Arquivo de tag inscrições

porpjbarreto

Codisma continua inscrevendo para cursos de idiomas e mantém promoção

A Cooperativa Cultural Educacional Universitária da Paraíba (CODISMA) informa que continua com inscrições abertas para os cursos de idiomas, período 2020.1, com turmas básicas, intermediárias e avançadas. As aulas estão programadas para iniciar no próximo sábado 08 de fevereiro e devem ser realizadas até o mês de junho.

Estão abertas inscrições para inglês, espanhol, francês, alemão e italiano. Além de turmas para adolescentes e preparatórias de conversação e proficiência, que capacita para as provas aplicadas pelas instituições de ensino superior, que qualifica para programas de mestrado e doutorado.

A Cooperativa manteve para este mês de fevereiro a promoção das matrículas, no qual aluno Codisma que renovar sua matrícula tem 15% de desconto na mesma e o aluno novato tem 10% de desconto. Além disso, quem trouxer um novo aluno ganha 5% de desconto por cada novo aluno indicado.

Os cursos de idiomas da Codisma estão abertos para toda comunidade em geral. O único pré-requisito é ter idade igual ou superior a 12 anos, para turmas voltadas para adolescentes e 15 anos para as demais turmas. Para realizar a inscrição é necessário levar RG, CPF e comprovante de residência. Alunos adolescente e/ou menores de idade, devem ir acompanhados dos pais ou responsável para realizar a matrícula.

As inscrições estão sendo realizadas na sede da Codisma localizada no Campus I da UFPB, ao lado do Restaurante Universitário, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h. E no stand instalado na entrada principal do Hospital Universitário, das 08h 19h. As aulas serão ministradas tanto na Codisma localizada na UFPB e no Anexo da Cooperativa localizado na principal do Bairro Castelo Branco, em frente às dependências da Caixa Econômica da UFPB. Os horários podem ser consultados no Portal Codisma, através do link: http://www.portalcodisma.com.br/codisma_horarios.pdf

Mais informações sobre os cursos, os interessados podem ligar para os seguintes números: 3244-2161/ 99933-2246 (whatsapp). Enviar e-mail para: imprensa.codisma@gmail.com, ou ainda acompanhar a Codisma no Instagram, @cooperativa_codisma, ou no facebook, Cooperativa Codisma.

Alinne Simões

Assessoria de Comunicação

porpjbarreto

Sisu: 66% dos acessos foram feitos por celulares ou tablets

Foram 3,4 milhões de inscrições e 1,8 milhão de inscritos

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (27) que o site do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) registrou 66% dos acessos por celulares ou tablets durante os seis dias em que esteve aberto para inscrição de participantes por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foram, ao todo, 3.458.358 inscrições, feitas por 1.795.211 pessoas. Cada candidato pôde optar por até dois cursos.

A região do país com o maior número de inscrições foi a Nordeste: 1.375.758. A segunda colocada, Sudeste, registrou 1.088.094. Completam a lista Sul, Norte e Centro-Oeste, com 368.751, 322.954 e 302.801, respectivamente. Neste semestre, a oferta é de 237.128 vagas em 128 instituições públicas de ensino superior.

Segundo o MEC, o novo portal, que foi lançado este ano e pensado para acesso por meio de dispositivos móveis, ficou disponível 91,6% do tempo.  O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público do país, a partir da nota obtida no Enem. Para participar da seleção, o candidato não pode ter zerado a redação na edição de 2019 do exame.

Concorrência

Por curso, medicina puxou a lista do número de inscrições, com 274.190. Os outros dois cursos com maior número de inscrições foram Administração (190.454) e Direito, com 175.413. Os mais concorridos, com maior número de inscrições por vaga ofertada, foram Ciências Biomédicas (145 inscrições/vaga), Educação Física (106) e Têxtil e Moda (94), de acordo com a pasta.

O novo portal do Sisu registrou pico de 7 mil inscrições por minuto. Uma média de 1.571.377 pessoas acessou o portal diariamente.

Neste ano, o Ministério da Educação (MEC) testou o Sisu em nuvem, fora dos servidores da pasta, para suportar mais usuários ao mesmo tempo, adaptar o site para aparelhos mobile e economizar recursos. Para 2020, a diminuição de gastos estimada é de R$ 15 milhões. Já nos primeiros cinco anos, a pasta prevê R$ 25 milhões de economia.

Suspensão

A divulgação do resultado do Sisu está suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que na noite de ontem (26) manteve a decisão da Justiça Federal de São Paulo, que impede que os resultados sejam divulgados amanhã (28), como previsto. O tribunal deu prazo de cinco dias para o cumprimento da decisão, sob multa diária de R$ 10 mil.

