Categoria POLICIAL

Integração: Policiais do 6º BPM e agentes da Polícia Civil apreendem arma de fogo e menor em Cajazeiras

Por volta das 10 horas, da manhã de hoje, quinta-feira (21), policiais do Núcleo de Inteligência do 6° BPM juntamente com uma equipe da Polícia Civil, efetuaram a apreensão de um revólver calibre 38, que estava em poder de um adolescente de apenas 17 anos de idade, o qual também foi apreendido.

O fato aconteceu no Bairro da Esperança, durante uma operação conjunta das polícias, para dar cumprimento a um Mandado de Busca e Apreensão expedido pela Comarca local.

Após a apreensão, o menor que é suspeito de vários roubos na cidade e região, foi conduzido para Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, para os procedimentos legais juntamente com a arma apreendida.

 

Assessoria – 6º BPM

Redação – fmrural.com.br

Túmulo de sargento morto no Centro de Ensino da PM foi violado em cemitério na Paraíba

O sargento foi assassinado na madrugada do dia (15) de março de 2018, dentro do alojamento do Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba, no Bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Durante uma visita ao túmulo onde foi enterrado o corpo do sargento J. Lúcio, da Polícia Militar (PM), a família descobriu que o local foi violado por desconhecidos. A constatação aconteceu na tarde desta quarta-feira (20). Em entrevista à imprensa, a esposa do militar disse estar consternada com a situação.

Minha filha de três anos acompanhou a situação, ficou agitada na hora que viu. Eu desconfio que alguém veio diretamente no túmulo dele porque se fosse pra roubar, existem outros túmulos mais chamativos. O dele é simples, não tem nada”, afirmou.

Ainda segundo os familiares, a direção do cemitério disse que “não há indícios ou informações de quem teria violado o túmulo”.

O caso – O sargento foi assassinado na madrugada do dia 15 de março de 2018, dentro do alojamento do Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

O sargento J. Lúcio, do município de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, foi morto com um tiro, de acordo com o diretor do Centro de Educação. Outro militar foi acusado de realizar os disparos cuja motivação foi alvo de investigações da Polícia Civil.

 

Aguinaldo Mota

6º BPM intensifica abordagens na Zona Rural de Cajazeiras e região

Com objetivo de melhorar e ampliar a segurança do homem do campo, o 6º BPM vem intensificando as rondas e abordagens nas comunidades rurais através da Patrulha Rural e do apoio das guarnições da ROTAM e do supervisor.

As abordagens vêm obedecendo a um cronograma desenvolvido pela seção de Planejamento da Unidade e por solicitações das lideranças comunitárias – com objetivo de atender as demandas nas principais comunidades rurais.

Além das rondas e abordagens a Patrulha Rural também vem sendo empregada no policiamento das festas e eventos realizados na zona rural.

Assessoria – 6º BPM

Deputado Jeová Campos vai pedir ao comando da Polícia Militar que reforce segurança em Mari e municípios daquela região

No primeiro final de semana deste mês foi registrado o assassinato de dois jovens em Mari, a agência do Banco do Brasil da cidade foi explodida no mês passado e a dos Correios arrombada recentemente e para fechar esse clima de violência no município, no último final de semana assaltaram e atiraram no ex-prefeito, Manoel Monteiro. Essas situações chegaram ao deputado estadual Jeová Campos nesta segunda-feira (18), com pedidos para que o parlamentar intercedesse junto ao Comando Militar e ele imediatamente orientou sua assessoria a redigir um ofício ao comandante da Polícia Militar, coronel Euler Chaves, solicitando reforço na segurança em Mari e municípios das redondezas.

“A violência que antes era restrita aos grandes centros urbanos, se disseminou para o interior e isso não é uma realidade apenas na Paraíba, mas, em todo o país, contudo a situação de Mari merece uma atenção especial em função do número de assaltos e ocorrências que tem crescido, por isso, vou encaminhar ofício neste sentido solicitando um reforço da segurança naquela localidade”, destacou o parlamentar.

Ainda de acordo com o parlamentar, ele vai reforçar também através de ofício, uma solicitação feita mês passado, a Superintendência do Banco do Brasil que é a reabertura da agência do BB naquela localidade. “A ausência do BB na cidade está causando inúmeros transtornos para os cidadãos que precisam ir para outras localidades resolver suas pendências e para o comércio, de forma que estamos cobrando uma solução para essa questão”, finaliza o deputado.

