Arquivo de tag João Azevêdo

porpjbarreto

Azevedo recebia mensalão de R$ 120 mil da Cruz Vermelha por ordem de Ricardo Coutinho, afirma Livânia

Se alguém tinha alguma dúvida, agora não se tem mais: a julgar como verdadeira a delação de Livânia Farias, o governador João Azevedo recebeu, entre maio e julho de 2018, propinas da Cruz Vermelha em parcelas mensais de R$ 120 mil. É o que está na colaboração de Livânia, gravada com o Gaeco em abril do ano passado, após ser presa.

De julho em diante, as contas de João Azevedo continuaram a ser pagas pela propina, mas pela operação eleitoral. Ou seja, mudou só de rubrica. A fonte era a mesma: dinheiro na forma de propina desviada da Cruz Vermelha gaúcha.

Segundo Livânia, a ordem para o pagamento a João foi dada pelo ex Ricardo Coutinho e seria para cobrir as “despesas pessoais” de João, quando ele deixou a Secretaria de Infraestrutura para assumir a candidatura ao governo.

João nega – Nesta segunda (dia 13), após a veiculação da delação, o governador João Azevedo afirmou à Imprensa: “Jamais recebi recursos de quem quer que seja para fazer uso pessoal. A campanha (ao governo) foi bancada com recursos do partido. Repito: jamais autorizei que alguém recebesse recursos ilegais para bancar essa despesa.”

Confira aqui – Delação-de-Livânia-anexo-de-João Azevêdo

 

Fonte: Estadão/Blog do Helder Moura

porpjbarreto

Os braços da Operação Calvário no STJ

A denúncia oferecida pelo Ministério Público da Paraíba não encerra as frentes de investigação da Operação Calvário. Além do trabalho desenvolvido pelos promotores locais, o Superior Tribunal de Justiça também apura fatos que atingem conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e o atual governo local.

O MPF já apontou que o grupo criminoso comandado pelo ex-governador Ricardo Coutinho continua agindo na gestão de João Azevêdo, que assumiu em 2019, por meio da indicação dos seus agentes para compor a cúpula da nova administração.

Na denúncia, o MP da Paraíba também reforça que Coutinho foi  o principal pivô da eleição do atual governador e que capitaneou a manutenção, no Poder Executivo, do seu staff de Secretários no centro das decisões políticas”.

Os promotores ressaltam ainda que Coutinho recorreu ao Tribunal de Contas do Estado para maquiar condutas criminosas.  “Parte dessa submissão está sendo apurada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma vez que se detectou, no curso das investigações, que o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), por parcela de seus conselheiros, tornou-se um dos principais instrumentos para encobrir as práticas criminosas e, em determinados momentos, potencializá -las, tendo papel central no ‘modelo de negócio’ da empresa criminosa, que passou a deixar a intimidação como ‘força de reserva’ para adotar a ‘infiltração’ nos setores públicos”, afirmam os promotores.

 

Por Márcio Falcão – O Antagonista

porpjbarreto

Deputado Jeová Campos desmente boatos de rompimento e suposta ameaça contra o governador João Avezêdo

Tudo isso é mentira de alguns membros da imprensa, digo e repito, tudo mentira

Após ser veiculada a informação em vários sites e blogs da Paraíba e região do Sertão, que o deputado Jeová Campos (PSB) teria se reunido com um dos secretários de estado mais influentes do Governo da Paraíba, para falar sobre a indicação de cargos e a nomeação da direção do Hospital Regional de Cajazeiras sem que o referido parlamentar tomasse conhecimento, ou até mesmo ser consultado com antecedência, notícias foram divulgadas dando conta de um possível rompimento com o governo João Azevêdo e suposta ameaça do seu posicionamento na Assembleia Legislativa.

Segundo nos informou, no início da noite desta segunda-feira (06), o irmão do deputado, o ex-vice-prefeito de São José de Piranhas – Marquinhos Campos, que as informações veiculadas são falsas e que Jeová não compactua com esse tipo de comportamento mesquinho, mentiroso e do quanto pior melhor.

De acordo com algumas publicações o deputado Jeová teria se queixado da nomeação do novo diretor do HRC, que o mesmo não foi consultado e o sertanejo havia dado um recado ao governador João Azevêdo; “Não tem nada, não secretário. Quando a cassação do governador chegar à Assembleia eu saberei como me comportar”, fato que Jeová desmente veementemente.

Quero dizer que acabei de conversar com meu irmão, Jeová. Portanto, ele desmente essas informações de rompimento e que fez algum tipo de ameaça ao nosso governador João Azevêdo. Tudo isso é mentira de alguns membros da imprensa, digo e repito, tudo mentira”, ressaltou Marquinhos Campos.

