Categoria TV

poradmin

Música: Dia do Repórter

A Música do Dia é “O Repórter Informou”, de Tony Tornado

O repórter é aquele jornalista que bota a mão na massa, mas não é cozinheiro. É o jornalista que sai às ruas, que apura as informações no local onde o fato ocorreu, investiga, toma chuva, sol, mete o pé na lama para dar a notícia na TV, no rádio e também na revista ou jornal.

Podemos dizer que é o soldado do jornalismo, aquele que exerce a profissão em seu estado puro. Seja na TV, com microfone e ajuda do cinegrafista e demais auxiliares, seja no rádio com gravador e telefone celular. Em comum, o tradicional bloco de notas.

Cada vez mais a apuração das reportagens abre mão do trabalho original do repórter graças à internet e aos avanços tecnológicos. A data nacional para homenagear o repórter é o dia 16 de fevereiro.

A Música do Dia é “O Repórter Informou“, de Tony Tornado.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Corpo de Boechat é cremado em cerimônia reservada em São Paulo

O corpo do jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, que morreu na queda de um helicóptero, foi cremado hoje (12) por volta das 16h. A cerimônia foi reservada para família e amigos, no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

O velório começou ontem, segunda-feira (11) à noite e se estendeu até o começo da tarde desta terça-feira (12), no Museu da Imagem e do Som (MIS), nos Jardins, em São Paulo. O corpo foi seguido por um cortejo de taxistas.

O velório do corpo do jornalista Ricardo Boechat, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo.

Por volta do meio-dia de ontem, o helicóptero em que estavam Boechat e o piloto Ronaldo Quatrucci caiu sobre um caminhão. A suspeita é que ambos tenham morrido carbonizados no momento do acidente.

A queda ocorreu no km 22 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, com o Rodoanel, e acabou explodindo. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária. Boechat estava voltando de Campinas, onde tinha ido dar uma palestra.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Conselho de Comunicação quer incluir no pacote anticrime medidas de combate à violência contra jornalistas

Colegiado pretende realizar uma reunião com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para debater o assunto

O Conselho de Comunicação Social pretende realizar uma reunião com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para debater o combate à violência contra jornalistas. A ideia é aproveitar o envio pelo ministro ao Congresso de um pacote de medidas anticrime. É o que explica José Francisco Lima, conselheiro que representa as empresas de televisão:

“Então nós temos aí uma oportunidade única para fazer um trabalho para lutar por um agravamento da penalização, dos crimes que sejam contra jornalistas de um modo geral, contra profissionais da comunicação social.”

O Conselho de Comunicação Social do Congresso é formado por vários representantes do setor e tem um caráter consultivo para as propostas sobre o assunto que tramitam no Parlamento.

No caso, o conselho decidiu nesta segunda-feira realizar um seminário sobre a violência contra jornalistas no dia 8 de abril e o ministro Sérgio Moro deve ser um dos convidados. A conselheira representante dos jornalistas, Maria José Braga, relatou vários casos de ameaças a jornalistas nas redes sociais neste início de ano, um caso de jornalista agredido fisicamente por ter fotografado um acidente de trânsito, profissionais que teriam sido agredidos pela polícia em manifestação pelo passe livre em São Paulo, e até as reclamações de restrições de acesso na posse do presidente Jair Bolsonaro.

O conselho também decidiu convidar algumas autoridades do governo para virem ao conselho no dia 18 de março com o objetivo de conhecer as propostas de cada um. A ideia é chamar o diretor-presidente da Empresa Brasil de Comunicação, Luiz Fernando Ferreira; o secretário de Cultura, Henrique Pires; o secretário de Radiodifusão, Elifas Gurgel; o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes; e o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações, Leonardo Euler.

Isso porque os conselheiros decidiram que o foco das ações do conselho este ano vão ser as propostas feitas pelo Executivo ao Congresso na área de comunicação, como explica o conselheiro representante da sociedade civil, Davi Emerich:

“Quais as propostas do governo que vão ser encaminhadas ao Congresso Nacional? Por exemplo, na área da publicidade que devem vir medidas fortes; a questão da EBC; a questão da comunicação pública; financiamento público das comunicações… Então, eu acho que o conselho tem que focar muito nos projetos que vêm do governo.”

Nos próximos dias, o conselho pretende se reunir com os novos presidentes da Câmara e do Senado e com o deputado e o senador que forem eleitos para as presidências das comissões permanentes relativas ao setor de comunicação.

Reportagem – Sílvia Mugnatto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em São Paulo

Um helicóptero caiu próximo ao Rodoanel de São Paulo no início da tarde desta segunda-feira (11). Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu na Rodovia Anhanguera e bateu na parte dianteira de um caminhão de transitava na pista.

 

Entre as vítimas, está o jornalista Ricardo Boechat, do grupo Bandeirantes de Comunicação. O piloto e uma outra pessoa que estava a bordo também morreram. De acordo com os bombeiros, o motorista do caminhão também ficou ferido.

