Categoria TV

porpjbarreto

Camex zera Imposto de Importação de seringas e agulhas

A resolução está publicada no Diário Oficial da União de hoje

O Diário Oficial da União (DOU) publica, nesta quinta-feira (7), resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex), que concede redução temporária, para zero por cento, da alíquota do Imposto de Importação de seringas e agulhas. A medida tem por objetivo atender as necessidades do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

Nessa quarta-feira (6), o governo federal editou Medida Provisória (MP) nº 1.026, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), que trata da aquisição de insumos para o combate à doença. Segundo o documento, fica a “administração pública direta e indireta autorizada a celebrar contratos ou outros instrumentos congêneres, com dispensa de licitação, para: a aquisição de vacinas e de insumos destinados a vacinação contra acovid-19, inclusive antes do registro sanitário ou da autorização temporária de uso emergencial; e a contratação de bens e serviços de logística, tecnologia da informação e comunicação, comunicação social e publicitária, treinamentos e outros bens e serviços necessários a implementação da vacinação”.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria-Geral da Presidência da República, a MP permitirá que sejam adquiridos insumos e vacinas em fase de desenvolvimento e em momento prévio ao registro sanitário ou à autorização de uso excepcional e emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A nota diz ainda que a “autorização legislativa se faz necessária, uma vez que o ordenamento jurídico infraconstitucional revelava-se um óbice para otimizar o processo de aquisição”.

Outro ponto importante destacado pela MP se refere à consolidação do Plano Nacional de Vacinação como instrumento estratégico para imunização de toda a população brasileira. “A despeito da possibilidade de compra de vacinas contra covid-19 ainda em desenvolvimento, é crucial destacar que o início da vacinação somente poderá acontecer após o registro ou após a emissão da autorização excepcional e emergencial pela Anvisa”.

Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, nessa quarta-feira, disse que o Brasil tem asseguradas, para este ano, 354 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Do total, 254 milhões serão produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a AstraZeneca, e 100 milhões pelo Butantan, em parceria com a empresa Sinovac.

O ministro anunciou também que o ministério está em processo de negociação com os laboratórios Gamaleya, da Rússia, Janssen, Pfizer e Moderna, dos Estados Unidos, e Barat Biotech, da Índia. Pazuello informou ainda que estão disponíveis atualmente cerca de 60 milhões de seringas e agulhas. “Ou seja, um número suficiente para iniciar a vacinação da população ainda neste mês de janeiro”.

“Temos, também, a garantia da Organização Pan-Americana de Saúde [Opas] de que receberemos mais 8 milhões de seringas e agulhas em fevereiro, além de outras 30 milhões já requisitadas à Abimo [Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos], a associação dos produtores de seringas”, disse o ministro.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Festa de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Campina Grande, será aberta na noite deste domingo, na Catedral

A festa de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Campina Grande, será aberta na noite deste domingo (29), na Catedral Diocesana, na Avenida Floriano Peixoto, no centro da cidade. Este ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, a festa traz algumas alterações em relação ao modelo tradicional, para cumprir todos os protocolos sanitários e garantir a segurança dos fieis.

Uma das alterações é que não ocorrerá a tradicional procissão nem a Missa no Parque do Povo, no dia da Padroeira, 8 de dezembro. De acordo com o Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, ao invés da procissão haverá uma carreata com a imagem de Nossa Senhora da Conceição, saindo do Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luis Gonzaga Fernandes, passando pelos Hospitais Antônio Targino e Pedro I, como forma de homenagear os profissionais de saúde que atuam na cidade durante a pandemia.

O tema deste ano: “Mãe de Deus, Mãe dos homens, Mãe na fé”, reflete o exemplo de Maria para os Cristãos, sendo ela referência e exemplo para a fé católica, conforme expresso no trecho do Evangelho de Lucas: “Feliz aquela que acreditou” (Lc 1,45). A Catedral também promoverá mais uma edição do Projeto Solidariedade e Partilha, com a Campanha do Alimento. Pelo projeto, até o dia 8 de dezembro a Catedral receberá doações de alimentos não perecíveis para a montagem de cestas natalinas que serão entregues a famílias carentes atendidas pelas Pastorais do Menor e de Promoção da Mulher.

