Arquivo de tag Denúncia

porpjbarreto

Prefeito de Cajazeiras é investigado por pagamentos à empresa de lixo que supostamente não realiza serviços

Gestor teria informado ao MP não ter feito licitação para contratação de empresa em 2017, mas realizou diversos pagamentos a uma empresa responsável pela limpeza urbana

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles de Almeida, está mais uma vez na mira do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Desta vez, de acordo com o promotor Alexandre José Irineu, a prefeitura do município informou ao órgão ministerial que não realizou nenhuma licitação para a contratação de empresa para limpeza urbana em 2017.

Entretanto, em consulta ao Sagres, o promotor identificou diversos pagamentos a Empresa Nogueira Construções e Serviços Ltda nos anos de 2017 e 2018, “supostamente responsável por realizar a limpeza urbana de Cajazeiras/PB”.

O inquérito irá investigar irregularidades nos processos licitatórios envolvendo a empresa. A Comissão Permanente de Licitação de Cajazeiras terá que encaminhar à promotoria, no prazo de quinze dias, em mídia digital, cópias de todos os procedimentos licitatórios em que a Empresa Nogueira Construções e Serviços Ltda, CNPJ nº 10.507.466/0001-31 configurou ganhadora nos anos de 2017 e 2018.

MPPB-Ze-Aldemir-Cajazeiras-038.2019.002116-Portaria_despacho-de-instauração-2020-0000020713

Inquérito Cajazeiras
Com Paraíba Já e MPPB
porpjbarreto

Bomba: Ministério Público denuncia Ricardo Coutinho e mais 34 pessoas na Operação Calvário

O Ministério Público da Paraíba denunciou à Justiça o ex-governador Ricardo Coutinho e mais 34 pessoas por suspeita de participação numa organização criminosa que teria desviado milhões do Estado em ações na saúde e na educação. As investigações são da Operação Calvário.

Segundo a acusação, o grupo mantinha “um modelo de governança regado por corrupção e internalizado nos bastidores dos poderes Executivo e Legislativo do Estado da Paraíba, o qual se destacou, com maior intensidade, a partir da ascensão do denunciado Ricardo Vieira Coutinho ao governo estadual”.

Os promotores afirmam que as investigações revelaram “uma corrupção entendida como sistêmica que, com uma voracidade jamais vista, sequestrou o Poder Executivo do Estado da Paraíba, penetrou no Legislativo e, fazendo escola, conseguiu fazer morada, com a expansão deliberada de seu “modelo de negócio”, em diversas Prefeituras desta unidade federativa (relembre o que se disse sobre o projeto de pulverização dos contratos de gestão pactuada, na área da saúde)”.

 

Por Márcio Falcão

porpjbarreto

Walter Júnior denúncia abandono de academia de saúde em Solânea e cobra providências do prefeito

A população que mora próxima a Praça Padre Cicero, mais especificadamente na Rua: José Alípio da Rocha, na cidade de Solânea, PB, vem procurando meios de divulgar sua indignação com o abandono da Academia de Saúde Básica Vereador Nivaldo Firmino da Costa. Atento as demandas populares o pré-candidato a prefeito de Solânea Walter Júnior (MDB) ao receber os reclames foi nesta quinta-feira (09), ao local onde atestou o abandono deste equipamento público.

“Meus amigos e minha amigas de Solânea! Eu estou aqui em pleno centro da nossa cidade para denunciar e cobrar dos órgãos competentes, mais um descaso da prefeitura. Estamos aqui na Rua José Alípio da Rocha, Solânea, PB, próximo a Praça Padre Cicero e ao Fórum Municipal, para mostrar mais um total abandono desse grupo que está há 16 anos no poder na nossa cidade. Aqui que era para ser uma academia de saúde e se encontra em total abandono. Obra essa que era para servir a população para suas práticas esportivas. Isso é dinheiro nosso do povo e como solanense eu não poderia deixar de prestar esse serviço a população e ser a voz do povo”, disse Walter Júnior. Veja a denúncia completa no link: https://youtu.be/YA-JMKjpChE

De acordo com os moradores, a academia ao ar livre foi inaugurada em 2014, mas durou pouco tempo por causa da falta de manutenção nos aparelhos. “Faz muita falta porque na minha idade eu tenho que me movimentar. Isso aqui era muito bonito e agora está completamente abandonado”, ressalta um morador.