A decisão foi motivada por pedido da Defensoria Pública da União (DPU). Na petição, o órgão cobra que o Ministério da Educação comprove com documentos a realização da revisão dos testes prejudicados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, reivindica a explicação sobre os parâmetros utilizados nesse procedimento.

O Ministério da Educação reconheceu que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil alunos. Segundo a pasta, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. O MEC acrescentou que corrigiu o problema e não haveria prejuízo para os estudantes.

O que é o Sisu

O Sisu é uma das formas de ingresso na educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais, de 50%, em instituições privadas; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Inscrições para o Sisu se encerram às 23h59 deste domingo

Candidatos devem se inscrever pela página do participante

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terminam neste domingo às 23h59. A data final de inscrições seria na sexta-feira (24), mas em decorrência das inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo aos estudantes, para evitar prejuízos.

O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar da seleção, o candidato não pode ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do participante.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), no momento da inscrição o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes, e o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

Os resultados das inscrições do Sisu serão divulgados no dia 28 de janeiro. A partir do resultado, a matrícula ou o registro acadêmico nas instituições participantes devem ser feitos até o dia 4 de fevereiro. O lançamento da ocupação das vagas pelas instituições participantes será até 7 de fevereiro, e a manifestação de interesse para constar na lista de espera é até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O que é o Sisu

O Sisu é uma das formas de ingresso na educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais, de 50%, em instituições privadas; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Casa do Estudante da Paraíba abre inscrições e recadastramento para 2020

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, abriu, nesta segunda-feira (06), as inscrições e recadastramento da Casa do Estudante da Paraíba. Estão sendo disponibilizadas 96 vagas, sendo cinco destinadas a estudantes portadores de necessidades especiais. As inscrições de novos candidatos e recadastramento dos atuais podem ser realizadas na sede da Casa do Estudante da Paraíba, localizada na Rua da Areia, nº 567, no Centro de João Pessoa, ou pelo e-mail casadoestudantedaparaiba@gmail.com até o dia 15 de janeiro.

O edital, divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira (03), atende alunos do sexo masculino que moram no interior da Paraíba e estudam ou desejam estudar em instituições públicas de Ensino Médio na cidade de João Pessoa. A seleção e o recadastramento serão realizados por meio de análise socioeconômica e de entrevista. O resultado final será divulgado no dia 22 janeiro no mural informativo da Casa do Estudante e no site http://www.paraiba.pb.gov.br no dia 22  janeiro.

Para a realização da inscrição por e-mail o candidato deverá inicialmente solicitar a ficha de inscrição pelo mesmo e-mail e, após preenchimento, encaminhá-la juntamente com toda documentação exigida. As vagas destinadas aos estudantes portadores de necessidades especiais que não forem devidamente preenchidas poderão ser ocupadas por candidatos da ampla concorrência.

As vagas não ocupadas por alunos do ensino médio poderão ser preenchidas por alunos matriculados na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e, permanecendo vagas, essas poderão ser preenchidas por estudantes de instituições públicas de ensino superior ou beneficiárias de programas educacionais governamentais de instituições de ensino superior privado.

Critérios – O candidato deve ser do sexo masculino, ser do interior do Estado da Paraíba, não possuir residência em João Pessoa, e não receber auxílio moradia da instituição de origem. No caso de exercer estágio acadêmico, mesmo que comprovado, o candidato não poderá ter o horário escolar comprometido, cabendo aprovação da comissão. O estudante deve ter renda familiar mensal que não ultrapasse o valor de um salário mínimo e meio e apresentar no ato da inscrição os documentos pertinentes.

Recadastramento – Para permanecer na Casa do Estudante da Paraíba, os residentes que sejam estudantes do Ensino Médio deverão se submeter às seguintes exigências: ter no mínimo 75% de frequência escolar durante o ano letivo; obter aprovação na série matriculada e cumprir as normas e diretrizes internas da Casa do Estudante da Paraíba. Os estudantes universitários residentes devem obedecer aos mesmos critérios.

Documentação – Cópia de RG, CPF e cartão do SUS; comprovante de rendimentos (CTPS, INSS ou contracheque família); cópia de comprovante de residência (água, luz, contrato ou recibo de aluguel atualizado); declaração emitida pela instituição de ensino na qual estuda, ou estudará;  histórico escolar, comprovante de matrícula ou declaração de vínculo 2020; duas fotos 3×4; certidão de antecedentes criminais em nível estadual e federal emitidos pelas autoridades competentes; autorização dos pais ou responsável por menor de idade ou não para residir na casa do estudante, com firma reconhecida em cartório; laudo médico detalhado para os candidatos portadores de necessidades especiais; comprovante que não recebe auxílio moradia em redes públicas de ensino; caso já tenha concluído o ensino médio ou superior comprovar com o certificado.

