Categoria Entretenimento

porpjbarreto

Comprar um Cruze usado é bom negócio?

Quais as condições que fazem valer a pena ter um Chevrolet Cruze usado

O Chevrolet Cruze é um modelo estadunidense de produção argentina que surgiu na tentativa de fazer frente aos modelos japoneses oferecidos até então, porém mais equipado e mantendo no mesmo nível de preço. Dentre os maiores diferenciais que fomentaram o seu lançamento estavam a dinâmica do motor, transmissão, freios e suspensão. A intenção era desenvolver um carro extremamente robusto e imponente, capaz de surpreender pelo padrão de suas linhas e adequado à péssima qualidade do piso brasileiro. Um padrão de sedã médio que se apresenta como uma boa oportunidade para quem busca por carros seminovos, mesmo diante das inúmeras opções que o mercado tem a oferecer.

Criação e desenvolvimento

O Chevrolet Cruze é um modelo que surgiu como forma da GM retomar seu lugar frente a produção dos sedas médios tentando resgatar um público que só crescia o gosto por carros desta categoria. Bem verdade ou não, o fato é que a estratégia não refletiu nas intenções de venda do mercado brasileiro haja vista que as comoras si Cruze foram muito tímidas e não caiu no gosto dos consumidores como se esperava. Especialistas apontam que essa decadência revela-se no fato do consumidor interno ainda preferir os SUVs que são carros mais robustos, impactantes e chamam a atenção por onde passam, realidade também vivenciada por outros mercados pelo mundo. Além disso, vale destacar que o consumidor brasileiro ainda é muito conservador e inseguro a medida que prefere comprar um Corolla defasado a se arriscar com qualquer outro sedã médio atualizado. O alto preço cobrado pelas montadoras na venda de seus hatches médios, fazendo com que o Cruze tenha liderança entre os outros modelos da categoria mas que mesmo assim não tenha números expressivos no mercado aliado ao reposicionamento da marca Chevrolet que com o passar dos anos deixou de produzir carro mais superiores para investir em categorias mais populares que desenvolvem maior saída nas concessionárias.

Características

Para quem escolhe um carro pelas dimensões e o impacto que ele pode causar nas ruas,  vale destacar que o Chevrolet Cruze tem 4,66 metros de comprimento, 1,80 m de largura e a distância entre eixos alcança 2,70 metros. A capacidade do bagageiro é suficiente para levar 440 litros de carga correspondendo a finalidade de um modelo desta categoria. Assim, percebemos uma cabine espaçosa e bem-executada, com revestimento e acabamento de plástico e couro sintético que garante mais leveza e conforto aos passageiros O motorista pode esperar uma boa pegada ao volante e dirigibilidade que pode ser considerada um meio-termo entre os seus maiores concorrentes: a insensibilidade do Corolla e a esportividade do Civic. Isso se verifica numa direção firme e a suspensão equilibrada oferece bom compromisso com a segurança e estabilidade.

Dentre os equipamentos, o Cruze se pretendia como completo desde a versão básica LT que contava com rodas de liga aro 17, airbags frontais e laterais, controles de tração e estabilidade, ABS com EBD e BAS, Isofix, direção elétrica, ar digital, volante multifuncional, piloto automático, dentre outros. A segunda geração inovou com adaptações e novas tecnologias, capazes de deixar o Cruze mais dinâmico, conectado e atualizado as novas necessidades. Assim tornou acessível ao consumidor multimídia MyLink com Android Auto e Car Play, mecanismo Start&Stop, acabamento em couro, revestimentos em dois tons, carregador indutivo de smartphone, direção elétrica, dentre outros.

Compensa?

