Arquivo de tag abono natalino

porpjbarreto

João Azevêdo anuncia pagamento do Abono Natalino a partir desta terça-feira para mais de 500 mil famílias

O governador João Azevêdo divulgou, nesta segunda-feira (9), durante o programa Fala Governador, o calendário de pagamento do Abono Natalino que beneficia mais de 516 mil famílias paraibanas. O Abono Natalino, pago aos beneficiários do programa Bolsa Família, estará disponível a partir desta terça-feira (10). Este ano, o valor do benefício foi ampliado de R$ 32 para R$ 64. Serão mais de R$ 37 milhões injetados na economia paraibana.

O pagamento às famílias contempladas com o Abono Natalino é realizado de acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e obedece a terminação do Número de Identificação Social (NIS). De acordo com o calendário, neste dia 10 de dezembro recebem os beneficiários com NIS final 1; no dia 11 – NIS final 2; dia 12 – NIS final 3; dia 13 – NIS final 4; dia 16 – NIS final 5; já no dia 17 – NIS final 6; dia 18 – NIS final 7; dia 19 – NIS final 8; no dia 20 – NIS final 9 e no dia 23 de dezembro – NIS final 0.

Durante o programa, o governador João Azevêdo enfatizou que o Abono Natalino vai injetar valores importantes na economia do Estado. “Mais uma vez, o Governo cumpre a promessa feita: primeiro dobramos o valor do benefício, que era R$ 32 e subiu para R$ 64, e agora estamos confirmando o pagamento a partir do dia 10. Lembrando que amanhã o Governo do Estado paga também a segunda parcela do 13º salário para os servidores. São mais recursos injetados na economia do Estado, fazendo com que essa economia gere mais emprego e renda para a população”, frisou.

O pagamento do Abono Natalino, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, ocorrerá em todos os 223 municípios paraibanos, através das agências, lotéricas e dos correspondentes bancários ligados à Caixa Econômica Federal.

Secom

porpjbarreto

Governo vai dobrar Abono Natalino e ampliar programa Habilitação Social

O governador João Azevêdo adiantou, nesta segunda-feira (07), que dois projetos de leis foram encaminhados à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), visando dobrar o valor do Abono Natalino e ampliar o programa Habilitação Social. O Abono Natalino, pago aos beneficiários do programa Bolsa Família, deve passar dos atuais R$ 32 para R$ 64, beneficiando mais de 500 mil famílias paraibanas. Para entrar em vigor, os projetos ainda serão analisados e votados no Plenário da ALPB. Em seguida, seguem para sanção do governador. A informação foi repassada durante o programa semanal Fala Governador transmitido pela rádio Tabajara e pelas redes sociais do Governo.

De acordo com o governador João Azevêdo, o novo valor pago no Abono Natalino certamente será aprovado pela Assembleia Legislativa e isso vai permitir que haja uma injeção de valores importantes na economia do Estado. “Isso tem sido fruto de um esforço muito grande do Governo para ampliar programas sociais, como foi feito também com o aumento de 40% no valor do cartão alimentação no início desse ano. Estamos aumentando em 100% o benefício do Abono Natalino e este dinheiro que chegará em dezembro vai ser uma grande ajuda para quem precisa. Tenho certeza que a Assembleia vai aprovar esse projeto o mais rápido possível”, afirmou o governador.

João Azevêdo também enfatizou a importância da ampliação do programa Habilitação Social para quem deseja renovar a Carteira Nacional de Habilitação. “A carteira de habilitação não é apenas um documento para quando um dia você precise dirigir, mas é para muitas pessoas um meio de sobrevivência, já que muitos fazem do ato de dirigir uma profissão. Então, poder ampliar este programa para quem quer renovar a CNH é fundamental. Quando a gente oferece um programa como o Habilitação Social é para que o cidadão faça todos os cursos e saia com os conhecimentos e a consciência necessária para dirigir um carro ou moto de maneira responsável”, observou.

Esse benefício é estendido para pessoas de acordo com os seguintes critérios: beneficiários do Bolsa Família, desempregados; alunos que estejam cursando o último ano do ensino médio na rede pública ou que tenham concluído o ensino médio na rede pública há no máximo dois anos, alunos concluintes ou que tenham concluído o Programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec); pessoas egressas do sistema penitenciário, inclusive no regime semiaberto, bem como os que tenham cumprido medida socioeducativa nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente e que tenham completado 18 anos; pessoas com deficiência; produtores selecionados no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com prioridade para os agricultores de comunidades tradicionais (quilombolas, indígenas, ciganos, assentados).

