Arquivo de tag Monteiro/PB

porpjbarreto

Filme VEREDAS D’UM SERTANEJO será gravado na cidade de Monteiro/PB e conta com a participação especial de Amazan e Eduarda Brasil

A atriz cajazeirense Raquel Rolim juntamente com o ator Márcio Tadeu e o diretor Silvio Toledo, estão em mais um grande projeto para produzir um longa-metragem, que será rodado neste ano de 2020 na cidade de Monteiro/PB. De acordo com a produção do projeto e por questões técnicas não será viável a gravação em Jardim do Seridó/RN – como estava anteriormente acordada.

Com roteiro de Márcio Tadeu e Vaniele Oliveira, o filme VEREDAS D’UM SERTANEJO conta a história de um Zé qualquer do interior do Brasil, que nasceu em meio a seca, mas que nunca deixou de sonhar em ser alguém como todo bom e persistente nordestino, que aprendeu a driblar as dificuldades e as mazelas da vida.

O filme conta com um grande elenco:  Renato Rabelo, Claudia Lira, Sôia Lira, Zezita Matos, Raquel Rolim, Fernando Teixeira, Fábio Campos, Gabriel Rolim, Daniel Toledo, Magna Fontes e dentre outros.

O projeto traz a participação especial de dois grandes nomes da música brasileira; Eduarda Brasil e o forrozeiro Amazan.

A direção de produção é de Raquel Rolim, direção de arte de Magna Fontes e direção geral de Silvio Toledo. Assistentes de direção: Márcio Tadeu e Raquel Rolim.

O diretor Silvio Toledo, a prefeita de Monteiro – Anna Lorena, a Secretária de Cultura e Turismo – Christianne Leal e a atriz cajazeirense Raquel Rolim.

Em reunião realizada nesta quinta-feira (09), com a prefeita de Monteiro – Anna Lorena, com a Secretária de Cultura e Turismo – Christianne Leal e o diretor Silvio Toledo, a direção do filme fechou os últimos detalhes das gravações – (atualizada).

Assessoria

porpjbarreto

Transposição: MPF e MPPB recomendam liberação de água de Custódia/PE para Monteiro/PB

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendam à Secretaria Nacional de Segurança Hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) que, mediante devido monitoramento da barragem de Cacimba Nova, no município de Custódia/PE, proceda à liberação de água proveniente do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), no eixo leste/meta 3 L, para o canal da transposição em Monteiro/PB. A recomendação estabelece que a vazão de água não deve ser inferior a 0,8m³/s, visando garantir a mínima segurança hídrica à população do Cariri paraibano (alto curso do Rio Paraíba).

Na última quarta-feira (6), a procuradora do MPF, Janaina Andrade, e o 2º subprocurador de Justiça do MPPB, Alvaro Gadelha, realizaram visita ao longo do canal da transposição, indo até o açude Cacimba Nova, com apoio do Ministério Público de Pernambuco (Promotoria de Custódia) e do MPF no município de Serra Talhada/PE. Lá, os representantes do MP constataram que a situação de risco da barragem vem sendo equacionada pelo MDR.

“Foi realizada a instalação de pré-filtro invertido, com o intuito de retenção de material fino do corpo da barragem, tratando-se de uma macrodrenagem a jusante, retirando excesso de água do Riacho Maravilha, o que pode viabilizar um equilíbrio na operação do sistema do Pisf”, relatam os procuradores na recomendação, que foi expedida nesta quinta-feira (7/11).

Foi estabelecido o prazo de 10 dias, a contar do recebimento da recomendação, para que a secretaria do MDR se manifeste acerca do acatamento, ou não, de seus termos, indicando as razões técnicas em caso de impossibilidade de cumprimento do recomendado, ou encaminhando relatório de cumprimento da recomendação. Outras providências judiciais para solucionar questões relativas ao Pisf não são descartadas pelo Ministério Público.

 

Com informações e foto da Ascom/MPF