Arquivo de tag Paraibano

porpjbarreto

Marcelinho Paraíba acerta retorna à Perilima em 2020

Foto: Divulgação (arquivo) / Perilima

A Perilima revelou a volta do meia Marcelinho Paraíba à equipe. O atleta de 44 anos foi anunciado como novo reforço da Águia para a disputa do Campeonato Paraibano de 2020.

O retorno do atleta ao time era um dos principais objetivos da diretoria em meio ao planejamento para o calendário 2020. Marcelinho disputou o Campeonato Paraibano deste ano pela Perilima.

Segundo informações, o meia também planeja assumir uma função na comissão técnica ou na diretoria do clube, quando se aposentar.

Com wscom

porpjbarreto

Incursão: filme paraibano é classificado para o 14º Festival de Audiovisual Comunicurtas da UEPB de Campina Grande

Mais um trabalho glorioso na carreira da cajazeirense Raquel Rolim, que atuou como atriz coadjuvante no filme  “Incursão”

Agora é o 14° Festival Audiovisual Comunicurtas da UEPB, tradicional festival realizado em Campina Grande-PB.

A exibição ocorrerá no dia 29 de novembro, uma sexta-feira à tarde, no charmoso Cine Teatro São José com entrada franca.

Esta exibição será considerado como o lançamento do filme na cidade da Stairs Filmes, uma das coprodutoras do longa-metragem. O filme conta com um grande elenco paraibano. A cajazeirense Raquel Rolim que foi uma das atrizes coadjuvantes, a atriz Claudia Lira, Mariana Abreu, Arly Arnaud, o ator Beto Quirino, Sebastião Formiga, Ruy Marques, Fernando Teixeira, Fábio Campos que protagoniza essa história que vai te prender do início ao fim e Dadá Venceslau.

A direção é de Eduardo Moreira e Sílvio Toledo.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Litoral da Paraíba deve ser monitorado com auxílio de tecnologia australiana

Os arrecifes mais vulneráveis do Litoral paraibano deverão ser monitorados com tecnologia australiana.  A informação foi repassada ao governador João Azevêdo pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, dois dias após o chefe do executivo estadual cobrar providências do governo federal sobre as manchas de óleo que afetam as praias do Nordeste e sugerir, inclusive, auxílio internacional.

Em ofício enviado ao gestor paraibano, o ministro Ricardo Salles explicou que, após reunião  com o embaixador do governo da Austrália, Timothy Kane, o governo daquele país se prontificou a prestar o auxílio técnico-científico no trabalho de prevenção e remoção do óleo que tem atingido os arrecifes dos Estados do Nordeste.

Nesta segunda-feira (28), o Governo da Paraíba deverá enviar ao Ministério do Meio Ambiente todas as informações sobre as áreas mais vulneráveis do Litoral para que sejam avaliadas as melhores técnicas para impedir que o óleo atinja os arrecifes, evitando maiores impactos ambientais.

Em audiência no Ministério do Meio Ambiente na última quarta-feira (23), o governador João Azevêdo externou sua preocupação com os possíveis impactos ambientais e econômicos que a poluição ambiental registrada no Litoral nordestino poderá causar e solicitou medidas urgentes do governo federal para identificar a origem do óleo. Na ocasião, ele também protocolou um ofício junto ao órgão para detalhar todas as ações já adotadas pela gestão estadual, em parceria com várias instituições federais, estaduais e municipais, para enfrentar o problema.

A ampliação do grupo de trabalho, que ficará encarregado de encaminhar e definir ações técnicas e operacionais, a intensificação do monitoramento das áreas mais vulneráveis do Litoral paraibano, bem como o monitoramento aéreo, o estudo das correntes marinhas com o auxílio da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a realização de campanhas de esclarecimento voltadas à sociedade civil foram algumas das ações encaminhadas pelo Governo do Estado e órgãos ligados ao meio ambiente durante reunião promovida na última terça-feira (22), no Palácio da Redenção, em João Pessoa.

