Categoria REGIONAL

Estado do Ceará tem 993 foragidos e 11.186 procurados pela Justiça

O Estado forneceu dados ao Banco Nacional de Monitoramento de Prisões. O número de presos provisórios do Ceará está acima da média nacional

Cerca de 22 estados brasileiros já entregaram seus dados para o Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP). Idealizado pela presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, o projeto está sendo desenvolvido desde 2016. As informações de 465.589 presos já foram cadastrados no sistema. O Ceará foi uma das unidades federativas que já forneceu informação sobre seus mais de 20 mil presos. O Estado tem 993 foragidos das prisões e 11.756 pessoas procuradas pela justiça.
Presos condenados do Ceará estão em menor número do que presos provisórios, que ainda não foram julgados e sentenciados. Enquanto 9.467 presos cumprem pena definida, 11.186 esperam a condenação pela justiça. O quadro se repete em mais três estados do Nordeste: Alagoas, Sergipe e Bahia.

(Foto: Reprodução/ BNMP)

Os presos provisórios correspondem a 39,87% da população carcerária do país, e no Ceará correspondem a 54,16%, estando acima da média nacional. Em abril, o Ministério Extraordinário da Segurança Pública anunciou um mutirão, em parceria com Defensorias Públicas dos Estados e da União, para resolver a situação dos presos provisórios no País. O problema é uma das principais causas da superlotação das prisões.

O sistema também divide os presos por gênero. No Ceará, homens são a maioria dos presos, correspondendo a 95,6% da população carcerária. O Estado segue a tendência nacional: a maioria dos estados tem homens como grande parte das pessoas privadas de liberdade. Além disso, é fornecido o número de mandados pendentes de cumprimento de cada estado. São 12.758 somente no Ceará.
Projeto que começou junto com a criação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o banco de dados permite o acompanhamento de processos e de situação dos presos do País. Histórico do detento, consulta pública de documentos e informações sobre prisão e soltura são alguns dos aspectos que vão estar disponíveis para a população. Para o Judiciário, a concentração de dados permitirá maior eficiência na gestão dessas pessoas privadas de liberdade.
O Povo Online

Redação – fmrural.com.br   

Assaltantes de bancos presos em Farias Brito são recolhidos à Penitenciária de Juazeiro

Os quatro homens acusados de assaltos a banco presos na tarde da última segunda-feira (4) no Distrito do Lamaju, na zona rural de Farias Brito, foram recolhidos à Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) em Juazeiro do Norte. A polícia liberou apenas a jovem Ayanne Jadna dos Santos e Sá, de 26 anos, natural de Salgueiro (PE), que estava junto com o bando e já tem passagens pela polícia pernambucana.

Ficaram presos Wanderson Willian Freitas, de 34, natural de Diadema (SP), Edmilson Siqueira Campos, de 42, o “Edmilson Vaqueiro”, natural de Serrita (PE), Luciano Leite da Silva, de 26, natural de Salgueiro (PE) e Márcio Ferreira da Silva, de 42 anos. Segundo o Comandante do Destacamento Militar de Farias Brito, Subtenente Simplício, que comandou a operação, o grupo é especializado em assaltos a bancos e planejava assalto uma das agências na região do Cariri.

Na oportunidade, foi apreendido um revólver calibre 38 especial e a polícia diz acreditar em mais armas as quais não foram encontradas. Inclusive, o revólver tinha sido utilizado num assalto, na noite anterior na Rua João Gonçalves da Silva perto do Ginasio Poliesportivo no centro de Altaneira, quando um motorista teve roubado o seu Fiat Strada Working de cor branca e ainda saiu baleado. Ainda na noite de domingo, o carro foi abandonado no Lamajú e os acusados se embrenharam num matagal.

De acordo com o Subtenente Simplício, um deles admitiu o roubo do Fiat, mas confessou que a opção é por veículo de tração nas quatro rodas. Para o comandante, são bandidos de alta periculosidade e só abandonaram o carro roubado ao ver uma barreira com PMs de Farias Brito. No último mês de agosto a jovem Ayanne Jadna, residente em Cabrobó (PE), foi presa em Belém do São Francisco naquele estado horas após um grupo assaltar veículo da empresa de transporte de valores Preserve.

O crime aconteceu perto do município de Santa Cruz da Baixa Verde e a quadrilha estava tentando fugir dos bloqueios policiais por estradas vicinais de Belém do São Francisco. No povoado de Riacho Pequeno, os PMs se depararam com um veículo Corolla de cor prata dirigido por uma mulher que conduzia três homens e houve perseguição e troca de tiros entre acusados e policiais pernambucanos até tomarem um beco sem saída.

