Arquivo de tag Pintado

porpjbarreto

Polícia prende “Cangaceiro do PCC”, um dos criminosos mais procurados do país

‘Pintado’ foi detido quando passeava em Armação

Considerado um dos 30 criminosos mais procurados do Brasil, José do Carmo Silvestre, o ‘Pintado’, foi preso em Salvador nessa quinta-feira (30). Ele é suspeito de assaltar bancos e financiar o PCC (Primeiro Comando da Capital), maior facção criminosa do país.

Pintado chegou a ser um dos nomes cotados para figurar na lista de criminosos mais procurados do Brasil, divulgada também na quinta-feira, pelo ministro da Justiça Sérgio Moro. Ele foi preso horas antes da divulgação da lista e seu nome nem chegou a ser divulgado pela pasta. Até o momento, 26 criminosos fazem parte da listagem que, segundo o ministério, terá atualização frequente.

A captura de Pintado, que estava foragido há pelo menos 12 anos, foi resultado de uma operação conjunta envolvendo as polícias da Bahia, do Distrito Federal e de Goiás. No momento da prisão, o suspeito de 51 anos passeava pela capital baiana ao lado da esposa e filhos, quando foi surpreendido pela polícia.

Com ele foram apreendidos uma pistola, um carregador, munições, porções de maconha, documentos falsos e um veículo. Os materiais estavam em um flat, no Jardim Armação, onde o assaltante estava hospedado.

Segundo a polícia, Pintado recrutava pessoas para fazer grandes assaltos a bancos e transportadoras de valores e, depois, repassava parte desse dinheiro para o PCC. Acredita-se dentro da equipe que o investigava havia anos que Pintado participou do roubo à base da Prosegur no Paraguai, em 2017.

O apelido de ‘Cangaceiro do PCC’ tem a ver com a forma como ele planeja as ações, cercando e atacando pequenas cidades.

O suspeito está detido em Salvador e deve ser levado para uma penitenciária na Bahia ou em Minas Gerais, onde foi condenado por furto qualificado pela 3ª Vara Criminal de Sete Lagoas (MG). Naquela cidade, ele levou R$ 1,1 milhão de uma agência do Banco do Brasil, em 1999.

No entanto, segundo o UOL, pessoas ligadas à operação disseram que tentarão transferir Pintado para um dos cinco presídios federais do país.

Maiores do Brasil

O homem que é considerado “um dos maiores ladrões de bancos do país” tem 51 anos, o olho direito perfurado e 1,75 metro de altura. Pintado estava preso em 1994. Naquele ano, teve que ser internado para tratamento médico. Então, comparsas com fuzis e metralhadoras invadiram o hospital e o resgataram.

Em 19 de abril de 1999, fez o assalto em Sete Lagoas. Foram sequestrados os gerentes e caixas da agência do BB depois do expediente, de acordo com um relatório obtido pelo UOL.

Em 2005, foi preso em Salvador. Possuía US$ 20 mil em espécie, joias, rádios para comunicação e muitas armas: um fuzil 50, uma metralhadora calibre 30, uma pistola 9 milímetros, dois revólveres 38 e algemas.

Modus Operandi

Usar fuzis e metralhadoras são comuns em assaltos a bancos em que as cidades são sitiadas. No interior do Brasil, os bandidos cercam as unidades policiais e os bancos e fazem explosões para abrir caixas-fortes de bancos ou de empresas de transporte de valores.

De 2015 a 2017, houve dez roubos que obtiveram R$ 215 milhões apenas das chamadas bases-fortes. Pintado acabou fora da prisão novamente. Em 2008, foi expedido o mandado de prisão por causa de sua condenação pelo assalto em Sete Lagoas.

Anteontem, ao ser detido em Salvador, ele estava com a amante e usava duas identidades falsas. Os policiais foram a seu apartamento e fizeram busca e apreensão de armas e outros objetos.

A expectativa da equipe é que, com os materiais apreendidos na residência, seja possível pedir à Justiça um exame de DNA e, assim, verificar a participação de Pintado em outros grandes assaltos da bancos e transportadoras de valores, como os que ocorreram no Paraguai, em Ribeirão Preto, Campinas e Uberaba.

 

Correio 24 Horas