 

Assessoria

Operação São João: policiais do 6º BPM de Cajazeiras apreendem arma de fogo em Uiraúna

Foi por volta de 01 hora e 30 minutos deste domingo (17), durante ações da “Operação São João”, uma guarnição de rádio patrulha da cidade de Uiraúna realizava abordagens de rotina, quando a referida guarnição apreendeu um revólver calibre 38, após uma busca veicular num Chevrolet Celta, na PB-391, saída da cidade para Sousa.

A arma estava em poder de Francisco Gerismarcos Barbosa Evangelista (foto), de 35 anos de idade, que já responde por efetuar disparos de arma de fogo em via publica, fato acontecido recentemente (19/05/18).

Após receber voz de prisão, o acusado foi conduzido para Delegacia de Policia Civil de Uiraúna, para tomada das providencias legais juntamente com arma de fogo apreendida.

 

Redação – fmrural.com.br

Com informações do 6º BPM

Atlas da Violência: 123 dos municípios brasileiros concentram metade dos homicídios do país

Metade das mortes violentas no Brasil ocorre em 2,2% dos municípios

Atlas da Violência 2018, produzido pelo Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mapeou as mortes violentas em municípios com mais de 100 mil habitantes

Um mapeamento das mortes violentas no Brasil constatou que 50% delas ocorreram em apenas 123 municípios, o equivalente a 2,2% do total de municípios brasileiros. É o que mostra a pesquisa Atlas da Violência 2018 – Políticas Públicas e Retratos dos Municípios Brasileiros, lançada nesta sexta-feira, 15, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O estudo traz a relação dos municípios mais e menos violentos do Brasil. Foram analisados 309 municípios, ou seja, todos aqueles que tinham mais de 100 mil habitantes em 2016. Os três mais pacíficos, segundo o Atlas da Violência 2018, são: Brusque (SC), Atibaia (SP) e Jaraguá do Sul (SC). Os três mais violentos são: Queimados (RJ), Eunápolis (BA) e Simões Filho (BA).

Enquanto os três mais pacíficos apresentam taxas de morte violenta de 4,8 a 5,4 a cada 100 mil habitantes, os três mais violentos têm taxas de 107,7 a 134,9. A pesquisa considera mortes violentas a soma de agressões, intervenções legais e mortes violentas com causa indeterminada, tomando como referência o município de residência da vítima. Os dados analisados são de 2016, último ano disponível no Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde.

Dos 123 municípios onde se concentram metade das mortes violentas no Brasil, 33 estão localizados no Rio de Janeiro ou na Bahia. Quando se analisam somente as capitais, o Atlas revela que as três com maiores taxas de morte violenta são Belém (PA), Aracaju (SE) e Natal (RN). Entre as três com menores taxas estão São Paulo (SP), Florianópolis (SC) e Vitória (ES).

O estudo conclui, ainda, que há uma correlação entre as condições educacionais, de oportunidades laborais e de vulnerabilidade econômica e a prevalência de mortes violentas. Para isso, analisou indicadores de educação infanto-juvenil, pobreza, gravidez na adolescência, habitação, mercado de trabalho e vulnerabilidade juvenil. Os municípios com menor acesso à educação, com maior população em situação de pobreza e maiores taxas de desocupação apresentam maiores taxas de mortalidade violenta.

De forma coerente com o que foi apresentado na edição do Atlas da Violência 2018 apresentada em 5 de junho, observou-se maior prevalência de violência letal em municípios localizados nas regiões Norte e Nordeste do país. Além disso, nos municípios com as piores taxas, metade das mortes violentas aconteceu em no máximo 10% dos bairros.

O estudo discute o papel da prevenção social dentro de uma abordagem de políticas efetivas de segurança pública e expõe elementos fundamentais geralmente presentes nas experiências nacionais e internacionais que tiveram êxito em reduzir crimes violentos.

Nesse contexto, a pesquisa chama a atenção para alguns pontos, como o comprometimento do político principal (seja presidente, governador ou prefeito) com a vida das pessoas; a organização da gestão da segurança pública com base no método científico e nas evidências empíricas; a mobilização e articulação de todas as forças e atores sociais na busca pela paz; o controle e a retirada das armas de fogo e de munições de circulação; a disseminação de espaços de mediação de conflitos; a mudança do modelo de polícia, de uma abordagem meramente reativa, para um modelo de repressão qualificada; bem como a estruturação de uma política de prevenção social, focalizada nos territórios mais conflagrados e nas crianças e jovens.

