Arquivo de tag Preso

porpjbarreto

Polícia prende “Cangaceiro do PCC”, um dos criminosos mais procurados do país

‘Pintado’ foi detido quando passeava em Armação

Considerado um dos 30 criminosos mais procurados do Brasil, José do Carmo Silvestre, o ‘Pintado’, foi preso em Salvador nessa quinta-feira (30). Ele é suspeito de assaltar bancos e financiar o PCC (Primeiro Comando da Capital), maior facção criminosa do país.

Pintado chegou a ser um dos nomes cotados para figurar na lista de criminosos mais procurados do Brasil, divulgada também na quinta-feira, pelo ministro da Justiça Sérgio Moro. Ele foi preso horas antes da divulgação da lista e seu nome nem chegou a ser divulgado pela pasta. Até o momento, 26 criminosos fazem parte da listagem que, segundo o ministério, terá atualização frequente.

A captura de Pintado, que estava foragido há pelo menos 12 anos, foi resultado de uma operação conjunta envolvendo as polícias da Bahia, do Distrito Federal e de Goiás. No momento da prisão, o suspeito de 51 anos passeava pela capital baiana ao lado da esposa e filhos, quando foi surpreendido pela polícia.

Com ele foram apreendidos uma pistola, um carregador, munições, porções de maconha, documentos falsos e um veículo. Os materiais estavam em um flat, no Jardim Armação, onde o assaltante estava hospedado.

Segundo a polícia, Pintado recrutava pessoas para fazer grandes assaltos a bancos e transportadoras de valores e, depois, repassava parte desse dinheiro para o PCC. Acredita-se dentro da equipe que o investigava havia anos que Pintado participou do roubo à base da Prosegur no Paraguai, em 2017.

O apelido de ‘Cangaceiro do PCC’ tem a ver com a forma como ele planeja as ações, cercando e atacando pequenas cidades.

O suspeito está detido em Salvador e deve ser levado para uma penitenciária na Bahia ou em Minas Gerais, onde foi condenado por furto qualificado pela 3ª Vara Criminal de Sete Lagoas (MG). Naquela cidade, ele levou R$ 1,1 milhão de uma agência do Banco do Brasil, em 1999.

No entanto, segundo o UOL, pessoas ligadas à operação disseram que tentarão transferir Pintado para um dos cinco presídios federais do país.

Maiores do Brasil

O homem que é considerado “um dos maiores ladrões de bancos do país” tem 51 anos, o olho direito perfurado e 1,75 metro de altura. Pintado estava preso em 1994. Naquele ano, teve que ser internado para tratamento médico. Então, comparsas com fuzis e metralhadoras invadiram o hospital e o resgataram.

Em 19 de abril de 1999, fez o assalto em Sete Lagoas. Foram sequestrados os gerentes e caixas da agência do BB depois do expediente, de acordo com um relatório obtido pelo UOL.

Em 2005, foi preso em Salvador. Possuía US$ 20 mil em espécie, joias, rádios para comunicação e muitas armas: um fuzil 50, uma metralhadora calibre 30, uma pistola 9 milímetros, dois revólveres 38 e algemas.

Modus Operandi

Usar fuzis e metralhadoras são comuns em assaltos a bancos em que as cidades são sitiadas. No interior do Brasil, os bandidos cercam as unidades policiais e os bancos e fazem explosões para abrir caixas-fortes de bancos ou de empresas de transporte de valores.

De 2015 a 2017, houve dez roubos que obtiveram R$ 215 milhões apenas das chamadas bases-fortes. Pintado acabou fora da prisão novamente. Em 2008, foi expedido o mandado de prisão por causa de sua condenação pelo assalto em Sete Lagoas.

Anteontem, ao ser detido em Salvador, ele estava com a amante e usava duas identidades falsas. Os policiais foram a seu apartamento e fizeram busca e apreensão de armas e outros objetos.

A expectativa da equipe é que, com os materiais apreendidos na residência, seja possível pedir à Justiça um exame de DNA e, assim, verificar a participação de Pintado em outros grandes assaltos da bancos e transportadoras de valores, como os que ocorreram no Paraguai, em Ribeirão Preto, Campinas e Uberaba.

 

Correio 24 Horas

porpjbarreto

Sargento é preso por estuprar sobrinha-neta de 12 anos ao buscá-la na escola em Fortaleza

Suspeito era responsável pelo transporte da garota ao colégio todos os dias

Um Policial Militar reformado, de 83 anos, foi preso em flagrante por estupro de uma adolescente de 12 anos, na última quarta-feira (10), no Bairro Jardim Iracema, em Fortaleza. Ele é tio-avô da vítima e foi capturado com a criança dentro de carro, em frente à escola da adolescente.