As exigências para participar do programa Habilitação Social englobam também a necessidade de ter idade mínima de 18 anos, possuir renda per capita familiar de até meio salário mínimo e estar inscrito no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Secom-PB

porpjbarreto

João Azevêdo anuncia reajuste de 40% no valor do Cartão Alimentação e injeta R$ 20 milhões na economia da Paraíba

O governador João Azevêdo anunciou, na última quarta-feira (20), na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, o reajuste de 40% no valor do cartão alimentação que beneficia 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade social na Paraíba. O crédito mensal passará a ser de R$ 35,00, gerando um investimento anual de R$ 20 milhões na economia do Estado. Na solenidade, o chefe do Executivo estadual também entregou 15 cadeiras de competição para a equipe de basquete da Associação Atlética das Pessoas com Deficiência da Paraíba (AAPD/PB).

Na ocasião, João Azevêdo anunciou o reajuste de 100% no valor do abono natalino, que passará a valer a partir de 2019, e garantiu que a meta do governo é dobrar o valor do cartão alimentação nos próximos quatro anos. “Esse é um compromisso de governo e será honrado. Entendemos que esse é um programa fundamental para o complemento de renda das famílias e estamos investindo na base da economia; montamos uma equação financeira para garantir esses recursos, visando manter esse programa mais forte e revigorado”, comentou.

O governador também destacou que a gestão tem apresentado propostas para a implantação de novas políticas públicas com o objetivo de construir uma Paraíba melhor. “As pessoas que não eram olhadas pela sociedade, passam a ser atendidas pelo poder público que chega e implementa ações de tamanha relevância”, declarou.

A secretária de Desenvolvimento Humano, Neide Nunes, ressaltou que a política de assistência social passou a ter um novo significado nos últimos anos no Estado. “Esse é um governo que sempre construiu estradas, mas que sempre pensou nas famílias, nas pessoas menos favorecidas e tem a sensibilidade de olhar por quem mais precisa; esse é um governo que constroi políticas públicas e diz sim às famílias mais vulneráveis. Esse programa fortalece a política de segurança alimentar e nutricional e traz comida para a mesa do paraibano”, sustentou.

A deputada estadual Cida Ramos enalteceu a ação do Governo de injetar R$ 20 milhões na economia da Paraíba, apesar da crise econômica que afeta o país. “O bom de uma política pública e de uma ação de Governo é olhar nos olhos das pessoas e saber que não estamos atendendo apenas 50 mil famílias, mas nos reconhecendo nos olhos de cada uma delas. Tenho certeza de que todos os anos, o Governo dará o reajuste necessário porque a meta é dobrar o valor do cartão”, pontuou.

Beneficiada com o cartão alimentação, Maria Jucelina Barbosa, moradora do município de Bayeux, afirmou que o programa proporcionou estabilidade a sua família. “Essa ação é muito importante para quem está desempregado e supre a nossa necessidade. A gente reconhece que ter esse cartão é fundamental para nossa casa”, contou.

O mesmo sentimento é compartilhado por Liliane Santos. “É uma renda que me ajuda muito. Não só eu, mas toda a minha vizinhança, aprovamos esse investimento do governo”, falou.

O cartão alimentação é um programa de transferência de renda criado em março de 2016 para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social e abrange 91 municípios da Paraíba. Ele é utilizado na compra de gêneros alimentícios e é recebido em 218 estabelecimentos do Estado.

Entrega de cadeiras de competição – A ação tem o objetivo de agregar e potencializar o desempenho dos atletas com um novo equipamento, proporcionando uma maior competitividade, pois as cadeiras são feitas sob medida para cada competidor.

Para o presidente da Associação Atlética das Pessoas com Deficiência da Paraíba, Jean Azevedo, as cadeiras chegaram no momento certo. “As nossas cadeiras já estavam ultrapassadas e com essas cadeiras de competição de basquete, vamos poder desenvolver melhor o nosso trabalho dentro de quadra. Já temos competições marcadas para o segundo semestre e vamos ter tempo de treinar com elas e nos adaptar para ir à competição. Nós vamos poder melhorar cada vez mais nosso índice no ranking nacional”, comemorou.

 

Secom-PB