Croácia elimina Rússia e está na semifinal após 20 anos

Croácia elimina Rússia e está na semifinal após 20 anos

Compartilhe

Croatas venceram nos pênaltis e duelam com a Inglaterra por uma vaga na final

Acabou a festa para nós, mas a Copa continua. Sábado de mais decisões com emoção de sobra. Em Sochi, os donos da casa tinham a dura missão de encarar a habilidosa Croácia por uma vaga nas semifinais.Croácia repete melhor campanha de sua história e tenta vaga inédita na final diante da InglaterraO jogo era de marcação forte e boa troca de passe pelos dois lados. A Rússia era melhor e até criou algumas chances. Até que aos 30 minutos, o talento individual apareceu. E se engana quem acha que foi do camisa 10 Luka Modric. Foi dos pés de Cheryshev, camisa 6 russo, que veio o primeiro grito de gol. De fora da área, ele bateu com a perna esquerda no ângulo, sem chance para o goleiro. Um a zero para a Rússia.

Até pela falta de experiência e rodagem de seus atletas, os russos não souberam administrar a vantagem. Isso porque menos de dez minutos depois, Mandzukic achou Kramaric, que empatou de cabeça para os croatas. A igualdade permaneceu também durante todo segundo tempo, levando o jogo para a prorrogação.

Apesar do cansaço dos jogadores, aos 11 da primeira parte da prorrogação, Vida subiu mais alto que todo mundo e marcou o gol da virada croata. Gol da classificação? Nada disso. A poucos minutos do fim, um lance infantil gerou novamente o empate dos anfitriões. Pivarica colocou a mão na bola e deu uma falta de graça, próximo à área. Na cobrança, o brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes marcou de cabeça e levou a partida para os pênaltis.

Nas cobranças alternadas, Subasic defendeu para os croatas, mas não contava que Kovacic perderia seu chute. Herói na prorrogação, Mário Fernandes bateu para fora. Rakitic, experiente meia do Barcelona, não desperdiçou e garantiu a classificação croata. Com o resultado, a Croácia iguala a campanha que fez em 1998, na estreia em Copas do Mundo, e chega mais uma vez às semifinais.

Quem também retorna a essa fase de um Mundial após mais de duas décadas é a Inglaterra, que venceu a Suécia mais cedo por dois a zero. Com boa atuação do goleiro Pickford, que anulou todas as chances suecas, Maguire e Delle Ali balançaram as redes adversárias. O English Team espanta a má fase e volta a ficar entre as quatro melhores seleções do Mundial. Croatas e ingleses se encontram às três da tarde, na quarta-feira (11), por uma vaga na final da Copa.

 

Com a colaboração de Raphael Costa e, reportagem Tácido Rodrigues

 

Sobre o Autor

Rádio Rural FM administrator

Deixe uma resposta