A programação do Novenário e Missa acontecerá normalmente, com a participação de Bispos e Padres convidados que, a cada noite, serão responsáveis pela celebração. Os fiéis poderão participar presencialmente. Para tanto, a Catedral está tomando todas as providências para manter o distanciamento e a disponibilização de álcool em gel para que comparecer, como vem acontecendo nas celebrações atualmente.

Veja a programação completa:

Novenário (sempre às 19h)

Domingo – 29/11

Celebrante: Padre Rodolfo Lucena (Pároco do Aluízio Campos)

Pregador: Padre Danilo César (Vigário Paroquial do Rosário)

Segunda – 30/11

Celebrante: Padre José Aldevan (Pároco das Graças)

Pregador: Padre Clemente (Vigário Paroquial das Graças)

Terça – 01/12

Celebrante: Dom Vitor Agnaldo de Menezes (Bispo de Propriá-SE)

Quarta-feira – 02/12

Celebrante: Padre Jeferson Barbosa (Pároco de Barra de São Miguel)

Pregador: Padre Arimatéa Júnior (Pároco de Santa Cecília – Alcantil)

Quinta-feira – 03/12

Celebrante: Dom Manoel de Oliveira Soares Filho (Bispo de Palmeira dos Índios-AL)

 

Sexta-feira – 04/12

Celebrante: Padre Evanilson José (Pároco de Esperança)

Pregador: Padre Wesley Rangel (Vigário Paroquial de Esperança)

Sábado – 05/12

Celebrante: Padre Denis Alves, CRL (Pároco do Presidente Médici)

Pregador: Padre Jadeilson Santos, CRsS (Pároco de Bodocongó)

 

Domingo – 06/12

Celebrante: Padre José Hermes (Pároco de Soledade)

Pregador: Padre André Morais (Pároco de Barra de Santana)

Segunda-feira – 07/12

Celebrante: Padre Leandro Márcio (Reitor do Seminário)

Pregador: Padre Emanuel Augusto (Pároco de Santa Rosa)

 

Solenidade da Imaculada Conceição – Terça-feira – 08/12

 

6h

Santa Missa – Alvorada

Celebrante: Padre Luciano Guedes (Vigário Geral e Pároco da Catedral)

8h

Santa Missa

Celebrante: Padre José Adauto (Diretor Espiritual do Seminário)

10h

Missa Solene da Festa

Celebrante: Dom Dulcênio Fontes de Matos (Bispo Diocesano)

14h

Santa Missa

Celebrante: Padre Aparecido Camargo (Pároco de Lagoa Seca)

15h30

Carreata

Concentração: Hospital de Emergência e Trauma

17h

Missa de Encerramento (Estacionamento da Catedral)

Celebrante: Dom Dulcênio Fontes de Matos (Bispo Diocesano)

Transmissões:

Instagram: @catedralcg

Facebook: @catedralCG

You Tube: DioceseCG

Rádio Caturité 104.1 FM

Dia 08/12: TV Itararé

Pascom – Pastoral da Comunicação

Catedral Diocesana de Nossa Senhora da Conceição

Campina Grande – PB

Contato para maiores informações: Padre Luciano Guedes (99659-3030)

porpjbarreto

Gabriela Pugliesi, Mayra Cardi e Gracyanne Barbosa são nomes cotados para o BBB 21

Em outubro, a Globo anunciou que a próxima edição do reality, que está programada para o início de 2021, vai repetir a fórmula de sucesso deste ano, com inscritos e convidados misturados.

A influenciadora digital Gabriela Pugliesi, 34, é um dos nomes cotados para o Big Brother Brasil 21. Em outubro, a Globo anunciou que a próxima edição do reality, que está programada para o início de 2021, vai repetir a fórmula de sucesso deste ano, com inscritos e convidados misturados.

Segundo o colunista Fefito, do UOL, Pugliesi recebeu sondagem para integrar o elenco da nova temporada do programa.

