Categoria NOTÍCIAS

Prefeitura de Serra Grande lança edital para Concurso Público com 42 vagas disponíveis

As inscrições estarão abertas até o dia 7 de junho de 2018, pelo endereço eletrônico www.conpass.com.br​. As taxas variam de R$ 50,00 a R$ 70,00.​

A Prefeitura de Serra Grande, no Estado da Paraíba, lançou o edital de Concurso Público para todos os níveis de escolaridade. As jornadas vão 30h a 40h semanais, os contratados receberão salários de R$ 954,00 a R$ 2.000,00. As inscrições estarão abertas até o dia 7 de junho de 2018, pelo endereço eletrônico www.conpass.com.br. As taxas variam de R$ 50,00 a R$ 70,00.

Ao todo, são 42 vagas disponíveis nos cargos de Farmacêutico (1); Enfermeiro (3); Engenheiro Civil (1); Psicopedagogo (1); Orientador Pedagógico (1); Professor Séries Iniciais (3); Professor de Matemática (1); Professor de Educação Especial (1); Agente Administrativo (2); Digitador (1); Inspetor de alunos (1); Cuidador de creche (4); Técnico Agropecuário (1); Técnico em Higiene Bucal (1); Técnico em Enfermagem (2); Técnico em Farmácia (1); Técnico Laboratorial (1); Motorista CNH “D” (4); Operador de Máquina Pesada (1); Auxiliar de Serviços Gerais (7); Auxiliar de Pedreiro (1); Vigilante (1) e Merendeira (2). Deste total, há oportunidades para pessoas que se enquadram nos itens do edital.

O certame, válido por dois anos, será realizado por meio de Prova Escrita, com aplicação prevista pra o dia 8 de julho de 2018. Além disso, os candidatos aos cargos de ensino superior serão avaliados por meio de Avaliação de Títulos.

 

Assessoria

Caminhoneiros protestam em 17 estados contra aumentos da Petrobras

Temer se reúne na noite desta segunda (21) com ministros para discutir preço dos combustíveis

O presidente Michel Temer vai se reunir nesta segunda-feira (21) com os ministros Moreira Franco, Esteves Colnago, Eduardo Guardia e Eliseu Padilha para discutir uma possível mudança na política do preço dos combustíveis. A reunião ocorre em um dia marcado pelos protestos feitos por caminhoneiros em diversas estradas do país por conta dos aumentos nos combustíveis.

As autoridades vão buscar alguma alternativa viável para controlar a situação, já que na última semana foram anunciados reajustes quase diários. Gasolina, diesel e o gás de cozinha sofreram altas.

A Petrobras anunciou nesta segunda reajustes de 0,97% no diesel e 0,9% no preço da gasolina nas refinarias. Os aumentos começam a valer a partir a partir desta terça-feira (22).

Como reação, caminhoneiros de todo o país protestaram nas estradas. De acordo com o José da Fonseca Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros, os protestos ocorreram em pelo menos 17 estados, causando complicações no trânsito.

Para ele, o atual preço do diesel deixa a situação insustentável para o caminhoneiro. Por isso, José da Fonseca Lopes disse que a associação já entrou em contato com o Governo Federal para tentar achar uma saída, mas sem sucesso.

Agora, João conta que tem expectativas que reunião de Temer resulte em alguma mudança efetiva em prol dos caminhoneiros.

“Nós não podemos, enquanto transportadores de carga, pagar essa conta. Agora estamos na expectativa para encontrar um caminho para resolver isso. Mas não que nem foi feito das outras vezes. Agora tem que resolver e dar uma solução na hora.”

O presidente da associação ainda destacou que enviou uma nota para que os protestos ocorressem de forma pacífica em todo o país, mas que a situação começou a fugir do controle após anúncios de novos aumentos feitos pela Petrobras.