O trio fugiu por um matagal e Ayanne Jadna terminou presa. Na época, a polícia informou que a mesma tinha um relacionamento amoroso com Roque Alves Gondim, apelidado por “Aleijado” e era um dos fugitivos juntamente com Risomar da Conceição, de 38 anos, natural de Belém do São Francisco. No local, os PMs recolheram estojos de munição calibre 380, enquanto, no porta malas do carro estavam varias bolsas com objetos e documentos dos ocupantes do veículo.

Além disso e já na Delegacia de Polícia Civil de Floresta (PE), a polícia verificou diversas fotos de foragidos da justiça portando fuzis, espingardas e revolveres, bem como exibindo veículos roubados, sendo a maioria caminhonetes de luxo com tração nas quatro rodas. Inclusive, fotos da própria Ayanne portando armas dentro do Corolla apreendido já que o mesmo tinha sido roubado em Parnamirim (PE) a exemplo de imagens de boa quantidade em dinheiro manchada de tinta vermelha.

miséria.com.br
Por Demontier Tenório

OS MARAJÁS DA MISÉRIA: prefeitos da Paraíba tem salários de até R$ 37 mil; confira o salários dos 223 municípios

A imoralidade se espalha por quase todos os municípios paraibanos, com exceção de 8 cidades

O Governo da Paraíba publicou no Diário Oficial do dia 3 de abril um decreto de situação de emergência pelo período de 180 dias, em 196 municípios do estado afetados pela seca.

De acordo com o decreto, o objetivo da medida é buscar soluções para minimizar os efeitos caudados nas áreas dos municípios afetados pela estiagem, mesmo assim, caladinhos, os prefeitos da Paraíba embolsam salários de verdadeiros marajás.

O campeão da vergonha é o prefeito de Ingá Manoel Batista (Manoel da Lenha) que recebe R$ 37.333,33 (trinta e sete mil, trezentos e trinta e três reais e trinta e três centavos). É mais do que ganha o presidente do Brasil Michel Temer (R$ 27 mil).

Em segundo vem Chico Mendes do PSB, prefeito de São José de Piranhas, que abocanha mensalmente R$ 24, mil, sendo o segundo prefeito mais bem pago da Paraíba. Chico governa e atualmente está uma cidade sob decreto de “estado de emergência” devido à estiagem na Paraíba.

O escárnio não para: Além ter o segundo maior salário da Paraíba, Chico Mendes é campeão em diárias. Todo pulo em João Pessoa ou Brasília, ele recebe centenas de reais para bancar suas despesas. Somente com diárias Chico abocanhou R$ 30.800,00 (trinta mil e oitocentos reais).

A imoralidade se espalha por quase todos os municípios paraibanos, mesmo existindo exceções como os gestores das cidades de Conceição (Nilson Lacerda), Manaíra (Manoel Bezerra), Pilões (Iremar Flor), São Bento (Dr. Jarques), São Domingo do Cariri (Marinho Ferreira) São Francisco (João Bosco) e São Mamede (Dr. Umberto) que abdicaram do salário de prefeito e nada recebem em seus municípios.

Conheça aqui quanto ganha o prefeito de sua cidade!

 

São José dos Ramos –  EDUARDO GINDRE CAXIAS DE LIMA – R$ 10.000,00

 

Créditos: ClickPB

Prefeito de Patos poderá ser afastado do cargo por conta da prestação de contas do São João

A vereadora Nadir Rodrigues (MDB), durante sessão ordinária na Câmara de vereadores, na noite da última quinta-feira, 07, informou que irá pedir o afastamento do prefeito de Patos, Dinaldo Medeiros Filho (PSDB).

O pedido, segundo a parlamentar mirim, foi motivado após uma denúncia feita pela vereadora Lucinha Peixoto, na tribuna da Câmara, onde ela apresentou documentos que comprovam que o prefeito de Patos que, no ano passado tinha autorização a Câmara para gastar 400 mil reais no São João, ele gastou mais de dois milhões, ou seja, despesas realizadas sem autorização prévia da Câmara.

“Nós sabemos, infelizmente, que isso não pode acontecer, nenhum gestor pode tomar essa atitude e, isso é sim motivos para que a Câmara apresente um processo de impeachment e que as investigações aconteçam e que de fato, todas as providências sejam tomadas, pois, a Câmara Municipal tem o poder de fiscalizar e tem o compromisso assumido com a população e melhor representar o povo patoense”, explicou a vereadora emedebista, Nadir Rodrigues.

