Categoria POLÍTICA

Fachin homologa desistência de pedido de liberdade de Lula

Estratégia da defesa é evitar que STF decida se ele poderá concorrer ou não concorrer nas eleições deste ano, já que sentença da Corte seria definitiva

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou nesta quarta-feira (8) a desistência do pedido de liberdade da defesa do ex-presidente Lula.

O pedido foi apresentado na última segunda-feira (6), pois a defesa de Lula não queria que, ao analisar o tema, o STF decidisse se ele poderá concorrer ou não concorrer nas eleições deste ano.

Essa atitude foi tomada pelos advogados como estratégia, já que caso o Supremo entendesse que Lula não poderia ser candidato, não haveria mais nenhuma possibilidade de recurso, visto que o STF é a última instância da Justiça.

Apesar do ex-presidente ter sido oficializado no último domingo (5) como candidato do PT à disputa ao Planalto, Lula se enquadra na Lei da Ficha Limpa, o que impede a candidatura de quem tenha sido condenado por órgão colegiado, como é o seu caso.

Lula está preso desde abril, em Curitiba, condenado na Operação Lava Jato a 12 anos e um mês de prisão.

 

Reportagem: Andressa Ribeiro

 

Saiba quem são os candidatos registrados no TRE-PB, seus partidos e números

A redação da Rádio Rural FM de Cajazeiras e o site de notícias de mesma nomenclatura, fez uma busca ao portal do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba – junto às atas das legendas e, traz para os nossos leitores, todos os nomes, partidos e, números dos candidatos que concorrerão às eleições estaduais em outubro de (2018), no Estado da Paraíba.

Atas encaminhadas ordenadas por data de envio (ascendente):

Partido      Ata                               Data/Hora do Envio                 Hash da Ata

50-PSOL    Ata do 50 – PSOL          21/07/2018 15:35:26                       b7b976d1d

30-NOVO   Ata do 30 – NOVO       21/07/2018 17:08:04                       dc59c869a

27-DC       Ata do 27 – DC                31/07/2018 16:39:48                        d18eb8274

28-PRTB    Ata do 28 – PRTB         31/07/2018 17:46:33                        ea36f063d

17-PSL      Ata do 17 – PSL                31/07/2018 18:08:33                       8d990000d

18-REDE  Ata do 18-REDE             03/08/2018 14:39:17                       5a7e2f92d

31-PHS      Ata do 31-PHS                04/08/2018 15:12:14                        56b06cbf0

36-PTC      Ata do 36-PTC                04/08/2018 15:12:37                        364d4718e

90-PROS    Ata do 90-PROS           05/08/2018 12:03:17                        92bc568c7

16-PSTU    Ata do 16-PSTU             05/08/2018 14:14:36                        37fc9dc5a

16-PSTU    Ata do 16-PSTU             05/08/2018 14:18:16                        c4b4b1107

54-PPL      Ata do 54-PPL                 05/08/2018 15:36:36                      0c24adc47

70-AVANTE Ata do 70-AVANTE      05/08/2018 16:48:19                   258af533c

19-PODE    Ata do 19-PODE             05/08/2018 18:53:09                     0d8745da2

51-PATRI   Ata do 51-PATRI            05/08/2018 20:55:09                     ba5ed424e

23-PPS      Ata do 23-PPS                  05/08/2018 21:50:53                     50db1596f

33-PMN     Ata do 33-PMN              05/08/2018 22:28:08                     b9514a38b

65-PC do B Ata do 65-PC do B        05/08/2018 22:42:54                      29f6607c4

40-PSB      Ata do 40-PSB                05/08/2018 23:26:24                      b8315cd81

44-PRP      Ata do 44-PRP                05/08/2018 23:47:29                      7b2211a01

18-REDE    Ata do 18 – REDE         06/08/2018 15:17:34                        d5554babb

10-PRB      Ata do 10-PRB                06/08/2018 16:03:20                      29f01f7e3

25-DEM     Ata do 25-DEM             06/08/2018 16:19:10                        44d6a9768

13-PT        Ata do 13-PT                    06/08/2018 16:29:05                       410fb100a

11-PP        Ata do 11-PP                     06/08/2018 16:57:05                        be5a4f192

90-PROS    Ata do 90-PROS           06/08/2018 17:11:42                         395ae3c1a

55-PSD      Ata do 55-PSD                06/08/2018 17:45:07                        cc27ba25a

31-PHS      Ata do 31-PHS                06/08/2018 18:12:49                        02e1a9ecf

36-PTC      Ata do 36-PTC                06/08/2018 18:18:19                         3f9e18556

45-PSDB    Ata do 45-PSDB            06/08/2018 18:20:46                         b8d1cadbf

25-DEM     Ata do 25-DEM (errata)       06/08/2018 18:26:04                64c63e081

