nada satisfeitos com essa contenta toda. E outra coisa mais, “governo é governo, se souber usar”, já dizia o ex-vereador sousense, Dário Formiga.

Porém, sobre tudo isso houve reação do deputado estadual, Lindolfo Pires (Podemos). “Lamento que isso esteja acontecendo dentro do PSB”; disse ainda, que uma tomada de decisão precipitada por parte do prefeito em deixar o partido seria precoce porque precisa ouvir qual é a orientação do governador, João.

Lindolfo deixou claro que essa condição de Tyrone, deixar ou não o (PSB) é preciso esgotar as possibilidades cabíveis.

Por fim, Fabio Tyrone deu declaração durante entrevista em Sousa, que torce ainda por uma união entre RC e JA, mas se isso não acontecer deverá tomar sua decisão a favor de João Azevedo.

Se Tyrone sair do (PSB) já há rumores de notícias dando conta que o ex-vice-prefeito de Sousa, Dr. Zé Célio poderia comandar o partido e já existe um convite nos bastidores.

 

Com informações de ReporterPB e Polêmica Paraíba