Categoria Tempo

porpjbarreto

Canavieiros da Paraíba comemoram as chuvas que caíram nos últimos dias

Para o agricultor, para quem planta, chuvas são bênçãos do céu porque qualquer que seja a cultura, água é essencial para o desenvolvimento da planta. Por isso, os produtores canavieiros da Paraíba comemoraram as últimas chuvas que caíram no estado, especialmente, as dos últimos dias. Dados da defesa Civil da capital paraibana apontam que somente nas últimas 24h choveu o equivalente a 257 milímetros. De janeiro a maio, os institutos de meteorologia apontam uma precipitação de 1000 milímetros em várias localidades da Paraíba e em algumas delas até mais que isso.

De acordo com o diretor da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Pedro Neto, as chuvas sempre são bem vindas para quem vive da agricultura. “Essas precipitações, este ano, prometem uma boa safra e isso anima quem vive de plantio. Estávamos preocupados sem saber se teríamos um ano bom de chuva, mas, agora estamos mais animados, tanto com as chuvas, como pelo volume dela, e isso é um prenúncio de boa safra”, destaca Pedro Neto.

Para o meteorologista Luiz Carlos Molion, de Alagoas, o ano de 2019 será um de inverno favorável na Paraíba, embora o Sertão do Estado ainda possa sofrer com uma redução nas precipitações, de 15 a 20% abaixo da média histórica. Segundo ele, as frentes frias estão chegando até a região equatorial e, nessas circunstâncias, há tendências de se ter na Paraíba chuvas na média ou até acima do normal. Ainda segundo o pesquisador, 2019 não deve ser um ano crítico, nem nada parecido com o que já se viu em 2015, 2016 e 2017, que foi o período mais seco dos últimos 20 anos no Estado.

Assessoria

porpjbarreto

Tempo instável na região Nordeste nesta sexta-feira (17)

Umidade relativa do ar fica entre 35% e 95%

Áreas de instabilidade atuam pelo na região Nordeste, nesta sexta-feira (17). No centro-sul da Bahia, chove a qualquer hora. No litoral, o tempo fica fechado e há risco de chuva volumosa. As outras áreas da região terão um dia de sol, calor e pancadas isoladas de chuva entre a tarde e a noite.
A temperatura mínima vai ser de 16ºC e a máxima de 36ºC. Já a umidade relativa do ar fica entre 35% e 95%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia, o INMET.

Repórter Isabella França – Agência do Rádio

porpjbarreto

Bolsonaro extingue o horário de verão

A decisão extingue o horário de verão por tempo indeterminado e não apenas para 2019

O horário de verão está oficialmente extinto. A decisão foi assinada nesta quinta-feira (25) pelo presidente Jair Bolsonaro em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília.

De acordo com o governo, a manutenção do horário de verão não se justificava como em anos anteriores, uma vez que a alteração não forneceria economia suficiente de energia, mas continuaria a causar efeito no relógio biológico da população.

“Na questão econômica, não economizava mais energia, na questão da saúde, mesmo sendo apenas uma hora, mexia no relógio biológico das pessoas. Então, a decisão veio ouvindo os parlamentares, vendo a exposição de motivos, nós tomamos essa decisão e eu tive o prazer e a honra de assinar o decreto neste sentido”, afirmou o presidente.

O decreto assinado por Bolsonaro extingue o horário de verão por tempo indeterminado e não apenas para 2019, como estava previsto anteriormente.

Repórter João Paulo Machado – Agência do Rádio

porpjbarreto

Paraíba: Nordeste tem segunda-feira (22) de tempo instável

Temperatura mínima será de 17ºC e a máxima de 35ºC

A segunda-feira (22) na região Nordeste começa com tempo aberto. Ventos ganham força e o sol brilha forte, sem chuva, no interior da Paraíba, em Pernambuco, Alagoas, Sergipe e em grande parte da Bahia.