A vereadora ainda afirmou está esperançosa ao apresentar esse documento, pois, conta com o apoio de outros parlamentares. “A oposição, nós somos quatro vereadores, mas, já tem vereadores da base do prefeito que vinham a nossa bancada e dizia que podia contar com o apoio deles”, garantiu.

Nadir lamentou a cidade de Patos está com atendimentos da ação social, saúde e educação em defasagem e que os vereadores foram pegos de surpresa ao receberem um documento que comprova o gasto de mais de dois milhões de reais para o festejo junino sem autorização da Câmara.

Por Acilene Candeia – Patos Verdade

Policiais militares do 6º BPM apreendem jovens praticando direção perigosa em Cachoeira dos Índios

Por volta das 11 desta quinta-feira (07), uma guarnição de Rádio Patrulha do Destacamento de Cachoeira dos Índios, fazia o patrulhamento da cidade quando presenciou dois jovens conduzindo uma motocicleta em alta velocidade e empinando o veiculo, colocando em risco os pedestres além de suas próprias vidas.

A guarnição Militar fez a interceptação da dupla no Bairro Bambural já na PB 420, quando foi constatado que eram menores de idade e não portavam a documentação do veículo, motivo pelo qual foram apreendidos e conduzidos para Delegacia de Policia Civil de Cajazeiras para as providências legais juntamente com a motocicleta apreendida uma Honda Titan, de cor azul, placa AMF – 7323.

Redação – fmrural.com.br

Com 6º BPM de Cajazeiras

Cooperação técnica dá força à pesquisa com cajá

A pesquisa ganhou mais força nesta quinta-feira 07, para trabalhar o cultivo sustentável da cajazeira (Spondias mombin L.), espécie nativa da América do Sul e que apresenta bom desenvolvimento em áreas de caatinga, no Nordeste brasileiro, e nas florestas tropicais úmidas da região Norte do País. Um termo de cooperação técnica entre a Embrapa Meio-Norte e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) foi assinado para a execução do projeto Desenvolvimento de Clones e de Tecnologias para o Cultivo Sustentável da Cajazeira.

Com o aporte de R$ 400 mil, pela FAPEPI, as ações serão desenvolvidas até março de 2022, no campo experimental da Embrapa, em Teresina, e em áreas da zona rural da capital do Piauí. Liderado pelo pesquisador Eugênio Celso Emérito Araújo, o projeto vai executar atividades com uma equipe de mais seis cientistas, todos da Embrapa, estudando, por exemplo, o efeito da desfolha manual no período seco  sobre a floração da cajazeira; manejo de irrigação na fase reprodutiva; avaliação de formas de colheita de frutos; manejo da mosca das frutas e de doenças.

O termo de cooperação técnica foi celebrado em solenidade na manhã desta quinta-feira 07, pelo presidente da FAPEPI, Francisco Guedes Alcoforado Filho; e o chefe adjunto de Administração e Finanças da Embrapa Meio-Norte, Oscar Lustosa Júnior, na abertura do fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). O evento, que reúne os presidentes e diretores das 26 Fundações de Amparo à Pesquisa do País, vai até esta sexta-feira 08,  discutindo e deliberando sobre as ações de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação desenvolvidas nos Estados.

A CAJÁ

Árvore da família das Anacardiáceas, a cajazeira é cultivada nos estados de Sergipe, Paraíba Pernambuco, Alagoas, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, no Nordeste. Na Amazônia brasileira, a cajá ou o cajá é chamada também de taperebá. Nos estados do  Sul do Brasil, o nome é cajazeira ou cajá mirim.

Essa espécie se adapta aos climas úmido, sub-sumido e quente, podendo alcançar até 25 metros de altura. O fruto tem a casca fina e de coloração amarelo-laranja. Mesmo sendo ácida, a polpa é muito saborosa. e saborosa. Rica em vitaminas, como  a “A”, a cajá  é fonte de  fibras, fósforo, ferro e cálcio. A polpa  é muito usada na elaboração de geleias, compotas, licores, sucos e sorvetes.

 

Fernando Sinimbu  EMBRAPA/PI)
meio-norte.imprensa@embrapa.br
(86) 3198-0518

TCE aprova contas de São José de Piranhas na gestão de “Chico Mendes” já de 2017. Veja outros municípios!