 

Redação

porpjbarreto

Empresas podem se instalar em presídios para ressocialização de reeducandos

Na Paraíba empresas poderão firmar parceria com o Governo do Estado para instalar unidades em penitenciárias e oferecer capacitação profissional e gerar renda para os reeducandos. A proposta do Governo do Estado é proporcionar condições para que as pessoas privadas de liberdade aprendam e exerçam uma profissão ainda cumprindo pena e, assim, estejam capacitadas para o mercado de trabalho quando se reintegrarem ao convívio social. O governador João Azevêdo sancionou a Lei nº 11.613 de 26 de dezembro de 2019, que publicada no Diário Oficial do Estado, edição de 27 de dezembro.

A referida Lei, de autoria do Poder Executivo e aprovada pela Assembleia Legislativa, dispõe sobre a celebração de parcerias entre o Estado, por intermédio da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado da Paraíba (Seap), e pessoas jurídicas de direito privado que pretenderem empregar detentos para exercer atividades no interior de unidades do sistema prisional do Estado. A Seap selecionará estas pessoas jurídicas por meio de chamamento público, conforme critérios estabelecidos em decreto do chefe do Poder Executivo, observados os princípios da isonomia, impessoalidade e publicidade.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, destaca a importância da Lei que vai proporcionar ao reeducando a oportunidade de aprender um ofício por meio de cursos para ele e para a família, ganhar um salário mínimo, ajudar os familiares e quando voltar para a sociedade ter uma profissão. “O Governo do Estado verificou que é preciso se dar oportunidade para que essas pessoas possam se reintegrar à sociedade”, enfatizou.

Atualmente existem no Sistema Penitenciário da Paraíba 1.283 reeducandos trabalhando em atividades externa ou internamente, todos voluntários. “Para a nova Lei o primeiro critério será a vontade em querer aprender uma profissão de maneira voluntária”, pontua o secretário.

O valor da remuneração da pessoa privada de liberdade deverá corresponder pelo menos a 1 (um) salário mínimo nacional vigente e deverá ser pago mensalmente, mesmo que o trabalho seja exercido por meio de produção. De acordo com a Lei, a remuneração deverá ter a seguinte destinação: 50% para assistência da família e para pequenas despesas pessoais do preso, sendo o valor, preferencialmente, depositado em conta poupança ou conta simplificada em nome do preso, aberta em instituição financeira próxima à unidade prisional; 25% para constituição do pecúlio, que deverá ser depositado em conta judicial, por meio do Sistema de Depósitos Judiciais, vinculada ao processo de execução penal, somente liberado mediante alvará judicial, por ocasião da extinção da pena ou do livramento condicional; 20% a ser depositado na conta do Fundo de Recuperação dos Presidiários, como ressarcimento ao Estado pelas despesas realizadas com a manutenção do preso; 5% em favor da política pública destinada aos egressos (compreendendo egressos todos em progressão de regime e os egressos em definitivo), que será desenvolvido através do Escritório Social.
Ainda de acordo com a lei, dos percentuais citados, poderá ser deduzida a indenização, quando fixada judicialmente, pelos danos causados em decorrência do crime, desde que não reparados por outros meios. Ficam incorporadas ao patrimônio do Estado todas as benfeitorias realizadas no interior das unidades prisionais pelas parcerias, sem que elas tenham direito à indenização, quando da rescisão das parcerias de que trata a Lei.

As tarifas de água, esgoto e energia elétrica relacionadas às atividades exercidas pelas parcerias nas oficinas de trabalho situadas no interior das unidades prisionais serão custeadas pela Seap, que será a titular das respectivas faturas. As parcerias já celebradas pelo Estado, por intermédio da Seap, que ainda estejam em vigor, deverão adequar-se, caso necessário, no prazo de 90 dias, contados a partir da data de publicação da Lei. As despesas decorrentes da execução da Lei correrão por conta da dotação própria do orçamento da Seap.

Secom

porpjbarreto

João Azevêdo anuncia novo modelo de gestão das unidades hospitalares

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (23), a determinação para a Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunicar, imediatamente, o encerramento de todos os contratos de gestão pactuada com as Organizações Sociais na área da saúde, obedecendo um calendário instituído pelo governo. Em entrevista coletiva realizada no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o chefe do Executivo estadual também apresentou os cronogramas de transição das unidades hospitalares para a administração estadual e, em seguida, para a Fundação PB Saúde.

Na ocasião, ele ainda apresentou ações de controle nos contratos de gestão pactuada em 2019, quando houve intervenção, auditoria, fim do contrato com a Cruz Vermelha e implementação de novos fluxos operacionais de fiscalização junto aos gestores de contrato, com apoio da Controladoria Geral do Estado (CGE).

De acordo com o gestor, o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, e o Hospital de Mamanguape passarão a ser geridos pelo governo estadual a partir do próximo dia 28. Já a Maternidade Peregrino de Carvalho, em Patos; o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita; o Complexo Hospitalar e Hospital do Bem, em Patos; as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Guarabira, Santa Rita e Princesa Isabel, além do Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Sousa passarão para o controle da SES nos primeiros dois meses de 2020 (cronograma completo em anexo).

