Arquivo de tag Comissão de Meio Ambiente

porpjbarreto

Projeto de Veneziano que obriga reuso de água em edificações recebe elogios, após aprovado na Comissão de Meio Ambiente

Foi aprovado na Comissão de Meio Ambiente (CMA) o Projeto de Lei (PL 724/2019), do Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), que torna obrigatória a utilização de níveis mínimos de água de reuso por plantas industriais e prédios comerciais que se instalarem em regiões com baixos índices de chuva. A matéria, após aprovação, seguiu para a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo – CDR.

O Projeto de Veneziano estabelece que a utilização de água de reuso seja condição para a obtenção de alvará de funcionamento para novas edificações, que deverão ser submetidas a vistoria de agente público.

Em sua justificativa, Veneziano argumentou que o Projeto tem como objetivo garantir a redução do consumo de água por meio da adoção de práticas de reuso nos setores industrial e comercial, principalmente nos dias atuais, quando o País se encontra em meio a uma grave crise hídrica.

O parlamentar paraibano lembrou que reuso é a medida por excelência para se alcançar esse objetivo, porque permite, ao mesmo tempo, melhorar a disponibilidade quantitativa e qualitativa da água, liberando mais água potável para o consumo humano, enquanto reduz a produção de efluentes.

“O reuso é de uma necessidade ainda mais premente no setor industrial, dado que, em São Paulo, por exemplo, ele responde por 40% do consumo total de água” destacou.

Segundo Veneziano, além de contribuir para o equilíbrio ambiental, as medidas previstas neste Projeto de Lei induzirão os cidadãos em geral a também adotar práticas de reuso em suas vidas domésticas e nas suas vizinhanças, pois práticas exemplares tendem a ter efeito multiplicativo.

Elogios – O relator da matéria na CMA, Senador Marcelo Castro (MDB-PI), destacou a importância da iniciativa do Senador paraibano, e lembrou da grave crise hídrica que afeta o Nordeste, em tempos de seca.

“Cabe frisar que o PL 724/2019 chega em boa hora. Vivenciamos, em 2014 e 2015, uma grave crise hídrica, em decorrência de redução das chuvas. Nossa atividade industrial e comercial foi sensivelmente prejudicada, sem mencionar os danos diretos à agricultura, à saúde da população e ao meio ambiente”, argumentou o Senador Marcelo Castro que, assim como o autor do projeto, vem de um estado que enfrenta períodos de seca.

Na CDR, foi designado como relator da matéria o Senador Plínio Valério (PSDB-AM).

Assessoria de Imprensa