O Tribunal de Contas da Paraíba esteve reunido nesta quarta-feira (6), para julgar contas de Câmaras e Prefeituras do Estado.

Tiveram suas contas aprovadas os prefeitos de Bonito de Santa Fé (Francisco Carlos de Carvalho) e São José de Piranhas (Francisco Mendes Campos), ambas do exercício de 2017, o que motivou comentário do conselheiro Fernando Catão sobre a celeridade processual posta em prática no TCE. “Estamos julgando contas de Prefeituras atinentes ao ano passado. A sociedade precisa saber disso”. O ex-prefeito de São Mamede (Francisco das Chagas Lopes de Sousa) teve a aprovação das contas de 2015.

Em fase recursal, o TCE manteve a reprovação das contas de 2014 da então prefeita de São Sebastião de Lagoa de Roça, Maria do Socorro Cardoso, livrando-a, porém, do débito de R$ 11.479,49 por despesas antes consideradas excessivas, mas agora documentalmente justificadas.

O Tribunal negou provimento a recurso com o qual o então gestor de Cacimbas, Geraldo Terto da Silva, pretendia modificar decisão anteriormente expressa no sentido da reprovação das contas de 2013 por ele apresentadas. Aprovou, em seguida, as prestações de contas oriundas da Secretaria de Estado da Cultura, do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual e do Projeto Cooperar, todas referentes ao exercício de 2017.

Foram aprovadas, também, as prestações de contas das Câmaras Municipais de São Bentinho, Caraúbas, São José de Caiana (com ressalvas), Várzea (com ressalvas),  Joca Claudino, Bonito de Santa Fé, Triunfo, Carrapateira e São José de Piranhas (2017). A Câmara de Patos obteve aprovação às contas de 2014.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, a sessão plenária teve as participações dos conselheiros Arnóbio Viana, Fernando Catão e Marcos Costa. Também, as dos conselheiros substitutos Antonio Cláudio Silva Santos, Antonio Gomes Vieira Filho, Oscar Mamede e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador geral Luciano Andrade Farias.

 

Ascom – TCE/PB

Redação – fmrural.com.br

Prefeito de Sousa agenda coletiva com a imprensa para falar sobre a programação do São João que ele acredita ser o maior do interior

O prefeito da cidade de Sousa – Fábio Tyrone (PSB) agendou para a próxima sexta-feira (08), uma coletiva com a imprensa sousense a fim de expor toda lojista e programação do São João do Povo, que ele acredita ser o maior do interior paraibano.

De acordo com a assessoria do gestor, a Prefeitura Municipal de Sousa contratou grandes grupos musicais reconhecidos nacionalmente. Neste intuito, o prefeito acredita contribuir e muito com as empresas da cidade, como por exemplo, os bares, restaurantes, os hotéis e pousadas. Agregando renda extra, tem os ambulantes, que de acordo com Tyrone deverá obter bons lucros com a venda dos seus produtos.

Veja abaixo, toda programação:

Redação – fmrural.com.br

Moradores de Cachoeira dos Índios denunciam abandono do cemitério público

Restos de caixões, pedaços do que aparenta ser vestimentas dos corpos e muito lixo. É esse o cenário do Cemitério Municipal de Cachoeira dos Índios, que fica no Centro da cidade. O mato existente no local mostra o desrespeito da Prefeitura com aqueles que estão sepultados.

Populares que compareceram ao campo santo da cidade na tarde desta segunda-feira (04), para o sepultamento do moto-taxista conhecido por Valdemar, que faleceu vítima de acidenta na BR-116, ficaram indignados com o as imagens que retratam um lugar em completo abandono. Um popular que nos mandou as fotos e que teme represaria, revoltado escreveu; “O prefeito tem sido insensível aos apelos dos vivos, que dirá as necessidades dos mortos. Este lugar é a simbologia de gestão atual, o descaso”, revelou.

Relatos apontam que há muitos dias – restos de urna funerária estão entre um túmulo e a parede do cemitério, passando a impressão de que esse pequeno espaço serve de depósito improvisado. Nosso “colaborador” fez questão de destacar que vice-prefeita “Guia da Farmácia” compareceu ao ato funerário e, teria ficado chocada com a situação de desprezo aos homens e mulheres que ali descansam.

É visível ainda, na parte externa daquela necrópole, conforme imagens enviadas que além de entulho na calçada é notável a deficiência na iluminação. Os moradores reclamam de um forte odor. O repórter tentou contato com prefeito, mas sem respostas.

Informações: Jotha Herre – Folha do Vale

Redação – fmrural.com.br