Categoria Policial

porpjbarreto

Corpo de homem é encontrado sob ponte de rio em Cajazeiras

Foto: Arquivo da família.

Foi encontrado sob a ponte do rio Curicaca, na região leste de Cajazeiras, na manhã deste sábado (02), o corpo do idoso Veridiano Martins de Oliveira, de 70 anos, que estava desaparecido há cerca de uma semana.

De acordo com informações da polícia, o corpo do idoso estava em avançado estado de putrefação. Agentes da polícia cientifica foram ao local e, após os primeiros trabalhos – encaminhou o corpo para o IML.

 

Foto: WhatsApp

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Sobe para 115 número de mortos na tragédia de Brumadinho

A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (1º) que aumentou o número de mortos e desaparecidos entre as vítimas do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. O balanço revelou 115 mortos, 248 desaparecidos e 395 localizados. Dos mortos, 71 foram identificados.

Segundo a Defesa Civil, aumentou o número de desaparecidos a partir de informações transmitidas ao serviço de ouvidoria da empresa Vale. Por isso, foram incluídos mais dez nomes na relação de desaparecidos.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, avaliou que o ritmo de identificação dos corpos deve diminuir. A partir de agora, o trabalho fica mais complexo por se tratar de vestígios de mais difícil acesso abaixo da lama.  “Agora os trabalhos são mais delicados, de escavação. É necessário fazer toda a nivelação do solo. E mesmo com o corpo encontrado, por conta da decomposição é necessário um trabalho minucioso”, explicou.

Ele comentou que os bombeiros não podem eliminar a chance de encontrar pessoas com vida, mas que, diante das dimensões do desastre, a possibilidade de isso ocorrer é “pequena”.

Aihara não deu previsão de até quando os trabalhos de busca devem continuar. No caso de vítimas posicionadas dentro de estruturas, exemplificou, o raio de procura seria menor. Já aquelas pessoas que estavam no campo aberto podem ter sido projetadas para distâncias maiores.

Diante dessas situações diversas, acrescentou, é difícil prever. O representante do Corpo de Bombeiros lembrou que em Mariana as equipes designadas mantiveram as buscas por três meses.

Polícia

A Polícia Militar informou que 950 homens fazem os trabalhos de segurança da região de Brumadinho. Pela manhã, foi encerrado o trabalho de varredura da área rural. De acordo com o porta-voz da corporação, Jamor Flávio Santiago, um homem foi preso em Belo Horizonte ao tentar dar um golpe nos comerciantes fazendo-se passar por agente federal atuando nos resgates.

O porta-voz da PM acrescentou que é analisada a hipótese de pedir reforço policial para equipes que atuam no interior de Minas Gerais. De acordo com ele, a integração das forças de segurança será mantido por tempo indeterminado.

O delegado da Polícia Civil, Arlen Bahia, afirmou que a delegacia de Brumadinho vai funcionar de 8h à meia-noite todos os dias, incluindo o fim de semana, para atender as pessoas que precisam fazer carteira de identidade. Segundo ele, uma equipe de agentes vai se deslocar para Parque da Cachoeira para atender os atingidos pela tragédia.

Segundo o delegado, foram coletadas amostras para buscar a identificação de 20 corpos. Até o momento, há 71 corpos identificados e restam 19 pré-identificados – quando ainda falta a última conferência feita pelo Instituto Médico Legal.

Vídeo

Questionado sobre as imagens divulgadas apenas hoje mostrando o curso da lama após o rompimento da barragem, o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, afirmou que o comando unificado integrado pelas diversas corporações envolvidas nas buscas já tinha conhecimento dos vídeos. Contudo, optou por não torná-las públicas pelo receio do impacto delas caso houvesse alerta de risco de uma nova tragédia em outras barragens.

“A decisão de não divulgar as imagens é decisão que visou sobretudo a garantia do bem estar da população e o não ocasionamento do pânico geral. Passamos para Vale e Polícia Civil investigar o vazamento das imagens”, explicou o porta-voz.

Vale paga auxílio-funeral a famílias de vítimas de Brumadinho

Prefeitura de Brumadinho recomenda cuidados com a saúde da população

Igreja se transforma em lavanderia para higienizar fardas de bombeiros

 

Fonte: Agência Brasil

porpjbarreto

Entidade lança nota de repúdio à posição da Arquidiocese da Paraíba

A Rede de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual (REDEXI) lançou, nesta sexta-feira (1º) uma nota de desagravo à investigação do Ministério Público do Trabalho quanto aos casos de abuso e exploração sexual envolvendo a Arquidiocese em que considera “inaceitável que a Arquidiocese da Paraíba, diante da exposição dos casos de violência sexual, tenha se posicionado de forma crítica ao processo de investigação instaurado pelo MPT, eximindo-se das responsabilidades”.

