Arquivo de tag balanço

porpjbarreto

Complexo Regional de Patos registra quase 50 mil atendimentos em 2019

O balanço de atividades do Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) relativo ao período do dia 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019, somente no que diz respeito a atendimentos totaliza 49.568 procedimentos, sendo 38.508 de serviços de urgência e emergência e 11.060 de consultas e retornos no ambulatório. Nesse mesmo período, foram realizadas 3.616 cirurgias, 6.594 internações, 49.165 exames laboratoriais e ainda 50.289 exames radiológicos diversos. Esses dados já contabilizam os serviços prestados pelo Hospital do Bem que integra o Complexo com atendimentos na área de Oncologia.

Grande polo receptor de pacientes de mais de 80 municípios da região do sertão paraibano e referência para urgências e emergências em casos de pequena e média complexidade o hospital, que integra a rede estadual de saúde, registrou como principais motivos de atendimento nos plantões de urgência e emergência, ao longo do ano, lesões oriundas de quedas, casos de hipertensão, acidentes de trânsito (a maior parte envolvendo motos), dores abdominais, de cabeça e no peito, além de casos de insuficiência respiratória e contusões diversas.

De acordo com o relatório de gestão, em relação aos exames radiológicos, o maior número de registros foi de Raio X, com 26.227 casos, seguido de tomografias, com 15.899 exames, os exames de ultrassom e ecocardiograma totalizam 6.580 procedimentos. O Centro de Imagem da unidade registrou ainda a realização de 829 endoscopias, 620 colposcopias, 87 colonoscopia e 36 ressonâncias magnéticas, além de 10 cintilografias.

 De acordo com a diretora geral da unidade, Liliane Sena, o relatório de gestão dos serviços realizados ano passado mostra que as causas de atendimento na emergência não se modificaram muito e que a unidade teve um aumento significativo de demanda. “Observamos, comparando os resultados com anos anteriores, que as maiores causas de procura pelos nossos serviços não se alteram, sendo as quedas, os acidentes e dores diversas as maiores demandas de nossa porta de entrada”, ressalta a diretora. Ela lembra que, atualmente, não há filas para realização de cirurgias e que apesar da unidade dispor somente de seis leitos de UTI, o Hospital tem conseguido realizar os procedimentos cirúrgicos sem muita demora para os pacientes.

Complexo realizou 3.616 cirurgias em 2019

O balanço de atividades do Complexo somente no que diz respeito à realização de cirurgias, contabiliza que a unidade realizou um total de 3.616 procedimentos. Destes, a maior parte foram de cirurgias ortopédicas, com um total de 1.673 ocorrências, seguidas de cirurgia geral, com 820 casos. As cirurgias oncológicas ficam na terceira posição, com um total de 534 procedimentos, em função dos procedimentos do Hospital do Bem serem realizados também no bloco cirúrgico na unidade. As cirurgias vasculares contabilizaram 341 casos.

As cirurgias gerais, a exemplo de casos de apendicite, hérnias, abdômen agudo e de tiros e facadas, entre outros, totalizaram 820 procedimentos, e foram responsáveis pela segunda maior demanda de cirurgias do Complexo ao longo de 2019. As cirurgias de otorrino totalizaram 22 procedimentos, de urologia foram 20 casos, enquanto que houve nove casos de cirurgias plásticas reparadoras.

 A diretora geral da unidade, Liliane Sena, ressalta que o relatório de gestão chama atenção para o alto número de cirurgias provenientes de acidentes, principalmente, de motos. “A grande demanda de cirurgias ortopédicas, que responde por quase 50% do total de cirurgias realizadas na nossa unidade, acende uma luz amarela sobre a questão dos perigos no trânsito e a importância de se evitar acidentes que, na maior parte dos casos, deixa sequelas nas vítimas para o resto da vida”, reforça Liliane.