Dessa forma, consideramos que o Cruze é um modelo que, dentro das facilidades e tecnologias que oferece é carro injustiçado e desmerecido, pois tem mais qualidades do que os índices de venda apontam. É um automóvel que vale a pena ser adquirido mesmo que usado e, para tanto, faça a consulta da tabela Fipe.  Analisando de forma crítica diante das demais ofertas similares do mercado, a relação custo-benefício do Cruze existe, configurando-se numa aquisição que pode ser mais vantajosa que o Honda Civic e o Toyota Corolla, por exemplo, pelo seu poder de eficiência e competitividade. O Chevrolet  Cruze tem desvalorização média bem menor que de outros modelos, cerca de 5,9% ao ano, de acordo com as definições da tabela Fipe o que pode representar uma boa opção de compra para quem está em busca de carros seminovos com o intuito de economizar e tem boa saída para revenda posteriormente. Além disso, o modelo apresenta um bom índice de segurança devido a alguns recursos diferenciados, a exemplo do sistema de permanência em faixa e alerta de colisão frontal. Além de um design atual, o Cruze contempla algumas facilidades de manutenção como preço padrão para um modelo desta categoria além de quantidade de concessionárias e mecânicas especializadas neste tipo de serviço bem como as várias possibilidades de fabricantes de peças disponíveis.

Nosso artigo contribuiu para esclarecer algumas dúvidas e ajudar na sua tomada de decisão? Então não deixe de se seguir as nossas redes sociais e ficar por dentro de tudo que que é novidade sobre o assunto.

 

Créditos: Pixabay

porpjbarreto

Após gol e vitória sobre o líder do campeonato, Bryan comemora sequência positiva na Armênia

Bryan vive bom momento na Armênia. O lateral-esquerdo, que atua no Alashkert, vem de resultados importantes nesta semana. No domingo (20), vitória de virada sobre o Shirak Giumri, por 2 a 1, pelas oitavas de final da Copa da Armênia. Já na última quinta-feira (24), triunfo por 1 a 0 diante do FC Van, líder da liga nacional. Vale destacar que o brasileiro balançou as redes na partida da copa.

“Conseguimos vitórias importantes nos últimos jogos. Pela copa, vencemos a primeira partida das oitavas, de virada, e tive a felicidade de marcar um gol. Já na liga, superamos o líder e nos colocamos novamente na briga pelas primeira posições. Pude atuar nos dois jogos e fico feliz em colaborar para o sucesso do time”, contou o jogador, de 28 anos, que no Brasil atuou por clubes como América-MG, Ponte Preta, Cruzeiro, Vitória e CRB.

Após a vitória sobre o FC Van, o Alashkert subiu para a terceira posição do Campeonato Armênio, com sete pontos somados em quatro jogos — mesma pontuação do segundo e terceiro colocados, e a dois pontos do primeiro. Para Bryan, o próximo passo da equipe já está definido: assumir a ponta da tabela.

“O nosso time ganhou confiança após as últimas vitórias e queremos manter esta sequência positiva. Estamos a dois pontos do líder e o próximo passo é assumir a primeira posição. O campeonato ainda está no começo, mas é fundamental se colocar na ponta da tabela desde já. Vamos seguir trabalhando para alcançar este objetivo”, concluiu.

O Alashkert volta a campo na próxima terça-feira (29). Às 9h30 (horário de Brasília), a equipe recebe o Gandzasar, pela sexta rodada do Campeonato Armênio.

 

Fotos Anexadas: Divulgação/Alashkert

Douglas Albino
Assessor de Imprensa

porpjbarreto

O que você precisa saber sobre a versão híbrida do Corolla

O Corolla Altis Hybrid é a grande aposta da Toyota para popularizar o sistema híbrido no Brasil.

O sedã é o primeiro híbrido produzido no Brasil e o híbrido mais barato do mercado brasileiro, mas será que vale a pena adquirir essa versão híbrida do Corolla?