Reportagem, Raphael Costa

JFPB determina que União cumpra teto remuneratório no salário do senador Cássio Cunha Lima

A juíza federal Wanessa Figueiredo dos Santos Lima, da 2ª Vara da Justiça Federal na Paraíba, concedeu liminar, nesta segunda-feira (21), determinando que a União cumpra o teto remuneratório constitucional quanto ao pagamento do subsídio do senador Cássio Cunha Lima. Para isso, o Senado Federal deverá adicionar à pensão especial de ex-governador da Paraíba (no valor atual de R$ 23.500,82), recebida através do tesouro estadual, somente a diferença para alcançar o teto máximo, hoje de R$ 33.763,00.

A Justiça Federal acolheu o pedido de tutela antecipada na Ação Civil Pública n.º 0804256-24.2014.4.05.8200, de autoria do Ministério Público Federal, tendo em vista que a norma constitucional que estabelece o teto de remuneração dos agentes públicos estava sendo continuamente violada com a persistência do dano ao erário.

Para a juíza federal, a Constituição Federal “é bastante abrangente, incluindo todo e qualquer valor remuneratório percebido dos cofres públicos, ainda que se trate de benefícios recebidos de fontes diversas, como a Fazenda estadual e a federal”.

Assim, reconhecendo o extrapolamento do teto constitucional, a magistrada determinou que fosse adicionado à pensão de ex-governador recebida do tesouro estadual o subsídio recebido pelo cargo eletivo de senador da República, até alcançar o teto máximo de R$ 33.763,00.

Como não podemos alterar o valor da pensão (verba estadual), diminuímos o valor a ser recebido por meio do subsídio (verba federal)”, declarou a juíza federal.

 

Assessoria de Comunicação 
Justiça Federal na Paraíba – JFPB

Brasil não reconhece reeleição de Maduro; oposição venezuelana fala em fraude eleitoral

O chefe de Estado venezuelano foi declarado vencedor das eleições presidenciais do último domingo (20) pela autoridade eleitoral, com quase 70% dos votos, depois de contabilizados todas as urnas.

Nicolás Maduro obteve 67,7% dos votos, contra os 21,2% do principal adversário, Henri Falcon, anunciou a presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela, Tibisay Lucena, que afirmou se tratar de uma “tendência irreversível”.

Segundo o G1, o Grupo de Lima, formado por 14 países das Américas, incluindo o Brasil, declarou nesta segunda-feira (21) que não reconhece a legitimidade das eleições presidenciais na Venezuela, e que os países irão convocar seus embaixadores em Caracas para expressar protesto. Outros países condenaram a reeleição de Maduro, enquanto Rússia e Bolívia apoiaram.

De acordo com o CNE, Maduro foi reeleito com 5.823.728 votos, tendo sido registrados um total de 8.603.936 votos válidos, que correspondem a uma participação de 46% dos 20.527.571 eleitores.

Apesar de reeleito, Maduro perdeu 1.763.851 votos, em relação a 2013, ano em que foi eleito sucessor do antigo presidente Hugo Chávez (que presidiu o país entre 1999 e 2013) com 7.587.579.

Henri Falcon obteve 1.820.552 votos. O pastor evangélico Javier Bertucci 925.042 e o engenheiro Reinaldo Quijada 34.6714 votos, indicou o CNE.

Pouco antes do anúncio, Falcon tinha declarado que não irá reconhecer os resultados e exigiu a repetição das eleições em outubro próximo. “Não reconhecemos esse processo eleitoral como válido”, afirmou.

Segundo a BBC, o candidato opositor acusa o governo de influenciar a votação através do Carnet de la Patria, o documento que permite aos venezuelanos recolher benefícios estatais e utilizar os serviços públicos.

Foram instaladas 34.143 mesas eleitorais em 14 mil centros de votação da Venezuela.

Funcionários do governo escanearam os cartões perto dos pontos de votação e Maduro prometeu que quem votasse nele neste domingo teria direito a um benefício extra, escreve a emissora britânica.

Desta forma, a oposição acusa o governo de compra de votos. O país tem vivido uma das piores crises da sua história, com escassez de produtos e hiperinflação, com os venezuelanos dependendo fortemente da assistência governamental. Em algumas partes do país, 70% das crianças estão desnutridas.