Segundo o delegado Levy Louzada, da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e Adolescente (Dececa), o policial recebia uma quantia em dinheiro para deixar e buscar a garota na escolas todos os dias, desde o início do ano.

Moradores dos arredores denunciaram à polícia ao perceber os movimentos do carro estacionado em frente à escola. De acordo com a Polícia Militar, após serem acionados, os policiais encontraram vítima e suspeito parcialmente despidos, no interior do veículo.

A vítima mora com a avó, irmã do suspeito, e relatou aos policiais que o sargento dava dinheiro para a menina com recorrência. A mãe da vítima mora em São Paulo e a avó dela não tinha conhecimento dos abusos.

O policial reformado foi autuado por estupro de vulnerável. A vítima foi encaminhada aos órgãos competentes, para a realização de exames.

Diário do Nordeste 

porpjbarreto

Suspeito de estuprar adolescente autista no Ceará é preso em Cajazeiras

Suspeito, de 50 anos, teria cometido o crime no dia 23 de novembro deste ano, em um distrito de Ipaumirim, no Ceará. Ele foi preso na quinta-feira (5), após mandado de prisão preventiva.

Um homem suspeito de estuprar uma adolescente autista no Ceará foi preso na quinta-feira (5), em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, já havia um mandado de prisão preventiva contra o homem expedido pela Comarca de Ipaumirim (CE), onde o crime aconteceu.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito, de 50 anos, teria cometido o crime no dia 23 de novembro deste ano, no Distrito de Felizardo Vieira, em Ipaumirim (CE).

O suspeito foi preso no bairro da Agrovila, em Cajazeiras. A ação aconteceu por meio da Polícia Civil do Ceará, através da Delegacia Municipal de Ipaumirim, em conjunto com policiais militares do 6° Batalhão de Polícia Militar de Cajazeiras.

Na manhã desta sexta-feira (6), a Polícia Civil informou que o suspeito vai responder por estupro de vulnerável. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Icó, no Ceará.

Com G1-PB

porpjbarreto

Cajazeirense é preso no interior do Ceará acusado de tráfico de drogas

Felipe Bandeira de Sousa, que usava o nome de “Gustavo” e em algumas situações “Paraíba”, é natural de Cajazeiras, e há pouco tempo residia nas Casas Populares – foi preso na manhã desta quinta-feira (21), numa operação policial, que culminou com a prisão de outras duas pessoas:  Maria de Fátima Santos Ramos e Walliam de Jesus Costa Brandão Júnior, ambos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Rosário, cidade distante 68 quilômetros da Capital – Fortaleza.

De acordo com a Polícia Militar, foram recebidas várias denúncias de que na residência de um dos suspeitos ocorria intenso tráfico de drogas. Após investigações, foram cumpridos mandados de busca e apreensão no local, um dos suspeitos ainda tentou fugir mas foi contido pelos policiais do Raio.

A polícia revelou ainda que, “Paraíba” estava sendo considerado um dos maiores traficantes da região.

Na casa dele, foram encontrados utensílios e apreendidos, como 2 balanças de precisão, 1 espingarda calibre 36; 1 cartucho calibre 36 deflagrado; rolos de papel filme, utilizados para embalar as drogas; 6 relógios; duas motocicletas e uma bolsa feminina, além de drogas e dinheiro.

A operação foi realizada por policiais do 27° Batalhão da Polícia Militar (BPM), o GSA juntamente com a Equipe Raio.

 

Redação com smnoticias

porpjbarreto

Chefe do setor administrativo do núcleo regional de atendimento ao servidor de Cajazeiras é preso em operação policial

Não é mais novidade auxiliares do governador João Azevedo serem alvo de operações policiais. Desde que assumiu o governo, João Azevedo já viu inúmeros auxiliares visitados ou presos pelo polícia.

Na manhã desta quarta-feira (20), foi a vez do Chefe do Setor Administrativo do Núcleo Regional de Atendimento ao Servidor de Cajazeiras, Damísio Mangueira da Silva (foto), ex-prefeito do município de Triunfo, alvo da 4ª fase da Operação Recidiva, da Polícia Federal, que visa combater fraudes na aplicação de verbas federais descentralizadas em convênios feitos com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

 

Por Paraíba Rádio Blog

porpjbarreto

Ladrão de calcinhas é preso usando uma das peças roubadas

Os policiais também contaram que as peças estavam espalhadas em várias partes da casa, até mesmo dentro do colchão

Um homem foi preso em Turmalina, cidade no interior de Minas Gerais, acusado de roubar 1.045 calcinhas e sutiãs pela cidade. No momento da abordagem, que aconteceu na casa dele, o suspeito, de 41 anos, estava usando uma das calcinhas.