João Azevêdo também explicou que, após a tramitação e autorização, por parte da Assembleia Legislativa, para a criação da PB Saúde e a publicação do decreto do Poder Executivo, as unidades hospitalares passarão a ser administradas pela Fundação a partir de abril de 2020 (cronograma em anexo). As medidas adotadas pelo Governo do Estado visam solucionar problemas relacionados à gestão das OSs e dos codificados na Paraíba.

“Nós tomamos as providências que se faziam necessárias e planejamos essa nova estrutura que se concretizou com o envio à Assembleia Legislativa do projeto que cria a PB Saúde. Além disso, a questão dos codificados é uma exigência constante dos órgãos de controle, como o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público, e das pessoas que trabalhavam nessas condições há mais de 20 anos. Essa é uma data extremamente importante e um marco nesse processo que estabelece uma nova rotina administrativa dentro da saúde do Estado e espero que 2020 seja um ano em que possamos construir muito mais alternativas para buscar a implementação das propostas que se iniciam hoje”, frisou.

Medidas já adotadas pelo governo em 2019 – Durante a entrevista coletiva, o governador João Azevêdo também detalhou todas as ações adotadas pela gestão para assegurar a transparência na gestão da saúde.

Em janeiro, houve a implantação da Superintendência de Coordenação e Supervisão dos Contratos de Gestão e intervenção no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires e no Hospital Geral de Mamanguape.

Em fevereiro, foi publicada a portaria da SES que instaurou procedimento administrativo para realizar auditorias nas prestações de contas dos contratos de gestão. Em março, foi assinado o Termo de Ajustamento de Conduta  (TAC) com os Ministérios Públicos Estadual e Federal, do Trabalho e de Contas, estabelecendo compromissos que foram adotados a partir de então pelo estado, para o processo de qualificação, seleção e contratação de Organizações Sociais.

Em abril, a gestão publicou o decreto 39.079, que regulamentou o processo de qualificação, seleção e contratação de Organizações Sociais e o Hospital Geral de Taperoá passou para a gestão do estado.

Em maio, aconteceu a publicação de portarias designando os gestores de contratos de gestão celebrados entre a SES e as OSs e, em junho, foi decretado o fim do contrato com a Cruz Vermelha.

Já no mês de julho, houve a abertura do processo de tomada de contas especial dos contratos de gestão celebrados entre a SES e ABBC, GERIR e Cruz Vermelha e, em setembro, a implementação de novos fluxos operacionais de fiscalização junto aos gestores de contrato, com apoio da CGE e Superintendência.

Em outubro, a SES solicitou mudanças no modelo de Prestação de Contas por meio da Circular nº 005/2019 e decretou intervenção no Hospital Geral de Mamanguape e Hospital Metropolitano.

Em novembro, foi publicada uma Nota Conjunta da Superintendência de Coordenação e Supervisão dos Contratos de Gestão – SCSCG que dispõe sobre novo regramento para as despesas administrativas, vinculadas aos Contratos de Gestão no âmbito da Saúde. Já em dezembro, foi implantado o novo modelo de Prestação de Contas, dando mais celeridade ao monitoramento das metas assistenciais pactuadas nos Contratos de Gestão e encaminhado à Assembleia Legislativa Projeto de Lei que cria a Fundação PB Saúde.

“Quando assumimos o governo, em janeiro de 2019, encontramos uma situação, principalmente com relação às OSs, a exemplo de contratos vencidos, e fizemos uma nova reengenharia na saúde, sem interromper os serviços prestados à população, com um sistema de saúde eficiente e transparente. Esse foi um esforço muito grande para definir esse novo modelo e adaptar às necessidades da Paraíba”, concluiu.

Novo-Modelo-de-Gestao-Governo-do-Estadoda-Paraba-2020-

Secom

porpjbarreto

João Azevêdo prestigia solenidade de premiação e reforça compromisso com atletas paraibanos

O governador João Azevêdo participou, nesta segunda-feira (16), no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, da solenidade do ‘Prêmio Melhores do Esporte Paraibano 2019’. O evento homenageou atletas e paratletas, além de técnicos e dirigentes que se destacaram ao longo do ano em diversas modalidades, além de personalidades do estado que fizeram história e ganharam projeção nacional e internacional. Petrúcio Ferreira, recordista mundial no atletismo paralímpico, foi escolhido como o melhor atleta do ano.

Na solenidade, o governador foi homenageado pelo atleta Duduzinho, vice-campeão mundial de karatê, e recebeu o troféu ‘Confraternização’, conquistado pela delegação paraibana nas paralímpiadas escolares de 2019, realizadas em São Paulo.

Durante pronunciamento, João Azevêdo destacou a relevância da premiação para incentivar o esporte paraibano. “É importante esse reconhecimento para que o povo da Paraíba conheça o esforço de cada atleta e essa é uma noite de festa para celebrar as conquistas deste ano. Nós estamos dando um exemplo claro de que o Estado respeita o comprometimento de cada atleta para levar o nome da Paraíba nas conquistas de 2019, como ocorreu com o vôlei de praia estudantil; isso é extremamente gratificante para o governo porque sabemos o que isso representa para outros jovens”, frisou.