300 mil soldados das Forças Armadas Venezuelanas têm a missão de garantir a segurança do material eleitoral e dos centros de votação, ao abrigo da operação Plano República, na qual participa também o Ministério Público da Venezuela.

“O povo da Venezuela se pronunciou e pedimos a todos, nacionais e internacionais, que respeitem os resultados eleitorais e o povo da Venezuela, que decidiu e decidiu em paz”, disse Tibisay Lucena.

As eleições presidenciais antecipadas decorreram “como sempre foi a tradição do povo da Venezuela, com grande tranquilidade e civismo”, acrescentou.

Com muitos candidatos impossibilitados de concorrer ou presos, a oposição diz que o atual processo não tem legitimidade e que há indícios para desconfiar de fraude eleitoral. Diversos países, como os EUA e a Argentina, já disseram que não vão reconhecer o resultado destas eleições.

G1

Policiais militares de São João do Rio do Peixe recuperam motocicleta roubada e prende suspeitos

Na desta segunda-feira (21), por volta das 07h30min, guarnições de radiopatrulha da cidade de São João do Rio do Peixe faziam abordagens na entrada da cidade próximas a Igreja Matriz, quando quatro indivíduos em duas motocicletas perceberam a presença das guarnições e tentaram evitar a abordagem desviando a barreira policial de maneira brusca, o que levantou suspeita daquela atitude.

Os militares resolveram abordá-los, iniciando uma perseguição que terminou na PB 393, nas proximidades da Cerâmica Rolim, quando uma dupla perdeu o controle da moto Yamaha Factor, 125 cc, de cor roxa, que no momento estava sem placa, tombando ao solo, enquanto que a outra dupla continuou a fuga, não sendo alcançada pela guarnição.

Em seguida os suspeitos caídos foram abordados, assim como foi feita uma averiguação nas condições da motocicleta, ficando constatado que a mesma tinha sido roubada na ultima quinta feira (17/07) na cidade de Cajazeiras nas proximidades da AABB, e que sua placa original era OEX – 8920.

A dupla foi identificada como sendo: Diego Maciel da Silva Sousa, que é albergado e tem 27 anos, e Isaías Barreto Soares, de 19 anos de idade, os quais após receberem voz de prisão foram conduzidos para Delegacia de Policia Civil de Cajazeiras para as providências legais juntamente com a motocicleta apreendida.

Seção de Comunicação do 6º BPM

Nota de Pesar e Aviso: aluno de três anos morre com suspeitas de infecção

Nota de Pesar: faleceu na tarde de ontem, domingo (20), o aluno Arthur Torres da turma da professora Jéssica. Por esta razão não haverá nesta segunda-feira (21).

Att. Irmã Regina – Colégio Nossa Senhora de Lourdes

PT de Cajazeiras: imprensa especula expulsão do vice-prefeito e exoneração de secretário de meio ambiente

Por ter ido receber no aeroporto o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na última sexta-feira (18), o vice-prefeito de Cajazeiras, Marcos Antônio Gomes da Silva, o “Marcos do Riacho do Meio” pode está a um passo de ser expulso da agremiação petista local.

Considerado golpista pelo Partido dos Trabalhadores e seus seguidores, Cássio que tenta sua reeleição ao Senado e tem apoio do prefeito José Aldemir (PP), tem trânsito livre no Sertão e admiração de alguns, portanto, não do (PT). Por esta razão e outras que os petistas mais radicais cultuam, o vice-prefeito é pauta para a próxima reunião que está marcada para os próximos dias na Terra do Padre Rolim. É aguardar.

Ainda sobre os quadro do (PT), a próxima vítima pode ser o atual Secretário Executivo de Meio Ambiente – José Maria Gurgel, que de maneira ingênua comentou e compartilhou uma charge fazendo referência à morte do ex-deputado federal Rômulo Gouveia (PSD). Caso venha se concretizar a exoneração de Zé Maria, o prefeito garante a vaga para outro petista.

É inconcebível esse tipo de comentário em rede social, Rômulo era meu amigo pessoal não tem perdão”, havia dito o gestor para um auxiliar.

