Arquivo de tag casa

porpjbarreto

Casa de apoio da Prefeitura de Cajazeiras em João Pessoa está fechada e pacientes sofrem com o problema

Na noite da última sexta-feira (07), uma senhora da cidade de Cajazeiras, esteve em João Pessoa, para tratar-se de um câncer de mama. A idosa procurou a casa de acolhimento Bom Pastor localizada no Bairro de Jaguaribe, na Capital.

Porém, a casa que é gerenciada e mantida pela prefeitura de Cajazeiras, permanece fechada.

A idosa foi indagada: “por que a senhora não estava na casa de apoio de Cajazeiras, recentemente aberta pelo prefeito José Aldemir”? A idosa afirmou que a casa estava fechada e precisou se deslocar à Capital, para a casa de acolhimento Bom Pastor.

Neste sábado (08), foi constatado através de um vídeo feito pela reportagem do Blog do Fuxico, que a casa está fechada para realização de reparos estruturais e que será reaberta na próxima semana, garantiu a administradora do órgão municipal, a ex-vereador Lucieide Valencio.

 

Com informações do Blog do Fuxico

porpjbarreto

Assembleia anuncia calendário de pagamento de 2020 já com reajuste para os servidores

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) divulgou, na manhã da última sexta-feira (07), o cronograma de pagamentos dos servidores efetivos e comissionados da Casa e do décimo terceiro até o final do ano de 2020. Todos os pagamentos serão realizados dentro do mês trabalhado, reforçando a política de valorização do servidor que já vem sendo realizado na ALPB. Já o décimo terceiro será pago em duas parcelas, sendo a primeira em junho, no dia 10, e a segunda no dia 11 de dezembro.

Os pagamentos de 2020 já são realizados com o reajuste de 3%. A proposta aprovada no final do ano passado garante ainda aos servidores o reajuste de mais 4%, em 2021, e de 3%, em 2022.

O presidente da ALPB, Adriano Galdino, ressalta que a programação do pagamento, assim como aconteceu em 2019, foi possível após alguns ajustes promovidos pela Mesa Diretora, com a contenção de despesas, ajustes administrativos e qualificação dos gastos. “Programar o pagamento garante um maior equilíbrio financeiro para a Casa, além de dar mais conforto e segurança para os trabalhadores administrarem suas finanças”, declarou.

A iniciativa reforça as ações implantadas pelo presidente desde quando assumiu o comando de da ALPB em fevereiro do ano passado. Todas com foco no uso racional dos recursos públicos, na valorização do servidor e no fortalecimento da Casa. “Com a qualificação dos gastos, garantimos que as contas estarão sempre no verde, já que tudo é realizado com base em planejamento e avaliações prévias”, afirmou.

CALENDÁRIO 

Confira, abaixo, as datas dos pagamentos:

Fevereiro: 27

Março: 25

Abril: 24

Maio: 25

Junho: 26

Julho: 24

Agosto: 25

Setembro: 24

Outubro: 26

Novembro: 25

Dezembro: 24

– Parcelas do décimo terceiro: 10 de junho e 11 de dezembro.

 

Assessoria de Imprensa – ALPB

porpjbarreto

Atlético de Cajazeiras empata em 0 X 0 com o São Paulo Crystal, no Carneirão

São Paulo Crystal e Atlético de Cajazeiras se enfrentaram no estádio Carneirão, em Cruz do Espírito Santo, pela abertura da segunda rodada do Campeonato Paraibano de 2020. Em jogo de muita correria e pouca inspiração, o 0 a 0 foi justo com o que aconteceu no gramado na tarde quente deste sábado (01).

Mesmo após a briga entre os dois no intervalo do duelo contra o Treze, o meio-campista Thiago Almeida e o zagueiro Renan foram titulares do time de Índio Ferreira, enquanto o Trovão Azul veio escalado do mesmo jeito que venceu o CSP no último fim de semana.

Com a bola rolando, pouco se viu. A equipe sertaneja tinha mais qualidade e ficava com frequência no campo de ataque. A marcação do Carcará do Engenho era forte, mas desorganizada, e quando recuperava a pelota, logo cedia novamente ara o adversário.