O chamado de socorro foi feito por volta de 12h15 e 11 viaturas foram enviadas ao local do acidente. O helicóptero foi fabricado em 1975 e tinha capacidade para transportar cinco passageiros.

 

Por Thiago Marcolini

Agência do Rádio Brasileiro

porpjbarreto

Sousa vence o Clássico do Sertão, mantém invencibilidade e a vice-liderança do Grupo A

Com gols de André Beleza e Testinha, Dinossauro vence por 2 x 0, a terceira partida seguida e mantém invencibilidade na competição. Com a derrota, o Atlético de Cajazeiras cai para a segunda colocação do Grupo B do estadual.

Para evitar o segundo gol do Sousa, Saulo parou Naôh quando o atacante entrava livre na área do goleiro Fernando Henrique. O zagueiro do Atlético acabou expulso. O trovão agora joga um jogador a menos.

Para ter acesso a todos os detalhes do jogo, clique AQUI!

 

Com globoesporte.com/pb

porpjbarreto

Apresentadora de TV morre de parada cardíaca, aos 21 anos

Maísa dos Santos chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Santa Rita, em Maringá, mas não resistiu

A apresentadora Maísa dos Santos morreu na madrugada deste sábado (9), aos 21 anos, em decorrência de uma parada cardíaca. A jovem era estudante de comunicação social e atuava na ‘TV UEM’, emissora de televisão mantida pela Universidade Estadual de Maringá, no Paraná.

De acordo com o ‘TN Online’, a jovem, que era moradora do município de Sarandi, passou mal na noite da última sexta-feira (08). Ela chegou a ser socorrida pelo Samu e pelo Corpo de Bombeiros e a ser levada para o Hospital Santa Rita, em Maringá, mas não resistiu.

O velório acontecerá a partir das 16 horas deste sábado (9), na sala 6 do Prever. O sepultamento está marcado para domingo (10), no Cemitério Municipal de Maringá.

 

POR NOTÍCIAS AO MINUTO
porpjbarreto

Após veiculação nacional pelo Fantástico da Globo, Governo da Paraíba emite nota sobre prestação de serviços hospitalares

NOTA GOVERNO DO ESTADO

A respeito de matéria veiculada neste domingo no Fantástico, da Rede Globo, o Governo do Estado da Paraíba reafirma sua posição em continuar trabalhando para assegurar a manutenção da qualidade da prestação de serviços em todas as unidades hospitalares em funcionamento sob contratos com organizações sociais, protegendo a gestão e a aplicação correta dos recursos públicos. Como se sabe, os hospitais de alta complexidade na Paraíba atingiram patamares de qualidade muito diferentes do que registravam antes de 2011. E, neste sentido, o Governo vem ao longo de todos esses anos tomando medidas preventivas a fim de preservar e aprimorar as metas conquistadas. Estando pronto para cobrar que os contratos sejam seguidos na sua mais eficiente integridade, sem riscos para o erário público e, especialmente, para o bem estar da população.

 

Assessoria

porpjbarreto

Empossado Senador, Veneziano quer novo Pacto Federativo e uma Reforma Tributária justa

Eleito ao Senado com quase 845 mil votos, sendo o mais votado na Paraíba, nas eleições de 2018, Veneziano Vital do Rêgo (PSB) tomou posse nesta sexta-feira (01), em sessão especial no Senado Federal. Logo após a posse, em entrevista à imprensa, afirmou que, em um primeiro momento da nova legislatura, vai dar atenção à reforma tributária e a formulação de um novo Pacto Federativo.

O novo Senador também quer rever pontos de reformas aprovadas pelo Congresso durante o governo Michel Temer, como o teto de gastos públicos (Emenda Constitucional 95) e a nova legislação trabalhista. Veneziano defende mais capacidade de investimentos e argumenta que o teto de gastos limita as ações do governo.

Quanto às expectativas para este ano, Veneziano disse que continuará trabalhando em defesa da Paraíba e reafirma seu compromisso com a população, no exercício do cargo de Senador. “Na campanha, o que eu pontuei firmemente foi levar uma mensagem de reunificação para o País, em que as opiniões, das mais diversas, sejam respeitadas; além de discutir prioritariamente uma reforma tributária mais justa e eficaz, como uma reforma no Pacto Federativo, que seja mais equânime para estados e municípios” afirmou o socialista.

Biografia – Veneziano Vital do Rêgo Segundo Neto nasceu em 17 de julho de 1970, em Campina Grande (PB). Advogado, é irmão do ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo Filho.

Em 1996, foi eleito vereador em Campina Grande, conseguindo a reeleição no pleito seguinte. Na mesma cidade, foi eleito prefeito em 2004 e 2008. Em 2014, conseguiu ser eleito deputado federal. Na Câmara dos Deputados, foi membro titular das Comissões de Constituição e Justiça, de Turismo e de Ciência e Tecnologia.