As inscrições obedecerão ao calendário abaixo:

AÇÃO

PERÍODO

HORÁRIO

1. Recadastramento:

06 e 07 de Janeiro de 2020

08h – 12h e 14h – 17h

2. Inscrições:

08 ,09 ,10 ,13 ,14 e 15 de      janeiro de 2020

08h – 12h e 14h – 17h

3. Entrevistas:

16 e 17 de Janeiro de 2020

08h – 12h e 14h – 17h

4. Resultado:

22 de Janeiro de 2020

08h – 12h e 14h – 17h

 

Secom

porpjbarreto

ONG Milagre Sertão abre inscrições para doadores mensais

Ao se cadastrar, doador escolhe o valor que será debitado automaticamente

O projeto Milagre Sertão realiza ações para arrecadar fundos e investir em projetos que atendam às necessidades das famílias que sofrem com os efeitos da seca no interior da Paraíba. Para facilitar ainda mais as doações e fortalecer o relacionamento com os voluntários e apoiadores, a ONG adotou uma mecânica que permite doações mensais de forma automática. Para Marcele Jardim, voluntária do Projeto, a necessidade de fidelização foi percebida a partir de apoiadores que já faziam transferências mensais, mesmo sem dispor de uma plataforma no site que tivesse essa função. “É uma oportunidade para incentivar as pessoas a doarem com periodicidade. Desta forma, elas sempre estarão por dentro das nossas campanhas, ações e projetos”, conta.

Para se tornar um doador mensal, é necessário se cadastrar no site e escolher o valor que será doado, a partir de R$30. “Essa mecânica faz com que tenhamos maior previsibilidade de renda fixa, que até o momento é inexistente e, assim, conseguirmos organizar as atividades de maneira mais ordenada, focando em projetos mais audaciosos”, explica Marcele. Ao aderir à campanha, o público pode participar das ações do projeto, além de receber informes periódicos das atividades e da prestação de contas.

A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 81 Sala 01 e 02 – Miramar. Outras informações, no site milagresertao.org/, no (83) 3021-9891 e no insta @milagresertao.

 

Assessoria 

porpjbarreto

Inscrições para o Prouni começam dia 28 de janeiro

Calendário foi publicado nesta segunda-feira (23)

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) no primeiro semestre de 2020 já têm data marcada. Estudantes de todo o país poderão começar a se inscrever no dia 28 de janeiro. O prazo vai até as 23h59 de 31 de janeiro.

As informações sobre o calendário do programa foram publicadas no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (23), em edital do Mistério da Educação. Os interessados podem se inscrever no portal do Prouni.

O ProUni oferta bolsas de estudo integrais (100%) ou de 50% a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. O programa tem dois critérios de avaliação: desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e renda.

Direcionado aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, a iniciativa tem sistema informatizado e impessoal para garantir transparência e segurança no processo.

Confira o cronograma

– 28 de janeiro a 31 de janeiro – inscrições

– 4 de fevereiro – divulgação de resultados da primeira chamada

– 4 a 11 de fevereiro – comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada)

– 4 a 14 de fevereiro – registro no SISPROUNI e emissão dos termos pelas instituições (primeira chamada)

– 18 de fevereiro – divulgação dos resultados da segunda chamada

– 18 a 28 de fevereiro – comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (segunda chamada)

– 18 de fevereiro a 3 de março – registro no SISPROUNI e emissão dos termos pelas instituições (segunda chamada)

 

Com informações do Ministério da Educação

porpjbarreto

Proeja: inscrições abertas no IFPB Campus Cajazeiras

Inscrição para o curso técnico de Meio Ambiente é de 2 a 20 de dezembro desse ano e de 20 a 31 de janeiro de 2020

As inscrições para o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional ao Ensino Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) do IFPB Campus Cajazeiras estão abertas. A seleção do Proeja é para o Curso Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio e oferta 40 vagas.

Confira aqui o Edital da Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba. A inscrição é no período de 02 a 20 de dezembro de 2019, após uma pausa de 30 dias as inscrições retomam no período de 20 a 31 de janeiro de 2020 e são feitas presencialmente no Campus Cajazeiras. O curso é realizado no turno da noite e a inscrição é gratuita.