O duelo teve poucas chances de gol, mas o Atlético de Cajazeiras dominou as ações no primeiro tempo. Na segunda etapa, principalmente depois dos 20 minutos, o São Paulo Crystal fez uma verdadeira blitz na defesa atleticana, mas o placar não saiu do zero.

Com o empate, o São Paulo Crystal marcou seu primeiro ponto e deixou a lanterna do Grupo B com o CSP. Na próxima rodada, o time do brejo enfrenta a Perilima, fora de casa, no domingo (02).

O Atlético de Cajazeiras chegou aos 7 pontos e assume a liderança provisória da chave A, mas pode ser ultrapassado por Treze e Botafogo-PB, que tem 6 e ainda jogam. O próximo compromisso do Trovão Azul será contra o Campinense, no Perpetão, no domingo (09).

Ficha Técnica

São Paulo Crystal
Nilton, Michel, Renan, Thales e Marcus; LG, Leandro, Biro-Biro e Dipão; Bravo (Welton) e Thiago Almeida (Falque depois Orlando). Técnico: Índio Ferreira.

Atlético-PB
Ariel, Filipinho, Wesley, Egon e Davi; Cássio (Ferreira), Mendes, Marcinho e Paulinho; Renan (Costela) e Éder Paulista (Conrado). Técnico: Éderson Araújo.

Árbitro: Thiago Galdino
Assistentes – Luiz Felipe e Herioberto Henrique
Cartão amarelo- Welton (SP), Wesley, Ferreira, Egon (A)

 

Com ParaíbaOnLine – Foto: A Voz da Torcida

porpjbarreto

Agricultores reformam casa de farinha e retomam produção de mandioca

Assistência técnica continuada, utilização correta de água e persistência na espera dos resultados têm proporcionado a inúmeras famílias de agricultores sucesso em suas atividades de produção de mandioca, melhorando a qualidade de vida e permitindo acesso a recursos financeiros para seu sustento.

É caso do produtor Pedro Ivo da Silva, conhecido como Pedro Cancão, do sítio Porteiras, no município de Mãe d’Água, no Sertão paraibano, que tem obtido êxito cultivando a terra com orientação técnica. Trabalhando em menos de um hectare de terra, com o uso racional da água disponível e seguindo as orientações dos extensionistas da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), Pedro Ivo cultivou um roçado de mandioca, do qual extraiu a farinha e produzindo beiju para o consumo da sua família e vizinhos. Ele se prepara para a produção numa escala maior, pensando em comercializar nas feiras livres.

Na propriedade também são cultivadas outras culturas, utilizadas no consumo da família e o excedente sendo comercializado na cidade para aumentar a renda familiar.

Devido às estiagens que vinham se verificando nos anos anteriores, o agricultor estava com pequeno plantio de mandioca, mas no ano passado, quando ocorreram chuvas regulares na região, a plantação se desenvolveu com mais vigor até que recentemente fez a colheita, transformando as raízes em farinha e beijus que distribuiu entre os familiares.

Orientada pelos extensionistas, a família recuperou a casa de farinha. “A reforma da casa de farinha foi uma ideia dos meus tios para resgatar a cultura de nossos antepassados, meus bisavôs José Nunes e Severina. Eles cultivavam grandes plantios de mandioca e macaxeira, mas nunca comercializavam, sempre guardando para o próprio consumo e dividiam com os outros agricultores que tinha pouca terra para o cultivo”, comentou Pedro Ivo.
O cultivo de mandioca sempre foi uma das principais atividades da família, desde os antepassados, quando, em determinado período de inverso regular, chegaram até a produzir numa farinhada mais de 600 “cuias” de farinha, como costumavam fazer a medição da produção agrícola.

Com as mortes do casal José Nunes e Severina, em 2001 e 2003, Pedro Ivo veio morar na casa-grande que pertenceu aos familiares. Sua proposta é fazer com que esta cultura volte a ser mais cultivada na região, não apenas como tradição, mas como fonte de renda para as famílias e para isso conta com a parceria da Empaer, cujo gerente local, Mascigleudo Almeida de Oliveira, conhecido como Márcio, orienta o trabalho de recuperação desta cultura no município, com o acompanhamento do gerente regional da Empaer em Patos, Francisco Acácio.

