Arquivo de tag Paraíba

porpjbarreto

Alisson Voz e Violão deverá anunciar publicamente apoio à Denise Albuquerque para ter legenda no Cidadania

O Vereador Alisson Américo de Oliveira, “Alisson Voz e Violão” deverá anunciar publicamente seu apoio à pré-candidatura de Denise Albuquerque (Cidadania), para ter legenda no referido partido.

A condição foi imposta para Alisson, em represália ao parlamentar e em contra ponto às suas declarações na imprensa local e redes sociais de não votar em pessoas da família Araújo.

É do conhecimento geral, que Alisson vai pro (Cidadania) mas já faz parte do grupo político do prefeito José Aldemir (PP) e que irá apoiar o gestor à reeleição na próxima campanha municipal de outubro.

Vale ressaltar que no caso de Alisson não se pronunciar sobre seu apoio à Denise, ele terá que se filiar ao (PP) e perder as indicações de mais de uma (centena) de empregos no estado.

 

Por – Folha VIP de Cajazeiras

porpjbarreto

Bancada federal da Paraíba faz reunião virtual com Secretário de Saúde e projeta R$ 300 milhões em investimentos para combater o Corona vírus no estado

Em tempos de pandemia do Corona vírus, a reunião presencial é desestimulada pelas autoridades de saúde. Nem por isso a bancada federal deixou de cumprir o seu papel e através de reunião virtual por aplicativo digital, convidou o Secretário de Saúde Geraldo Medeiros para esclarecer aos deputados e senadores quais seriam as prioridades do Estado que pudessem ser atendidos com recursos oriundos de emendas de bancada. Todos os 12 deputados e 03 senadores participaram através de mensagens no aplicativo ou contatos telefônicos.

Segundo informou o coordenador da bancada, deputado Efraim Filho, será destinado ao Estado da PB e aos municípios 150 milhões de reais em emendas individuais, uma média de 10 Milhões de Reais por parlamentar em emendas individuais, e outros 150 milhões de Reais em emendas de bancada, em virtude da antecipação das mesmas informada pelo Governo Federal do Presidente Jair Bolsonaro e conforme as prioridades apontadas pelo Governador João Azevedo e os demais gestores municipais. “É papel da bancada federal ser essa ponte entre O Brasil e a Paraíba. Temos dialogado com o Ministro da Saúde Luis Mandetta (DEM) e levado a preocupação do nosso Estado, o cuidado com nosso povo e todas as suas carências para enfrentar esse momento”, afirmou Efraim.

O Secretário de Saúde Geraldo Medeiros, afirmou que a prioridade número 01 é capacitar o sistema de saúde da Paraíba com a quantidade de leitos de UTI necessária para o atendimento da população. Com as aquisições de 300 novos itens, A Paraíba deve atingir a marca próxima de 1000 respiradores mecânicos, número que atende as expectativas da Secretaria de Saúde. Além disso também serão destinados recursos para adquirir novas camas hospitalares e monitores multiparâmetros para equipar os novos leitos de UTI na Paraíba.

Um dos temas mais relevantes tratados na reunião, foi a necessidade de garantir e estabelecer convênios para que as Prefeituras também sejam contempladas para estruturar os seus equipamentos de saúde, a exemplo de João Pessoa, Campina Grande e os polos regionais do interior do Estado.

Para o líder dos Democratas, Efraim Filho, se trata de um investimento que tem a condição de chegar na ponta, e fortalecer os serviços de atenção básica e especializada nos postos de saúde, policlínicas, UPAS, hospitais. Além disso viabilizará a compra de equipamentos, realização de exames e aquisição de remédios. E afirmou “enfim, são nessas unidades de saúde que o cidadão tem o primeiro atendimento. Esses 300 milhões em emendas parlamentares são uma excelente notícia para os gestores, profissionais em saúde e para a população ter acesso a melhores serviços diante do desafio de enfrentar a pandemia do Coronavírus e permitir que a bancada federal dê uma resposta à altura das expectativas da nossa sociedade.”

 

Assessoria

porpjbarreto

Coronavírus: PROCON Santa Rita fiscaliza farmácias e supermercados

O PROCON SANTA RITA iniciou na manhã desta quinta-feira (19) a Operação Coronavírus em farmácias e supermercados da cidade. O objetivo é fiscalizar a abusividade na venda de álcool gel 70% e máscara de proteção. O setor de fiscalização irá comparar os valores praticados nos últimos três meses por meio de conferência de notas fiscais para verificar os aumentos de preços repassados nestes últimos dias.

