Arquivo de tag imóveis

porpjbarreto

Prefeito de Cajazeiras quer vender prédios do Bolsa Família, UMAC, praças e becos e, secretário justifica

Após encaminhar o Projeto de Lei, Nº 102/2019 à Câmara Municipal na última semana, o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP) tenta a todo custo conscientizar à população que a venda de imóveis públicos será a única saída da gestão, para diminuir o “rombo” do Instituto de Previdência e Assistência Social Municipal – IPAM.

Recebemos informações que até o prédio que funciona o maior programa social do Brasil, o Bolsa Família poderá ser vendido, pois, o prefeito tem dito que está em desuso.

Outra notícia que não caiu bem foi a inclusão e escolha do prédio da sede da União Municipal das Associações Comunitárias – UMAC. De acordo com uma informação chegada a nossa redação, a referida associação funciona e não está desativa, pois, existe documentos que comprovam a doação legal.

Devido à grande repercussão negativa por parte da sociedade e demais classes organizadas, a gestão tem utilizado de seus auxiliares, para tentar justificar a venda dos imóveis, uns em uso, outros cedidos.

Quem é contra o leilão, é contra o servidor, que precisa receber a sua aposentadoria”, comentou José Anchieta, Secretário de Governo e Articulação Política. O secretário adiantou que os encaminhamentos estão sendo feitos com muita transparência, e que os imóveis relacionados para o leilão não têm quase nenhuma utilidade para o município, e que todo dinheiro arrecadado será destinado ao Instituto.

Em tempo. Mesmo com a doação feita pelo Poder Executivo de Cajazeiras, à UMAC, em 2007, o prefeito José Aldemir quer tomar de volta o prédio onde funciona a sede da referida associação – como mostra cópias do documento, abaixo:

Redação

porpjbarreto

Sem detalhes: prefeito encaminha projeto de lei à Câmara Municipal de Cajazeiras, pedindo autorização para leiloar vários imóveis

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP) quer enganar os cajazeirenses, ou pretende tapar o sol com uma peneira – numa ação mista de desapego e luz no fim do túnel ele e sua equipe econômica, encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei, Nº 102/2019, que pede autorização do Poder Legislativo, para leiloar vários imóveis de propriedade da Prefeitura Municipal, sem mesmo indicar a localização exata, nem tão pouco mensurar os valores reais desses bens públicos.

Vale ressaltar que no bojo do referido projeto, diga-se de passagem bem simples e sem detalhes, o gestor afirma que usará parte dos valores arrecadados com a venda dos imóveis, para “compensar” o caixa do Instituto de Previdência e Assistência Social Municipal, o IPAM, que teve suas contas saqueadas, desde o início da gestão do médico José Aldemir Meireles.

Consta no Parágrafo Único: A receita proveniente dos leilões obedecerá às disposições da Lei de Responsabilidade Fiscal, ficando 25% (vinte e cinco por cento), no mínimo, destinados à previdência e assistência social dos servidores da educação e, 15% (quinze por cento), no mínimo, direcionados à previdência e assistência social dos servidores da saúde.

Abaixo, o Projeto de Lei, Nº 102/2019:

 

Redação