Segundo dados do Disque Denúncia 123, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano – SEDH/PB, em 2018 foram registradas 213 denúncias de abuso e exploração sexual de Crianças e Adolescentes.

A nota ainda traz que as entidades que fazem parte da Rede pedem providências ao Ministério Público do Estado da Paraíba para que se abram investigações penais contra os sacerdotes infratores, como também que as investigações sejam ampliadas, inclusive em outros âmbitos de credos e crenças.

“Por fim, desagravam a conduta do Procurador do Trabalho Eduardo Varandas Araruna que sempre foi um dos expoentes do Poder Público contra a exploração sexual de crianças e adolescentes e tem pautado sua atuação na legalidade, na probidade e no respeito aos primados do Estado do Direito”, concluem.

 

Com paraibajá

porpjbarreto

Aparelho de TV cai e mata criança de três anos em Patos

Por volta de 01 hora, da madrugada desta quinta-feira (31), morreu no Hospital de Trauma, em Campina Grande, o garotinho patoense Arthur Bismark da Conceição Sousa, de apenas três anos de idade, que residia no Bairro das Placas.

Arthur sofreu uma pancada na cabeça após uma televisão de 29 polegadas, modelo ainda de tubo, cair sobre o corpo dele. O fato aconteceu por volta das 11h00 da última quarta, 30, quando a irmã da vítima, uma criança de quatro anos, puxou a televisão da estante e esta caiu sobre o pequeno Arthur, que se machucou seriamente.

O garotinho foi internado no Hospital Infantil Noaldo Leite, mas depois transferido para Campina Grande devido ao agravamento do quadro.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram mobilizadas após o garotinho chegar em companhia da mãe e de outra pessoa em uma moto na base do SAMU. A mãe estava em desespero.

A criança foi recebida pelos funcionários plantonistas e depois dos procedimentos iniciais seguiu para o Hospital Infantil, onde ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entubada, sedada e apresentando sangramento em um dos ouvidos. A família estava desesperada.

 

Fonte: Folha Patoense

porpjbarreto

Corpo de uma mulher é encontrado à margem da PB-400 nas proximidades de São José de Piranhas

A Polícia Militar do 6º Batalhão de Cajazeiras, através do número de emergência 190 – recebeu a informação nesta manhã de terça-feira (29), que havia um corpo caído ao solo e, ao lado do mesmo uma motocicleta, às margens da PB-400, nas proximidades da cidade de São José de Piranhas, no Sertão paraibano.

Em ato contínuo, guarnições foram direcionadas ao referido local e lá, foi confirmado o encontro do cadáver de uma mulher, que segundo informações foi identificada por Cícera Pereira Diniz.

Ainda de acordo com testemunhas, um popular conhecido pelo pré-nome de Walisson, que é primo de Cícera, trafegava pela rodovia acima mencionada e, em determinado momento perdeu o controle da motocicleta, Suzuki de cor prata, sem placa, ocasionando o acidente que vitimou fatalmente Cícera.

O motociclista conseguiu sair do local e foi socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras, antes da chegada da polícia.

A Polícia Civil, juntamente com peritos inciaram os primeiros trabalhos.

O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina Odontológica Legal (NUMOL), na cidade de Patos, para realização de exame cadavérico. Cícera, era casada com o Senhor Caetano, do Sítio Patamuté, na Zona Rural de Cajazeiras e deixa (seis) filhos, o mais novo de apenas (dois) anos.

 

Fotos: WhatsApp

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Operação Pareto prende acusados de tráfico no Litoral Sul da Paraíba

As Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba e ainda integrantes do Sistema Penitenciário deflagraram no início da madrugada desta terça-feira (29) a Operação Pareto,no Litoral Sul do Estado. Ao todo, 120 homens e mulheres participam do trabalho integrado, com objetivo cumprir mandados judiciais e efetuar ações preventivas de controle na Cadeia Pública de Alhandra.

O resultado da Operação Pareto será apresentado às 7h30 no auditório da Delegacia de Crimes contra a Vida (Homicídios), na Central de Polícia Civil, bairro do Geisel, em João Pessoa.

Já estão presos dois suspeitos de comandar o tráfico na área de Jacumã. Os mandados judiciais tinham como alvos suspeitos fora da Cadeia Pública. As ações preventivas foram na Cadeia Pública, com inspeções.

Data: 29/01/2018 (terça-feira)

Hora: 7h30

Local: Central de Polícia Civil, João Pessoa – PB.