O PROCON também informa que, assim como as farmácias e supermercados, o fabricante também poderá ser fiscalizado caso seja comprovado que o revendedor está efetuando o repasse do reajuste. Essa operação fiscalizará todos os estabelecimentos comerciais a partir dos próximos dias.

É importante o consumidor ter conhecimento que o Código de Defesa do Consumidor caracteriza como prática abusiva elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços e obter vantagem desproporcional. Caso seja averiguado o cometimento da infração, o estabelecimento responderá ao devido processo administrativo e poderá ser autuado bem como multado.

O consumidor que se deparar com algum valor de produtos ou serviços relacionados ao coronavírus que considere abusivo poderá registrar denúncia junto ao PROCON-SR pelo e-mail proconsantaritapb@gmail.com, ou ligando para o (83) 98654-7512.

O superintendente do órgão, Rafael Monteiro, explica que a operação evitará que os estabelecimentos comerciais comentam práticas abusivas e prejudiquem os consumidores que enfrentam esse momento de grande dificuldade. Por conta da situação, o atendimento está acontecendo excepcionalmente somente pelos canais virtuais.

 

Secretaria de Comunicação Institucional
porpjbarreto

Ex-secretária de saúde Raelza Borges marca para o final de março lançamento de sua pré-candidatura à vereadora em Cajazeiras

A ex-secretária de saúde na gestão (Léo Abreu), e atual Secretária Municipal de Política Públicas para as Mulheres, Raelza Borges de Almeida deverá filiar-se ao (PP), partido do prefeito José Aldemir e, candidatar-se para concorrer uma das (quinze) cadeiras da Câmara Municipal de Cajazeiras.

De acordo com informações ventiladas na imprensa cajazeirense, Raelza e seu esposo, o advogado e jornalista Adjamilton Pereira estão organizando uma grande festa na chácara da família Pereira, para a realização do lançamento do referido evento político, que deverá acontecer no final do mês de março.

Com uma vasta lista de serviços prestados à população carente de Cajazeiras, Raelza e Adjamilton Pereira miram na zona rural do município, pois, o casal é sempre visto fazendo visitas às comunidades distantes da sede do município e levando assistência, tanto na área da saúde, quanto no tocante ao direito.

Sob consenso, depois de um encontro com membros da família Pereira, Raelza receberá incondicionalmente o apoio de todos os familiares e parentes, ao seu projeto político.

 

Redação

porpjbarreto

Desembargador Ricardo Vital prorroga prisão temporária do radialista cajazeirense Fabiano Gomes por cinco dias

Ricardo Vital de Almeida

O desembargador Ricardo Vital de Almeida determinou, nos autos da Medida Cautelar Inominada nº 0000091-04.2020.815.0000, a prorrogação da prisão temporária do radialista Fabiano Gomes da Silva por cinco dias, contados do vencimento do prazo do primeiro mandado, ou seja, a partir das 8h do dia 15/03 até as 8h do dia 19/03, sendo, por conseguinte, desnecessária nova audiência de custódia. “O preso temporário deverá permanecer obrigatoriamente separado dos demais detentos, no ergástulo onde se encontra”, destaca a decisão.

O pedido de prorrogação foi formulado pelo Ministério Público do Estado e pela Polícia Federal, alegando comprovada necessidade. Segundo os requerentes, após a prisão do investigado, seguiram-se outros atos investigativos, mediante a coleção de evidências de corroboração aos elementos indiciários e de prova já angariados, havendo a Polícia Federal realizado a oitiva de outras vítimas das supostas investidas de Fabiano Gomes, as quais relataram haver o investigado ter dito possuir poder de intervenção no cenário das investigações da Operação Calvário e relação de intimidade com autoridades (delegados e promotores de Justiça), envolvidas no caso.

Um dos depoimentos foi dado no dia 10 de março pelo secretário de Comunicação do Estado, Nonato Bandeira, no qual relata que Fabiano dizia ter um dossiê contra ele, que teria sido feito a mando de Ricardo Coutinho. Disse, ainda, que o radialista usou em algumas oportunidades o nome do delegado Fabiano Emídio e do promotor de Justiça Octávio Paulo Neto, dizendo-se próximo de ambos e, com isso, insinuando que poderia proteger o depoente na Justiça.