Ele também afirmou que a gestão estadual desenvolve novas concepções de projetos para ampliar o apoio para diversas modalidades do esporte. “Nós estamos trabalhando numa reforma da legislação para que a gente possa incentivar outros esportes, nós tivemos uma grande vitória do futebol americano, com o João Pessoa Espectros, e isso representa o esforço dos que se dedicam ao esporte e, por isso, vamos ampliar esse apoio para várias modalidades esportivas”, acrescentou.

O secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Hervázio Bezerra, afirmou que o apoio do governador João Azevêdo ao esporte foi fundamental para motivar o segmento. “Nós conseguimos cumprir todo o calendário planejado pela Sejel, foram muitos eventos, conseguimos ajudar muitos atletas, o que resultou no sucesso de vários paraibanos, tanto nos Jogos Escolares, quanto nas Paralimpíadas. Nós tivemos a melhor colocação da história da Paraíba nas Paralimpíadas, conquistamos 66 medalhas, sendo 35 de ouro e esse é o resultado do esforço pessoal de cada atleta e do apoio do Governo. A tendência é de a Paraíba evoluir mais para a alegria de todos os cidadãos e amantes do esporte”, opinou.

A vice-campeã no Pan-Americano de judô no México e campeã sul-americana no Paraguai, Maria Eduarda Oliveira, disse que o apoio do Governo foi essencial para os resultados positivos deste ano. “Eu agradeço muito ao Governo do Estado pela ajuda e estou muito feliz pelo meu resultado e de todos os atletas que se destacaram ao longo do ano. Terminei o ano bem e espero ter um 2020 muito exitoso. Foi muito bom receber esses títulos porque eu sabia do meu potencial e com esse apoio ficou bem mais fácil chegar lá”, falou.

Igor Nery, integrante do João Pessoa Espectros, enalteceu a iniciativa da premiação. “Ela representa a materialidade do reconhecimento do nosso estado por carregar a bandeira no nosso peito. Nós temos uma rotina dura de ser um atleta amador, iniciamos nas areias do Cabo Branco, sem muita perspectiva, mas, após 12 anos de trabalho, conseguimos chegar ao ápice da carreira e já estamos avaliando as propostas para o próximo ano e a questão da logística para que a gente possa alcançar o tricampeonato”, disse.

O presidente da Associação Atlética das Pessoas com Deficiência da Paraíba, Will Oliveira, enalteceu o estímulo da gestão estadual a diversas modalidades do esporte. “Esse apoio foi muito importante para o desenvolvimento do nosso trabalho, nós buscamos desenvolver o paradesporto, já temos resultados significativos, tanto nacional, quanto internacionalmente, e esperamos ter cada vez mais chances de mostrar que a Paraíba é um polo de atletas do paradesporto”, comentou.

“A gente fica muito feliz pela valorização do Governo do Estado e por ter sido lembrado entre os melhores do esporte em 2019. A gestão é uma parceira da Unifacisa e agradecemos muito esse reconhecimento de um projeto sério e que vem crescendo a cada ano. Hoje, nós representamos a Paraíba na elite do basquete brasileiro e estamos muito felizes por isso”, comentou o coordenador técnico do time de basquetebol da Unifacisa, Eduardo Shafer.

Primeiro técnico de handebol da Paraíba, José Ribamar, agradeceu a homenagem. “Eu me sinto muito feliz e agradeço à Paraíba por ter me acolhido muito bem, desde 1962, quando fui professor do Pio X. Eu sempre trabalhei com a classe estudantil, fomos aos jogos escolares brasileiros em São Paulo e em Brasília e sempre fui muito prestigiado aqui”, relatou.

O deputado estadual Wilson Filho enalteceu a política do governo estadual de incentivo ao esporte. “Este evento premiou mais de 180 atletas que sonharam, acreditaram e venceram desafios a partir de dedicações que duram semanas, meses e anos e espero que mais atletas alcancem essa conquista, não só no Estado, mas em todo o Brasil”, declarou.

Os vereadores de João Pessoa, Léo Bezerra e Tibério Limeira, e auxiliares do Governo da Paraíba prestigiaram a solenidade.

Confira a relação dos premiados na solenidade:

 Atletismo e Bocha Paralímpica – Escolar e Paraescolar

Alice Mirelly, Fabíola de Oliveira, Matheus Melo, Iago Edson, Lucas Chaves, Bárbara

Beatriz, Deives Rufino, Laíssa Poliana.