Design

Na parte exterior, o Corolla também teve várias mudanças, mesmo que a Toyota relate que o modelo mantém o mesmo design do seu antecessor. É percebível, uma geração bem diferente do que já vista anteriormente. Sua dianteira, chama a atenção devido a enorme entrada de ar central que preenche o para-choque, o que lhe deu mais esportividade. A grade dianteira adentra e conecta os faróis com frisos cromatizados, e o escudo possui um contorno na cor azul, assim como nos outros híbridos da Toyota. Outro ponto em que a nova geração remete a versão anterior são as laterais com balanços amplos e sua traseira é uma das partes mais sofisticadas do design, com ela, o novo Corolla chega mais perto do Camry. O destaque está na barra cromada que divide a tampa e une as lanternas traseiras,  com LED que também são utilizadas na versão Altis. Ao mesmo tempo que o Corolla se aprimorou, a Toyota decidiu preservar sua robustez. O freio de estacionamento continua sendo por meio de uma alavanca e não há saídas de ventilação e nem entradas USB extras para os assentos traseiros. Outro detalhe que não agradou muito, foram os apoios de cabeça integrados ao encosto no banco traseiro. Por outro lado, a Toyota reforçou a segurança com o que possui de mais moderno. As versões mais baratas continuam vindo de fábrica com controles eletrônicos de estabilidade e de tração, Isofix para assentos infantis, freio ABS com EBD e 7 airbags, incluindo o de joelhos para o motorista.

Nova plataforma

A nova geração do Corolla foi totalmente reestilizada e foi produzida sobre a plataforma modular GA-C, dentro do conceito Toyota, servindo também ao Camry, Prius e ao novíssimo RAV4. A Toyota investiu bilhões para produzir a versão híbrida na fábrica de São Paulo. Outra mudança foi feita no centro de gravidade, que baixou 1 cm com a redução de 3 cm em sua altura e com a modularidade da plataforma que permitiu elevar em 4 mm a altura sobre solo. Com o chassi mais resistente, a Toyota fez alguns ajustes, um deles foi no esquema da suspensão traseira independente. Em relação às medidas, a nova plataforma deixou a versão híbrida com as mesmas medidas do Corolla comum. Sendo 4,65 m de comprimento, 1,79 m de largura; 1,46 m de altura e manteve os mesmos 2,70 m de distância entre-eixos.  O bagageiro manteve os 470L da geração anterior. Já o tanque possui 50 L para as configurações a combustível e 43L para a híbrida.

Garantia

Se já não bastassem as milhares de novidades que a versão híbrida traz, a Toyota ainda anunciou que o conjunto híbrido possui garantia de 8 anos. São números que fortalecer a confiança no produto e devem auxiliar o novo Corolla a manter sua superioridade na categoria. Já as versões a combustível foram de 3 anos para 5.

A Toyota tem como intenção vender aproximadamente mil unidades do Corolla híbrido mensalmente.

Preços

A oferta de veículos híbridos no Brasil ainda é mínima. Visando que, atualmente existem vários carros importados e com valores altos no mercado. Esta é uma das vantagens com a chegada do Corolla híbrido, que custa R$ 126 mil e é o híbrido mais acessível do mercado nacional junto ao Toyota Prius sendo primeiro modelo híbrido produzido mundialmente e o segundo mais barato no Brasil saindo por R$ 129 mil. A partir desses modelos são vendidos híbridos acima de R$ 150 mil.

Motor

Chegou o momento de apresentar um ponto negativo, caso você opte pela configuração híbrida no seu Corolla. O Corolla híbrido possui três motores em seu cofre frontal, dois elétricos e um 1.8 flex aspirado termodinâmico. Obtendo 101 cvs de potência e 14,6 kgfm de torque, enquanto os elétricos produzem 73 cvs e 16,7 kgfm. No entanto, a Toyota não revelou potência e torque combinados. Sabe-se que o câmbio é CVT, mas não utiliza polias e correias. Já na versão convencional com motor 2.0, desenvolve 177 cvs de potência a etanol e 167 cvs a gasolina a 6.000 rpm, e torque máximo de 21,5 kgfm chegando a 4.400 rotações com os dois tipos de combustíveis.

Itens de série

Entre os itens de série, o Corolla híbrido possui seis airbags, câmera de ré, controle de cruzeiro adaptável, farol alto automático, assistente de permanência em faixa a qual faz leves ajustes ao volante, frenagem automática emergencial com alerta de colisão, controle de tração e estabilidade. O pacote opcional Premium custa R$ 6 mil, e inclui ar-condicionado automático com duas zonas, retrovisores externos eletrorretráteis, lanternas traseiras em LED, teto solar elétrico e limpador do para-brisas com sensor de chuva. Comparando-as com as versões Altis, a versão vem somente com combustão e inclui todos os itens do pacote Premium de série.