33-PMN     Ata do 33-PMN              06/08/2018 18:39:40                         98b976c90

70-AVANTE Ata do 70-AVANTE      06/08/2018 19:03:46                       bf7be90b6

15-MDB     Ata do 15-MDB                 06/08/2018 19:23:12                        88f9daadd

14-PTB      Ata do 14-PTB                    06/08/2018 19:24:43                       ca5155c31

22-PR        Ata do 22-PR                    06/08/2018 19:28:49                         66661dda8

20-PSC      Ata do 20-PSC                  06/08/2018 19:59:41                          544ac6054

19-PODE    Ata do 19-PODE              06/08/2018 20:12:21                          d6d6f2961

43-PV        Ata do 43-PV                    06/08/2018 20:42:27                           0598132a5

12-PDT      Ata do 12-PDT                 06/08/2018 20:51:17                             10da4fefd

23-PPS      Ata do 23-PPS                  06/08/2018 21:53:29                            3f0aa05dd

44-PRP      Ata do 44-PRP                  06/08/2018 21:55:52                           8c195bb7c

77-SOLIDARIEDADE    Ata do 77-SOLIDARIEDADE  06/08/2018 22:08:26  9290dcc16

25-DEM     Ata do 25-DEM              06/08/2018 23:28:40                             5116f2148

11-PP        Ata do 11-PP                      07/08/2018 11:05:12                               10231a07f

20-PSC      Ata do 20-PSC                07/08/2018 19:16:16                               cbe51bd40

13-PT        Ata do 13-PT                    08/08/2018 12:22:57                               7f7753510

31-PHS   Ata do 31-PHS                  08/08/2018 13:46:33                                1be13a7c7

36-PTC  Ata do 36-PTC                   08/08/2018 14:01:06                               c40909cc6

 

 

Redação – fmrural.com.br

Com TRE-PB

Secretário de Finanças de Cajazeiras e outros são acusados de desviar R$ 1.246.000,00 dos cofres públicos. Veja!

O Ministério Público da Paraíba, através de sua Promotora de Justiça, Dra. Sarah Araújo Viana de Lucena, ingressou com pedido de AÇÃO CIVIL PÚBLICA PARA RESSARCIMENTO DE DANO AO ERÁRIO, contra o atual Secretário de Finanças do município de Cajazeiras, o Senhor Laesso Antônio Souza Abreu. E também contra o ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Rafael Medeiros de Souza, através de Inquérito Civil Público, sob o nº 084/2012, no último dia 06/08/2018.

A referida AÇÃO CIVIL PÚBLICA PARA RESSARCIMENTO DE DANO AO ERÁRIO requerida pelo MPPB, através de parecer encaminhado ao juízo da Comarca de Cajazeiras, trata de pedir a condenação destes e de outros acusados (constantes dos autos) de haverem causado danos ao erário e pede a condenação destes com o objetivo de ressarcir aos cofres públicos, a importância de R$ 1.246.000,00 (Um Milhão, Duzentos e Quarenta e Seis Mil Reais), aplicados indevidamente, quando da realização do Carnaval de 2012, na gestão do então prefeito Carlos Rafael.

 

Com MPPB e Farol do Sertão

Marcondes articula apoio a Álvaro Dias em Brasília

O deputado federal Marcondes Gadelha representou o PSC nacional na importante reunião nesta terça-feira, 07, em Brasília, em que a chapa de Álvaro Dias/Paulo Rabello à presidência da República ganhou três apoios de peso: o senador e candidato à reeleição, Cristovam Buarque; o deputado federal e candidato ao governo do DF, Rogério Rosso; e o empresário e candidato ao Senado, Fernando Marques, da União Química. “Eles acrescentam um gradiente brilho e qualidade à nossa chapa, e servem de exemplo a todos que querem uma mudança para melhor”, disse.

Gadelha ressaltou que o conjunto das forças que governará o Brasil e o DF a partir de 2019 se distingue cada vez mais pela qualidade. “Não bastassem a competência e a qualificação de Álvaro Dias e Paulo Rabello, nós recebemos o apoio do senador Cristovam Buarque que, como todos sabem, é um nome nacional focado no elemento que o faz a diferença entre a prosperidade e o atraso, que é exatamente a educação”.

O parlamentar paraibano ressaltou também as qualificações de Rosso e Marques. “O deputado Rogério Rosso é um advogado brilhante, um nome consolidado no DF. E Fernando Marques é um empresário vitorioso num campo difícil de competir, dominado pelas multinacionais da indústria farmacêutica. Além disso, Marques tem como suplente João Luiz Clerot, filho do saudoso político paraibano José Luiz Clerot”.

Mesmo o PSD nacional declarando apoio ao candidato do PSDB à presidência da República, o diretório regional do DF teve autonomia para apoiar o PSC/Podemos.