A seleção é por questionário e entrevista que levam em conta questões socioeconômicas e a expectativa do candidato com o curso. O resultado deve ser conhecido até 17 de fevereiro. No link acima, há anexos como o formulário de inscrição.

Assessoria de Imprensa – IFPB/Cajazeiras

porpjbarreto

Conselho de Educação Física realiza inscrições para seleção de estágio

Interessados devem se inscrever até a próxima sexta-feira (29/11); bolsa oferecida é de R$ 800, além de outros benefícios

O Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região – Paraíba (CREF10/PB) começou, nesta segunda-feira (25), a receber inscrições para duas vagas de estágio, referentes aos cursos de Educação Física e de Direito, em João Pessoa. Os interessados devem se inscrever até a próxima sexta-feira (29).

Os estudantes deverão ter disponibilidade de 30 horas semanais (seis horas diárias) de segunda a sexta-feira, em um único turno ou em dois turnos, de acordo com as necessidades da entidade.

Para realizar a inscrição, é preciso acessar a página do Conselho na internet (www.cref10.org.br) ou procurar a sede do órgão, na capital paraibana, situada na Rua Arquiteto Hermenegildo Di Láscio, n° 36 – Tambauzinho.

O candidato deve apresentar, no ato da inscrição, os seguintes documentos: cópia do histórico escolar; cópia do currículo; declaração da instituição de ensino superior que consta cursado pelo menos metade do curso; cópia do CPF e da identidade.

O processo seletivo será realizado no período de 02 a 04 de dezembro de 2019, na sede do CREF10, e constará de: prova escrita (redação) de caráter eliminatório, prova prática de informática (domínio de Word e Excel) – Classificatória; Entrevista – Classificatória.

O estágio conta com uma bolsa mensal de R$ 800,00 (oitocentos reais), auxílio-transporte, seguro de acidentes pessoais e férias, de acordo com a Lei nº 11.788/2008.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

INEP divulga edital do Enem 2019

Provas acontecerão em 3 e 10 de novembro; inscrições devem ser feitas entre 6 e 17 de maio

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, divulgou na manhã desta segunda-feira (25) o edital do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2019. As provas acontecerão em 3 e 10 de novembro. As inscrições devem ser feitas entre 6 e 17 de maio. O valor da taxa é de R$ 85, que deverá ser paga em agências bancárias, casas lotéricas e correios.

A solicitação da isenção da taxa ocorrerá antes do período de inscrição e poderá ser feito entre os dias 1º e 10 de abril. Terão direito à gratuidade estudantes que estejam cursando o último ano do ensino médio na rede pública, candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista da rede privada, que tenham renda igual ou inferior a um salário mínimo, além dos que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Em todos os casos, o participante deverá apresentar documentos que comprovem a condição.

É importante ressaltar que os alunos que conseguiram a isenção de taxa em 2018 e não compareceram nos dois dias de prova terão que acessar a página oficial do Enem para justificar a ausência. O candidato terá que anexar documentos que comprovem a necessidade de ter faltado à prova. Caso a justificativa seja recusada ou sequer informada, o estudante terá que pagar a taxa de inscrição em 2019.

Segundo o edital, no primeiro dia de prova serão aplicadas questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de cinco horas e meia. No domingo seguinte, será aplicada a prova de ciências da natureza e matemática e suas tecnologias, em que os alunos terão cinco horas para concluir o exame

Para mais informações, acesse enem.inep.gov.br.

 

Repórter Tainá Ferreira

Agência do Rádio

porpjbarreto

Inscrições do Prouni começam nesta quinta-feira (31)

Quem quiser, já pode acessar o site prouniportal.mec.gov.br e pesquisar as bolsas ofertadas por curso, instituição ou município

Foto: Pixabay

As inscrições para participar do Programa Universidade para Todos, o Prouni, começam nesta quinta-feira (31) e seguem até o dia 3 de fevereiro. Quem tiver interesse, deve acessar o site prouniportal.mec.gov.br.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. Nesta edição, serão oferecidas quase 244 mil bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino.

Quem quiser, já pode acessar a página do programa na internet e pesquisar as bolsas ofertadas por curso, instituição ou município.

Aqueles alunos que forem selecionados podem pedir ainda a Bolsa Permanência para ajudar nos custos dos estudos. Sem contar, que os estudantes podem usar o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies, para financiar parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

Os resultados da primeira chamada do Prouni serão divulgados em 6 de fevereiro. Os da segunda chamada saem no dia 20 do mesmo mês.

Repetindo para quem tiver interesse, o site do programa é prouniportal.mec.gov.br.

 

Reportagem – Cintia Moreira

Fonte: Agência do Rádio