 

Com Polícia Civil e ParlamentoPB

porpjbarreto

Em Patos, Polícia prende homem com 30 quilos de maconha e R$ 40 mil em dinheiro

O trabalho investigativo de policiais da 15ª Delegacia Seccional, com sede em Patos, resultou na prisão de José Wallison da Silva, na madrugada do último sábado (26), pelo crime de tráfico de entorpecentes. A ação aconteceu em uma pousada no Centro do município, onde o suspeito, que é natural de Solânea, foi abordado em situação de flagrância, com 30 quilos de maconha e R$ 40 mil em dinheiro.

De acordo com os policiais civis, a equipe que estava de plantão na Central de Polícia de Patos recebeu uma denúncia anônima de que José Wallison estaria no estabelecimento com uma quantia de drogas.

Durante as diligências, foram apreendidos 44 tabletes de material semelhante à maconha, prensada, envolto em fita adesiva, em um total de 30 quilos, e o dinheiro.

Na delegacia, o preso disse em depoimento que a droga apreendida seria para uso. Ele foi autuado em flagrante pela autoridade policial e permanece na unidade policial, à disposição do Poder Judiciário.

 

Por Léo Ferreira – portaldiario1.com

porpjbarreto

MP denuncia filho de João de Deus por coação de testemunha

O Ministério Público do Estado Goiás (MPE-GO) fez mais duas denúncias contra o médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus. O filho do médium, Sandro Teixeira de Oliveira, também foi denunciado por coação e tentativa de corrupção ativa de uma testemunha.

Uma das denúncias contra o médium é por causa de suposto estupro de vulnerável, em relação a cinco vítimas (quatro delas do estado de São Paulo e uma do Distrito Federal), e a outra por posse ilegal de arma de fogo.

Mais uma vez, o MPE-GO pediu a decretação de prisão preventiva de João de Deus e o bloqueio de dinheiro do médium para garantir eventual ressarcimento às vítimas em caso de reparação de danos.

Conforme nota do Ministério Público, “as vítimas dos cinco casos agora denunciados tinham entre 23 e 38 anos à época dos fatos, que ocorreram entre março de 2010 e julho de 2016”.

De acordo com os promotores, contra João de Deus também há depoimentos de mais seis mulheres que também alegam ter sido molestadas, mas os crimes caíram em prescrição. “Elas tinham entre 23 e 51 anos à época dos fatos, entre 1996 e 2009”. Essas testemunhas “são dos estados de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro e do Distrito Federal”.

Posse ilegal de arma

Quanto ao suposto porte ilegal de arma de fogo, a denúncia contra João de Deus também incriminaria sua mulher, Ana Keyla Teixeira. A investigação apreendeu cinco amas no quarto do casal, “três delas de uso permitido e duas de uso restrito ou proibido (…), uma não possuía marca de identificação e outra estava sem número de série”.

A denúncia contra o filho do médium, Sandro, foi por “coação no curso do processo e corrupção ativa de testemunha.” Segundo os promotores, Sandro Teixeira estava armado quando coagiu uma testemunha um dia após ela ter comparecido à delegacia.

Além da coação, o MPE afirma que Sandro ofereceu “vantagens para obter o silêncio dessa testemunha, oferecendo pedras que seriam preciosas”.

 

Fonte: Agência Brasil

porpjbarreto

Golpe no WhatsApp aproveita notícia real do pagamento do PIS e atinge milhares de pessoas

A Caixa Econômica Federal esclarece que não envia mensagens sobre saques de benefícios sociais

Foto: Agência BrasilO mais novo golpe, feito por cibercriminosos, tem usado o WhatsApp para enganar milhares de pessoas com base na notícia real do pagamento do PIS-Pasep. A farsa aproveita a repercussão do pagamento do sétimo lote do abono, que teve início dia 17 de janeiro e promete revelar ao usuário se ele tem direito ao saque do benefício.

Ao cair no site falso, a pessoa tem que responder uma série de perguntas sobre sua vida funcional e de contribuição com a previdência. É então que é solicitado para que a pessoa compartilhe a mensagem com seus contatos para poder receber o benefício.

O intuito dos golpistas é redirecionar uma grande quantidade de pessoas para sites genéricos, onde há anúncios publicitários. Com uma grande quantidade de clicks, o dono da página acaba ganhando dinheiro. O advogado e professor especialista em Direito Digital, Frank Ned Santa Cruz, ensina como não cair nesse tipo de sites mal-intencionados.

“Se ela recebe esse link de alguém que não faz parte da rede dela, o interessante é que ela delete a mensagem e não acesse. Se ela recebe de alguém que faz parte do seu círculo de confiança, do seu círculo de contatos, que ela questione a pessoa sobre a veracidade daquela mensagem antes de clicar.”