Com 4,3 milhões de seguidores no Instagram, a influenciadora passou por maus bocados este ano e chegou a desativar a sua conta na rede social por três meses. Ela foi muito criticada por promover uma festa em abril, em meio à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com noticiado anteriormente pela colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a Globo busca nomes fortes na internet para o BBB 21. Além de Pugliesi, Kéfera, Gracyanne Barbosa, Mayra Cardi, Ney Lima e Alex Mapeli são outras celebridades cotadas para participar do reality.

A Globo não costuma se pronunciar sobre os nomes dos possíveis participantes do Big Brother Brasil, cotados na mídia. Mas, no último dia 14, Boninho, 59, mente por trás do reality, se manifestou por suas redes sociais sobre o assunto.

“Não! Luana Piovani não e nosso sonho. E apenas uma amiga. Ah! Andressa, Joaquim, Joao, Luiza não, não estão entre nossos convidados”, escreveu ele na publicação.

“Até agora todas as tentativas de adivinhar foram inúteis. Não pediria um palpite para a Mega-Sena para nenhum desses palpiteiros!! Continuamos no jogo e sem vazamentos. O jogo só começou.”

 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)
porpjbarreto

Série D: Bragantino-PA recebe Atlético-AC buscando liderança do grupo

TV Brasil transmite partida, ao vivo, a partir das 15h

O Bragantino-PA recebe o Atlético-AC nesta segunda (23) pela 13ª rodada da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. As duas equipes, que estão no grupo 1, vivem momentos completamente opostos na competição, pois a equipe da casa briga pela ponta da classificação, enquanto os visitantes ocupam a lanterna da classificação. A partida tem transmissão ao vivo, a partir das 15h (horário de Brasília), da TV Brasil.

Já classificado para a segunda fase da competição, o Tubarão do Caeté chega ao confronto com o objetivo claro de somar pontos que lhe garantam a liderança do grupo. O time do Pará tem 21. Situação totalmente oposta vive o Galo, que, com apenas 7, já não tem mais chances de avançar.

Porém, para o volante Paulo de Tarcio, o Bragantino tem que entrar em campo com o entendimento claro de que a responsabilidade está nas suas mãos: “A equipe está pronta, preparada. Sabemos que estamos na disputa ainda pela primeira posição da chave. Então sabemos da nossa responsabilidade. É um jogo atípico, pois o Atlético-AC já não tem chances de classificação. Mas temos que ter todos os cuidados possíveis para fazer um grande jogo”.

Sequência sem vitórias

Mesmo ocupando uma boa posição na classificação e jogando em casa, no estádio São Benedito, o Diogão, em Bragança (PA), o Bragantino tem que romper uma sequência negativa, de três jogos sem vitórias (duas derrotas e um empate), para somar estes importantes pontos.

Cumprindo tabela

Para isto, o Tubarão terá uma grande oportunidade, pois pega o Galo, que ainda busca a sua primeira vitória na competição após a realização de 12 rodadas (7 empates e 5 derrotas). Para este jogo, no qual apenas cumprirá tabela, o Atlético terá quatro desfalques: o meia Diego Costa, o volante Tragodara, o lateral-direito Matheus Damasceno e o atacante Marcus Vinícius.

Empate no primeiro confronto

Mas será uma grande frustração caso se repita o roteiro do primeiro jogo entre as equipes na competição (pela 2ª rodada), quando o placar terminou em empate de 2 a 2 na Arena Acreana, em Rio Branco.

Veja a classificação atualizada da Série D do Brasileiro.

 

Por Fábio Lisboa / Agência Brasil

porpjbarreto

Série D: apesar de empate, ABC-RN mantém liderança do Grupo 8

Time potiguar ficou no 0 a 0 em casa com o Coruripe-AL

O empate sem gols na tarde desta segunda-feira (26), entre ABC-RN e Coruripe-AL, não foi bom para ninguém. O resultado impediu que os potiguares disparassem na liderança do Grupo 8 da Série D do Campeonato Brasileiro. Os alagoanos perderam a chance de entrar na zona de classificação da chave. Válida pela nona rodada da Série D, a partida em Natal (RN), no estádio Maria Lamas Farache, o Frasqueirão, foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

O ABC foi a 16 pontos e segue em primeiro lugar, um ponto a frente do Central-PE. O Alvinegro esteve com a ponta ameaçada pelo Vitória da Conquista-BA, mas o clube baiano, também nesta tarde, perdeu de virada para o Itabaiana-SE, por 3 a 2. Com 11 pontos, o Coruripe ocupa a sexta posição, três pontos atrás do Itabaiana – quarto colocado e último time no G-4 – e a dois do Potiguar-RN, que aparece em quinto lugar.

