Categoria Música

porpjbarreto

Poderoso instrumento de censura criado na Era Vargas completa 79 anos

Objetivo do DIP era promover propaganda política de Vargas.

O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) foi criado na Era Vargas, em 1939, para promover a propaganda política do então presidente. Por seis anos, foi um poderoso instrumento de censura e deu origem ao Departamento Nacional de Informações (DNI), que depois virou Serviço Nacional de Informações (SNI). O SNI foi extinto e abriu caminho para a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE ) e para a atual Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

A Música do Dia é “O Bonde de São Januário“. Saiba por quê.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Pacientes do Hospital do Bem são surpreendidos com serenata e coral no dia de Natal

Equipe responsável pela ação.

Os pacientes e funcionários do Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), tiveram uma grata surpresa na última terça-feira (25). É que o cantor Alcântara junto com alguns funcionários do Hospital fizeram uma serenata para os pacientes oncológicos que fazem tratamento na unidade.

Segundo a coordenadora do setor de Enfermagem, Aretusa Delfino, que integrou a equipe que desenvolveu a ação, a iniciativa teve o objetivo de comemorar uma data tão importante, que simboliza o nascimento de Jesus e a importância do amor ao próximo. “O gesto foi simples, mas com um significado muito bonito que é o de levar alegria e esperança. Uma data tão importante dessas teria que ser comemorada de alguma forma e escolhemos essa maneira”, disse Aretusa, que realizou a ação junto com o médico Tiago e as funcionárias Glaucia, Vanda, Luzinete, Marquelandia, Sucesso e Hervyla que formaram um coral improvisado.

Assessoria

porpjbarreto

A Música do Dia: Feliz Natal com Bach, “Jesus, alegria dos homens”

A Música do Dia é “Jesus, alegria dos homens”

Sebastian Bach, cristão fervoroso, compôs a belíssima canção “Jesus, alegria dos homens”. A música é a cantata nº 147, que deu início à divulgação da obra do compositor alemão pelo mundo.

A Música do Dia é, claro, “Jesus, alegria dos homens“, de Sebastian Bach.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

A Música do Dia: Ave Maria de Bach na véspera de Natal

Existem duas Ave Marias bem conhecidas: a de Franz Schubert e a de Sebastian Bach. A de Sebastian Bach é a mais famosa e, também, a mais sentida, talvez porque a vida do compositor alemão tenha sido recheada de tragédias.

A Música do Dia é “Ave Maria“, de Johann Sebastian Bach.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência de Notícias Rádio Câmara
porpjbarreto

Aniversário de 77 anos de Benito di Paula

O pianista, cantor e compositor, que fez muito sucesso nos anos 70 e 80, mistura arranjos românticos e jazzísticos

Hoje é aniversário de Benito di Paula. O pianista, cantor e compositor, que mistura arranjos românticos e jazzísticos, fez muito sucesso nos anos 70 e 80. Chegou a apresentar na TV o programa Benito di Paula e seus convidados, na extinta TV Tupi. Ele tem mais de 35 discos gravados.

A Música do Dia é “Se Não For Amor“.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara de Notícias
porpjbarreto

Dia Nacional de Luta contra o Câncer de Mama

O câncer de mama é a forma mais comum da doença entre as mulheres. A Música do Dia é da cantora Fabiana Passoni, que tem uma história bastante interessante de recuperação.

O câncer de mama é a forma de câncer mais comum entre mulheres. Uma em cada dez mulheres tem, teve ou terá esse tipo de câncer. O câncer de mama vem crescendo significativamente desde os anos 70 e há suspeitas de que o mundo moderno tenha “culpa” nisso.

 

A Música do Dia é “Baiamor“, de Fabiana Passoni.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara de Notícias 
porpjbarreto

Dia Nacional da Consciência Negra

A Música do Dia é do Olodum e se chama “Zumbi Rei” em homenagem a morte de Zumbi dos Palmares

Zumbi nasceu em Palmares em 1655 e era sobrinho de Ganga Zumba, primeiro líder do quilombo, que foi derrubado por ter aceito uma proposta de paz do governador da capitania de Pernambuco.
Quinze anos depois de ter assumido o quilombo, o bandeirante Domingos Jorge Velho organizou a invasão do quilombo e o destruiu. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695, daí a data da Consciência Negra.
 
A Música do Dia é “Zumbi Rei“, de Germano Meneghel, do Olodum.
Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Rádio Câmara 
porpjbarreto

Samba da Minha Terra – 40 anos sem Candeia

Samba da Minha Terra mata a saudade de Antônio Candeia Filho, que nos deixou em 16 de novembro de 1978

Antônio Candeia Filho

Portelense, boêmio e, às vezes, mal-humorado, Candeia tem dezenas de composições de sucesso e ajudou a difundir as rodas de samba, o partido alto e o samba de raiz.

O programa também relembra fatos marcantes na vida dele, como o acidente que o deixou com paralisia nas pernas, a superação da depressão por meio do samba e a idolatria que Candeia desperta hoje na nova geração do samba.

 

 

Apresentação e Pesquisa – José Carlos Oliveira
Fonte: Agência Câmara Noticias 
porpjbarreto

Dia Internacional da Tolerância

Um dia dedicado a combater qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual ou religioso

Dia 16 de Novembro. Dia Internacional da Tolerância.

O Dia Internacional da Tolerância é uma data instituída pela ONU em reconhecimento à Declaração de Paris, assinada em 12 de novembro de 1995 por 185 países. A intenção da data é comemorar o bem estar e promover a tolerância, um dia dedicado a combater qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual ou religioso. O ano de 1995 foi o Ano das Nações Unidas para a Tolerância. A data também remete à Declaração Universal dos Direitos Humanos, que garante a liberdade de opinião e a amizade entre as nações.

A Música do Dia é “Intolerância“, de Lenine.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara Noticias
porpjbarreto

Dia Mundial do Diabetes – “Sem Açúcar”

A Música do Dia é “Sem Açúcar”, de Chico Buarque

Chico Buarque e Maria Bethânia – Ao Vivo no Canecão (1975). Obra de Paulinho da Viola.

Diabetes mellitus é o nome do diabetes, um grupo de doenças em que os níveis elevados de glicose são verificados no sangue por um longo período de tempo. O diabetes é resultado da produção insuficiente de insulina no pâncreas.

O diabetes tipo 1 é resultado dessa produção insuficiente e o tipo 2 é ligado à resistência inadequada do corpo à insulina. O diabetes tipo 1 é tratado com injeções, o tipo 2 com medicamentos. Um dos sintomas de diabetes é a vontade constante de fazer xixi, muita sede e fome. Quando o diabetes não é tratado pode provocar doenças no coração, acidente vascular cerebral, doenças nos rins e úlceras no pé.

A Música do Dia é “Sem Açúcar“, de Chico Buarque, com Chico Buarque e Maria Bethânia

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara Notícias