Arquivo de tag conta

porpjbarreto

Saiba se seu WhatsApp foi clonado

É possível perceber se seu WhatsApp foi clonado através de dicas bem simples, que envolvem a verificação de atividades em sua conta e o número de sessões ativas recentemente. Isso porque, embora o aplicativo não funcione em dois celulares ao mesmo tempo, é possível acessá-lo até mesmo pela versão web, uma vez que alguém tenha obtido acesso ao seu código QR.

Confira, a seguir, como detectar clonagem em seu WhatsApp.

Clonagem do WhatsApp: verifique atividades estranhas na conta

Se você detectou alguma mensagem que não tenha enviado em seu WhatsApp, uma conversa que conste como lida, mesmo que você não tenha recebido nenhuma notificação, ou alguma outra atividade suspeita, é importante ficar atento. Esses sinais podem ser um indício de que seu WhatsApp foi clonado e está ativo em um dispositivo diferente de seu smartphone. Por isso, dobre os cuidados, principalmente se isso acontecer com frequência.

Ao suspeitar de clonagem no WhatsApp, considere criar uma nova conta (Imagem: Reprodução)

Clonagem do WhatsApp: cuidado com aplicativos espiões

É possível que pessoas mal-intencionadas utilizem aplicativos espiões para acessar as suas ligações e mensagens do WhatsApp. Para se proteger contra isso, é necessário permanecer atento a quaisquer ações suspeitas de softwares desconhecidos em seu celular.

Vale lembrar que esses mesmos aplicativos espiões já causaram muita polêmica devido à sua movimentação silenciosa no aparelho, uma vez que permite a empresas controlarem as ações de seus colaboradores.

Clonagem do WhatsApp: Como se proteger

Para se proteger contra esse problema, siga as dicas abaixo:

  • Ative a verificação em duas etapas de seu WhatsApp, que dará segurança extra ao aplicativo;
  • Evite utilizar conexões Wi-Fi desconhecidas e públicas;
  • Não instale aplicativos de fontes desconhecidas (que não sejam a Google Play Store ou App Store, por exemplo);
Evite aplicativos baixados de fontes desconhecidas para se proteger contra clonagem no WhatsApp (Imagem: Reprodução)
  • Caso você tenha um iPhone, impeça a clonagem de seu WhatsApp através do uso do Touch ID. Para modelos acima do iPhone 8 Plus, o recurso é de reconhecimento facial;
  • Mantenha seu smartphone sempre por perto;
  • Bloqueie seu WhatsApp através de um aplicativo especializado. Confira, neste link, algumas dicas de apps úteis.

E se meu WhatsApp já tiver sido clonado?

Caso você suspeite de que sua conta do WhatsApp já foi clonada, envie um e-mail para support@whatsapp.com solicitando que sua conta seja excluída. Se ela não for acessada nos próximos 30 dias, será desativada automaticamente.

 

porpjbarreto

Nascidos em setembro e outubro sem conta na Caixa já podem sacar FGTS nesta sexta (06)

Trabalhador pode retirar até R$ 500 por conta ativa ou inativa

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (6) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em setembro e outubro sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia até o fim do ano.

Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão.

Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto.

Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, o documento pode ser necessário para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido hoje e na segunda-feira (9). As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal de término.

As que abrem às 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa. Nesses pontos, o trabalhador poderá tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.

Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho.

Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, de acordo com o mês de aniversário.

Por Kelly Oliveira – Agência Brasil