Arquivo de tag municípios

porpjbarreto

Quase 60% dos municípios da Paraíba estão em alerta para surto de arboviroses, Cajazeiras é um deles

Outras 32 cidades estão em situação de risco para surto ou epidemia por arboviroses e 57 estão em situação satisfatória

A Paraíba tem cerca 133 municípios em alerta de surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, chikungunya e zika. O número corresponde a 59,9% das 223 cidades paraibanas. Os dados são do primeiro Levantamento Rápido de Índices para o mosquito Aedes Aegypti (LIRAa/LIA), de 2020.

O estudo foi realizado em 222 cidades entre os dias 6 e 10 de janeiro e divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta terça-feira (28). Apenas o município de Riachão não participou do estudo.

Outras 32 cidades, que equivalem a 14,4%, estão em situação de risco para surto ou epidemia por arboviroses e 57, que correspondem a 25,7%, estão em situação satisfatória.

Entre as recomendações da SES para o combate do mosquito estão a intensificação das ações por parte das secretarias municipais de saúde; sensibilizar a população para eliminação de criadouros do mosquito; integrar os agentes de combate à saúde e de endemias, no combate aos criadouros e na identificação dos casos suspeitos.

Municípios em situação de alto risco para surto

  • Soledade
  • Pedra Branca
  • Serra Branca
  • Salgadinho
  • Imaculada
  • Assunção
  • Sousa
  • Serra Grande
  • Araruna
  • Mulungu
  • Patos
  • Juripiranga
  • Seridó
  • Juru
  • Brejo do Cruz
  • Cajazeiras
  • Nova Floresta
  • Massaranduba
  • Picuí
  • Conceição

Municípios em situação de alerta ou médio risco

  • São José de Caiana
  • Ingá
  • Passagem
  • Cacimbas
  • Teixeira
  • Belém
  • Campina Grande
  • São José do Brejo do Cruz
  • Nazarezinho
  • Cacimba de Dentro
  • Remígio
  • Piancó
  • Parari
  • Olivedos
  • Santa Cruz
  • Paulista
  • Aroeiras
  • Tenório
  • Salgado de São Félix
  • Catolé do Rocha
  • São José da Lagoa Tapada
  • Santa Inês
  • Catingueira
  • Aguiar
  • Caldas Brandão
  • Belém do Brejo do Cruz
  • Livramento
  • Santa Luzia
  • Brejo dos Santos
  • Barra de Santa Rosa
  • Pedras de Fogo
  • Areia de Baraúnas
  • São José dos Cordeiros
  • Cacimba de Areia
  • Coremas
  • Alagoa Grande
  • Riachão do Bacamarte
  • Umbuzeiro
  • Gurinhém
  • Pocinhos
  • Queimadas
  • Riacho de Santo Antônio
  • Cajazeirinhas
  • Junco do Seridó
  • Barra de Santana
  • São João do Rio do Peixe
  • Bayeux
  • Nova Olinda
  • Lagoa de Dentro
  • Tacima
  • Uiraúna
  • Lagoa Seca
  • São João do Tigre
  • Caaporã
  • Itaporanga
  • Vista Serrana
  • Lagoa
  • Curral de Cima
  • Frei Martinho
  • Bernardino Batista
  • São José do Sabugi
  • São José dos Ramos
  • Triunfo
  • Taperoá
  • Solânea
  • São João do Cariri
  • Sertãozinho
  • Borborema
  • Condado
  • Boqueirão
  • Caturité
  • Santana de Mangueira
  • Marizópolis
  • Boa Vista
  • Caiçara
  • Areia
  • Bom Sucesso
  • Cruz do Espírito Santo
  • Vieiropólis
  • Jacaraú
  • Sumé
  • Monteiro
  • São Sebastião do Umbuzeiro
  • Boa Ventura
  • Malta
  • Camalaú
  • Jericó
  • Água Branca
  • Itabaiana
  • Várzea
  • Mato Grosso
  • Caraúbas
  • Barra de São Miguel
  • Cubati
  • Marcação
  • Bananeiras
  • Lastro
  • Poço Dantas
  • Cabaceiras
  • Bonito de Santa Fé
  • São Bento
  • Damião
  • Santa Cecília
  • Casserengue
  • Emas
  • Riachão do Poço
  • Santa Terezinha
  • São Miguel de Taipú
  • São Mamede
  • Mataraca
  • Itapororoca
  • Esperança
  • Santa Rita
  • Zabelê
  • Prata
  • Congo
  • Montadas
  • Ibiara
  • Cuité de Mamanguape
  • Alagoinha
  • Ouro Velho
  • São Domingos
  • São José de Princesa
  • Logradouro
  • Areial
  • Serra da Raiz
  • Monte Horebe
  • Nova Palmeira
  • Pilõezinhos
  • Santana dos Garrotes
  • Natuba
  • Tavares
  • Alhandra