Badminton e Ginástica Rítmica – Escolar e Paraescolar

Raica Isis, Pablo Rafael, Kathlen Kelly, Rian Catandubas, Saimon Max, Vitória Régia,

Maria Clara e Maíra Calado

Judô e Ciclismo – Escolar e Paraescolar

Maria de Fátima Rocha, Maria Eduarda Moisés, Fábio Bezerra, Dayanne Héllen,

Cláudio Galdino, Kaywã Lino, Monique Vitória, Tales Rafael

Tênis de mesa e Xadrez – Escolar e Paraescolar

Maria Clara Costa, Arthur Rodrigues, Nina Leite, Matheus Santos, Gustavo Luís,

Jamily Ferreira, Yasmin Soares, Sara Soares, Pedro Henrique e João Felipe

Natação – Escolar e Paraescolar

Maria Eduarda César, Daniel Azevedo, Juliana Dantas, Vítor Henrique, Marcone de

Souza, Bianca Vieira

Wresling (Luta Olímpica) e Vôlei de Praia – Escolar

Maria Vitória, Wildson Monteiro, Rúbia Ferreira, Gemerson dos Santos, Maria Eduarda

Dias, Pablo Henrique

Basquetebol – Escolar e Paraescolar

Maria Lavínia, Guilherme de Carvalho, Maria Gracineide, Luís Pereira, Leandro

Rodrigues

Futsal e Futebol de Cinco para deficientes visuais – Escolar e Paraescolar

Anna Cordeiro, Joélison Guilherme, Letícia Gabriela, Luan Gabriel e Lucas Pereira

Handebol e Voleibol – Escolar

Beatriz Oliveira, Daví Evangelista, Marcelle Pereira, Lucas Antônio, Bianca do

Nascimento, João Victor Soares, Yasmin Tenório, Rian Mateus.

Técnicos do Paraescolar

Ana Maria Meireles (bocha), Franciana Silva (tênis de mesa), Ednaldo Rosendo

(Futebol de 5), Hélio Pereira (Judô), Jéssica Maria (Para-badminton), Manoel Ubiramar

(natação), Romero Ramos (basquete em cadeira de rodas), Ivan Marcos Lisboa

(Atletismo).

Técnicos das modalidades individuais – Escolares

Ednete Luciana (atletismo), Priscila Soares (badminton), Lenise Rejane (ginástica

rítimica), Walter Júnior (lutas), Raniery Lopes (tênis de mesa), Stéphano de

Vasconcelos (natação), Isaac Soares (xadrez), João Pereira (vôlei de praia), Carlos

Alberto (ciclismo), João Jacinto (judô).

Técnicos das modalidades coletivas – Escolares

Basquete: Edson Gonçalves e José Ângelo; futsal: Lêucio Laerte e Guilherme Paiva;

handebol: Audivan Rodrigues e Isaías Gomes; voleibol: Idebaldo Grisi e Jorge Carvalho

Gerentes das Regionais:

João Pessoa: Wleika Honorato

Guarabira: Carlos Paiva

Campina Grande: Érica Santana

Cuité: José Gomes

Monteiro: Aristótenes da Silva

Patos: Gení Lúcia

Itaporanga: Maris do Carmo

Catolé do Rocha: Maria do Socorro Muniz

Cajazeiras: Valério Damásio

Princesa Isabel: Francisca de Lucena

Itabaiana: Fabiana de Figueiredo

Mamanguape: Gerlane Pereira

Coordenadores das Regionais:

João Pessoa: Teodan Stepherson

Guarabira: Soraia Barbosa

Campina Grande: Ricardo Silveira

Cuité: José Gilvandro

Monteiro: José Edilson

Patos: Kilden Tadeu

Itaporanga: Manoel de Araujo

Catolé do Rocha: Dênis da Silva

Cajazeiras: Márcio Raniery

Sousa: Rafael Abrantes

Princesa Isabel: Ricardo Quintino

Itabaiana: Luciano Ferreira

Pombal: Brendo Pereira

Mamanguape: Emerson Felipe

Homenageados

José Ribamar, primeiro técnico de handebol da Paraíba

Ivan Fernandes, 50 anos como árbitro dos Jogos da Paraíba

João Bosco Crispim – Presidente da Associação das Federações Esportivas Amadoras

Fábio Espinar – Presidente da Federação Paraibana de Vela

Dênis Machado – Representando um dos patrocinadores dos eventos

Ricardo Souza – Representando a modalidade de BMX, que colaborou com a reforma

da Pista de Bicicross do Ronaldão

Eduardo Araújo – Realizador do Paraíba Fight de MMA

Key Pessoa – Presidente da Federação Paraibana de Jiu Jitsu

Mais homenageados

Tenente Coronel Ânderson – Coordenador Corrida Pela Paz

Dalton Gadelha – Representando o grupo Unifacisa, que representa a Paraíba no NBB

(Novo Basquete Brasil)

Eduardo Shafer – Coordenador técnico do time de basquetebol da Unifacisa

Jailson Santos – Coordenador da Corrida da Serra

Eventos realizados pela Sejel

Jogos dos Ciganos

Jogos dos Índios – Cacique Sandro Gomes – Cacique Geral das Aldeias Potiguaras

Jogos Socieducativos Recomeçar – José Nilton Santos – Coordenador da Fundac

Jogos das Reeducandas – Cintia Almeida – Gerente do Presídio Feminino Julia

Maranhão

Jogos dos Servidores Públicos Estaduais – Melhor Equipe: Polícia Militar,

representada pelo Major Juceildo – Melhort atleta: Irenildo do Patrocínio

Copa Paraíba Sub 15 Raimundo Braga de Futebol: Clube Campeão de 2019- CRA de

Sousa representado por Josenildo Pereira. Melhor Atleta: Estevão Costa (C|RA)

Programa Paraíba Paralímpica

Melhor Pólo: Município de Picuí – coordenador: José Mário da Silva.