Outro membro petista que não está correspondendo aos anseios do partido é a professora Laurecy Penaforte. Segundo informações chegadas a nossa redação, a professora, que ocupa a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres tem se comportado de maneira silenciosa, irritando os correligionários mais ativos.

Redação

Relator da ONU emite manifesto em defesa da mídia e por fim de ataques a jornalistas

Relator especial da ONU para a liberdade de expressão, David Kaye se uniu a ativistas para divulgar documento conjunto em que alerta para “crescentes ameaças à independência e à diversidade da mídia no mundo todo”.  Intitulado “Declaração Conjunta sobre Independência da Mídia e Diversidade na Era Digital”, o manifesto foi emitido na quinta-feira, 3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

“Uma mídia livre e independente impulsiona instituições democráticas e a prestação de contas, enquanto ataques contra jornalistas e o jornalismo minam a ideia de participação pública e de responsabilização governamental.

Os ataques a jornalistas são deploráveis e as autoridades estatais precisam fazer mais para evitá-los. Esses ataques resultam, em parte, do enquadramento cada vez mais irresponsável de jornalistas como ‘inimigos’ por líderes políticos e empresariais, mas também visam impedir o jornalismo investigativo em prol do interesse público. Todos aqueles comprometidos com uma mídia independente e diversificada devem se unir agora para acabar com tais ataques.

Além dos ataques físicos, aqueles que atuam em nome do Estado ameaçam o jornalismo em frentes políticas, legais e tecnológicas. Eles abusam de recursos públicos colocando anúncios apenas em canais amigáveis, promovem o controle financeiro e de outros tipos e promovem ou permitem concentrações de mídia”, diz trecho do documento.

Além de Kaye, assinaram membros da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa, da Comissão Interamericana de Direitos Humanos e da Comissão Africana dos Direitos Humanos e dos Povos.

Fonte: Da redação, com Portal Imprensa

Foto: NACHO DOCE / REUTERS

ESPORTE: Paratleta do Unipê é sinônimo de superação

O Unipê levou mais um ouro nos Jogos Paralímpicos Universitários 2018. O estudante do P1 de Educação Física do Centro Universitário de João Pessoa Paulo Nogueira, sinônimo de superação, chegou ao primeiro lugar do pódio na modalidade Bocha Adaptada. Atualmente, Nogueira, que também é atleta da Seleção Brasileira de Bocha Adaptada, é o bicampeão da categoria nos jogos Paralímpicos Universitários.

O resultado classificou o estudante para o Parapan Universitário, competição da qual ele vai participar caso a modalidade seja incluída. O Parapan Universitário vai ocorrer no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, entre os dias 19 e 29 de julho deste ano.

Três medalhas em menos de um mês

Subir ao pódio não é uma novidade para Paulo. Em menos de 30 dias ele conquistou dois ouros e uma prata. “Conquistei o bicampeonato nos Paralímpicos Universitários; conquistei o ouro na Tríplice Aliança, que é um campeonato regional; e ainda levei o vice-campeonato na cidade de Montréal, no Canadá”, comemorou o aluno-atleta.

A paralimpíada universitária foi a última medalha do atleta, que revelou que a sua preparação para o campeonato internacional de Montréal foi um diferencial para que ele subisse ao pódio representando o Unipê. “Eu já venho de uma competição internacional. Três anos consecutivos eu já compito em nível nacional e, neste ano, consegui me destacar em nível mundial. Fui selecionado para a equipe brasileira e conquistei um mundial no Canadá. Essa conquista do Universitário foi uma importante oportunidade que o Unipê me deu”, disse.

“Estou cotado para ir para o mundial em Liverpool com a seleção brasileira, para o Parapan, se tiver a categoria Bocha, e ainda para Tóquio em 2020. Espero levar o nome do Unipê comigo por onde quer que eu vá”, declarou, orgulhoso, o atleta Unipê.

Trajetória na Bocha

“Tenho seis anos de Bocha. Comecei em 2012, pela Funad. Eu nunca pensei em fazer até que um técnico acreditou em mim e hoje sou tricampeão regional e, agora, alcançando espaço em nível nacional”, revelou Paulo.