Consumo

A grande vantagem do Corolla está no consumo. Com o sistema híbrido em atividade, o resultado é surpreendente. Segundo a Toyota, o carro híbrido desempenha mais de 50% do tempo em modo elétrico em vias urbanas, sendo o suficiente para marcar 16,8 km/l à etanol. Desempenho superior comparado a qualquer um dos seus concorrentes diretos. Na estrada, o Corolla híbrido faz aproximadamente 12,8 km/l. Em relação ao consumo, a versão comum do Corolla marca aproximadamente 7,4 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada. A diferença é enorme, sabendo que a média de consumo da versão híbrida chega a 14,8 km/l e a do Corolla XEI é 10,0 km/l.

Mas será que vale adquirir a versão híbrida do Corolla?

Sim, principalmente se consumo de combustível é o que mais importa para você. O novo Corolla vem com design mais contemporâneo, bastante tecnológico, além de ser bastante econômico e possuir uma garantia de 8 anos. Os pontos negativos ficam no seu desempenho, sendo o pior do que a versão 2.0, e devido a ausência de itens de série, como teto solar e ar condicionado de duas zonas.

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre a versão híbrida do Corolla!

 

Fonte: Assessoria Toyota

 

porpjbarreto

Por que os maridos traem mulheres grávidas?

Não é muito incomum os parceiros traírem uns aos outros. No entanto, muito poucos de nós entendem como o cenário muda quando a mulher está grávida.

Esta é uma fase sensível. A esposa está passando por uma fase que pode ser difícil para algumas mulheres devido a alterações hormonais.

Nos casos de relacionamentos mais antigos, não é incomum a mulher descobrir que o seu marido se tornou book privado de uma ou mais meninas mais novas. Um verdadeiro golpe na autoestima delas.

A gravidez muitas vezes leva a mais brigas e discussões, mas em alguns casos também pode aproximar dois parceiros.

Mas, o fato é que os homens traem suas esposas, segundo relatos. De fato, de acordo com um estudo, cerca de 10% dos homens acabam traindo suas esposas grávidas.

De fato, a maioria dos especialistas acredita que mais homens provavelmente trairão quando a mulher está esperando. Mas é algo com que você deve se preocupar … sugerimos que não se preocupe durante a gravidez, pois isso pode causar problemas.

Neste artigo, falaremos sobre porque os maridos traem suas esposas grávidas e o que você pode fazer para controlar a situação. Vamos começar:

Falta de sexo

Os pais expectantes podem ser divididos em três tipos, dependendo de suas atitudes e personalidades.

Primeiro, vamos deixar claro que isso não afeta os instintos paternos.

O tipo Z tem uma inclinação natural para trair o parceiro, eles têm hormônios furiosos e testosterona, portanto, não conseguem lidar com as mudanças de humor do parceiro.

Além disso, alguns homens costumam trair. Está embutido no sistema deles e eles traem, não importa qual seja o cenário.

Tipo Y: O Tipo Y deseja sua esposa mais do que nunca, mesmo que ela não faça nenhum progresso que ele faça. Ele provavelmente não vai trair.

Homens do tipo Y têm grandes instintos paternais e têm maior probabilidade de responder ao choro de uma criança e afins.

Eles querem fazer sexo, mas se preocupam mais com a saúde do feto e, portanto, não querem se envolver em relações sexuais durante o terceiro trimestre.

Tipo X: esses homens geralmente têm menos apetite sexual durante a gravidez da esposa e provavelmente podem ser colocados em um grupo de homens com o menor risco de trair o parceiro.

Homens do tipo X têm um alto nível de prolactina ao invés de testosterona. Portanto, eles são menos sexualmente agressivos e combativos.