 

Fonte: IPEA

Polícia Militar apreende mais de seis quilos de drogas em Patos, no Sertão paraibano

Em uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar apreendeu mais de seis quilos de entorpecentes e prendeu uma mulher suspeita de tráfico, que estava com maconha e crack, além de dinheiro. A ação aconteceu na cidade de Patos, no Sertão do Estado, na última quinta-feira (14).

Por volta das 16h, policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), orientados pela Coordenadoria de Inteligência da PM (COInt), foram informados que um carregamento de drogas havia chegado em Patos e que estaria sendo comercializado por uma mulher, no bairro São Sebastião, na comunidade Beiral. Durante as diligências, a PM localizou a suspeita, e na casa dela os policiais encontraram certa quantidade de substância análoga à maconha e crack, além de dinheiro.

Também foram encontradas maconha e crack em um prédio próximo a casa, e que servia para esconderijo desses materiais ilícitos. Ao todo, foram 4,6 quilos de maconha e 1,6 kg de crack apreendido. A ação policial resultou ainda na apreensão de balança de precisão, materiais para embalar as drogas e celulares. A suspeita, que tem 31 anos, e todo o material apreendido foi encaminhado para sede da Polícia Federal, em Patos.

 

Redação – fmrural.com.br

Com PbAgora – PMPB

Justiça decreta prisão de vereador por prática de abuso sexual contra adolescente

O vereador de Barcarena Lauro Custódio Campos da Cunha Júnior teve a prisão preventiva decretada pela Justiça da Comarca, por prática de crime de abuso sexual contra uma adolescente.

O vereador de Barcarena Lauro Custódio Campos da Cunha Júnior teve a prisão preventiva decretada pela Justiça da Comarca, por prática de crime de abuso sexual contra uma adolescente. O juiz da Vara Criminal de Barcarena, Iran Sampaio, acolheu denúncia do Ministério Público do Pará, que apresentou inquérito da Polícia Civil investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente.
O parlamentar encontra-se foragido da Justiça. De acordo com o processo, o magistrado entendeu que, em liberdade, o parlamentar encontrará estímulos para a prática de condutas da mesma natureza, tendo em vista que se utilizou de sua condição de vereador, atraindo a vítima mediante promessa de entrega de material escolar.
A prisão preventiva de Lauro Cunha Júnior foi decretada no dia 8 de junho, resguardando a ordem pública e a instrução criminal. Com base no processo, o advogado de defesa do vereador apresentou resposta à acusação, mesmo antes de ser expedida a citação para o acusado.
Com informações do Tribunal de Justiça do Pará
Reportagem: Thamyres Nicolau

Convite para passagem de Comando da 5ª CPTRAN/BPTRAN/PM-PB em Cajazeiras

Convite para passagem de Comando da 5ª CPTRAN/BPTRAN/PM-PB

Assessoria

Polícia Militar de Cajazeiras apreende drogas na tarde desta terça-feira (12)

Policiais militares do 6º BPM apreenderam certa quantidade de drogas na tarde desta terça-feira (12) por volta das 17 horas, após uma guarnição que fazia o patrulhamento de rotina na cidade de Cajazeiras, quando em dado momento os militares receberam informações do funcionamento de uma “Boca de Fumo”, localizada na Travessa Vicente Lins de Oliveira, no Bairro Cristo Redentor.

Imediatamente os militares foram averiguar a denuncia e ao se aproximarem do local foram percebidos por um individuo que saiu em desabalada carreira pelos fundos da residência, instante em que foi seguido e alcançado pelos policiais.

Em seguida os militares vasculharam o local e encontraram uma sacola, contendo: 125 gramas de uma substância semelhante maconha; 15 gramas (em duas pedras) com características de Crack; e já pronto para o consumo 18 porções semelhante à maconha e 22 porções similar a Crack, além de uma balança de precisão e material para embalagem.

No local, ainda foi detido outro individuo, sendo os acusados identificados como sendo: Claudiano Bernardino da Silva, de 24 anos, e Francisco Leandro Oliveira da Silva, de 23 anos de idade, os quais receberam voz de prisão e foram conduzidos para Delegacia de Policia Civil de Cajazeiras, para as providências legais juntamente com o material ilícito apreendido.

 

Com informações do 6º BPM

Redação – fmrural.com.br