Jogo

Os dois times foram a campo com problemas. Além de dois contundidos, o ABC anunciou no sábado (24) que cinco atletas haviam testado positivo para o novo coronavírus (covid-19). O Coruripe, por sua vez, não pôde ter o técnico Elenilson Santos no banco de reservas – o treinador foi expulso na rodada anterior e acompanhou a partida nas arquibancadas do Frasqueirão. O auxiliar Paulo Sérgio comandou a equipe em Natal.

O primeiro tempo foi, praticamente, ataque do ABC contra defesa do Coruripe. Em duas bobeadas, a zaga alagoana quase consagrou Ivanaldo, mas faltou pontaria ao jogador alvinegro. Aos quatro minutos, o atacante aproveitou um erro de passes próximo à grande área e bateu à direita da meta. Aos 31, após um corte do zagueiro Lázaro, a bola subiu e Ivanaldo cabeceou em cima do goleiro Alexandre.

O Coruripe equilibrou as ações na segunda etapa, mas só assustou mesmo na bola parada. A melhor chance foi logo aos três minutos, em cabeçada forte do volante Jair defendida pelo goleiro Rafael, após cobrança de falta do meia Renato. O ABC acumulou passes errados, finalizações ruins de fora da área e impedimentos em sequência. Sem efetividade, as equipes mantiveram o placar inalterado.

Os dois times retornam a campo no próximo sábado (31). Às 15h30 (horário de Brasília), o Coruripe recebe o Jacyobá-BA, lanterna do Grupo 4, no estádio Gérson Amaral, na cidade de Coruripe (AL). O ABC também atua em casa, diante do Potiguar, no Frasqueirão. As partidas são válidas pela 10ª rodada da competição.

Confira a tabela de classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Coronavírus: Brasil tem 92 mortes e 3,4 mil casos, Paraíba confirma nove

O maior número de casos novos de contaminação ocorreu nas últimas 24h

Em nova atualização do Ministério da Saúde sobre coronavírus, o número de mortes chegou a 92, contra 77 registradas ontem(26). O resultado significa um aumento de 18% em relação a ontem. Em comparação com o início da semana, quando eram 25 óbitos, o número multiplicou por 3,68 vezes.

A taxa de letalidade chegou ao máximo da semana, ficando em 2,7%.

O total de casos confirmados saiu de 2.915 para 3.417 hoje(27). O resultado de hoje marcou um aumento de 80% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

O número de casos novos foi de 502, atingindo o número mais alto da série histórica. Ontem, o acréscimo foi de 482. Nos dias anteriores, o aumento havia sido menor, ficando na casa entre 232 e 345 casos.

coronavirus_27_03_por_dia
Casos novos confirmados de coronavírus no Brasil – Ministério da Saúde

São Paulo acumula 1.233 casos. O estado, epicentro da epidemia no país, é seguido por Rio de Janeiro (493), Ceará (282), Distrito Federal (230), Rio Grande do Sul (195) e Minas Gerais (189).

Também registram casos Santa Catarina (149), Paraná (119), Bahia (115), Amazonas (89), Pernambuco (56), Goiás (49), Espírito Santo (47), Rio Grande do Norte (28), Mato Grosso do Sul (28), Acre (25), Sergipe (16), Maranhão (13), Pará (13), Alagoas (11), Mato Grosso (11), Roraima (10), Paraíba (nove), Piauí (nove), Tocantins (oito), Rondônia (seis) e Amapá (dois).

No tocante ao perfil das vítimas, 89% tinham acima de 60 anos, 35% eram mulheres e 65% eram homens. Em relação às doenças relacionadas, 47 tinham alguma doença cardíaca, 34 eram diabéticos, 17 apresentavam quadro de pneumonia, e 10 tinham alguma complicação renal.