Assessoria de comunicação

porpjbarreto

Esgoto/Escuridão: Vereador cajazeirense denuncia descaso da administração no tocante aos 300 apartamentos entregues há menos de três semanas

O Vereador Rivelino Martins (PSB) denunciou nas redes sociais a real situação dos moradores dos 300 apartamentos entregues pelo prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP), aos contemplados em solenidade ocorrida no dia (20) de dezembro de 2019.

Abaixo, o parlamentar lamenta a calamidade que se encontra os novos moradores dos 300 apartamentos.

Redação

porpjbarreto

Tarado: Mãe denuncia Papai Noel excitado: “Não queria largar minha filha”

“Eu sei que tenho culpa por deixar ela tirar foto, mas tomem cuidado com a filha de vocês”, relatou a mulher

Indignada, uma mãe denunciou, em suas redes sociais, que o Papai Noel do Big Shopping, em Contagem, Minas Gerais, teria ficado excitado ao tirar foto com a filha dela no colo. São informações do portal Hoje em Dia.

Além de fotos do “bom velhinho” com a criança no colo, a mãe postou um desabafo nesta quarta-feira (11/12/2019) no Facebook. “Bom dia papais e mamães de Contagem. É com muita tristeza que venho fazer essa publicação. Ontem fui levar minha filha no Big Shopping. Ela quis tirar fotos com Papai Noel, o Papai Noel ficou excitado quando ela sentou em sua perna pra tirar a foto, eu queria tirar ela e ele ficava a segurar a menina”, contou relatou.

Em outro trecho, a mulher disse que a filha tem apenas 10 anos e que o Papai Noel não queria soltá-la. Segundo a mãe, o ator “ficava virando ela [a filha] de uma perna pra outra” e a atitude só teve fim quando ela reagiu. “Até que eu a puxei do colo dele. Eu sei que tenho culpa por deixar ela tirar foto, mas tomem cuidado com a filha de vocês”, finalizou.

Apesar do relato, a Polícia Civil informou que não foi feito nenhum registro contra o Papai Noel e que não há prova, até o presente momento, de má conduta por parte do profissional, que não foi localizado para comentar a denúncia.

Nota do shopping

O Big Shopping informou que procurou uma empresa especializada para contratar o personagem Papai Noel nesse período natalino. “Tomando conhecimento da denúncia, o Big Shopping proibiu a continuidade dos serviços contratados do referido Papai Noel. Na oportunidade lamenta o episódio e informa que as comemorações de Natal no Big Shopping prosseguem normalmente”, diz a nota do mall.

À reportagem, a assessoria do shopping informou que é a primeira vez que o homem estava trabalhando para o Big, porque o profissional que estava acostumado a atuar nesse período teve problemas de saúde neste ano. Quanto à empresa terceirizada, o shopping não quis divulgar o nome, mas informou que ela também foi contratada pela primeira vez.

(Com informações do BHAZ)

porpjbarreto

IPAM: Prefeito de Cajazeiras usa emissora de rádio para dizer que denúncia do vereador Rivelino não tem fundamento e lê nota. Escute!

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP), usou uma emissora de rádio local, no início da tarde desta quarta-feira (27), para esclarecer sobre suposto procedimento irregular de parcelamento de dívidas do Instituto de Previdência e Assistência Social Municipal – IPAM, que o vereador Rivelino Martins havia denunciado em Sessão Ordinária da Câmara Municipal, na noite da última terça (26).

O gestor fez duras críticas em desfavor do parlamento e atribuiu a falta de conhecimento – para falar sobre o assunto.