Municípios em situação satisfatória ou baixo risco

  • Quixaba
  • Duas Estradas
  • Pilões
  • Riacho dos Cavalos
  • Dona Inês
  • Algodão de Jandaíra
  • Mãe D’água
  • Matinhas
  • Capim
  • Manaíra
  • Fagundes
  • São Sebastião de Lagoa de Roça
  • Conde
  • Amparo
  • Santo André
  • Gurjão
  • São José de Espinharas
  • Puxinanã
  • Rio Tinto
  • Sapé
  • Cabedelo
  • Igaracy
  • Sobrado
  • Gado Bravo
  • Cachoeira dos Índios
  • Bom Jesus
  • Serraria
  • Diamante
  • Cuitegi
  • Serra Redonda
  • Aparecida
  • Araçagi
  • Mamanguape
  • João Pessoa
  • São Domingos do Cariri
  • São José do Bonfim
  • São Bentinho
  • Alcantil
  • Santa Helena
  • Lucena
  • Pombal
  • Coxixola
  • Curral Velho
  • Carrapateira
  • Joca Claudino/Santarém
  • São Francisco
  • Sossego
  • Poço de José de Moura
  • Baraúna
  • Pedro Régis
  • Olho D’agua
  • Baia da Traição
  • Arara
  • Pitimbú
  • São José de Piranhas
  • Mari

 

Com informações de G1 PB 

porpjbarreto

Prefeitos e deputados agradecem apoio do senador Veneziano na destinação de recursos para municípios paraibanos

Durante esta semana o gabinete do Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) foi muito concorrido, com a visita de diversos Prefeitos, Prefeitas e deputados paraibanos. As visitas e contatos dos políticos tiveram como objetivo tratar sobre investimentos nos seus municípios, através do apoio do Senador, por meio de emendas parlamentares.

Uma das visitas foi feita pela Prefeita de Duas Estradas, Joyce Renally Feliz Nunes, que, por meio das suas redes sociais, agradeceu a atenção do senador e da sua equipe. A gestora apresentou as demandas da cidade e recebeu, por parte do parlamentar, toda a garantia de que seu gabinete está à disposição do povo de Duas Estradas.

O Senador Veneziano Vital destinou também para o Conde, recursos no valor de R$ 150 mil. O recurso, proveniente de uma emenda individual do senador, será destinado para o custeio e melhorias nos serviços de saúde do município. A prefeita Márcia Lucena destacou a importância desta emenda para a saúde local. “Essa emenda que o Senador destinou para o nosso município será utilizada na manutenção destes serviços que são oferecidos para a população”, afirmou a gestora.

Na última terça-feira (10), o deputado estadual Junior Araújo postou um vídeo nas suas redes sociais agradecendo a Veneziano pela destinação de uma emenda de R$ 189.900,00, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para a aquisição de ônibus escolar para o município de Cajazeiras. “Eu quero aqui agradecer de público ao Senador por essa importante ação, que vai beneficiar os alunos da rede municipal de ensino de Cajazeiras”, revelou o deputado estadual, em vídeo.

