Arquivo de tag Brasil

MPF dá prazo de 48 horas para Facebook explicar remoção de páginas do MBL

O Ministério Público Federal de Goiás (MPF-GO) solicitou explicações ao Facebook sobre a remoção de páginas ligadas ao Movimento Brasil Livre (MBL). De acordo com a rede social, foram removidas 196 páginas e 87 contas que espalhavam fake news.

Em ofício enviado à empresa, o procurador da República Ailton Benedito, que, desde setembro do ano passado investiga a rede social por supostos atos de censura e bloqueio de usuários brasileiros, determinou que o Facebook envie, no prazo de 48 horas, a relação de todas as páginas e perfis removidos e a justificativa fática específica para a exclusão.

No pedido, o procurador destaca que as páginas tinham 500 mil seguidores e divulgavam informações de caráter político. “As normas constitucionais e legais que regulam a internet no Brasil atuam sempre com vistas à liberdade de expressão, ao direito de acesso de todos à informação, ao conhecimento e à participação na vida cultural e na condução dos assuntos públicos; e a impedir a censura, bem como a discriminação dos usuários, por motivo de origem, raça, sexo, cor, idade, orientação política, entre outros, competindo ao MPF atuar nesse sentido”, afirmou Benedito.

Notícias falsas

O Facebook informou no início da manhã desta quarta-feira (25/7), que foi desmobilizada “uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação”. O foco da ação é impedir ou reduzir a propagação de notícias falsas durante o processo eleitoral deste ano.

Uma das páginas que saíram do ar tinha o nome de “Jornalivre”, e possuía 128 mil seguidores. De acordo com postagens identificadas pela reportagem do Correio, os integrantes do MBL não escondiam que essa página era ligada ao grupo.

Na publicações, a página “Jornalivre” atacava políticos e personalidades e usava manchetes e textos sensacionalistas e com uma grande quantidade de adjetivos para convencer os internautas das afirmações que fazia.

Fonte: Portal S1

Lula determina sucessor para corrida ao Planalto, diz revista

Ex-presidente deve se manter como pré-candidato até o fim dos prazos legais

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já decidiu quem o substituirá para concorrer à Presidência pelo PT nas eleições deste ano. Os principais cotados ao posto eram o ex-ministro Jacques Wagner e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

De acordo com a revista Veja, Lula elegeu Haddad como seu sucessor. O partido deve manter o nome do ex-presidente como pré-candidato oficial até o fim dos prazos. Haddad só deve ser anunciado como concorrente ao Planalto por volta do dia 17 de setembro, data-limite para os partidos substituírem candidaturas.

Até lá, a sigla deve intensificar esforços para reverter a prisão de Lula, além de vincular a imagem de Haddad ao do ex-presidente. Ainda de acordo com a revista, a troca de candidatos será tratada como “imposição da Justiça”, e não como uma escolha pessoal de Lula.

 

Com Veja

Goleiro brasileiro morre após ser atropelado por ônibus em Recife

João Henrique Pedrosa, conhecido como Biscoito, tinha 21 anos e defendia o Íbis

O Hospital da Restauração de Recife, confirmou nesta segunda-feira (25) a morte do goleiro João Henrique Pedrosa, conhecido como Biscoito. O jogador tinha 21 anos, defendia o Íbis e estava internado no local desde a última sexta-feira (22), quando foi atropelado por um ônibus da empresa Metropolitana. Ele costumava treinar fora de época, nos campos da orla da praia do Pina, na Zona Sul da capital pernambucana.

De acordo com o Globoesporte.com, os treinamentos do Íbis seria retomados nesta segunda, após uma pequena pausa para a disputa da Copa, mas foram cancelados em função da tragédia. O enterro do arqueiro acontecerá nesta terça-feira (26).

“Ele era um menino dedicado e se cuidava por si próprio. Ficava treinando por conta própria, sempre gostava de se cuidar. Tanto que estava indo treinar no momento do acidente. Jogou conosco a temporada de 2017 e tinha passado pela divisão de base do Sport e pelo Afogados da Ingazeira Futebol Clube. Estamos muito tristes com essa tragédia”, disse Ozir Ramos Junior, presidente do Íbis.

Biscoito chegou a Íbis em 2017 para disputar a Série A2 do Pernambucano.

A empresa de ônibus emitiu uma nota lamentando o acidente, se colocou à disposição das autoridades e disse estar em contato com os familiares do goleiro.