O número de internados é de 149 em enfermaria e 186 em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). As hospitalizações desde o início dos casos somaram 497, o equivalente a 3,5% das entradas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Perguntado sobre a confirmação da covid-19 como causa de mortes, o secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que os pacientes serão testados. “Às vezes tem que fazer uma vez, duas vezes. Mas o diagnóstico sempre vai ser realizado. Não vai haver subnotificação. O que pode haver é retardo”, comentou.

O secretário de vigilância em saúde, Wanderson de Oliveira, comentou que em algumas situações pode ser difícil fazer a confirmação, especialmente pelo fato do país ainda não contar com testes rápidos.  “Vamos ter resultados de caso no futuro que vamos descobrir que evoluíram a partir de infecção pelo novo coronavírus. Todo óbito passa pela avaliação do comitê de óbito, isso às vezes demora sete ou 10 dias. Enquanto não tivermos testes sorológicos, teremos situação de casos impossíveis de serem classificados”, acrescentou. Os testes sorológicos, ou rápidos, estão dentro dos 22,9 milhões de kits anunciados nesta semana.

O secretário reiterou a importância de seguir as recomendações de prevenção apresentadas pelo Ministério da Saúde.

“É importante que pessoa evite aglomerações, saindo neste período, para que epidemia possa passar. Isso é período passageiro, não é eterno. Ele será tão curto quanto mais pessoas aderirem às  medidas de proteção”, destacou.

Assista na íntegra

Leia também:

Conheça detalhes do auxílio a pequenas e médias empresas

O setor está entre os mais afetados pela crise gerada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de liberação de R$ 40 bilhões. A medida deve beneficiar 1,4 milhão de empresas, atingindo 12,2 milhões de trabalhadores. O crédito será destinado a empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil a R$ 10 milhões e vai financiar dois meses da folha de pagamento, com volume de R$ 20 bilhões por mês.

Aviões voltam a atender a capitais e outras 19 cidades brasileiras

Os voos terão início amanhã (28) e estão previstos até o fim de abril. Segundo a agência reguladora, os voos, com frequências semanais, serão distribuídos assim: 723 voos no Sudeste, 153 na região Nordeste, 155 voos no Sul, 135 no Centro-oeste e 75 voos para a região Norte. Desse total, 483 voos serão operados pela Latam, 405 voos pela Azul e 353 voos pela Gol.

Saiba como está o avanço do coronavírus no Brasil

A avaliação da equipe do Ministério da Saúde é que o avanço do número de casos de coronavírus tem sido abaixo da expectativa, com evolução de 33% a cada dia. A perspectiva para próximo mês é que a epidemia aumente no Brasil, uma vez que o país está no início da curva de crescimento pela qual outras nações já estão passando, como Estados Unidos, Itália e Espanha.

Covid-19: uso maior da internet requer mais cuidado com segurança

O Comitê Gestor da Internet lançou um guia com dicas para manter um uso seguro da internet. Mensagens diversas, incluindo boatos com curas milagrosas ou novidades, podem ser uma armadilha para implantar um vírus ou um código malicioso no computador ou smartphone do usuário. Acesse aqui.

Um dos perigos são mensagens pedindo informações sobre o usuário, como dados pessoais, financeiros e bancários. Também é o caso de aplicativos e sites que prometem fazer testes online visando atestar se a pessoa está ou não infectada.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Sem Napoleão, presos na Calvário desistem de habeas corpus no STJ

Ao menos dois presos na Operação Calvário desistiram de pedidos de liberdade levados ao STJ depois que os habeas corpus foram encaminhados à ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Ontem, ela assumiu o plantão e negou a soltura de quatro investigados no esquema que desviou mais de R$ 134 milhões dos cofres públicos da Paraíba.

Tiveram o pedido rejeitado José Arthur Viana Teixeira, ex-secretário de Educação; Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas, suspeito de intermediar pagamento de propinas; e Denise Krummenauer Pahim e Breno Dornelles Pahim Neto, supostos laranjas do ex-governador Ricardo Coutinho.

Depois dos pedidos negados, o ex-secretário de Saúde Waldson Dias de Souza e o empresário Vladimir dos Santos Neiva desistiram dos pedidos de liberdade.