O técnico da Empaer em Mãe d’Água lembrou que a recuperação da casa da farinha e a volta de suas atividades sempre foi um desejo da família e que agora, depois das chuvas ocorridas no ano passado e as que estão acontecendo neste ano de 2020, acredita que será possível a retomada desta cultura que poderá trazer mais renda para as famílias, já que vão colocar no mercado um produto orgânico de boa aceitação.

O presidente da Empaer, Nivaldo Magalhães, lembrou que o Governo do Estado dispõe de um banco de pesquisas sobre tubérculos e raízes, notadamente mandioca, desenvolvidas pelo grupo de pesquisadores da empresa já disponível e que conta com técnicos capacitados para orientar no cultivo desta cultura.

O pesquisador da Empaer, Elson Soares dos Santos, é um dos que tem se dedicado às pesquisas, constatando o aumento da produtividade de tubérculos e raízes nos últimos anos. As pesquisas foram realizadas tendo como alvo o melhoramento de culturas como inhame, batata-doce e mandioca que estão à disposição dos produtores. Nos contatos com os agricultores, estes tomam conhecimento de todos os aspectos e vantagens do plantio para a obtenção de uma boa produtividade.

A Empaer é uma empresa vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), que tem como objetivo básico pesquisar, programar, executar e fiscalizar a política pública estadual de assistência técnica, extensão rural e regularização fundiária, com vistas ao desenvolvimento da agropecuária e da pesca, como também promover pesquisas de desenvolvimento científico e tecnológico aplicadas à agropecuária, além da produção de sementes para atender ao agricultor familiar.

 

Empaer-PB

porpjbarreto

Justiça mantém pena de cinco anos a mulher que roubou alimentos da casa de idosa em Cajazeiras

Por unanimidade, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou provimento  à Apelação Criminal nº 0001398-95.2014.815.0131 apresentada por Maria de Fátima da Silva contra sentença do Juízo da 2ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Ela foi condenada a cinco anos de reclusão, em regime inicial semiaberto, por roubar alimentos da residência de uma idosa de 85 anos de idade. A relatoria do recurso foi do desembargador Arnóbio Alves Teodósio. Também participaram do julgamento os desembargadores Ricardo Vital de Almeida (presidente do Câmara) e Joás de Brito Pereira Filho.

De acordo com a denúncia, no dia 27 de março de 2014, a ré subtraiu para si, mediante violência ou grave ameaça, vários itens alimentícios. Segundo o processo, na data do crime, a vítima estava deitada em uma rede, quando foi surpreendida pela apelante no interior da sua residência, que teve sua boca tapada para que não pedisse ajuda de vizinhos. A ré chegou a derrubar a idosa no chão. A apelante teria roubado da residência da vítima uma caixa de maisena, um quilo de arroz, um pacote de leite, um pacote de colorau, um hidratante e uma tesoura.

A defesa sustentou que o roubo é crime complexo, decorrente do somatório do furto com constrangimento ilegal ou ameaça. Aduziu que não há tipicidade material em relação à apontada subtração, tendo em vista que a ré o fez por absoluta necessidade, bem como o valor dos itens não ultrapassam R$ 20,00. Sob esses argumentos, requer a desclassificação do crime de roubo para delito diverso de crime patrimonial, restando configurado, apenas, o crime remanescente, conforme o caso (ameaça, lesão, constrangimento ilegal). A defesa alegou, ainda, que a circunstância agravante reconhecida na sentença, em relação à idade da vítima, não restou demonstrada, eis que não consta nos autos qualquer documento ou cópia que comprove o mencionado.

Sobre a desclassificação do crime de roubo, o desembargador Arnóbio Teodósio disse que não é possível quando, além da subtração, há, nos autos, provas suficientes da utilização pelo agente de violência ou grave ameaça à vítima.