Associação Atlética da Pessoa com Deficiência – AAPD – Presidente Will Oliveira

Grêmio Vila Olímpica Parahyba – representante: Antônio Meira Leal

João Pessoa Espectros

Presidente: Diego Martins – Atleta destaque: Igor Nery

Maria Eduarda Oliveira – Vice-campeã Pan Americano de Judô em Guadalajara

Eduardo dos Santos – Vice-campeão Mundial de Karatê em Fortaleza

Professora Ana Maria Brito técnica de Nado Sincronizado e Ana Raquel atleta de

Nado Sincronizado

José Arthur e Virgínia Mélis atletas de saltos ornamentais e Eduardo Vergara técnico

Hérberth Pereira – responsável pelo Master de Atletismo da Paraíba

Campeões Sul Americanos de Luta Olímpica:

Kaliane Cristiani, Adriani Santos,

Gemerson Santos, Michael Silva, Fábio Conceição, Gabriel Vinícius

Campeões mundiais escolar de vôlei de praia:

Tiego Bernola, Pablo Barbosa e Luís Felipe.

Vice campeã mundiais escolar de vôlei de praia:

Lara Correia, Raissa Barbosa e

Gabriela Nóbrega e Pâmela Torres.

Principais Homenageados

Edival Marques Neto – campeão Pan Americano em Lima de Taekwondo – representado pelo técnico: Mestre Tomaz

Álvaro Filho – atleta de vôlei de praia paraibano garantido nas Olimpíadas de Tóqui

2020

Cícero Valdiran – Campeão mundial de atletismo para-desportivo

Joéferson Marinho – Medalha de Prata no Campeonato Mundial de Para-Atletismo

Silvana – campeã para- pan americana de taekwondo

campeã para-pan americana de halterofilismo

 

Damião Robson – campeão para-pan americano de Futebol de 5

José Roberto – campeão para pane americano de goalball

Dailton Freitas – técnico campeão para pan americano feminino

Jogos Mirins

Mária Julia Gondim – basquete

João Carlos Honorato – voleibol

José Marco – medalhista olímpico em Sidnei na Austrália e que entrou oficialmente

para o hall da fama do voleibol mundial nos Estados Unidos

Governador João Azevêdo

Os melhores do ano do Desporto e Para-Desporto Escolar

Feminino: Escolar: Rúbia Ferreira – Luta Olímpica

Feminino Paraescolar: Barbara Beatriz – Atletismo

Masculino: Escolar: Daniel Azevedo – Natação

Masculino: Paraescolar: Lucas Caetano – Futebol de 5

Melhor Atleta do ano da Paraíba:

Petrúcio Ferreira

 

Secom

porpjbarreto

Em Recife: João Azevêdo participa de reunião do Condel e projeta investimentos de mais de R$ 1 bilhão na Paraíba

O governador João Azevêdo participou, nesta quinta-feira (12), em Recife, capital de Pernambuco, da 26ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo da Superintendência do Nordeste (Condel/Sudene), ocasião em que foi definida a distribuição dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para o exercício financeiro de 2020, que prevê a destinação de mais de R$ 1 bilhão para a Paraíba. A solenidade, que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, também foi marcada pela posse do novo secretário executivo do Condel e superintendente da Sudene, Douglas Cintra.

Na reunião do Condel, João Azevêdo defendeu a aprovação, no Congresso Nacional, do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) e o encaminhamento de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que visa a destinação de 30% dos recursos do FNE para o financiamento de obras de infraestrutura. O gestor também pleiteou ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) a conclusão das obras do eixo norte da transposição do Rio São Francisco, além da segurança jurídica dos contratos de financiamentos por parte do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

“Essa foi uma reunião extremamente importante porque foram definidos os percentuais para cada estado do FNE; a Paraíba receberá mais de R$ 1 bilhão que serão investidos nas mais diversas áreas de desenvolvimento do estado”, destacou o governador.

Ele ainda elencou as demais propostas apresentadas no encontro. “Nós também apresentamos uma proposta para ser levada ao governo federal que prevê a utilização de 30% do FNE para financiamento da infraestrutura e pedimos ao Banco do Nordeste a manutenção de valores que foram estabelecidos originalmente em contratos, principalmente, na área de produção de energia eólica”, acrescentou.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ressaltou o papel da Sudene como um instrumento essencial para o crescimento do Nordeste. “Nós precisamos assegurar dignidade e cidadania a todos e não há como pensar em desenvolvimento do Brasil, sem pensar no desenvolvimento do Nordeste. Já evoluímos muito, mas é preciso evoluir mais e, por isso, defendemos uma instituição forte como a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste”, disse.