Secom

porpjbarreto

Sport-PB segura a pressão do São Paulo Crystal, vence nos pênaltis e é campeão paraibano da Série B

A equipe do Sport-PB – Sport Lagoa Seca, como é mais conhecido – conseguiu um feito digno de poucos, na tarde deste sábado (12), no Estádio O Carneirão, no município de Cruz do Espírito Santo. A equipe segurou a pressão do time da casa, o invicto São Paulo Crystal, com um jogador a menos durante quase os 90 minutos da etapa regular, e venceu a final do Campeonato Paraibano da segunda divisão, na disputa por pênaltis, pelo placar de 3 a 2.

O primeiro lance significativo da partida final foi logo aos dois minutos, com uma entrada criminosa de Anderson Pinto, meio-campo do Sport-PB, em jogador adversário. O árbitro convocado pela Federação Paraibana de Futebol para apitar a partida, Wagner Reway, da Fifa, expulso o atleta de campo, que deixou o gramado chorando bastante.

Era a equipe do técnico Jânio Fialho tendo que buscar a superação na partida. Mas, o adversário não conseguiu reverter em gols a vantagem numérica em campo e pouco ofereceu em termos de risco à defesa do Sport-PB.

No segundo tempo, a partida seguia equilibrada até aos 18 minutos, quando outro jogador foi expulso do campo de jogo. O atacante Júnior Fialho, do Sport-PB, fez falta dura e recebeu o segundo amarelo. Com nove em campo, a equipe de Lagoa Seca viu o Sport Crystal crescer em campo e a estrela do goleiro João Manoel começou a aparecer.

Aos 36 minutos, outra expulsão. O atacante da equipe da casa, Jó Boy, que havia entrado no decorrer da partida, fez falta dura e recebeu o cartão vermelho. A partida terminou mesmo em 0 a 0, e a disputa foi para os pênaltis.

Marcaram pelo Sport-PB: Ítalo, Robertinho e Gustavo; Gaspar e Erivan desperdiçaram as cobranças; Pelo São Paulo Cystal confirmaram os penais os atletas Isaías e Filipe Pires. Carioca, Igor e Nonato não concluíram as oportunidades. O placar de 3 a 2 deu o título inédito a equipe de Lagoa Seca.

Fotos: tvtorcedor

Com wscom

porpjbarreto

Nos pênaltis, Campinense vence o Atlético de Cajazeiras e vai para a final do Paraibano

O Campinense é o primeiro finalista do Campeonato Paraibano de 2019. A vaga foi conquistada após a vitória nos pênaltis por 5 x 3 no jogo da volta contra o Atlético de Cajazeiras, no último domingo (07), no Estádio Perpetão.

No tempo normal, os dois times repetiram o placar de 1 x 1 do primeiro confronto em Campina Grande. Lopeu marcou para a Raposa, enquanto que Yerien empatou para o time sertanejo, levando a decisão para as penalidades.

Nas cobranças, a Raposa converteu todas. Já Marcinho cobrou e o goleiro Wagner Coradin defendeu. Agora o rubro-negro, que decidiu o torneio no ano passado e perdeu para o Botafogo-PB, espera o vencedor dos duelos entre Nacional de Patos e Botafogo-PB. O jogo de ida acontece na quarta-feira.

O JOGO

Assim como no jogo de ida, Atlético e Campinense fizeram um jogo bastante movimentado. Agora em casa, o time atleticano foi que ditou as normas nos primeiro minutos.

A Raposa, por sua vez, tocava a bola, esperando o momento certo para o contra-ataque. E foi um um deles que o Rubro-negro conseguiu abriu o placar, através de Lopeu.

João Paulo recuperou a bola ainda no campo de defesa, arrancou e tocou rasteiro. O zagueiro atleticano, Renan, falhou, e a bola sobrou para o Lopeu, que invadiu a área e marcou, aos 35 minutos.

Apesar do gol sofrido, o Trovão ainda tentou o empate, mas não conseguiu furar o bloqueio da Raposa.

