Arquivo de tag polícia

porpjbarreto

Polícia Civil investiga estupro contra uma jovem de 18 anos em Cajazeiras

A Polícia Civil vai investir um estupro que teria acontecido com uma jovem de 18 anos, na madrugada deste domingo (2), em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. O suspeito do crime, segundo a Polícia Militar, é um mototaxista, que seria ex-professor de capoeira da vítima.

Conforme as informações da Polícia Militar, foi o pai da vítima que relatou o que havia acontecido. Ele disse que estava na Quadra de Chico Amaro, comprando ingressos, e deixou a filha com o irmão.

Neste momento, a jovem teria saída em uma moto com o suspeito do crime e retornou cerca de uma hora depois. Quando a PM chegou ao local, a vítima estava aparentemente desmaiada e a conduziu para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A vítima relatou à Polícia Militar que foi forçada pelo suspeito a sair junto com ele e que teria sofrido abuso sexual em um matagal. O médico constatou o estado de choque da jovem e encaminhou para a internação. Ela vai passar por exame por meio da Polícia Científica para comprovar ou não o estupro.

O suspeito foi identificado, mas não foi encontrado até as 10 horas deste domingo.

Fonte: G1 PB

porpjbarreto

Polícia Civil confirma segunda morte associada ao consumo de cerveja

Caso de mulher morta em dezembro no interior mineiro é investigado

Mais uma vítima da síndrome nefroneural, que vem sendo associada ao consumo da cerveja pilsen Belorizontina, da Backer, morreu devido a complicações decorrentes do quadro de insuficiência renal e alterações neurológicas causado pela intoxicação por uma substância encontrada em amostras da bebida, o dietilenoglicol.

A vítima é um homem, cujo nome e idade não foram divulgados. Ele estava internado em uma das unidades hospitalares da rede Mater Dei, em Belo Horizonte, e seu corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde será submetido a novos exames a fim de tentar estabelecer a causa da morte. A Polícia Civil trata o caso como a segunda morte oficialmente associada aos supostos casos de intoxicação por consumo da cerveja da cervejaria mineira Backer.

A suspeita de um terceiro caso fatal envolvendo a morte  de uma moradora da cidade de Pompéu, a cerca de 170 quilômetros de Belo Horizonte, ainda não foi confirmada nem pela Polícia Civil, nem pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais.

Segundo a Secretaria de Saúde de Pompéu, a mulher morreu no dia 28 de dezembro, e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs-MG) já foi notificado. A secretaria informou que a mulher, cujo nome não foi divulgado, esteve em Belo Horizonte entre os dias 15 e 21 de dezembro e, de acordo com parentes, tomou a cerveja Belorizontina nesse período.

Já a primeira morte foi registrada na noite de 7 de janeiro, em Juiz de Fora. Exames a que a vítima foi submetida antes de morrer confirmaram a presença de dietilenoglicol no sangue. O corpo do paciente, um homem, cujo nome e idade também não foram oficialmente confirmados, foi sepultado no município mineiro de Ubá.

Vestígios do dietilenoglicol já foram encontrados no sangue de vários pacientes, em vasilhames lacrados de três lotes da cerveja Belorizontina e na linha de produção da fábrica da Backer em Belo Horizonte. A cervejaria, no entanto, afirma que não emprega a substância tóxica na preparação da bebida. O dietilenoglicol costuma ser utilizado em sistemas de refrigeração devido a suas propriedades anticongelantes.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (15) para comunicar a morte de mais um paciente internado, a Polícia Civil informa já recebeu notificação de 18 casos suspeitos de intoxicação – e que, em quatro destes, a intoxicação por dietilenoglicol foi atestada. A Secretaria de Saúde do estado confirma 17 internações.

Todos os pacientes internados por causa da síndrome nefroneural apresentaram sintomas semelhants – insuficiência renal aguda de evolução rápida (ou seja, que levou a pessoa a ser internada em até 72 horas após o surgimento dos primeiros sintomas) e alterações neurológicas centrais e periféricas que podem ter provocado paralisia facial, embaçamento ou perda da visão, alteração sensório, paralisia, entre outros sintomas.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Vídeo: Jovem tenta furtar carro da concessionária Ford em Cajazeiras e quase causa tragédia

Um jovem se apresentou como suposto comprador de um veículo, no início da tarde desta quarta-feira (08) e conseguiu sair dirigindo o carro pelas ruas do Centro de Cajazeiras e quase causou um atropelamento, logo após sair da Ford Cavalcante e Primo.

A Polícia Militar foi acionada, saiu em diligências e localizou o acusado na região do Jardim Oásis, foi dada voz de prisão e o mesmo – conduzido à Delegacia de Polícia, para tomada das providências cabíveis.

Segundo informações, ao ser pego, o rapaz chegou a dizer que era investidor e que morava na Vila Nova em Cajazeiras. Vale ressaltar que o veículo é zero quilômetro. Ninguém ficou ferido. Foi registrado apenas danos materiais.

Redação

porpjbarreto

Polícia Militar prende suspeitos de assaltar loja no Sertão

Os suspeitos levaram perfumes, joias, dinheiro e um aparelho celular. Após rastrear o aparelho, os policiais localizaram os suspeitos na rua Castanholas, no bairro Várzea da Cruz, em Sousa.

A Polícia Militar prendeu, na tarde desta terça-feira (24), três suspeitos de assaltar uma loja em Coremas. O trio foi detido no município de Sousa, no Sertão da Paraíba.

Os suspeitos levaram perfumes, joias, dinheiro e um aparelho celular. Após rastrear o aparelho, os policiais localizaram os suspeitos na rua Castanholas, no Bairro Várzea da Cruz, em Sousa.

O trio foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Eles foram reconhecidos pelas vítimas e ficarão à disposição da Justiça.

 

Com informações de ClickPB

porpjbarreto

PF apreende R$ 440 mil com laranja de ex-governador da Paraíba

A PF encontrou 52 mil euros e US$ 50,9 mil, em espécie, no quarto de Denise Krummenauer Pahim, suspeita de atuar como laranja do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, informa Mateus Coutinho na Crusoé.

O dinheiro foi encontrado nas buscas realizadas pela Operação Calvário. O valor corresponde a cerca de R$ 440 mil.

Fonte: O Antagonista