Outra conquista se deu por parte do Prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, que assinou convênio junto à Caixa Econômica Federal, para a interligação da comunidade de Chã de Dentro com a pavimentação da Integração, fruto de uma emenda de Veneziano. “Essas ações têm impacto positivo para a população que reside nessas cidades e entendo ser uma obrigação de quem representa o povo paraibano, como é o meu caso, ajudar para melhorar a vida de cada cidadão”, destacou Veneziano.

Redação

porpjbarreto

Eleitores de oito municípios voltam às urnas neste domingo

Novas eleições para os cargos de prefeito e vice estão sendo realizadas neste domingo (1º) em oito municípios. Nas localidades, os eleitos no pleito de 2016 foram cassados pela Justiça Eleitoral e não poderão continuar nos cargos.

Os eleitores voltarão às urnas nos municípios de Alto do Rodrigues e Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte; Aracoiaba, no Ceará; Bofete, no estado de São Paulo; Ibitiúra de Minas, em Minas Gerais; Japorã, em Mato Grosso do Sul; Lajeado, no Tocantins; e São Francisco, em Sergipe.

A votação será realizada pela urna eletrônica. Os vencedores vão exercer o mandato até o fim de 2020, ano em que novas eleições municipais serão realizadas em todo o país.

As seções eleitorais ficarão abertas das 8h às 17h. Para votar, o eleitor deverá levar um documento oficial com foto e o título de eleitor.

Segundo a Justiça Eleitoral, apesar de não ser obrigatória a apresentação do título, o documento é necessário para localizar a seção de votação. Quem estiver com o aplicativo para celulares e-título não precisará apresentar documento com foto.

Agência Brasil

porpjbarreto

“Fim dos Lixões”: MP, Secretaria de Articulação Municipal e Famup discutem apoio do Estado aos municípios

O Ministério Público da Paraíba, a Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e da Articulação Municipal realizaram uma reunião, na tarde da última quarta-feira (20/11), na sede do MPPB, para discutir estratégias de apoio do Estado aos municípios no tocante ao fim dos lixões e a correta destinação dos resíduos sólidos.

A reunião foi presidida pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho e teve a participação do procurador Francisco Sagres; do 2º subprocurador-geral, Alvaro Gadelha; do promotor de Justiça José Farias de Sousa Filho; da secretária de Articulação Municipal, Ana Cláudia Vital do Rêgo; do presidente da Famup, George Coelho; e do secretário-executivo da Famup, Pedro Dantas.

O procurador-geral destacou a importância do apoio que o Estado ao projeto “Fim dos Lixões” para solução definitiva do problema dos lixões nos municípios, ressaltando o impacto social da iniciativa. O projeto é desenvolvido pelo MPPB, em parceria com a Famup, Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e Ministério Público Federal. Através do projeto, o MP propõe aos prefeitos a assinatura de dois acordos: um de não-persecução penal (com o compromisso de não mais destinar os resíduos aos lixões no prazo de um ano) e um termo de ajustamento de conduta (para recuperação da área degradada, no prazo de cinco anos).

A secretária Ana Cláudia Vital do Rêgo informou que o Governo do Estado deve viabilizar a destinação de recursos aos municípios que serão executados através do Pacto Social assinado pelas prefeituras com o Estado. “Participamos dessa reunião coordenada pelo MP atendendo a uma determinação do governador João Azevedo para que possamos pensar as estratégias de apoio e suporte no tocante à resolução do problema dos resíduos”, declarou

Ela disse ainda que está sendo realizado um levantamento orçamentário para definir o valor do recurso, que será apresentado ao governador . A secretária Ana Cláudia Vital também ressaltou a importância do projeto. “Trata-se do resgate de cidadania para todos os que vivem nessa região e solução de problema ambiental”, disse. Ainda segundo a secretária, outras secretarias deverão se integrar como as de Educação, Saúde e Recursos Hídricos.