O superintendente da Sudene, Douglas Cintra, afirmou que pretende trabalhar para fomentar o desenvolvimento sustentável e inclusivo do Nordeste com a cooperação dos gestores da região. “Executar um modelo econômico que permita a qualidade de vida do nordestino é um desafio, mas vamos buscar a criação de novas oportunidades para assegurar uma região próspera, com uma gestão moderna de recursos. Nós temos a transparência, sustentabilidade, inovação e tecnologia como pilares e vamos conversar com todos os governadores para promover um trabalho conjunto para garantirmos o desenvolvimento do Nordeste”, pontuou.

No encontro também foram aprovadas as diretrizes do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) para o exercício de 2020 e moções em comemoração aos 60 anos da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste e em defesa e manutenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Na solenidade ainda foi realizada a assinatura de acordo de cooperação entre a Sudene e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para viabilizar ações conjuntas previstas no PRDNE.

Também estiveram presentes, os governadores Belivaldo Chagas (Sergipe), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Wellington Dias (Piauí), além da governadora em exercício de Pernambuco, Luciana Santos, da vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, senadores, deputados federais, prefeitos e autoridades dos governos federal e estaduais.

Os secretários Deusdete Queiroga (Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente); Marialvo Laureano (Fazenda); e Ronaldo Guerra (chefe de gabinete do governador) também participaram da reunião.

porpjbarreto

João Azevêdo anuncia pagamento do Abono Natalino a partir desta terça-feira para mais de 500 mil famílias

O governador João Azevêdo divulgou, nesta segunda-feira (9), durante o programa Fala Governador, o calendário de pagamento do Abono Natalino que beneficia mais de 516 mil famílias paraibanas. O Abono Natalino, pago aos beneficiários do programa Bolsa Família, estará disponível a partir desta terça-feira (10). Este ano, o valor do benefício foi ampliado de R$ 32 para R$ 64. Serão mais de R$ 37 milhões injetados na economia paraibana.

O pagamento às famílias contempladas com o Abono Natalino é realizado de acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e obedece a terminação do Número de Identificação Social (NIS). De acordo com o calendário, neste dia 10 de dezembro recebem os beneficiários com NIS final 1; no dia 11 – NIS final 2; dia 12 – NIS final 3; dia 13 – NIS final 4; dia 16 – NIS final 5; já no dia 17 – NIS final 6; dia 18 – NIS final 7; dia 19 – NIS final 8; no dia 20 – NIS final 9 e no dia 23 de dezembro – NIS final 0.

Durante o programa, o governador João Azevêdo enfatizou que o Abono Natalino vai injetar valores importantes na economia do Estado. “Mais uma vez, o Governo cumpre a promessa feita: primeiro dobramos o valor do benefício, que era R$ 32 e subiu para R$ 64, e agora estamos confirmando o pagamento a partir do dia 10. Lembrando que amanhã o Governo do Estado paga também a segunda parcela do 13º salário para os servidores. São mais recursos injetados na economia do Estado, fazendo com que essa economia gere mais emprego e renda para a população”, frisou.

O pagamento do Abono Natalino, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, ocorrerá em todos os 223 municípios paraibanos, através das agências, lotéricas e dos correspondentes bancários ligados à Caixa Econômica Federal.

Secom

porpjbarreto

João Azevêdo enaltece atuação das forças de segurança e solidariedade de paraibanos

Corrida Paraíba pela Paz

Solidariedade, aproximação da sociedade com as forças de segurança do estado e estímulo à prática esportiva marcaram a 1ª edição da Corrida Paraíba pela Paz, realizada neste domingo (8), em João Pessoa. O evento promovido pelo Governo do Estado contou com a participação de cerca de 1.800 corredores e arrecadou mais de duas toneladas de alimentos não perecíveis que serão destinados ao Hospital Napoleão Laureano. O governador João Azevêdo acompanhou a largada e a chegada dos atletas, no Centro de Convenções, e enalteceu o espírito solidário dos paraibanos e a importância da integração da população com a segurança pública da Paraíba.

“Esse evento demonstra que a população está atenta ao trabalho promovido pelas forças de segurança e dá uma demonstração de carinho com o Hospital Napoleão Laureano, dando uma contribuição fundamental; é essa a paz que nós queremos e buscamos. Os números da segurança comprovam que a Paraíba é um estado cada vez mais seguro e melhor de se viver e celebramos essa conquista com a Corrida Paraíba pela Paz, que entrará na agenda da programação esportiva. Chegamos ao final do ano marcando um grande ponto na segurança e com a perspectiva de uma Paraíba cada vez mais tranquila”, ressaltou.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, afirmou que a corrida representa um momento de compreensão de todas as ações do segmento para garantir a segurança da população. “Além de estimular a prática da atividade física, um dos bons objetivos do evento foi garantir uma proximidade cada vez maior das forças de segurança com a nossa sociedade, que precisa conhecer tudo o que as polícias e o Corpo de Bombeiros têm a oferecer. Nós trabalhamos para assegurar segurança e tivemos a oportunidade de apresentar os bons indicadores da Paraíba”, declarou.