“A Empresa Metropolitana lamenta o acidente ocorrido na última sexta-feira (22/06), e esclarece que o motorista envolvido na ocorrência respeitou os procedimentos internos, prestando o socorro às vítimas e acionando os órgãos responsáveis para pronto atendimento e encaminhamento médico dos mesmos. A empresa esclarece que está em contato com as famílias prestando toda a assistência necessária. A Metropolitana está à disposição para colaborar com as autoridades competentes e aguarda análise final do caso”.

 

Com Notícias no Minuto

INDICADORES: Boi gordo começa a semana com elevação no preço

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial teve não mudou e o produto é negociado a R$ 6,03

Indicadores

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (11) com alta de 0,18% e o produto é negociado a R$ 138 no estado de São Paulo. Em Goiânia, a arroba é vendida à vista a R$ 125. No norte do Mato Grosso, o valor é R$ 123. Já Barretos e Araçatuba, em São Paulo, comercializam a arroba a R$ 138 à vista.

O preço do quilo do frango congelado não sofreu variação e o produto ainda é vendido a R$ 4,80 no estado de São Paulo. O preço do frango resfriado também continuou o mesmo e a mercadoria ainda é comercializada a R$ 4,75.

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial também não mudou e o produto é negociado a R$ 6,03. Em Minas Gerais, o preço do suíno vivo teve queda de 0,28% e é vendido a R$ 3,56. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 2,93. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

Reportagem: Marquezan Araújo

 

BRASILEIRÃO: Clássicos estaduais e Fla x Timão esquentam fim de semana

Neste sábado, Vasco x Bota e Palmeiras x São Paulo abrem a nona rodada

É muito futebol que você quer? Então, é muito futebol que você vai ter. Neste final de semana, é bom preparar os corações, já que a briga pela ponta da tabela tem sido acirrada. No sábado (2), quatro partidas abrem a nona rodada do Brasileirão. E logo de cara, dois clássicos estaduais.

No Rio de Janeiro, o Vasco vai encarar o Botafogo, em São Januário. Fazendo a conexão via Dutra, clássico paulista na Arena Palmeiras. Querendo espantar o mal momento, após duas derrotas, o Verdão joga contra o São Paulo, que quer tomar a ponta do Flamengo.

Embalado, São Paulo vai encarar o Palmeiras fora de casa

Quem também quer se reabilitar é o Atlético Mineiro, que foi derrotado nas últimas rodadas. O Galo joga contra a Chapecoense, time que o eliminou da Copa do Brasil. No Beira-Rio, o Internacional vem embalado e quer vencer o Sport para engatar a terceiro triunfo seguido no campeonato.

No domingo (3), clássico envolvendo as duas maiores torcidas do país. O Maracanã vai ser palco do confronto entre Flamengo e Corinthians, que pode valer a ponta da tabela.

O Bahia vai ter a dura tarefa de jogar contra o Grêmio, em Salvador, e o América de Minas quer usar o fator casa para superar o Atlético Paranaense.

Na Vila Belmiro, o Santos tenta espantar a má fase diante do Vitória. O jogo é importante para as duas equipes, que tentam se distanciar da zona da degola.

Para encerrar as partidas do domingão, Ceará e Cruzeiro tem compromisso marcado no estádio Castelão.

 

Reportagem: Raphael Costa

 

Sem Neymar, Brasil faz amistoso contra a Croácia em Anfield

Jogo é penúltimo teste antes antes da Copa do Mundo

Na preparação para a Copa do Mundo, a seleção brasileira entra em campo neste domingo (3) para ajustar os últimos detalhes. O time canarinho enfrenta a seleção da Croácia, em partida que será disputada no estádio do Liverpool, na Inglaterra. O adversário é complicado e também disputará o Mundial na Rússia.

O time comandado por Tite deve ter novidades na escalação. A primeira delas é Neymar no banco. Ainda se recuperando de lesão, o camisa dez da seleção e do Paris Saint Germain não deve participar do amistoso. O atacante brasileiro está sem jogar desde o dia 25 de fevereiro, quando se machucou durante uma partida do clube parisiense.

A outra novidade é Thiago Silva como titular. O zagueiro deve começar a partida formando dupla de zaga com Miranda. Marquinhos, que vinha sendo o titular sob o comando de Tite, deve ficar no banco.

De resto, a equipe deve ser a mesma que venceu a Alemanha, em Berlim. O Brasil deve ir à campo com Alison, Marcelo, Miranda, Thiago Silva e Danilo na zaga. Casemiro, Paulinho e Fernandinho formam o meio-campo. No trio de ataque, Philippe Coutinho, Willian e Gabriel Jesus.

A bola rola a partir das onze da manhã, horário de Brasília.