Mesmo assim, os advogados deles tentaram uma manobra: apresentaram pedidos de extensão de liberdade dentro do habeas corpus no qual Napoleão Nunes Maia mandou soltar Ricardo Coutinho, no sábado.

A esperança era a de que o ministro assumisse os casos e aliviasse as prisões. Se deram mal: todos os pedidos de extensão — 8 no total— foram encaminhados para Maria Thereza.

 

Com informações de O Antagonista

porpjbarreto

É Fantástico: Livânia Farias revela que entregou dinheiro de propina nas mãos do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB)

A advogada Livânia Maria da Silva Farias, atuou em diversas áreas da administração de João Pessoa, na gestão do então prefeito Ricardo Coutinho. Ela foi Procuradora Geral do Estado e, Secretária de Estado da Administração nas duas gestões do governo da Paraíba de Ricardo Coutinho (PSB).

Livânia relatou em delação premiada uma rotina de entregas de dinheiro em espécie na Granja Santana (residência oficial do governador) à época e, todo um esquema criminoso que desviou cerca de R$ 134,2 milhões em propina da saúde.

Logo mais à noite, a revista eletrônica da Rede Globo de Televisão, irá mostrar todos os passos desse esquema, onde a principal pessoa figura como chefe de uma Orcrim.

Redação com MPPB

porpjbarreto

Investigação da PF contra deputado flagrou 11 entregas de propina, uma delas em hotel de Cajazeiras

Deputado federal Wilson Santiago e prefeito de Uiraúna, Dr Bosco, são investigados por propina em obra de construção de adutora no Sertão da Paraíba, orçada em R$ 24 milhões.

A operação Pés de Barro, deflagrada pela Polícia Federal neste sábado (21) contra o deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB), flagrou 12 encontros para entregas de propina por supostos desvios de recursos na construção de uma adutora em Uiraúna, Sertão da Paraíba. Onze, foram feitas no estado.

Conforme a investigação, a empresa COENCO foi contratada por R$ 24,8 milhões para construir a adutora, após negociações entre Wilson Santiago e o empresário George Ramalho Barbosa, em que ficou acertado, sobre o valor do contrato, o repasse de propinas no montante de 10% para o parlamentar e 5% para o Prefeito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes (Dr. Bosco).

De acordo com a PF, o inquérito surgiu de informações obtidas em uma proposta de delação premiada, que está sob sigilo. Neste sábado, a polícia cumpriu mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado José Wilson Santiago (PTB-PB), na Câmara dos Deputados, em Brasília. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, que autorizou as buscas, também determinou o afastamento de Santiago do cargo. A operação teve outros sete alvos, incluindo três assessores e um funcionário de Wilson Santiago, além do prefeito de Uiraúna um funcionário dele e um empresário.

No total, são 13 mandados de busca e apreensão, em João Pessoa, São João do Rio do Peixe, Uiraúna (PB) e Brasília (DF). Há ordens de afastamento das funções públicas para o deputado e mais seis alvos da operação. Segundo a Polícia Federal, os investigados podem responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, fraude licitatória e formação de organização criminosa.

Em nota, o deputado federal Wilson Santiago afirma que “o delator busca a todo momento, construir relações que possam nos implicar de forma pessoal e criminalizar o trabalho parlamentar. […] Temos certeza que esse tipo ação criminosa será coibida. Não podemos aceitar que a ação política fique refém dessas práticas. Dessa forma, tomaremos as medidas cabíveis para que a verdade venha à tona, com o esclarecimento das questões objeto da investigação e nossos direitos sejam restabelecidos”.

A Defesa do Prefeito de Uiraúna, Bosco Fernandes, disse que está se inteirando dos fatos apontados pela polícia federal para se pronunciar.

Operação Pés de Barro

A Polícia Federal deflagrou na manhã deste sábado (21) a operação Pés de Barro, que investiga desvios de recursos para obras da “Adutora Capivara”, sistema adutor entre São José do Rio do Peixe e Uiraúna, no Sertão da Paraíba.

