Arquivo de tag candidatos

porpjbarreto

IFPB/Sousa: Divulgadas as confirmações de matrícula da lista de espera do PSCT 2020

Classificados devem aguardar o início do semestre letivo

A Diretoria de Desenvolvimento do Ensino (DDE) do Campus Sousa divulgou nesta segunda-feira (27) os Editais de Confirmação de Matrícula na primeira chamada da lista de espera do Processo Seletivo dos Cursos Técnicos do IFPB (PSCT). A seleção visa preencher as 250 vagas ofertadas pela instituição para os cursos de Agroindústria, Agropecuária, Informática e Meio Ambiente.

Os quatro cursos disponibilizaram vagas na modalidade Integrado (Ensino Médio mais Curso Técnico) e dois deles, Agropecuária e Informática, ofertaram vagas para os cursos Subsequentes (Técnico pós Ensino Médio). Os estudantes que estiverem com as matrículas confirmadas devem vir ao Campus no início do semestre letivo 2020.1, o que está previsto para acontecer no dia 03 de fevereiro para os Integrados e em 02 de março para os Subsequentes.

Além das listas dos alunos matriculados, foram divulgadas as relações dos candidatos que tiveram matrículas indeferidas por não cumprirem as regras previstas nos editais, como a não entrega da documentação exigida, por exemplo. Os candidatos que desejarem interpor recursos poderão fazê-lo em dois dias úteis a contar da publicação do Edital, junto à Coordenação de Controle Acadêmico do Campus Sousa.

Assessoria de Comunicação do IFPB/Sousa
porpjbarreto

Inscrições para o Sisu se encerram às 23h59 deste domingo

Candidatos devem se inscrever pela página do participante

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terminam neste domingo às 23h59. A data final de inscrições seria na sexta-feira (24), mas em decorrência das inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo aos estudantes, para evitar prejuízos.

O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar da seleção, o candidato não pode ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do participante.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), no momento da inscrição o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes, e o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

Os resultados das inscrições do Sisu serão divulgados no dia 28 de janeiro. A partir do resultado, a matrícula ou o registro acadêmico nas instituições participantes devem ser feitos até o dia 4 de fevereiro. O lançamento da ocupação das vagas pelas instituições participantes será até 7 de fevereiro, e a manifestação de interesse para constar na lista de espera é até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O que é o Sisu

O Sisu é uma das formas de ingresso na educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame. Quem não conseguir uma vaga pelo Sisu, pode tentar uma vaga pelos vestibulares tradicionais.

Há ainda o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais, de 50%, em instituições privadas; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para financiar o valor da graduação.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Quem será o candidato de oposição à prefeitura de Cajazeiras, com maior densidade eleitoral para vencer Zé Aldemir?

Na Paraíba, como nos demais recantos desse estado, o assunto mais recorrente e atual é falar de política; quando estamos próximos de campanha estadual, a demanda é pelas conjunturas e apoios aos deputados estaduais, federais, senadores e ao governo.

Trazendo o olhar para as cidades – levando em conta a proximidade das eleições municipais, o assunto não poderia ser outro. E as perguntas que não querem calar a boca dos eleitores, apoiadores, cientistas e comentaristas políticos é justamente em quem votar.

Em Cajazeiras, não é diferente, pois, as especulações em torno de alguns nomes já deram início há meses.

Fala-se em Carlos Filho (DEM), filho dos ex-prefeitos Denise e Carlos Antônio Araújo de Oliveira.

Comenta-se o nome do deputado estadual Júnior Araújo (Podemos).

Especula-se também os nomes de Marquinhos Campos, irmão do deputado Jeová Campos, de Antônio Gobira (Rede), de Zé Maria do (PT), de Mariana Moreira do (PT), de Rivelino Martins (PSB) e do Vereador Alysson Lira (PSD), este último aguarda uma resposta da família para pôr o bloco na rua.

Até o momento, quem tem feito intervenções na mídia e redes sociais com maior frequência tem sido o médico Carlos Filho e o sapateiro Antônio Gobira. Porém, vale ressaltar que a pessoa, ou grupo político mais organizado é o do atual prefeito José Aldemir (PP), que tem realizado reuniões constantes e formado novos grupos com pré-candidatos. Além do (PP) seu partido, o prefeito já dialogou e deixou certa a formação do (PSDB) com (vinte e três) pré-candidatos a vereadores.

Ainda segundo soubemos, o (MDB) está sendo recomposto com lideranças comunitárias, para o embate das eleições de 2020. A novidade é que o prefeito quer a presença do atual vice, Marcos do Riacho do Meio junto e misturado, para concorrer uma vaga e retornar à Câmara Municipal como vereador – excluindo assim seu parceiro de chapa.

De maneira independente e sem demonstração que comporá a oposição, ou situação – está o grupo formado e liderado pelo ex-vereador Chico de Bianôr, que recentemente divulgou a composição de (vinte e três) pré-candidatos à vereança pelo (Partido Social Cristão).

E a oposição de Cajazeiras, tem feito o que?

Redação