 

Reportagem: Raphael Costa

LIBERDADE DE IMPRENSA: Membros do Judiciário e jornalistas vão debater “30 anos sem censura

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará, no próximo dia 11 de junho, o seminário “30 anos sem censura: a Constituição de 1988 e a Liberdade de Imprensa”, com o objetivo de promover debate entre os membros do Poder Judiciário e integrantes da imprensa. Fakes news, novas formas de censura e os desafios da imprensa livre hoje são os temas que serão discutidos entre os participantes convidados.

O encontro será fechado e durará o dia inteiro na sala de sessões da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Haverá ainda a divulgação de um levantamento sobre os casos mais comuns de danos morais envolvendo os jornalistas.

O encontro é fruto da Resolução CNJ n. 163/2012 instituiu o Fórum Nacional do Poder Judiciário e Liberdade de Imprensa, que possui uma Comissão Executiva Nacional.

A Comissão Executiva é atualmente composta pelos membros nomeados na Portaria n. 30 de 10 de maio de 2018. Entre as atribuições da Comissão Executiva, consta a realização de seminários com integrantes do Poder Judiciário sobre o tema Liberdade de Imprensa, consoante no art. 4º, da Resolução CNJ n. 163/2012.

CNJ
Com reportagem, Storni Jr.

STF: Justiça recebe mais uma ação contra o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical

A ação foi proposta pela Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur).

Foi protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF) mais uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5945) para questionar dispositivos da Reforma Trabalhista (Lei 3.467/2017) que, ao alterar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), passou a exigir a autorização prévia do trabalhador para o desconto da contribuição sindical.

A ação foi proposta pela Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur). A autora alega que a contribuição sindical possui natureza tributária e que a retirada de sua obrigatoriedade fere a Constituição Federal (CF) e viola gravemente o ordenamento jurídico, alterando arbitrariamente um tributo destinado à receita das entidades sindicais.

Segundo a Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur), a facultatividade informada na lei é dirigida ao desconto, que deverá ser autorizado pelo trabalhador, e não ao imposto, de natureza compulsória. A entidade defende ainda que a mudança na forma do recolhimento por lei ordinária é inconstitucional, pois somente lei complementar poderia proceder tais alterações, de acordo com a Constituição Federal.

A ADI tem pedido de liminar para a suspensão imediata da eficácia dos artigos 545, 578, 579, 582 e 583 da CLT. No mérito, requer a procedência da ação para declarar a inconstitucionalidade dos dispositivos ou que seja dada interpretação conforme a Constituição no sentido de declarar que o desconto poderá ter anuência do trabalhador, mas o pagamento do imposto sindical é devido, haja vista a natureza compulsória do mencionado tributo.

O relator da ADI, ministro Edson Fachin, determinou seu apensamento aos autos da ADI 5794, primeira das diversas ações sobre a mesma matéria, a fim de que o julgamento seja feito em conjunto.

 

STF

Com reportagem, Storni Jr.

 

O tempo e a temperatura para esta quinta-feira (31) de maio de 2018

O TEMPO E A TEMPERATURA: Temperatura da região Sul varia entre 10ºC e 30ºC

Nesta quinta-feira, a região Sul tem céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A temperatura da região varia entre 10ºC e 30ºC. A umidade relativa do ar pode variar de 55% a 95%. Em Santa Catarina os termômetros vão variar de 10ºC a 28ºC. No Rio Grande do Sul a temperatura vai variar de 12ºC a 28ºC. Já no Paraná, mínima de 10ºC e máxima de 30ºC. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

O TEMPO E A TEMPERATURA: temperatura da região Centro-Oeste varia de 10ºC a 35ºC

Nesta quinta-feira, a previsão é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva de na região Centro-Oeste. A temperatura da região varia de 10ºC a 35ºC. A umidade relativa do ar pode variar de 20% a 95%. No Mato Grosso, mínima de 14ºC e máxima de 35ºC. Em Goiás, a temperatura pode ficar entre 10ºC e 33ºC. No Mato Grosso do Sul, mínima de 15ºC e máxima de 34ºC. Já no Distrito Federal, a temperatura varia entre 10ºC e 25ºC. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Nesta quinta-feira, umidade relativa na região Nordeste varia de 30% a 95%

Nesta quinta-feira, a previsão é de céu nublado a encoberto com pancadas de chuva isolada na região Nordeste. A temperatura da região fica entre 14ºC e 36ºC. A umidade relativa do ar pode variar de 30% a 95%. Em Alagoas e em Sergipe os termômetros podem variar de 18ºC a 31ºC. No Piauí, no Maranhão e no Ceará, mínima de 16ºC e máxima de 36ºC. Já no Rio Grande do Norte, em Pernambuco, na Bahia e na Paraíba a temperatura vai variar de 14ºC a 33ºC. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