O chefe da Casa Militar do Governo, tenente-coronel Anderson Pessoa, agradeceu a participação da população no evento. “Desde o início do ano, as forças de segurança estão unidas com a mesma intenção de promover a cultura da paz. A Paraíba é destaque nacional na redução de crimes e, por determinação do governador João Azevêdo, realizamos esse brilhante evento em que toda a arrecadação será revertida para o Hospital Napoleão Laureano e estamos todos muitos felizes com o sucesso da corrida”, disse.

A Corrida Paraíba Pela Paz – “A Vida em Primeiro Lugar” também foi marcada pela premiação dos primeiros colocados nos percursos 5 km e 10 km nas categorias feminina e masculina.

Primeiro colocado na prova dos 5 km na categoria masculina, Jonas da Silva, comemorou a conquista. “É uma sensação muito boa e estou muito satisfeito por participar da corrida e colocar o esporte como uma das prioridades da minha vida”, comentou.

A assistente administrativa Tamires Santana, primeira colocada na categoria feminina do percurso de 5 km, disse que valeu a pena a viagem de Guarabira a João Pessoa para participar da corrida. “É muito prazeroso participar da disputa e realizar metas de reduzir tempo na nossa atividade. Acordei às 3h para estar aqui, peguei a estrada e foi muito compensador obter essa vitória, além de poder ajudar o próximo e semear a cultura da paz”, acrescentou.

Fabiano Joaquim da Silva conquistou a primeira colocação no percurso de 10 km. “Consegui superar alguns obstáculos e estou muito feliz pelo resultado e por ter a condição de ajudar ao próximo porque quando a gente faz o bem, o bem volta para nós”, falou.

O paratleta Gilvan Andrade esbanjou alegria ao participar da competição. “Felicidade é a palavra que define esse momento para mim. A deficiência não nos impede de participar de um momento como esse porque o que vale é lutar, vencer e superar os desafios para ser feliz”, disse.

Secom

porpjbarreto

Adutora de Monte Horebe foi resultado da luta política do deputado Jeová Campos

O deputado Jeová Campos (PSB) participou, na última quinta-feira (05) da inauguração da adutora do sistema emergencial de abastecimento d’água e da inauguração da nova agência da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), na cidade de Monte Horebe, no Sertão da Paraíba. Ele parabenizou o governador João Azevedo pela entrega do equipamento e lembrou que essa obra era um antigo pleito seu, da época ainda de seu segundo mandato, em 2015, em que João Azevedo ainda era secretário de estado de Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente do Estado. “Um momento como esse faz valer a luta política, consolida o mandato popular e me enche de alegria porque sei que isso vai melhorar a qualidade de vida de muita gente e a atuação política que defendo é essa, a que beneficia o coletivo, a sociedade e, principalmente, as pessoas que mais necessitam”, disse Jeová.

O parlamentar, que recepcionou o governador João Azevedo no aeroporto de Cajazeiras antes de seguir para Monte Horebe, afirmou que esse foi um momento especial para o povo e para sua caminhada como parlamentar, tendo em vista que a obra é um fruto colhido quatro anos depois de seu pleito junto ao Governo do Estado. “Foi uma luta minha como presidente da Frente Parlamentar da Água. Um trabalho longo, pois iniciamos na época de Ricardo Coutinho, governador, e João, secretário de Recursos Hídricos, ou seja, João está diretamente ligado a essa obra também e isso torna a entrega dela ainda mais significativa”, disse o parlamentar.

Ele explicou também que a obra vai mudar a vida da população de Monte Horebe. “Quero então agradecer a todos os envolvidos e dizer que essa obra vai garantir que o povo de Monte Horebe não viva mais com uma lata d’água na cabeça, passe necessidade. Essa obra significa melhoria de qualidade de vida. Para mim, esse é um momento singular. É a prova de que nossas ações plantadas ainda no segundo mandato, na segunda legislatura, deu frutos e estamos colhendo agora. Isso é muito representativo  já que a gente não faz obra, a gente pede em nome de quem em precisa e isso dignifica o mandato popular e demonstra o resultado da luta política na melhoria da qualidade de vida das pessoas”, concluiu o deputado.

Segundo informações do Governo do Estado, as obras da adutora representam investimentos de R$ 3 milhões e beneficiam mais de quatro mil habitantes que passarão a ter água limpa e de qualidade em suas casas. A adutora tem de 9.620 metros de extensão, o sistema tem captação flutuante no açude Pereiros, vazão de 34 metros cúbicos por hora e estações elevatórias de água bruta e água tratada.

Assessoria de Imprensa