A Polícia Federal cumpriu quatro mandados de prisão preventiva, mas o deputado José Wilson Santiago não é um dos alvos. A PF pediu a prisão do deputado, mas o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, indeferiu o pedido.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão, entre eles no gabinete do deputado José Wilson Santiago (PTB-PB), na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Dinheiro na cueca de prefeito

Em imagem feita durante a investigação da Polícia Federal, o Prefeito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes, aparece depois de um encontro para entrega de propina com um volume em dinheiro escondido dentro da cueca.

O prefeito foi preso neste sábado, durante o cumprimento de mandados da Operação Pés de Barro, assim como Evani Ramalho e Israel Nunes de Lima, ambos assessores de Santiago, e Severino Batista do Nascimento Neto, motorista do prefeito Bosco.

Entregas de propinas flagradas na Paraíba e em Brasília

Cinco encontros foram feitos em edifício de Tambaú, João Pessoa — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco.

Cinco encontros em edifício de Tambaú, João Pessoa

Segundo a investigação da Polícia Federal, houve pelo menos cinco entregas de propina feitas no edifício Holanda´s Prime, em Tambaú, João Pessoa. No dia 13 de setembro, na garagem do subsolo do prédio, foi feita a entrega de R$ 50.000. No mesmo edifício foram feitos repasses no dia 18 de setembro, com entrega de R$ 50.000. No dia 25 de setembro, foi feita a entrega de R$ 40.000 e no dia 27 de setembro, houve repasse de R$ 60.250. Todos os repasses foram feitos a Evani Ramalho, que é assessora do deputado federal Wilson Santiago.

Propina entregue em flat, em Cajazeiras

Gravatá Flat Hotel – Cajazeiras, PB.

Foi feita a entrega de R$ 50.000 a João Bosco Fernandes, no dia 19 de setembro, no Gravatá Flat Hotel, em Cajazeiras.

Propina entregue em pousada de Manaíra, João Pessoa

Foi feita a entrega de R$ 20.000 a João Bosco Nonato Fernandes, no dia 23 de setembro durante conversa na Pousada Verde Mar, em Manaíra

Propinas entregues em sedes do PTB, em João Pessoa

Foi feita a entrega de R$ 40.000 a João Bosco Nonato Fernandes, no dia 24 de setembro. O repasse ocorreu na sede do Partido Trabalhista Brasileiro, no bairro Miramar, em João Pessoa. No dia 3 de outubro, também foi feita a entrega de R$ 25.000, na sede do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), na Avenida Epitácio Pessoa. A secretária parlamentar Evani Ramalho, lotada no gabinete de Wilson Santiago, foi a responsável por agendar a data e o local da entrega dos valores.

Entrega de propina em hotel, em Sousa

Segundo a PF, foi feita a entrega de de R$ 25.000 a João Bosco Nonato Fernandes, prefeito de Uiraúna, para repasse ao deputado dederal Wilson Santiago. A entrega ocorreu no Hotel “Vó Ita”, município de Sousa, no dia 23 de outubro.

Entrega de propina no aeroporto de Brasília

Foi feita a entrega de R$ 50.000 no aeroporto de Brasília, no dia 7 de novembro, ao deputado federal Wilson Santiago, por intermédio do secretário parlamentar Israel Nunes de Lima.

Entrega de propina em supermercado, em João Pessoa

Houve entrega de R$ 50.000 a Evani Ramalho, no dia 8 de novembro, dentro do supermercado Pão de Açúcar, em João Pessoa, para repasse ao Prefeito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes.

 

G1-PB

porpjbarreto

Lúcio Vilar: quando a paixão pelo cinema se transforma no principal festival do gênero no estado

Fest Aruanda surgiu de um desejo e hoje se consagra entre os principais festivais de cinema do Nordeste

Professor universitário, cineasta, jornalista e produtor-executivo de um festival de cinema. A paixão pelo audiovisual está em todas as atividades a que se dedica Lúcio Vilar, doutor em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e professor do Departamento de Mídias Digitais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde leciona desde 2002. Foi no ambiente universitário que ele começou a dar cara ao que hoje conhecemos como Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, que teve a sua 14ª edição entre os dias 28 de novembro e 4 deste mês.