“Considero que foi um avanço extraordinário a abertura de um espaço no Distrito Federal para a candidatura Álvaro Dias/Paulo Rabello à presidência da República. A coligação recebeu um apoio muito firme e determinado. O eixo entre o futuro governo de Brasília e do Brasil servem como se fosse um portal político-administrativo para todo o país”, finaliza Gadelha.

 

Assessoria

Rivelino Martins fala sobre (CPI) do IPAM, crescimento da folha de servidores e o não cumprimento do Piso Nacional dos Professores de Cajazeiras

Após Sessão Ordinária realizada na Câmara Municipal de Cajazeiras, na noite da última terça-feira (07), o Vereador Rivelino Martins (PSB), falou mais uma vez a nossa reportagem sobre a problemática do IPAM e sua dívida, crescimento da folha de pagamento dos servidores comissionados e contratados e o não cumprimento por parte da gestão do prefeito José Aldemir – da implantação do reajuste do Piso Nacional dos Professores.

Repórter – Luiz Villar

Redação – fmrural.com.br

PCdoB divulga nota em que justifica coligação com o PT

Também são apresentadas razões para a desistência de candidatura de Manuela D’Ávila

A Comissão Executiva Nacional do PCdoB divulgou nota em que expõe as razões pelas quais o partido optou por fechar coligação com o PT na disputa pela presidência da República. A nota explica que Manuela será vice mesmo se a Justiça Eleitoral rejeitar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é condenado em segunda instância e está preso desde abril.

Manuela D’Ávila, que até então era a pré-candidata à presidência pelo partido, passará agora a integrar a chapa formada por Lula e pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

O acordo entre PT e PCdoB prevê que Manuela substituirá Haddad como vice de Lula se o ex-presidente tiver a candidatura deferida pela Justiça Eleitoral. Em outra hipótese, a deputada estadual será vice de Haddad ou outro nome do PT, caso Lula tenha a candidatura indeferida.

O PCdoB citou que alianças favorecem a defesa da união de esquerda, mas lembrou que a fragmentação da corrente ideológica ainda existe. Prova disso é que o PDT oficializou a candidatura de Ciro Gomes, enquanto o Psol aprovou a candidatura de Guilherme Boulos. Já o PSB decidiu não apoiar formalmente nenhum candidato e liberou os diretórios estaduais para fazer campanha para qualquer presidenciável, à exceção de Jair Bolsonaro, do PSL.

 

Reportagem: Juliana Gonçalves

Justiça Federal na Paraíba condena ex-prefeito de Santana de Mangueira por improbidade administrativa

Segundo a sentença, Francisco Umberto Pereira forjou licitação de convênio com a Funasa e terá que devolver aos cofres públicos R$ 95 mil com outros condenados

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) condenou o ex-prefeito de Santana de Mangueira, Francisco Umberto Pereira, por fraudar o processo de licitação do convênio n.º 265/2004 com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), no valor de R$ 99.009,07, visando à implantação de seis sistemas simplificados de abastecimento de água (poços tubulares), na zona rural do município, que fica no sertão do estado. O ex-prefeito foi condenado juntamente com a DMW Projetos e Construções (vencedora da falsa licitação) e Sandra Maria Alves Silva Gomes, representante da empresa. A decisão foi publicada no Diário Oficial Eletrônico da Justiça Federal da 5ª Região.

De acordo com a sentença do juiz federal Marcos Antônio Mendes de Araújo Filho, da 8ª Vara Federal, localizada em Sousa, os condenados terão que, solidariamente, pagar uma multa civil no valor equivalente a uma vez o valor do dano (R$ 95.999,19); ficam proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios, incentivos fiscais ou de crédito, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio da pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos, contados do trânsito em julgado da sentença; terão os direitos políticos suspensos por cinco anos, no caso dos réus Francisco Umberto Pereira e Sandra Maria Alves Silva Gomes; além de ter que, solidariamente, ressarcirem ao erário no valor de outros R$ 95.999,19, devendo sofrer as devidas atualizações, de acordo com o Manual de Cálculos da Justiça Federal.

Para realização da obra, teria sido realizado o procedimento licitatório na modalidade Carta-Convite n.º 27/2004, do qual participaram as empresas Nobel Construções, Construtora Rio Negro e DMW Projetos e Construções, sendo a vencedora esta última. A Controladoria Geral da União (CGU) teria apontado fortes indícios de montagem do processo licitatório, dentre eles: apresentação de certificado de regularidade de FGTS com data posterior à realização do certame e propostas de preços com valores muito similares. No aprofundamento da investigação, o Ministério Público Federal (MPF) ouviu os membros da Comissão de Licitação, tendo sido constatado que os servidores não tinham conhecimento sobre o procedimento licitatório, limitando-se a assinar documentos, mediante solicitação do então prefeito. Além disso, a Construtora Rio Negro seria empresa de fachada, conforme constatado na Operação Carta Marcada.