O procurador Francisco Sagres relatou que o apoio do Estado vai incentivar os municípios a adotar as providências que estão sendo apontadas pelo Ministério Público e órgãos parceiros como as mais viáveis para os municípios. “Com a participação de todos, MP, MPF, Famup, Ibama, Sudema, vamos equacionar um problema de ordem ecológica. Então, estou feliz com a disposição do Estado em contribuir com essa atividade e com a certeza com isso ganharemos muito mais força para alcançarmos nosso objetivo”, enfatizou.

O presidente da Famup, George Coelho, também ressaltou a importância da parceria do Estado na busca da solução viável e de sustentabilidade para o problema dos lixões. “Estamos procurando resolver definitivamente essa questão ambiental e fazer com que o regime seja correto”, disse.

Para o procurador Alvaro Gadelha, o Estado está encampando um dos mais importantes projetos desenvolvidos pelo Ministério Público. “Trabalhar pelo meio ambiente, sobretudo nessa questão do lixão, significa lençol freático limpo, sociedade bem acolhida e, consequentemente, no futuro, deixar um legado de trabalho em prol da sociedade”.

Assessoria de Imprensa – MPPB

porpjbarreto

Veneziano vota a favor da partilha do pré-sal para os municípios, mas lamenta prejuízos acarretados aos estados

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) votou favoravelmente, na manhã desta terça-feira (15), ao Projeto de Lei (PL 5.478/2019) que divide parte dos recursos do leilão do pré-sal com estados e municípios. A matéria foi apreciada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), da qual Veneziano é membro titular. À tarde o projeto será analisado pelo Plenário.

Como Senador Municipalista, Veneziano votou a favor da partilha para os Municípios e destacou os detalhes de como ficou a matéria, após aprovação, tanto em um vídeo publicado em suas redes sociais, para que a população tome conhecimento de como será a divisão dos recursos, quanto em telefonema feito ao presidente da Federação das Associações dos Municípios a Paraíba – Famup, George Coelho.

O Senador lembrou que, como o leilão dos royalties se dará no próximo dia 6 de novembro, era fundamental que o Senado apreciasse o projeto neste momento. “Seria fundamental que nós aprovássemos o projeto hoje, para beneficiar a todos os municípios brasileiros e, obviamente, os nossos gestores e gestoras dos municípios da Paraíba. Foi uma votação à unanimidade, que garantirá, até o final do ano, recursos extras”.

Ele lamentou, entretanto, os prejuízos que a matéria aprovada acarretará aos estados, sobretudo os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. “A gente só lamenta que essa nova proposta, que foi apresentada pela Câmara dos Deputados, tenha levado um prejuízo significativo aos estados, principalmente os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Por exemplo, o estado da Paraíba vai ter um prejuízo da ordem de R$ 139 milhões e nós tínhamos que fazer esse registro, por dever de justiça”.

Veneziano disse que o voto a favor da matéria ratificou sua postura de Senador Municipalista. “Votamos favoravelmente, em defesa dos municípios paraibanos, como não seria outra a minha postura, como ex-prefeito, sabedor das dificuldades por que passam as gestões publicas, mas lamentando os prejuízos aos estados, como é o caso da nossa Paraíba”.

O Senador paraibano afirmou que a matéria aprovada permanece com os critérios pré-estabelecidos e dá a liberdade de escolha ao gestor municipal em relação à previdência e em relação a investimentos. No caso da transferência para os estados, Veneziano explicou os prejuízos. “Além das perdas, que no caso da Paraíba são de quase 140 milhões de reais, os recursos serão transferidos exclusivamente para uso no passivo previdenciário. Então, não há como negar que há um prejuízo ao estado da Paraíba e demais outros”.

Assessoria de Imprensa