Outro depoimento, prestado na Polícia Federal no dia 11 de março, foi do jornalista Luiz Torres. Na ocasião, ele disse que Fabiano Gomes passou a procurá-lo, noticiando que tinha dados relacionados com a sua gestão na Secretaria de Comunicação do Estado, que poderiam relacionar o depoente com a Operação Calvário. Segundo o relato de Fabiano, tais dados haviam sido obtidos em razão de sua suposta relação próxima com Octávio Paulo Neto, chefe do Gaeco e com Fabiano Emídio, delegado de Polícia Federal. Afirmou que se recorda, inclusive, de uma frase dita por Fabiano Gomes: “Você está se negando a falar comigo? Logo eu que fui escalado pelo chefe do Gaeco para negociar”.

Ao decidir sobre a prorrogação da prisão temporária, o desembargador Ricardo Vital observou que a complexidade dos fatos investigados, dos elementos e de prova que se pretende alcançar, reclamam uma avaliação mais minuciosa do efetivo grau de participação de Fabiano Gomes no suposto esquema criminoso. “Também sob essa perspectiva, afigura-se adequada a prorrogação da prisão temporária por cinco dias, para que a situação processual do investigado seja examinada com mais detalhamento e aprofundamento, sob um quadro probatório bem tracejado”, ressaltou.

Ricardo Vital explicou que a prisão temporária de Fabiano Gomes visa, sobretudo, proteger a efetividade de outras medidas investigativas em andamento e evitar que o investigado interfira na obtenção e produção de outros elementos indiciários e probatórios.

O radialista teve a prisão temporária decretada no bojo da oitava fase da Operação Calvário. A prisão foi requerida porque ele estaria fazendo uso de canais de imprensa com o objetivo de embaraçar as investigações empreendidas na Operação Calvário, praticando extorsões contra terceiros que não teriam aceitado pagar vantagens indevidas por ele exigidas, constrangendo-os sob a falsa promessa de revelação de conteúdo sigiloso, envolvendo a operação.

Confira, aqui, a decisão na íntegra.

Assessoria – TJPB
porpjbarreto

Inmet emite alerta de chuvas intensas para Cajazeiras e outras 96 cidades da Paraíba

Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas para 97 municípios do Cariri, Seridó e Sertão da Paraíba. O aviso foi emitido às 10h deste domingo (23) e segue até as 10h da segunda (24).

Conforme o alerta, poderá chover entre 20 e 30 milímetros por hora, ou até 50 milímetros por dia nas cidades listadas. Os ventos devem ser intensos, de 40 a 60 quilômetros por hora. Há baixo risco de corte de energia elétrica, de queda de galhos de árvores, de alagamentos e descargas elétricas.

O Inmet recomenda que os moradores das cidades listadas, que em caso de rajadas de vento, evitem se abrigar embaixo de árvores. Veículos também não devem ser estacionados próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. A população deve evitar utilizar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Em caso de problemas, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

– Lista das cidades com alerta de chuvas intensas:

Água Branca

Aguiar

Aparecida

Areia De Baraúnas

Assunção

Belém Do Brejo Do Cruz

Bernardino Batista

Boa Ventura

Bom Jesus

Bom Sucesso

Bonito De Santa Fé

Brejo Do Cruz

Brejo Dos Santos

Cachoeira Dos Índios

Cacimba De Areia

Cacimbas

Cajazeiras

Cajazeirinhas

Carrapateira

Catingueira

Catolé Do Rocha

Conceição

Condado

Coremas

Curral Velho

Desterro

Diamante

Emas

Frei Martinho

Ibiara

Igaracy

Imaculada

Itaporanga

Jericó

Joca Claudino

Junco Do Seridó

Juru

Lagoa

Lastro

Livramento

Malta

Manaíra

Marizópolis

Mato Grosso

Maturéia

Monte Horebe

Mãe D’Água

Nazarezinho

Nova Olinda

Nova Palmeira

Olho D’Água

Passagem

Patos

Paulista

Pedra Branca

Pedra Lavrada

Piancó

Picuí

Pombal

Poço Dantas

Poço De José De Moura

Princesa Isabel

Quixabá

Riacho Dos Cavalos

Salgadinho

Santa Cruz

Santa Helena

Santa Inês

Santa Luzia

Santa Teresinha

Santana De Mangueira

Santana Dos Garrotes

Serra Grande

Sousa

São Bentinho

São Bento

São Domingos

São Francisco

São José Da Lagoa Tapada

São José De Caiana

São José De Espinharas

São José De Piranhas

São José De Princesa

São José Do Bonfim

São José Do Brejo Do Cruz

São José Do Sabugi

São João Do Rio Do Peixe

São Mamede

Taperoá

Tavares

Teixeira

Tenório

Triunfo

Uiraúna

Vieirópolis

Vista Serrana

Várzea

 

Fonte: Inmet/G1

porpjbarreto

Bomba: Ex-secretária de Cajazeiras desvenda esquema e encontros do prefeito José Aldemir. Amiga é cúmplice!

A ex-secretária Municipal de Desenvolvimento Humano de Cajazeiras – professora Gerlane Moura, acabou desvendando todo um esquema e pormenores de como eram os encontros do prefeito José Aldemir e sua amante.

De acordo com os áudios amplamente compartilhados nos grupos de WhatsApp de Cajazeiras, a ex-secretária acima mencionada – relata fatos alheios, ao público.

Uma secretária da gestão, organiza um dos encontros da amante com o prefeito em um sítio e traduz os segredos libidinosos do homem público – usando do poder que lhe cabe, para saciar seus desejos sexuais.

Abaixo, uma jovem secretária da gestão confirma existência do romance a mais de uma década, mas tomou conhecimento há cerca de dois anos e meio, revela.

 

Com informações do WhastApp

porpjbarreto

Deputado Jeová Campos diz que assassinato do estudante da UFPB precisa ser esclarecido e os culpados punidos com o rigor da Lei

A morte do estudante da UFPB Clayton Tomaz de Souza, o Alph, de 32 anos, que em suas redes sociais se antecipou aos fatos trágicos que levariam ao seu assassinato, no último dia 06, revelando ameaças contra sua vida, na opinião do deputado estadual Jeová Campos precisa ser esclarecida e os culpados punidos com o rigor das Leis. “Qualquer crime precisa ser investigado e esclarecido porque somente desta forma se faz Justiça e estes de extermínio mais ainda. A sociedade não pode calar diante de fatos desta natureza, nem muito menos aceitar como banalidade atos tão cruéis. A vida humana tem um valor inestimável”, reiterou o parlamentar.

O estudante que denunciou em suas redes sociais que estava recebendo ameaças, chegando até a gravar um vídeo indicando seus possíveis assassinos, temia por sua segurança e em diversas mensagens externalizou sua preocupação, acusando agentes de segurança privada, que atuam no interior da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), como responsáveis por possíveis represálias e atos contra a vida dele.

Clayton Tomaz, que foi conselheiro do Consuni e coordenador geral do DCE da UFPB, segundo amigos da universidade, sempre questionou essa pauta da segurança da instituição, com destaque para abusos de autoridade por parte dos guardas da UFPB, uso de forças desnecessárias, entre outros itens, e sempre combateu essa postura dos seguranças. “Não vamos permitir que as lutas de Clayton sejam esquecidas, não vamos permitir que a morte dele seja mais uma nas estatísticas de violência, não vamos nos calar diante de tamanha atrocidade. Precisamos elucidar o que houve, achar os culpados para que se faça a Justiça”, destaca seu colega, Aaron Moura, que atuou como militante estudantil junto com Clayton em sua gestão à frente do DCE.


Assessoria 

porpjbarreto

Cajazeirense Junior Araújo agradece publicamente convite e já fala na condição de Secretário-Chefe do Governo da Paraíba

O deputado estadual cajazeirense, Junior Araújo (Avante), agora licenciado – usou sua rede social nesta quarta-feira (12), para agradecer publicamente o convite do governador João Azevêdo (Cidadania), para ocupar o cargo de Secretário-Chefe do Governo da Paraíba.

Veja abaixo!

Passo aqui para comunicar a todos os paraibanos que atendendo convite do governador João Azevedo aceitei mais um grande desafio em minha vida, agora na condição de Secretário Chefe do Governo do Estado da Paraíba.