O relator também enfrentou a tese levantada pela defesa sobre a comprovação da idade da vítima. Segundo ele, para fins de incidência da agravante prevista na alínea “h” do inciso II do artigo 61 do Código Penal prescinde da juntada da cópia da sua certidão de nascimento ou cédula de identidade, bastando que seja comprovada por elementos de prova idôneos, tais como a sua qualificação comprovada no boletim de ocorrência, no auto de prisão em flagrante delito ou no depoimento prestado em sede judicial ou extrajudicial. Da decisão cabe recurso.

 

Assessoria de Imprensa – TJPB

porpjbarreto

PF encontra celular escondido em caixa de remédio em frigobar na casa do deputado federal Wilson Santiago (PTB)

Alvo de operação, Wilson Santiago (PTB-PB) está afastado do cargo por decisão do Supremo

A Polícia Federal encontrou um celular escondido em uma caixa de remédio, dentro de um frigobar, durante operação de busca e apreensão na casa do deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB), no último dia 21, em João Pessoa (PB).

Alvo da operação que apura desvio de dinheiro de obras no sertão da Paraíba, o parlamentar foi denunciado pelo Ministério Público Federal sob acusação dos crimes de organização criminosa e corrupção.

Ele foi afastado do cargo por decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal. O parlamentar nega relação com os fatos investigados.

O celular encontrado estava dentro de uma caixa de remédio de nome Saxenda (para perda de peso), no quarto de Wilson Santiago. A polícia suspeita que o telefone era utilizado para tratar de assuntos ilícitos. Ao todo, sete aparelhos foram apreendidos.

A investigação do caso teve início com a colaboração premiada de um empresário na Paraíba. George Ramalho, dono da Coenco Construções, relatou ter sido contratado para a construção de uma adutora no sertão do estado apenas após o acerto de pagamento de propina para Wilson Santiago e ao prefeito de Uiraúna (PB), João Bosco Nonato Fernandes.

O valor total da obra foi de R$ 24,8 milhões, e o montante desviado, segundo o inquérito, de R$ 1,2 milhão.

Após o início das negociações para o acordo de delação premiada de George Ramalho, a Polícia Federal conseguiu autorização judicial para realizar ações controladas. O mecanismo consistiu no acompanhamento de eventos em que o colaborador se reuniu com investigados, gravando, para realizar pagamento de propina ou tratar de assuntos ilícitos.

Um dos episódios registrados foi a entrega de R$ 30 mil, acomodados em uma pasta azul, para uma mulher, em um hotel em Brasília, que, segundo o empresário, seriam de desvio de dinheiro da obra.

Câmeras de vigilância captaram o momento em que ela chega, minutos depois, no prédio do deputado Wilson Santiago, de carro. As gravações registraram também sua saída, pelo hall, sem a pasta azul nas mãos.

Na ação da PF, há também imagens mostrando o prefeito de Uiraúna supostamente enfiando maços de dinheiro na cueca.

No dia da operação, a polícia encontrou e apreendeu dinheiro em espécie na casa do deputado em Brasília e na casa do prefeito, em Uiraúna.

“Em nenhum momento a investigação flagrou o deputado recebendo dinheiro de terceiros. Tampouco a ação controlada captou conversas ou mensagens por parte de Wilson Santiago. O dinheiro apreendido no apartamento, além de encontrar lastro no Imposto de Renda, foi objeto de saque de sua conta decorrente de seus próprios rendimentos, de modo que será comprovado em momento oportuno”, afirmou Luís Henrique Machado, advogado do deputado.

Decisões do Supremo Tribunal Federal de afastar parlamentares do mandato são controversas, mas, hoje, há o entendimento na corte de que a palavra final cabe ao plenário da Câmara ou do Senado.

Em tese, a decisão do STF é submetida ao plenário da Câmara, mas o Congresso entrou em recesso na última segunda-feira (23/12) e só volta aos trabalhos em fevereiro.

Santiago está automaticamente afastado do mandato até que o plenário delibere sobre o assunto, o que também pode não ocorrer, a depender da decisão política da cúpula da Câmara e da maioria dos partidos.

A denúncia contra Santiago e os outros acusados é assinada pelo procurador-geral da República interino, José Bonifácio Borges de Andrada. Ele solicita que eles sejam condenados a ressarcir os cofres públicos em R$ 14,9 milhões.