Escute a entrevista completa de Veneziano recentemente à rádio Senado acessando o link: https://www12.senado.leg.br/radio/1/primeiro-item/veneziano-afirma-que-vai-atuar-para-reunificar-o-pais-e-viabilizar-a-reforma-tributaria

 

Assessoria de Comunicação

porpjbarreto

Premiado Espetáculo “Contrações”, será apresentado na capital paraibana neste sábado e domingo

O premiado Espetáculo “Contrações”, será apresentado na capital paraibana neste sábado (02) às 20h e domingo (03) às 19h, no Teatro Paulo Pontes.
A montagem do dramaturgo inglês Mike Bartlett com direção de Grace Passô traz uma obra que demonstra a faceta mais absurda de uma situação comum de trabalho. No escritório de uma grande corporação, Débora Falabella vive uma funcionária que tem a vida infernizada pela gerente do escritório, interpretada por Yara de Novaes, onde trabalha e sofre assédio moral.
“Contrações” recebeu os prêmios da Questão de Crítica, Aplauso Brasil, Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro (APTR).
A Incena Produções informa que os ingressos estão à venda no site Tudus e na loja Skyler do Manaíra Shopping no valor de R$ 60 (inteira) e R$ 30, (meia). Informações através do número (83) 2106-6504 e link https://checkout.tudus.com.br/teatro-paulo-pontes-contracoes/selecione-seus-ingressos

Foto/crédito: Vitor Zorzal

porpjbarreto

Pedofilia: 1ª Câmara do TJPB forma maioria para condenar Arquidiocese da Paraíba

Padre de Jacaraú, já falecido, foi acusado de abusos sexuais contra pelo menos 20 jovens

1ª Câmara Câmara Cível do Tribunal de Justiça deve concluir julgamento na próxima sessão do colegiado. Foto: Rizemberg Felipe.

Uma sessão da 1ª Câmara Câmara Cível do Tribunal de Justiça, na última terça-feira (22), formou maioria pela condenação da Arquidiocese da Paraíba. No alvo da ação civil pública por danos morais coletivos movida pelo Ministério Público Estadual estão acusações de pedofilia contra um padre na cidade de Jacaraú. De acordo com a denúncia, o padre Adriano José da Silva, já falecido, teria abusado de pelo menos 20 jovens. O placar atual é de dois votos favoráveis à condenação. O desembargador relator José Ricardo Porto acompanhou o parecer da Procuradoria de Justiça e foi acompanhado pelo desembargador Leandro dos Santos. O terceiro voto possível é o do juiz Aluízio Bezerra, que pediu vista.

Os magistrados que proferiram voto até agora entenderam que a instituição religiosa deve ser multada em R$ 300 mil. Apesar da maioria formada, a sentença só poderá ser proferida após o voto de Bezerra. “Reconheço a importância da Igreja Católica e lamento que ações impensadas por parte de um líder espiritual e religioso que tem a missão de agir com coerência e fidelidade à palavra de Deus, sejam ações reprováveis e atentadoras à dignidade humana. O Papa Francisco está sendo severo com relação a esse tipo de comportamento. O resultado parcial está respaldado na lei”, disse o procurador Herbert Targino, autor do parecer seguido pelos magistrados durante o julgamento parcial do caso.

As acusações contra o padre vieram à tona em 2013, quando o religioso chegou a pedir afastamento das funções. Ele faleceu dois anos depois. O procurador fundamentou o seu parecer levando em conta que os supostos atos sexuais foram praticados por padre que pertencia a Igreja Católica. Mesmo com o padre já falecido, a Arquidiocese da Paraíba permanece no polo passivo. Em entrevista recente ao blog, Herbert Targino lembrou que o padre é uma autoridade da Igreja. Ocupa um cargo de confiança e é recebido pelas pessoas como um pastor, a quem se deve respeitar. “Neste caso, em específico, a indenização tem que ter caráter pedagógico”, explica. Na primeira instância, a ação por danos morais coletivos tramitou com um pedido de indenização que atingia a casa dos milhões de reais.

Outra condenação

Uma reportagem exclusiva do Fantástico, da TV Globo, revelou que a Arquidiocese de Paraíba foi condenada pela Justiça do Trabalho ao pagamento de uma indenização de R$ 12 milhões por exploração sexual de menores de idade. Conforme a denúncia do procurador Eduardo Varandas, um grupo de sacerdotes pagava por sexo a flanelinhas e coroinhas na Paraíba. A condenação foi proferida no ano passado.

As denúncias de pedofilia e exploração sexual envolvendo integrantes da Igreja Católica na Paraíba, inclusive o arcebispo emérito da Paraíba Dom Aldo Pagotto, tiveram início em 2015, através de reportagem exclusiva do JORNAL DA PARAÍBA.A partir dela, o Ministério Público do Trabalho iniciou uma investigação de exploração sexual na Igreja Católica da Paraíba. Dom Aldo, entretanto, já vinha sendo investigado, desde 2012 pelo Ministério Público do Ceará, por fatos similares ocorridos em 2004, no período em que atuou no estado. Desde então ele passou a colecionar denúncias investigadas pelo Vaticano.

 

Fonte: Jornal da Paraíba