Em suma, isso depende de quanto você quer sexo e por quanto tempo você pode se abster dele. Isso é importante porque algumas mulheres podem não conseguir fazer sexo ou fazer sexo bom enquanto estão grávidas.

Você pode fazer sexo com uma esposa grávida?

Sim você pode.

Segundo a ciência, não há danos no sexo durante a gravidez. De fato, algumas pessoas acreditam que é bom fazer sexo durante a gravidez, pois isso pode ajudá-lo durante o parto.

Especialistas acreditam que atingir um orgasmo pode ajudar as mulheres a ter um parto normal e reduzir o risco de LSCS.

No entanto, você deve evitar tentar certas posições durante a gravidez, especialmente no terceiro trimestre. Além disso, também pode ser aconselhável ficar longe de brinquedos sexuais durante a gravidez.

No entanto, você não deve fazer sexo se o seu médico pedir para você se abster. Em algumas condições raras, o sexo e outras atividades físicas podem prejudicar o bebê.

É por isso que é importante visitar um ginecologista e ouvir o que eles têm a dizer. Isso garantirá que a mãe e o bebê permaneçam seguros e saudáveis.

Compreendendo-o da perspectiva dos pais – eles podem não estar prontos para a mudança

Olhando a questão puramente da perspectiva do pai, outra razão pela qual os homens podem trair suas esposas grávidas está relacionada ao medo de ser deixado para trás ou, mais realista, ao medo de ser deixado de fora.

Afinal, a mãe desenvolve instintos maternos que podem levar a uma mudança em suas atitudes gerais em relação aos maridos.

As mulheres passam por uma mudança de atitude em relação ao sexo durante a gravidez, principalmente porque estão mais preocupadas com a segurança de seus filhos.

Os homens também passam pela mesma ansiedade em relação à esposa e também estão cheios de desafios futuros e da mudança que um bebê trará em suas vidas.

O que eles realmente procuram é um lançamento e uma avenida que possam usar temporariamente.

Isso pode forçá-los a trair.

Para alguns homens, trair é uma maneira de fugir das preocupações da vida e não pensar em como as coisas vão mudar quando receberem um novo bebê em suas vidas.

Pode haver mais argumentos

As preocupações com a gravidez e as alterações hormonais podem causar mudanças de humor nas mulheres.

Isso pode resultar em brigas e discussões. Além disso, os homens também sofrem pressão durante esta fase.

  • A pressão pode irritá-los e resultar em mais brigas e discussões.

  • Tudo isso pode levar os homens a trair suas esposas grávidas.

  • Falta de atração

Por pior que possa parecer, os homens muitas vezes acham as mulheres pouco atraentes quando ganham peso durante a gravidez. Isso muitas vezes pode fazer com que procurem em outro lugar por amor e romance.

Como reduzir o risco de traição

Se você é o marido: se você é o marido, certifique-se de manter o controle da situação e não procurar em outro lugar por amor ou sexo.

Entenda que o que sua esposa está passando é temporário. Ela voltará ao normal assim que entregar o bebê.

Lembre-se também de que sua esposa precisa de sexo e amor tanto quanto você precisa.

As mudanças de humor dela estão fora de controle e você deve aprender a lidar com a situação de maneira calma. Não tenha brigas ou discussões. Lide com essa fase temporária e espere que as coisas se acalmem.

Se você é a esposa: se você é a esposa, precisa se colocar no lugar do seu marido.

Entenda seus requisitos e converse com ele sobre o cenário em mudança, para que ele não se empolgue.

Assessoria

porpjbarreto

ONG paraibana promove oficinas educativas no sertão do Estado

Cursos ministrados por voluntários da Milagre Sertão buscam movimentar a economia da região e empoderar a comunidade sertaneja

Atuante em todo o estado da Paraíba, a Milagre Sertão é uma ONG que busca melhorar a qualidade de vida dos sertanejos por meio de projetos sustentáveis e inovadores. Periodicamente, o Projeto realiza ações e campanhas para prestar assistência às famílias do sertão paraibano, por meio de doações, cuidados na saúde, e também ministrando oficinas educativas de diversos segmentos, com objetivo de movimentar a economia do sertão.