Cabe agora, ao STF, decidir se aceita ou não a denúncia. Em caso positivo, os acusados se tornam réus.

 

Fonte: folha.uol

porpjbarreto

Jovem trans é encontrada morta dentro de casa em Patos

A família informou que Alice tinha epilepsia e crises convulsivas, mas ainda não se sabe se isso está relacionado com a causa da morte.

A jovem transexual Alice Nóbrega foi encontrada morta nesta quarta-feira (25) em sua residência, em Patos, no Sertão paraibano.

O corpo de Alice, que tinha 30 anos, foi encontrado por familiares por volta das 11hs30 em cima da cama em um dos cômodos da residência.

O caso foi comunicado à polícia, que ficou resguardando o local até a chegada da perícia. A família informou que Alice tinha epilepsia e crises convulsivas, mas ainda não se sabe se isso está relacionado com a causa da morte.

 

Com informações de ClickPB

porpjbarreto

Prefeito Zé Aldemir recebe grupo de pré-candidatos em sua residência para ajustar apoio às eleições municipais em 2020

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP) recebeu em sua residência na noite desta quarta-feira (09), um grupo formado por (vinte e três) pessoas, destas, um presidente de associação, comerciantes, líderes comunitários, suplentes à vereança, servidores públicos e demais profissionais liberais.

Em pauta, a campanha municipal do próximo ano. De acordo com informações chegadas a nossa redação, o grupo é formado por (dezessete) homens e (seis) mulheres. Uns conhecidos na seara político-partidária e outros chegando agora.

O prefeito teria convidado os presentes para um diálogo em sua casa, na oportunidade o gestor cajazeirense fez o convite para que todos se filiassem ao (PP), seu partido atualmente, mas a princípio houve uma resistência, pois, os pré-candidatos em comum acordo não aceitam ingresso numa agremiação onde já tem vereador com mandato e que vão concorrer com larga vantagem. O convite não foi aceito.

Nós não aceitamos nesse grupo, vereador com mandato nem secretário, pois, não seria justo, a gente servir de escada para eles”, teria revelado um participante.

Para resolver o impasse sobre qual partido o grupo vai se filiar, o prefeito deu uma segunda sugestão e, todos aceitaram embarcar no (PSDB), partido que está nas mãos do secretário de administração municipal – Thiago de Souza Macambira.

O nosso grupo está formado, agora é só esperar por 2020, para cairmos em campo, vamos juntos fazer a diferença e representar de verdade o povo de Cajazeiras”, ressaltou um dos presentes.

Toda a conversa com o prefeito e o grupo, foi registrada em ata. “Ou é do jeito da gente, ou saímos todos fora”, contou um pré-candidato.

Queremos a oportunidade de ajudar as pessoas, principalmente as mais humildes, as mais carentes, porque é para isso que serve um político, o homem público. Ou representa o povo de verdade, ou não é político”, concluiu outro pré-candidato que pediu para ser citado.

Relação dos presentes mais conhecidos: Kaki da Esperança, Veté do Catolé, Chagas Cardoso, Thadeu dos Gêmeos, Kleber Gomes, Cida Pé no Chão, João do Pulo, Moisés Barroso, Jucélio Lins, Cícero das Lages, Nino, Aleuda, Alba Móveis.

Lista completa dos pré-candidatos: Cícero Rolim (Cícero das Lages), Kleber Gomes, Francieudo Alves (Veté do Catolé), José Carlos, Augustinho Filho, Moisés Barroso, Thiago Pereira, Manualdo Lima, Jocerlânio de Souza (Kaki), Raimundo Barros, Francisco das Chagas (Chagas Cardoso), João Soares, Jucélio Lins (Galego do PEVA), Thadeu Alves (Thadeu dos Gêmeos), Givanildo da Silva, Vandegeuda Fernandes, Rosimeire Pereira, Maria Aparecida Ramos (Cida Pé no Chão), Dayane Freitas, Albanere Pereira (Alba Móveis), Fátima de Teve Jeito, Robson Catolé e, Neguinho.

 

Redação – fmrual.com.br