Abaixo, os áudios com a fala do prefeito José Aldemir e leitura de uma Nota de Esclarecimentos:

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

…::… veja também

Parcelamento indevido: Rivelino faz grave denúncia contra José Aldemir e Roselânio Lopes promete pedir afastamento do prefeito

 

Redação

porpjbarreto

Parcelamento indevido: Rivelino faz grave denúncia contra José Aldemir e Roselânio Lopes promete pedir afastamento do prefeito

O vereador Rivelino Martins Ferreira (PSB), fez uso da tribuna da Câmara Municipal de Cajazeiras, na noite desta terça-feira (26), onde o parlamentar-mirim trouxe uma denúncia gravíssima contra o prefeito José Aldemir Meireles (PP).

Foi durante a última sessão ordinária do segundo período legislativo de 2019.

De acordo com Rivelino, e na posse de uma série de documentos, o mesmo investigou e encontrou nos arquivos do Poder Executivo cajazeirense, cópias de um dos muitos parcelamentos com o IPAM, mas um fato teria chamado atenção do vereador; a equipe econômica e administrativa do prefeito José Aldemir (PP), teria realizado um procedimento de parcelamento sem autorização da Câmara Municipal de Cajazeiras.

Abaixo, cópia da Lei Municipal, Nº 2.732 de 08 de março de 2018.

Revoltado, o vereador Roselânio Lopes (PTB), pediu a fala para dizer que esse tipo de atitude e desmando da gestão daria espaço para afastamento do chefe do executivo – o líder do prefeito na Câmara, Eriberto Maciel (PP) saiu em defesa da gestão e pediu calma e análise profunda da situação.

Abaixo, documentos obtidos junto ao Tribunal de Contas do Estado – TCE/PB:

DENUNCIA – PARCELAMENTOS FRAUDADOS

proc06280_19-00-fls1-capa

proc06280_19-350-fls5158_5164-anexo_15_item_8_e_9_termo_de_parcelamento_276

proc06280_19-351-fls5165_5171-anexo_16_item_8_e_9_termo_de_parcelamento_277

proc06280_19-357-fls5200_5201-recibo_protocolo (1)

proc06280_19-357-fls5200_5201-recibo_protocolo

JORNAL NOVA ERA 02 DE AGOSTO DE 2019

Ao final, o denunciante solicitou que todos os vereadores pudessem se unir. Foi sugerida ainda a convocação do diretor do Instituto de Previdência e Assistência Social Municipal – IPAM, para prestar esclarecimentos sobre o assunto que levantou suspeição.

Redação

porpjbarreto

Assessoria de Gugu denuncia golpe de falso organizador de velório

Segundo Esther Rocha, a assessora de imprensa do apresentador, o homem estaria fazendo convites em nome da família

A assessoria de imprensa do apresentador Gugu Liberato denunciou, nesta terça-feira (26/11/2019), um golpista que estaria se passando pelo organizador do velório do apresentador, que morreu aos 60 anos, após um acidente doméstico na sua casa.

O golpista, identificado como Júnior, está ligando para celebridades e as convidando para a falsa cerimônia. Ele diz estar falando em nome da mãe de Gugu Liberato, dona Maria do Céu, que tem 90 anos.

“Uma pessoa que se chama Júnior está ligando para vários artistas e dizendo que está organizando o velório do Gugu e dizendo que a mãe do Gugu gostaria de falar com esses artistas. Peço a todos a gentileza de informar que não existe ninguém organizando o velório e convidando artistas para falar com a família. A família não tem condição de falar com ninguém”, comunicou Esther Rocha, a assessora de imprensa de Gugu Liberato.

Esther Rocha também afirmou que providências jurídicas serão tomadas nos próximos dias.

Morte Gugu

Gugu Liberato, uma das mais importantes figuras da televisão brasileira, morreu aos 60 anos, após sofrer acidente doméstico. O apresentador caiu de uma altura de quatro metros ao tentar consertar um aparelho de ar-condicionado, na residência de Orlando, nos Estados Unidos.