O tempo ficará mais carregado, com chuva a qualquer hora e risco de temporais no Maranhão, norte do Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte.
Na região, a temperatura mínima será de 17ºC e a máxima de 35ºC. Já a umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

 

Repórter Isabella França – Agência do Rádio

porpjbarreto

Nordeste tem previsão de tempo instável neste domingo (24)

Umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a região Nordeste terá clima composto por sol e chuva em todos os estados, neste domingo (24). Há sol entre muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia no sul e oeste da Bahia e na costa entre Paraíba e o Maranhão. Nas demais áreas também há sol e pancadas de chuva principalmente à tarde.

Na região, o céu estará parcialmente nublado com temperatura que varia entre 17ºC e 39ºC e a umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

 

Repórter Isabella França

Agência do Rádio

porpjbarreto

Neste sábado (23), a região Nordeste tem mínima de 17ºC

Umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

O sábado (23) tem previsão de tempo instável na região nordestina. Há sol entre muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia no centro-oeste e sul da Bahia e na costa entre Pernambuco e o Maranhão. O sol aparece entre muitas nuvens com possibilidade de pancadas de chuva principalmente à tarde nas demais áreas do Nordeste.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o tempo estará de nublado a parcialmente nublado com temperatura que varia entre 17ºC e 38ºC e a umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

 

Repórter Isabella França

porpjbarreto

Nordeste tem previsão de chuva em todos os estados nesta sexta-feira (22)

Umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

Região Nordeste tem sexta-feira (22) chuvosa com tempo instável em todos os estados.

No sul da Bahia a chuva é frequente durante o dia. Enquanto nas demais regiões baianas há sol entre muitas nuvens e alguns períodos de chuva. No centro-leste e norte de Pernambuco, entre o Ceará e o Maranhão também há sol e chuvas a partir da tarde. Sol forte e pancadas de chuva nas demais áreas.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o tempo estará de nublado a parcialmente nublado com temperatura que varia entre 18ºC e 39ºC e a umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

 

 

Repórter Isabella França

porpjbarreto

O TEMPO E A TEMPERATURA: Terça-feira (19) nublada com pancadas de chuva no Nordeste

Umidade relativa do ar fica entre 30% e 95%

Nesta terça-feira (19), o tempo na região Nordeste pode ter céu encoberto a nublado com pancadas de chuva e trovoadas no Maranhão. Parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas no Piauí e demais estados da região.

A temperatura mínima na região vai ser de 17ºC e a máxima de 37ºC. Já a umidade relativa do ar fica entre 30% e 95%. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia, o INMET.

 

Repórter Juliana Gonçalves

Agência do Rádio

porpjbarreto

Segunda-feira (18) pode ser de chuva no Nordeste

Umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

Segunda-feira (18) tem sol forte e calor no Nordeste. O tempo fica firme em algumas regiões da Bahia, onde muitas nuvens se formam. Esse tempo provoca chuva a qualquer hora em vários estados como Pernambuco, Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. Nas demais áreas, podem ter pancadas de chuva, principalmente à tarde.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o tempo estará de nublado a parcialmente nublado. A temperatura varia entre 17ºC e 38ºC, com umidade relativa do ar entre 30% e 95%.

 

Repórter Isabella França

Agência do Rádio

porpjbarreto

Domingo (17) com tempo instável provoca chuvas a qualquer hora no Nordeste

Umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

O domingo (17) na região Nordeste indica tempo instável. Não chove na Bahia, em Sergipe, Alagoas e no interior de Pernambuco. Mas pode chover a qualquer hora entre o oeste do Maranhão, norte do Piauí, Ceará e leste do Rio Grande do Norte. Nas demais localidades, há condições para pancadas isoladas de chuva, com risco de raios a partir da tarde.
De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o tempo estará de nublado a parcialmente nublado com temperatura que varia entre 17ºC e 38ºC. A umidade relativa do ar varia entre 30% e 95%.

Repórter Isabella França

Agência do Rádio