É um grande desafio que passo a exercer. Tão honroso quanto ser deputado estadual e ainda com mais responsabilidades; tendo em vista que até então a minha atuação parlamentar era mais direcionada ao sertão da Paraíba. A partir de agora, o meu trabalho direto será em prol do desenvolvimento de toda a Paraíba e dos seus 223 municípios. Agradeço aos meus colegas deputados estaduais por todo o apoio recebido no exercício do mandato e agora para o desempenho dessa nova missão.

Conto com o apoio e a confiança de todos os paraibanos e que tenham a certeza que honrarei nosso estado com muito mais trabalho e dedicação. Que Deus nos abençoe”!

Redação

porpjbarreto

Jeová sai em defesa da Fundação PB Saúde e desafia oposição a mostrar alternativa a proposta do governo com a saída das OS’s

Abrir um debate franco sobre a PB Saúde, sobre a responsabilidade política e a responsabilidade com a gestão e também com a Paraíba e com os filhos da Paraíba que precisam da saúde pública. Foi com esse propósito que o deputado estadual Jeová Campos (PSB) fez um discurso na tribuna da ALPB, na manhã desta quarta-feira (12), em defesa da criação da Fundação PB Saúde. No entendimento do parlamentar, a oposição precisa fugir do discurso político ideológico e encarar essa questão com mais prudência. “Estamos tratando de uma questão crucial que é a saúde pública. Nosso Estado tem uma rede pública de 32 hospitais e a PB se vê num debate sobre um modelo de gestão. Então, agora eu pergunto aos senhores deputados e deputadas da oposição qual a alternativa política/administrativa que vocês apresentam ao governo? Eu penso que ai a responsabilidade se desloca de lado e deixa de ser do governo para ir para a oposição. Porque do contrário a oposição quer que se instale o caos na saúde da Paraíba e saúde é uma coisa muito séria”, destacou Jeová.

Segundo o parlamentar, é preciso dar a oposição a razão da crítica quando, por exemplo, se fala em codificados. “Esse é um modelo de governança que existe em nosso estado há mais de 20 anos e que remonta aos idos tempos do PMDB, PSDB, etc. E isso precisa ser solucionado. E a proposta da PB Saúde no que diz respeito aos codificados, por exemplo, que hoje não recebem 13º, que não recebem FGTS, que não contam tempo de serviço, passa pela oportunidade deles serem legalizados dentro da Fundação PB Saúde. Outra questão relevante é ter uma fundação pública, mas regrada por normas do direito privado, cujos contratos não ficarão subordinados as regras expressas na Lei 8866, que a lei das licitações e que permitirá dar velocidade aos atos de gestão da saúde que não pode esperar porque lidamos com vidas. Então qual a crítica a esse modelo?”, questionou Jeová.

O deputado disse que esse diálogo precisa ser construído na ALPB sem qualquer enfrentamento de conteúdo ideológico. “É preciso se construir uma alternativa. O papel da ALPB não é o de construir o desgoverno, o papel do parlamento estadual não é o de atrapalhar o governo, o papel da ALPB é estabelecer diretrizes que também dê luzes ao governo”, reiterou Jeová que conclamou a oposição para um debate de conteúdo. “O que quer a oposição que criticou o modelo das OS’s o tempo inteiro? O que querem vocês que não levam em conta que no tempo das OS’s a Paraíba ampliou sua rede de atendimento, ganhou novos hospitais, a exemplo do Hospital Metropolitano de Santa Rita e do único hospital de oncologia do interior de um estado do Nordeste, o Hospital do Bem, de Patos, que zerou a fila das cirurgias cardíacas, que voltou a fazer transplantes, que melhorou a dinâmica e assistência no Hospital de Trauma de João Pessoa e Campina Grande, isso só para citar alguns avanços.  O que vocês propõem como alternativa ao Estado da Paraíba para substituir as OS’s?”, indagou o parlamentar.

Jeová lembrou que o governo apresentou a solução através do caminho com a Fundação PB Saúde. Mas, que ontem, a CCJ da ALPB rejeitou a proposta do governo de criar a Fundação PB Saúde. “Então, eu volto a perguntar aos senhores deputados e deputadas da oposição qual a alternativa política/administrativa que vocês apresentam ao governo?”, finalizou o parlamentar.

 

Assessoria