Encaminhado a um hospital da cidade, ficou em observação por 48 horas. A morte cerebral foi confirmada pelo médico Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família para ir aos EUA.

 

Metrópoles com Assessoria 

 

porpjbarreto

Denúncia: servidoras do CCA vão fazer abaixo-assinado pelo retorno de ex-secretária de Desenvolvimento Humano de Cajazeiras

Está circulando nos grupos de WhatsApp, áudios de uma conversa onde uma servidora do Centro de Atenção à Criança e ao Adolescente – CCA de Cajazeiras, reclama do atraso de dois meses de salários e ela própria confidencia da preocupação das demais colegas de trabalho pela falta de compromisso da atual secretária. “Essa secretária não tá dando Ibope não, muito devagar essa mulher”, diz a denunciante.

Com exoneração de Gerlane Moura Gomes, o prefeito José Aldemir nomeou interinamente Daianny Kelly Valêncio de Oliveira, para responder pela pasta, mas não tem correspondido as expectativas dos usuários dos serviços e seus comandados.

Escute os áudios, abaixo:

De acordo com a conversa que vem sendo compartilhada vertiginosamente entre pessoas e grupos nas redes sociais, o referido órgão que é subordinado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano mantém no momento, 18 crianças que são acolhidas por terem problemas familiares e outros, pode até fechar as portas, pois, os servidores que prestam seus serviços estão sem receber há mais de dois meses.

 

Redação com WhasApp

porpjbarreto

Após denúncia da Prefeitura, Polícia Federal investiga esquema de fraude no Bolsa Família em Campina Grande

O coordenador municipal do Cadastro Único e do Bolsa Família em Campina Grande, Rubens Nascimento, concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, 22, no auditório do IPSEM, e detalhou a denúncia e pedido de investigação da Prefeitura ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal sobre um suposto esquema de fraudes no programa no município.

Rubens Nascimento explicou todos os passos adotados pela Prefeitura Municipal, por recomendação da PF, no sentido de colaborar integralmente com as apurações feitas envolvendo um cadastrador/prestador de serviços do Programa Bolsa Família.

Segundo o coordenador, as denúncias giram em torno de uma provável fraude cadastral no Programa Bolsa Família, tendo-se a finalidade de recebimento indevido do benefício assistencial. Está sob investigação um prestador de serviços que foi alvo de denúncias anônimas. A atuação deste agente público começou a gerar suspeitas há dois meses. De imediato, a PMCG deu início a uma investigação interna.

Conforme esclareceu Nascimento, a operação deflagrada pela Polícia Federal, denominada Simbiose, apura a inserção de dados falsos para aumentar os valores pagos a beneficiários do programa Bolsa Família. O ponto de partida foi uma auditoria da Secretaria de Assistência Social do município (Semas), determinada pelo próprio prefeito Romero Rodrigues.

A apuração identificou pelo menos 32 situações suspeitas de famílias que recebiam o benefício e com um perfil econômico semelhante, sendo residentes na zona Leste da cidade. As famílias implicadas também poderão sofrer as devidas punições legais e com a confirmação das irregularidades terão os seus benefícios cancelados.

Inicialmente, para cada procedimento fraudulento o prestador de serviços ganhava em torno de 50 a 150 reais, sendo que as investigações também buscam constatar o envolvimento de terceiros neste caso.

Consequências – O agente denunciado deverá ser indiciado por inserção de dados falsos e corrupção passiva, já que cobraria dos beneficiários pelos recursos pagos pelo programa. A Prefeitura de Campina Grande rescindiu o contrato do servidor, após descobrir as supostas fraudes.

Ele prestava serviços à PMCG há cinco anos, mas as denúncias foram intensificadas no últimos dois meses, sobretudo quanto a fraudes como a alteração de perfil social e da renda per capita das famílias beneficiadas com o Programa Bolsa Família. Tais mudanças serviam para o atendimento irregular aos requisitos exigidos para liberação de benefícios, cujo valor mínimo é de 89 reais.

Assessoria de Comunicação – PMCG