Diante da quantidade de peças e do número de mulheres do município — 8.880 —, é possível afirmar que muitas delas já foram vítimas do bandido. A Polícia Militar afirma que esta é a segunda vez que ele é acusado do mesmo crime: em 2015, ele furtou 301 roupas íntimas na cidade de Capelinha, município vizinho a Turmalina.

Metrópoles 

porpjbarreto

Padrasto é preso acusado de abusar sexualmente de enteada na cidade de Piancó

Um jovem de 24 anos de idade foi preso, na noite do último sábado (09), acusado de abusar sexualmente da própria enteada, de 12 anos, na cidade de Piancó, Sertão da Paraíba.

De acordo com informações de policiais, o acusado teria chegado em casa embriagado depois de participar de uma pescaria, viu a menor deitada e começou a acariciar as partes íntimas dela. Nesse momento o irmão da menina percebeu a ação do padrasto, comunicou o fato à mãe, que acionou a polícia. O homem foi preso em flagrante.

Na delegacia, em Itaporanga, o suspeito admitiu o ato e foi autuado em flagrante pelo delegado plantonista, Renato Teixeira.

O homem é natural de Pedra Branca, mas morava com a família na cidade de Piancó.

Fonte: Portal Vale do Piancó Notícias

porpjbarreto

Suspeito de matar homem com 20 tiros e filmar o crime é preso

Conforme o delegado, o preso é um dos autores da morte de José Augusto, mais conhecido por Augustinho

Um homem foi preso na noite do último sábado (2) suspeito de ser o autor de um homicídio ocorrido na comunidade Laranjeiras, no José Américo, em João Pessoa, na noite de quarta-feira (30). Segundo o delegado Carlos Othon, o preso é um dos autores da morte de José Augusto, mais conhecido por Augustinho, assassinado com 20 tiros.

O crime foi filmado pelos próprios criminosos. Danilo da Silva Araújo foi localizado e preso, na noite desse sábado (2), por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa (DCCPes). O trabalho teve o apoio da Polícia Militar.

“Danilo é um dos indivíduos que aparecem em imagens divulgadas nas redes sociais pelos próprios criminosos que estavam aterrorizando a referida comunidade, efetuando disparos em via pública, ameaçando moradores e se dizendo um dos novos líderes da criminalidade local”, afirmou o delegado.

No momento a prisão, o suspeito estava com uma pistola, munições e drogas. Durante as incursões, também foram apreendidas dezenas de porções de maconha, munições de revólver, celulares e outras provas.

“A arma apreendida aparece em fotografias postadas nas redes sociais pelos criminosos, durante comemorações logo após o homicídio”, destacou Othon. “A DCCPeas continuará investigando o fato no intuito de identificar todos os coautores e partícipes do crime e de apreender as demais armas de fogo utilizadas pelos criminosos”, completou.

Com informações do G1-PB

porpjbarreto

Suspeitos de tentar fraudar provas do concurso da Fundac são presos em João Pessoa

Agente penitenciário do Ceará estava fazendo prova no lugar de outra pessoa, que aguardava fora do local de prova. Dupla foi presa pela PM.

Duas pessoas foram presas suspeitas de tentar fraudar as provas do concurso da Fundação Desenvolvimento da Criança e Adolescente Alice de Almeida (Fundac), na Paraíba, que aconteceram na manhã deste domingo (27). De acordo com a Polícia Militar, um agente penitenciário do Ceará estaria fazendo a prova no lugar de outra pessoa, em uma faculdade no Bairro dos Estados, em João Pessoa.

A prisão aconteceu por volta das 10h30. Segundo a PM, os agentes receberam uma denúncia de possível fraude e, ao abordar uma pessoa na frente da faculdade, constatou que o suspeito estava inscrito no concurso, e que outra pessoa estaria fazendo a prova no lugar dele.

Ao encontrar o segundo suspeito, foi identificado que ele de fato realizava a prova se passando por outra pessoa. Com o agente penitenciário, a polícia apreendeu uma arma de fogo de uso restrito e documentos falsos.

Arma apreendida com agente penitenciário que teria tentado fraudar concurso da Fundac. — Foto: Divulgação/PMPB

As duas pessoas presas e a arma apreendida foram levados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil para prestar depoimentos. Segundo a PM, eles devem ser indiciados por fraude em concurso público, falsidade ideológica e uso de documento falso.

O G1 tentou entrar em contato por telefone com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), empresa organizadora do concurso, mas as ligações não foram atendidas até às 15h15.

G1-PB