Para ele, o cinema nacional precisa ser visto e valorizado – principalmente, o cinema com sotaque paraibano. “Vivemos um momento muito frutífero nessa área, tanto pela quantidade quanto pela qualidade dos filmes produzidos”, diz ele, ao lembrar que, entre os muitos prêmios que a produção paraibana recebeu no último Fest Aruanda, dois foram nas principais categorias: melhor longa-metragem para “Desvio”, de Arthur Lins, e melhor curta para “Quitéria”, de Tiago Neves. “Os festivais são janelas alternativas para que as pessoas conheçam a cinematografia brasileira, tenham encontros e façam intercâmbios de ideias”, acrescenta.

Segundo ele, o Fest Aruanda brotou de uma queixa contumaz do cineasta Vladimir Carvalho, a quem Lúcio já havia entrevistado várias vezes. “Ele não se conformava com o fato de a Paraíba não ter um festival de cinema”, conta. Não tinha, até aquele momento. Em 2005, eles realizaram o primeiro festival, em uma sala pequena, para apenas 70 pessoas. Em 2009, o evento passou a acontecer fora dos limites da universidade, chamando a atenção de um número crescente de participantes e de público, a cada edição. Hoje, dez anos depois, o festival celebrou o centenário do cinema paraibano – cujo marco inicial foram as primeiras atividades cinematográficas realizadas na Paraíba, em 1919, pelo cineasta Walfredo Rodriguez – com exibições e lançamentos de publicações no Cinépolis Manaíra Shopping, além de debates e painéis no Hotel Aram e na Energisa Cultural.

Confira na íntegra:

Que balanço você faz desta edição do Fest Aruanda?

Diretor de festival é sempre suspeito pra falar, mas, a partir do que tenho lido e ouvido – especialmente de jornalistas do Sudeste que estiveram, este ano, em número maior –, posso afirmar duas coisas: 1) realizamos uma edição que fez jus à celebração do centenário do cinema paraibano; e 2) tivemos um festival com seleção primorosa de curtas e longas, tanto locais quanto nacionais. Além disso, a primavera do cinema paraibano, tão festejada ano passado, mostrou que continua viva, com a premiação do longa “Desvio”, de Arthur Lins, triunfando pelas mãos do Júri Oficial.

A crítica à atual política cultural (ou à destruição dela) foi algo muito presente no evento. Nesse sentido, foi articulada alguma ação de enfrentamento por parte do festival?

Foram manifestações espontâneas de produtores e realizadores diante das incertezas e ameaças ao segmento audiovisual. São questões pertinentes e urgentes, e o festival abre espaço para canalizar tais inquietações, que são de todos, hoje, no Brasil. Justas e relevantes, que precisam de visibilidade, sim – e o festival cumpre o seu papel como espaço de reflexão, ao abrigar tais manifestações.

Os filmes vistos no festival – principalmente, os vitoriosos – serão exibidos em alguma sala de cinema?

Nas mostras competitivas, só exibimos filmes que ainda não foram lançados no circuito exibidor nacional. Todos os filmes deverão ser lançados em 2020, mas cada produção é um caso, nunca sabemos quando exatamente isso acontecerá.

Na sua opinião, que medidas seriam necessárias para fazer com que essa produção não se limitasse a festivais e chegasse a mais pessoas?

Baratear o custo dos ingressos, que são muito altos no Brasil, seria uma primeira medida. Mas isso envolve outras questões, mais complexas.

Quais são as perspectivas em relação ao próximo Fest Aruanda?

Celebraremos os 15 anos do Fest Aruanda, em 2020, e já temos a data, que foi anunciada na solenidade de encerramento: será de 3 a 9 de dezembro, na rede Cinépolis e com a parceria do Grupo Energisa (Fundação Ormeo Junqueira), Armazém Paraíba e a Cagepa – que entrou este ano, pela primeira vez. Entre os homenageados, e aqui vai um furo, a jornalista (e crítica de cinema) Maria do Rosário Caetano estará no seleto grupo de “aruandeiros” a receberem essa nossa comenda especial nos 15 anos. Ela está conosco desde o primeiro Fest Aruanda, é a “madrinha” do festival, daí todo o nosso carinho e reconhecimento.

Assessoria