Obra não concluída

Em sua decisão, o juiz federal Marcos Antônio Mendes de Araújo Filho também considerou informações do Tribunal de Contas da União (TCU). Em consulta ao site do Tribunal, é possível verificar que as contas referentes ao Convênio n.º 265/2004, objeto da presente demanda, foram julgadas irregulares no Acórdão 10992/2016.

Na sentença do magistrado, inclusive, há trecho do voto emitido pelo relator do TCU Raimundo Carneiro: “(…) as obras estavam abandonadas e danificadas pela ação do tempo, com o que não era possível aferir a qualidade das mesmas, e, ainda, que os quadros de comando, as adutoras e os reservatórios (caixas de água com capacidade de 5m3) não foram executados; bem como consoante consignado no Parecer Técnico 31/2008, da Funasa na Paraíba, datado de 14/5/2008, em que a área técnica registra que as obras estão abandonadas, comprometendo assim as etapas executadas”.

Processo nº 0001822-94.2011.4.05.8202

 

Assessoria de Comunicação 
Justiça Federal na Paraíba – JFPB

Agenda semanal dos candidatos do PSOL-PB. Veja!

07/08 – terça-feira

9h- Audiência com Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba – ASPAS (Rua Bancário Francisco Mendes Sobreira, 86, Pedro Gondim, João Pessoa – 32217021);

14h – Reunião com Coordenação de Propaganda de TV;

21h – Entrevista no Programa Bastidores (TV Master);

08/08 – quarta-feira

10h – Reunião com Coordenação de Finanças da campanha;

19h – Reunião com Coordenação de Campanha.

09/08 – quinta-feira

10h – Mesa Redonda com Defensores/as Públicos/as (Sala do Conselho Superior da Defensoria Pública, Rua Dep. Barreto Sobrinho, 168, Tambiá);

17h30 – Assembleia do CRESS/PB;

19h30 – Debatedor na Semana de Debates Sobre Segurança Pública, evento organizado pelas entidades representativas de classe de trabalhadores da segurança pública (Rua das Trincheiras, 401, Centro).

10/08 – sexta-feira

11h – Entrevista na Rádio Tabajara;

18h – Reunião com apoiadores em Campina Grande.

11/08 – Sábado

9h – Plenária com Militância em Campina Grande;

14h30 – Plenária com Candidat@s da Coligação Construir Poder Popular em João Pessoa;

18h – Reunião com Agência de Publicidade.

 

Diretório Estadual

Autor de propositura da (CPI) do IPAM fala do início dos trabalhos. Escute!

O Vereador Rivelino Martins (PSB), falou a nossa reportagem na noite da última segunda-feira (06), logo após Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Cajazeiras, sobre o início dos trabalhos e membros que comporão a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar as irregularidades administrativas no órgão de previdência municipal.

Abaixo, o parlamentar faz um resumo ao nosso repórter Luiz Vilar:

 

Redação – fmrural.com.br

Em Brasília, Marina Silva critica corrupção e defende reformas tributária e previdenciária

De acordo com presidenciável, o setor de construção civil é prejudicado por propinas e abandono de obras

A candidata à presidência pela Rede, Marina Silva, afirmou que a recuperação econômica do Brasil exige reformas e combate à corrupção no setor produtivo. As declarações foram dadas no evento “O futuro do Brasil na Visão dos Presidenciáveis”, da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, nesta segunda-feira (6), em Brasília.

Para Marina, a corrupção é um dos maiores obstáculos para o setor produtivo no país. A ex-senadora criticou o pagamento de propinas, que podem, segundo ela, chegar a 5% do valor dos contratos.

“Além de criminosa e imoral, a corrupção introduz uma ineficiência enorme no setor de obras públicas no Brasil. Contratos em obras públicas que são aditivados de forma a desviar dinheiro para partidos políticos e agentes públicos, superfaturamento de obras, as obras que nunca deveriam ter sido começadas, as que são abandonadas sem razão aparente”.

A presidenciável também defendeu as reformas tributária e previdenciária, e afirmou que pretende criar o imposto sobre bens e serviços, com a união de cinco tributos: PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS.

“O Brasil é ainda um país demograficamente jovem, mas com gastos previdenciários de países demograficamente maduros. Igualmente imperativo é promover a reforma tributária para criar um ambiente favorável de negócios no país, e descentralização da autoridade para tributar, para que o dinheiro público seja gasto o mais perto possível de onde é arrecadado”.

Marina também se posicionou sobre outros candidatos da corrida eleitoral. Ela criticou Jair Bolsonaro, afirmando que ele “não respeita a democracia e é saudoso da ditadura”. Ainda segundo a presidenciável, o PT, o MDB e o PSDB não reconheceriam os problemas da corrupção.

Reportagem: Ana Luiza de Carvalho