De acordo com o especialista, uma outra forma de se prevenir é instalar um antivírus no seu smartphone.

“Geralmente, os antivírus para smartphones baixados de fontes confiáveis mantém bases atualizadas desses links falsos. Então, quando o usuário recebe, o antivírus percebe esse link e já dá um alerta para o usuário, ou então, automaticamente, deleta esse link fraudulento.”

Por meio de nota, a Caixa Econômica Federal esclarece que não envia mensagens sobre saques de benefícios sociais. Segundo o banco, em seu portal na internet e em suas agências, há orientações de segurança para alertar os clientes quanto ao risco de golpes, sejam eles por e-mails spam, WhatsApp, sites falsos ou telefone.

Se você tiver alguma dúvida, entre em contato com o Atendimento CAIXA ao Cidadão, pelo número 0800 726 0207.

Reportagem – Cintia Moreira

Fonte: Agência do Rádio

porpjbarreto

Pedofilia: 1ª Câmara do TJPB forma maioria para condenar Arquidiocese da Paraíba

Padre de Jacaraú, já falecido, foi acusado de abusos sexuais contra pelo menos 20 jovens

1ª Câmara Câmara Cível do Tribunal de Justiça deve concluir julgamento na próxima sessão do colegiado. Foto: Rizemberg Felipe.

Uma sessão da 1ª Câmara Câmara Cível do Tribunal de Justiça, na última terça-feira (22), formou maioria pela condenação da Arquidiocese da Paraíba. No alvo da ação civil pública por danos morais coletivos movida pelo Ministério Público Estadual estão acusações de pedofilia contra um padre na cidade de Jacaraú. De acordo com a denúncia, o padre Adriano José da Silva, já falecido, teria abusado de pelo menos 20 jovens. O placar atual é de dois votos favoráveis à condenação. O desembargador relator José Ricardo Porto acompanhou o parecer da Procuradoria de Justiça e foi acompanhado pelo desembargador Leandro dos Santos. O terceiro voto possível é o do juiz Aluízio Bezerra, que pediu vista.

Os magistrados que proferiram voto até agora entenderam que a instituição religiosa deve ser multada em R$ 300 mil. Apesar da maioria formada, a sentença só poderá ser proferida após o voto de Bezerra. “Reconheço a importância da Igreja Católica e lamento que ações impensadas por parte de um líder espiritual e religioso que tem a missão de agir com coerência e fidelidade à palavra de Deus, sejam ações reprováveis e atentadoras à dignidade humana. O Papa Francisco está sendo severo com relação a esse tipo de comportamento. O resultado parcial está respaldado na lei”, disse o procurador Herbert Targino, autor do parecer seguido pelos magistrados durante o julgamento parcial do caso.

As acusações contra o padre vieram à tona em 2013, quando o religioso chegou a pedir afastamento das funções. Ele faleceu dois anos depois. O procurador fundamentou o seu parecer levando em conta que os supostos atos sexuais foram praticados por padre que pertencia a Igreja Católica. Mesmo com o padre já falecido, a Arquidiocese da Paraíba permanece no polo passivo. Em entrevista recente ao blog, Herbert Targino lembrou que o padre é uma autoridade da Igreja. Ocupa um cargo de confiança e é recebido pelas pessoas como um pastor, a quem se deve respeitar. “Neste caso, em específico, a indenização tem que ter caráter pedagógico”, explica. Na primeira instância, a ação por danos morais coletivos tramitou com um pedido de indenização que atingia a casa dos milhões de reais.

Outra condenação

Uma reportagem exclusiva do Fantástico, da TV Globo, revelou que a Arquidiocese de Paraíba foi condenada pela Justiça do Trabalho ao pagamento de uma indenização de R$ 12 milhões por exploração sexual de menores de idade. Conforme a denúncia do procurador Eduardo Varandas, um grupo de sacerdotes pagava por sexo a flanelinhas e coroinhas na Paraíba. A condenação foi proferida no ano passado.

As denúncias de pedofilia e exploração sexual envolvendo integrantes da Igreja Católica na Paraíba, inclusive o arcebispo emérito da Paraíba Dom Aldo Pagotto, tiveram início em 2015, através de reportagem exclusiva do JORNAL DA PARAÍBA.A partir dela, o Ministério Público do Trabalho iniciou uma investigação de exploração sexual na Igreja Católica da Paraíba. Dom Aldo, entretanto, já vinha sendo investigado, desde 2012 pelo Ministério Público do Ceará, por fatos similares ocorridos em 2004, no período em que atuou no estado. Desde então ele passou a colecionar denúncias investigadas pelo Vaticano.

 

Fonte: Jornal da Paraíba