Arquivo de tag Literária

porpjbarreto

Projeto LevePalavras lança livro da escritora Maria Valéria Rezende

Lançamento acontece neste sábado, 18, às 17h, em Tambaú

Uma das mais importantes escritoras brasileiras, ganhadora do maior prêmio da literatura nacional, em várias categorias, faz em João Pessoa, neste sábado, 18, o lançamento do livro “Haicais – Maria Valéria Rezende”. O evento também marca a apresentação do Projeto LevePalavras para o público literário da Capital paraibana, uma promoção da Moenda Arte e Cultura e Imagística – Editora e Encadernação Artesanal, e acontecerá Bricktop’s Café, localizado na Av. Nego, 657, em Tambaú, às 17h.

A obra reúne haicais, que são poemas de origem japonesa que possuem uma estrutura específica (três versos formados por 17 sílabas poéticas), inéditos e algumas reedições, porém, apresentados através da encadernação manual. “Me encantei com o projeto das meninas, e não tinha como recusar a participação em algo pensado com tanto carinho e cuidado. A costura, a ilustração da capa, o tipo de papel, os haicais…tudo se encontrou harmonicamente resultando em algo tão especial para todas nós”, disse Maria Valéria Rezende.

A obra literária será a primeira de uma série que Valeska Asfora e Dani Rabelo pretendem lançar a partir desta parceria. “A ideia surgiu em conversas informais entre amigas, uma já realizando um trabalho de papelaria artesanal cuidadoso, de muita beleza e qualidade, e a outra trabalhando com produção cultural e com um olhar atento a área dos livros, leitura, literatura”, explicou Valeska Asfora, produtora cultural.

“A proposta é apresentar as diversas vertentes da literatura de uma forma única e ainda mais singular. A encadernação manual é uma arte milenar, tornando cada livro uma peça única, enaltecendo ainda mais aquilo que nele foi impresso”, destacou Dani Rabelo, a mulher por trás da Imagística, um ateliê que tem como proposta unir a arte da encadernação com capas repletas de significados.

Para o livro “Haicais – Maria Valéria Rezende”, foi escolhida uma ilustração da artista  paraibana Ana Elizabeth, mais conhecida pela assinatura @illustraninha. O desenho monocromático traz, através de traços delicados, uma mulher com pensamentos livres, assim como são os haicais de Maria Valéria. “Até agora não consigo expressar a minha alegria em fazer parte da primeira obra do Projeto LevePalavras, e ainda mais por poder ter a minha ilustração na capa de um livro de uma mulher que admiro tanto. Maria Valéria Rezende possui uma história que muito nos ensina, e suas obras refletem isso”, disse Ana Elizabeth.

Valeska Asfora acrescentou ainda que a parceria com Dani Rabelo trará outras edições: “Nossa proposta é trazer, através de cada publicação, uma mensagem de leveza, mas que provoque reflexões. Este é um encontro do papel com a literatura, nada de novo, portanto, feito com muita dedicação e amor pelo que realizamos, e resultando em um produto único, e sem intenções de concorrer no mercado literário”.

“Podemos adiantar que em breve teremos mais livros, com novas autoras e autores, assim como ilustrações de outras e outros artistas. Estamos dedicando nossa energia para a realização de algo que entendermos ser muito, muito exclusivo”, concluiu Dani Rabelo.

Toda a curadoria do projeto, e lançamento dos livros, ficará por conta da Moenda Arte e Cultura, e a diagramação e encadernação sob a responsabilidade da Imagística – Encadernação Artesanal.

Mais informações sobre o lançamento do Livro “Haicais – Maria Valéria Rezende”, ou sobre o Projeto LevePalavras, podem ser obtidas através das páginas no Instagram da Moenda (@moenda_arte_cultura) ou da Imagística (@imagisticaencadernacao), assim como pelos e-mails moendartecultura@gmail.com e imagisticaencadernacao@gmail.com.

 

Assessoria 

porpjbarreto

Biblioteca da Cadeia Pública de Pombal é inaugurada com lançamento de obra literária

Durante a inauguração da Biblioteca da Cadeia Pública da cidade de Pombal, ocorrida na última sexta-feira (18), o técnico judiciário Teófilo Félix de França Júnior expôs o seu livro “Entre Farol, Poesia e Vagalumes’, nas dependências do sistema prisional. A primeira obra do escritor foi apresentada dentro do projeto ‘O Outro Lado da Moeda’. O servidor é lotado na 1ª Vara Mista do Fórum Promotor Nélson da Nóbrega.

A iniciativa busca oportunizar aos presos à remição de suas penas através do estudo, por meio da leitura e da produção de peças de artesanato. O projeto é da Escola Estadual  João da Mata e conta com o apoio da pastoral carcerária e do diretor do presídio, Giorgio Barbosa.

“Compreendo este dia como um dos mais importantes eventos de exposição de minha obra. Além dos grandes salões, o conhecimento, a prosa e a poesia devem percorrer todos os espaços, inclusive aqueles onde há mais necessidade e possibilidade de mudança através do fascinante mundo da leitura”, ressaltou Teófilo Júnior.

Ainda segundo o autor, indiscutivelmente, a leitura eleva a alma e tem o poder de transformar o homem. Além de expor o seu livro, o escritor realizou a doação de vários exemplares de sua obra e de outros autores, que, de agora em diante, passam a compor o acervo da biblioteca da cadeia.

Na oportunidade, foi apresentado aos presentes, ainda, trabalhos de ressocialização realizados pelos presos da unidade prisional.

Por Marcus Vinícius/Ascom-TJPB