O TEMPO E A TEMPERATURA: Céu na região Norte fica nublado a encoberto nesta quinta-feira (31)

Nesta quinta-feira, o céu fica nublado a encoberto com pancadas de chuva e isoladas na região Norte. A temperatura da região fica entre 15ºC e 36ºC. Já a umidade relativa pode variar de 25% a 95%. No Acre, em Tocantins e Amazonas a temperatura varia de 15ºC a 35ºC. Em Rondônia e no Amapá os termômetros variam entre 20ºC e 33ºC. Já em Roraima e no Pará mínima de 22ºC e máxima 36ºC.

 

Reportagem – Larissa Lago

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Ex-ministro do TST rebate denúncia feita pela CUT contra reforma Trabalhista

Almir Pazzianotto classificou o ato como oportunismo político e de irresponsabilidade do movimento social

Pouco mais de seis meses depois da aprovação da Reforma Trabalhista no Brasil, o tema ainda é polêmico entre especialistas. Em meio às discussões sobre o assunto, começou nesta segunda-feira (28) a 107ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra. O evento – que está entre os maiores do mundo – também vai abordar a questão trabalhista no Brasil.

Para entender melhor, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) enviou à Organização Internacional do Trabalho uma série de acusações contra a reforma Trabalhista aprovada pelo governo Temer.

Em um evento realizado na sede da organização, o secretário das Relações Internacionais da central sindical, Antônio Lisboa, afirmou que a reforma viola algumas convenções trabalhistas estabelecidas, como as que tratam do direito à sindicalização e à negociação coletiva no ambiente de trabalho.

Entre os pontos que a CUT questiona, está uma violação ligada à Convenção número 98 da própria OIT. A convenção trata dos direitos de sindicalização e visa estimular as negociações voluntárias entre empregadores e organizações de trabalhadores para ajustar termos e condições de emprego.

Acontece que esse posicionamento não é consenso entre especialistas no assunto. É o caso de Almir Pazzianotto, ministro aposentado do Tribunal Superior do Trabalho. Pazzianotto classifica a iniciativa da CUT como oportunismo político.

“É uma grande burocracia que tenta encontrar uma solução que satisfaça desde os países mais pobres, para os subdesenvolvidos, em desenvolvimento e aos desenvolvidos. Ela não conhece a realidade brasileira. Como um membro da OIT pode saber exatamente qual a situação de um trabalhador da indústria, comércio, sistema financeiro, transportes? Não sabe! Levar uma denúncia à OIT é um ato de irresponsabilidade”.

De acordo com o ex-ministro, a reforma não infringe nenhum artigo da Constituição. Pazzianotto também questiona a competência da organização para avaliar a questão trabalhista no Brasil. Almir Pazzianotto também lembra que a reforma seguiu todo os trâmites previstos em Lei, sendo aprovada tanto na Câmara dos Deputados, como no Senado Federal.

O ex-ministro ressalta que a CLT já passou por outras mudanças e nenhum direito dos trabalhadores foi retirado do texto. O que, na visão dele, moderniza as relações trabalhistas. Além disso, na avaliação do ex-ministro, a CUT não seguiu os caminhos legais necessários para questionar a reforma Trabalhista.

“Se houver, por qualquer parte de alguns dos dispositivos da reforma Trabalhista, violação de algum preceito constitucional, esse problema não deve ser levado à OIT, pois não ela tem competência para isso. O problema deve ser levado ao Supremo Tribunal Federal. O próprio Tribunal Superior do Trabalho, que eu com muito orgulho integrei, vai examinar se há algum conflito intertemporal, se alguma lei nova se indispõe com alguma lei antiga, se há choque de princípios. Tudo isso tem um caminho normal a ser percorrido. Começa na Vara do Trabalho, passa pelo Tribunal Regional do Trabalho, chega ao TST e pode chegar ao Supremo tribunal Federal. O que não vai chegar é à OIT”.

A reforma Trabalhista entrou em vigor em novembro do ano passado e alterou cerca de 100 pontos da CLT. Entre as principais mudanças, está o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical e a possibilidade de divisão das férias dos funcionários em até três vezes, desde que com sua anuência. Além disso, a nova Lei também regulamentou o home office, modalidade que permite o trabalho em casa, e o trabalho intermitente.

Reportagem, Raphael Costa