Na segunda etapa, o time com mais determinado. E conseguiu o empate aos 14 minutos, por intermédio do nigeriano Yerien. Soares conseguiu dominar e chutou forte. No rebote, Yerien, deixou tudo igual.

Com o a igualdade no marcador os dois time buscaram a vitória a todo custo, mas o resultado acabou igual ao do jogo anterior, em Campina. Com isso, a decisão foi para as penalidades máximas.

Ficha técnica:

Atlético de Cajazeiras x Campinense

Data: 07/04/2019 – 17h
Local: Estádio Perpetão / Cajazeiras

Competição: Campeonato Paraibano 2019 / semifinais (jogo da volta)

Arbitragem: Rodrigo Batista; Kildenn Tadeu e Paulo Ricardo.

Gol: Lopeu (aos 35’ do 1ºT) para o Campinense; Yerien (aos 14’ do 2ºT) para o Atlético

Cartões amarelos: Henrique Mattos, Romeu, Dedé (C), Felipe, Michel (A)

Atlético de Cajazeiras: João Manoel, Felipe (Michel), Renan, Egon e Jackinha; Ferreira, Romerito (Soares), Gabriel Mendes e Marcinho; Samuel (Yerien) e Bruno. Técnico: Ederson Araújo.

Campinense: Wagner Coradin, Gustavo, Henrique Mattos, Richardson, Jerfeson e João Victor; Cleber (Vitor Maranhão), Romeu e João Paulo (Afonso Júnior); James e Lopeu. Técnico: Francisco Diá.

As penalidades

Afonso Junior fez para Raposa
Marcinho cobrou e Wagner Coradin defendeu
Dedé fez para Raposa
Soares fez para o Atlético
Gustavo fez para Raposa
Ferreira fez para o Atlético
Henrique Mattos fez para Raposa
Bruno fez para o Atlético
Romeu fez para a Raposa

Com Voz da Torcida

porpjbarreto

Sousa vence o Esporte de Patos e assume a vice-liderança do Grupo A

O Sousa enfim conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Paraibano de 2019. Contra o Esporte de Patos, jogando entre à tarde e noite do último sábado (26), o Dinossauro teve um homem a mais durante quase todo jogo e se aproveitou para vencer por 2 a 0, e deixar a lanterna do Grupo A.

A partida marcou a estreia do treinador Roberto Carlos a frente do Sousa. Ele chegou para substituir Jazon Vieira, demitido após apenas duas rodadas do torneio estadual.

Pouco tempo após o início da partida, aos 13 do primeiro tempo, o Patinho do Sertão teve um jogador expulso. O experiente zagueiro Moisés agrediu o volante Rafael, do Sousa, e recebeu o cartão vermelho direto. Com isso, mais espaço para os donos da casa jogar.

E logo na cobrança da bola parada que resultou a expulsão saiu o primeiro gol. Aos 16 minutos, André Beleza lançou a bola na área e o zagueiro Vagno subiu mais que todo mundo para mandar de cabeça para o fundo do gol de Evandrízio, abrindo o placar no Marizão.

Com a vantagem numérica e em campo, até o apito para o intervalo o Dinossauro controlou a partida, enquanto o rival praticamente não ofereceu perigo.

No segundo tempo o Sousa não diminuiu o ritmo e conseguiu ampliar o placar aos 17 minutos. O lateral esquerdo Caíque chutou de longe e contou com a ajuda do goleirão do Esporte, que aceitou a bola que passou entre suas pernas, para fazer o segundo gol para os donos da casa.

Com a vitória, o Sousa chega a 5 pontos e assume provisoriamente a vice-liderança do Grupo A, com 4 pontos a menos que o Botafogo-PB, primeiro colocado.  O próximo compromisso do Dinossauro será dia 3 de fevereiro, quando visita o CSP, em João Pessoa. Já o Esporte de Patos segue sem pontuar no certame, na lanterna do Grupo B. O Patinho volta a entrar em campo também no dia 3, quando receberá o Serrano, no José Cavalcanti.

 

Por Vozdatorcida