Suíça vence e embola grupo E; Brasil lidera no saldo de gols

Suíça vence e embola grupo E; Brasil lidera no saldo de gols

Compartilhe

Nigéria derrota Islândia e joga Argentina para a lanterna do grupo

Embolou tudo! A Copa do Mundo não para e o nono dia de competição teve muita emoção, mudança nas chaves e alívio no finzinho para algumas torcidas.

Começando nosso giro por Suíça e Sérvia, última partida do dia com direito a virada. A Sérvia, que tinha vencido na primeira rodada, abriu o placar com Mitrovic, logo aos quatro minutos de partida. A Suíça foi para cima, mas o primeiro tempo terminou assim. Já na segunda etapa, reação. Logo aos seis minutos, os suíços empataram em contra-ataque fulminante e Xhaka deixou tudo igual. Aos 44, veio a virada. Em outro contra-ataque cirúrgico, foi a vez de Shaqiri marcar e decretar a vitória. Suíça dois, Sérvia um. O resultado coloca os suíços na vice-liderança do grupo E.

Shaqiri marcou e decretou a vitória da Suíça

Na partida que fechou a segunda rodada do grupo D, a Nigéria bateu a Islândia por dois a zero e embolou o grupo. O resultado deixou os nigerianos na vice-liderança, derrubando a Argentina para último lugar. Pobre hermanos!

No primeiro jogo do dia, o café da manhã teve um gostinho extra de emoção. Nosso Brasilzão maravilhoso entrou em campo para enfrentar a Costa Rica, que foi para o jogo com um único objetivo: não tomar gol. Com uma postura defensiva completamente sólida, a Costa Rica não deixava o Brasil finalizar. No intervalo, o técnico Tite substituiu Willian por Douglas Costa e o ataque brasileiro ganhou velocidade, mas mesmo assim, esbarrava na imensa barreira costa-riquenha.

Quando tudo parecia divertido, a estrela do time pentacampeão brilhou! Depois de uma bola ajeitada por Gabriel Jesus, Phillipe Coutinho abriu o placar para o Brasil, e marcou o segundo dele no mundial. Alívio de norte a sul do país. Mas, acredite, apesar do pouco tempo, ainda viria mais. Depois de um contra-ataque puxado por Casemiro, Douglas Costa só rolou para Neymar marcar e desencantar na Copa aos 51 minutos. O tento marcado pelo nosso camisa 10 entrou para o livro dos recordes: foi o gol mais tardio na história dos Mundiais. Fim de papo, Brasil dois, Costa Rica zero. O Brasil lidera o grupo E com quatro pontos, mesma quantidade que a Suíça, mas leva a vantagem no saldo de gols.

Amanhã, a bola continua rolando. Às nove da manhã, a Bélgica encara a Tunísia pelo grupo G. Os belgas venceram bem a primeira partida e querem a classificação de qualquer jeito. Pelo grupo H, a Coreia do Sul pega o embalado México ao meio-dia. No jogo da tarde, a toda poderosa Alemanha vai com tudo para cima da Suécia em busca da primeira vitória na competição.

 

Reportagem: Raphael Costa

 

Sobre o Autor

Rádio Rural FM administrator

Deixe uma resposta