Assessoria 

porpjbarreto

João Azevêdo faz balanço dos primeiros nove meses de gestão

O governador João Azevêdo fez, nesta segunda-feira (14), um balanço dos primeiros nove meses de gestão, destacando ações em áreas como saúde, educação, segurança e infraestrutura. A inauguração do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas (BEPMotos), a redução da conta de luz com a ampliação da isenção do ICMS, a duplicação do valor do Abono Natalino e o lançamento do Opera Paraíba estão entre os destaques. O governador ainda confirmou que em novembro irá chamar os 500 aprovados no último concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A prestação de contas foi apresentada durante o programa Fala Governador, transmitido pela rádio Tabajara em cadeia estadual e pelas redes sociais do Governo.

Na oportunidade, o governador destacou, entre as principais ações na área da segurança, a implantação do BEPmotos, em João Pessoa; a inauguração do novo Instituto de Polícia Científica de Cajazeiras; criação da Patrulha Maria da Penha; implantação do PCCR dos Agentes Penitenciários; licitação dos Centros de Comando e Controle em João Pessoa, Campina Grande e Patos, entre outras medidas.

Em relação à infraestrutura e recursos hídricos, o governador João Azevêdo frisou a ampliação da cobertura de saneamento com a ordem de serviço para obras em nove cidades paraibanas; o lançamento do polo turístico Cabo Branco e a implantação de dessalinizadores em comunidades rurais.

Já na área de educação, mereceram destaque neste balanço dos nove meses de gestão a ampliação do programa Giramundo (Chile, Colômbia, Reino Unido); a criação do Programa Bom de Bola e do Programa Primeira Chance; o aumento do número de professores ingressando através de concurso público; duplicação das matrículas no ensino técnico e a implantação de mais 53 escolas integrais.

São ações relevantes na área de Desenvolvimento Humano a duplicação do valor do Abono Natalino pago aos beneficiários do Bolsa Família; o aumento em 40% do Cartão Alimentação; a autorização do residencial Cidade Madura de Monteiro; ampliação das Casas da Cidadania, entre outras.

Durante o Fala Governador, João Azevêdo também enfatizou a importância de ações na área da saúde, a exemplo do Programa Opera Paraíba; o fortalecimento da Rede Cuidar; a reforma e ampliação de hospitais como a Maternidade Frei Damião; aquisição de novos equipamentos para a rede hospitalar estadual. “Inclusive, viabilizamos na semana passada, durante audiência em Brasília, mais R$ 10 milhões para compras de equipamentos para a região metropolitana e já estamos cuidando disso”, comentou João Azevêdo.

Também foram citadas pelo governador medidas como a redução da conta de luz, com a ampliação da isenção do ICMS nas contas de energia dos paraibanos que consomem até 90 kw; a ampliação do programa Caminhos da Paraíba que, este ano, se tornou o programa Segue o Trabalho; as obras de ligação e binários em João Pessoa e Campina Grande; a realização do ano cultural Jackson do Pandeiro, a realização de concursos para professores e Fundac; e o crescimento na divulgação do Destino Paraíba.

“É extremamente importante que a gente tenha um Governo que cumpra as promessas feitas. Criamos um plano de governo para este período e estamos trabalhando exatamente dentro deste plano. Foram nove meses muito ativos, de muita perseverança, diante de todas as dificuldades que o país atravessa”, observou o governador.

Ele ainda acrescentou: “No Brasil há 13 milhões de desempregados, porém temos um estado que a cada mês bate recordes de geração de empregos, sendo o que mais gera empregos no Nordeste. Isso é fruto do esforço que o Governo tem feito para manter um ambiente de negócios propício para receber novas empresas. Ao mesmo tempo, o Governo faz uma injeção na base da economia, através do Empreender e do Cooperar. Essa injeção faz com que a geração de empregos seja crescente. Enfim, são nove meses para celebrar por tudo que aconteceu, mas também para refletir e saber o quanto ainda precisa ser feito. É trabalho que segue”.

Secom