O atleta, por muito tempo, nem pensava em entrar para o mundo do esporte. Paulo tem paralisia cerebral, o que limita os seus movimentos, mas não sua capacidade de sonhar. “Sabe aquelas coisas de Deus? Ele coloca alguma coisa na sua vida para colocar rumo à sua vida. Assim foi com a Bocha. Me supero a cada dia e espero continuar conquistando meu espaço devagar, para levar o nome do Nordeste e, agora, o nome do Unipê”, comentou.

Paulo e o Unipê

O sonho encontrou um propósito. Apaixonado por futebol desde a infância, Paulo descobriu seu amor pela Bocha e, em consequência, pela Educação Física. E foi no Unipê que ele encontrou a possibilidade de adquirir e, quem sabe, repassar conhecimentos.

“Escolhi porque eu sou apaixonado pelo Esporte e quando eu descobri que a Educação Física no Unipê tinha cadeira adaptada eu descobri que poderia trabalhar na minha área. Assim eu me interessei mais ainda. Daqui a um tempo, quando pensar em me aposentar, eu quero me aposentar formado, ter outras carreiras para continuar ativo”, disse.

O aluno-atleta complementou destacando o apoio do Unipê para as suas conquistas. “Nunca achei que fosse encontrar o apoio que o Unipê está me dando como atleta. É um orgulho e uma responsabilidade carregar o nome de uma Instituição tão grande no Nordeste e no país. Tenho consciência dessa responsabilidade. Isso me dá ainda mais gás para treinar e querer fazer bonito para essa Instituição, que está acreditando em mim”, finalizou.

Sobre a Bocha

A competição consiste em lançar as bolas coloridas o mais perto possível de uma branca (jack ou bolim). Os atletas ficam sentados em cadeiras de rodas e limitados a um espaço demarcado para fazer os arremessos. É permitido usar as mãos, os pés e instrumentos de auxílio, e contar com ajudantes (calheiros), no caso dos atletas com maior comprometimento dos membros. No Brasil, a modalidade é administrada pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE).

Fonte: Da redação, com Luis Thales

ECONOMIA: Dia de Sorte sai para bolão de Paranaguá (PR)

O prêmio principal de R$ 957 mil do primeiro concurso do Dia de Sorte, sorteado neste sábado (19) em Goiânia (GO) saiu para uma única aposta, um bolão de oito cotas registrado em Paranaguá (PR).

A aposta vencedora acertou os números 03-05-08-09-19-21-30. Na segunda faixa de premiação, com seis acertos, 206 apostas vão receber R$ R$ 1.992,96. O Dia de Sorte ainda vai pagar R$ 20 para as 7.250 apostas que acertaram cinco números e R$ 4 para as 94.747 apostas com quatro acertos. O mês da sorte sorteado foi fevereiro. As 276.204 apostas que acertaram o mês da sorte levarão R$ 2.

Esse foi o concurso 001 da nova modalidade lançada pelas Loterias CAIXA. Foram registrados mais de 1,28 milhão de bilhetes desde o início das apostas, no dia 14 de maio, totalizando mais de R$ 6,9 milhões em arrecadação. A partir dessa semana, os sorteios regulares são realizados sempre às terças, quintas e sábados.

Como proteger seu prêmio:
Ganhadores das Loterias Federais podem comparecer a qualquer lotérica do país para sacar prêmios de até R$ 1.903,98. Para resgate acima deste valor, o ganhador deverá comparecer a uma agência da CAIXA, durante o horário de atendimento bancário, e apresentar o bilhete premiado, identidade e CPF.

É importante que o ganhador escreva seu nome completo e CPF no verso do bilhete da aposta. Dessa forma, ele garante que ninguém, além dele mesmo, retire o prêmio. Os ganhadores também precisam ficar atentos às datas. O prêmio de qualquer uma das Loterias Federais prescreve em 90 dias corridos, a contar da data do sorteio. Após esse prazo, o ganhador não pode mais resgatar, e o valor é repassado ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Da redação, com Assessoria de Imprensa da CAIXA