Maria José, artesã assistida pela ONG, conta que as oficinas têm um objetivo ainda maior do que apenas questões econômicas. “As oficinas educativas buscam não só movimentar a economia da região, mas também promover o empoderamento individual dos sertanejos. Os voluntários têm o cuidado na escolha dos cursos, dos locais onde serão ministrados e até a acessibilidade dos materiais para a implementação prática das oficinas”, conta a artesã.

As oficinas são realizadas em todas as ações da ONG e ministradas pelos próprios voluntários, que incluem em seu time profissionais da saúde, artesãs, agrônomos, engenheiros, entre profissionais de outras áreas. Além do ensino teórico e prático, os participantes das oficinas aprendem sobre como valorizar o produto com noções de custos e lucros, e recebem um kit chamado de “Monte o seu próprio negócio” com materiais de base. Já foram ministrados mais de 15 cursos diferentes nas oficinas, incluindo confecções de roupas, culinária, manicure, construção, cultivo e artesanato. Alguns dos produtos produzidos nas oficinas podem ser encontrados na própria Lojinha do Milagre no site http://lojinhadomilagre.iluria.com/. Por conta da pandemia, as ações ainda não possuem data para acontecer.

A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 81 Sala 01 e 02 – Miramar. Outras informações, no site milagresertao.org/, no (83) 3021-9891 e no insta @milagresertao.

 

Assessoria

porpjbarreto

15º Fest Aruanda promove intercâmbio em parceria com Universidade Lusófona, de Portugal

Projeto tem aval da Universidade Federal da Paraíba e terá início nesta edição do evento

Com a apresentação da nova identidade visual do Fest Aruanda 2020, segue repercutindo no meio cultural local o intercâmbio firmado entre o evento e a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, com sede em Lisboa. A novidade foi anunciada em primeira mão pelo produtor executivo do festival, Lúcio Vilar. “Foram várias reuniões remotas com os docentes Filipe Vale e Orlando Franco, das áreas de fotografia e cinema da Lusófona. A partir daí, avançamos na formatação da proposição que, enfim, começa a ganhar forma e terá sua estréia na edição 2020 do Fest Aruanda, em dezembro”, adiantou Lúcio.
Segundo Lúcio, o intercâmbio acontecerá ainda este ano com a realização de duas mostras audiovisuais especiais na programação do Fest Aruanda, com conteúdos audiovisuais portugueses e da União Europeia. “Estamos trabalhando na perspectiva de oferecer duas mostras de curtas-metragens produzidos por alunos da Lusófona, e outra mais ampliada, com obras de diretores de países da União Europeia chancelados pela universidade portuguesa, com filmes no campo da ficção, animação e dos documentários”, adiantou o produtor.
Para o diretor da Universidade Lusófona, Manuel José Damásio, o projeto, que tem o aval da reitora Margareth Diniz e da Agência de Cooperação Internacional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem a possibilidade de tornar conhecido o trabalho produzido pelos estudantes portugueses no Brasil. “Percebemos que um festival com a importância que tem o Aruanda, no contexto brasileiro, seria uma boa oportunidade para darmos a conhecer, no Brasil, o trabalho realizado pelos nossos alunos do departamento de Cinema da Universidade Lusófona”, conta Manuel.
Para ele, o projeto terá a oportunidade de aumentar e melhorar a circulação de objetos culturais entre Portugal e Brasil, promovendo uma verdadeira cultura da lusofonia. “Além disso, nós apostamos na criação de laços que possam permitir tornar regular este intercâmbio de produções cinematográficas entre Portugal e Brasil, e também o intercâmbio de jovens criadores e artistas entre os dois países que têm tanto em comum”, revela o diretor.
O 15° Fest Aruanda acontece de 10 a 17 de dezembro no Cinépolis (Manaíra shopping).
Serviço:
15º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro
Data: de 10 a 17 de dezembro
Inscrições: www.festaruanda.com.br
Local: Cinépolis (Manaíra Shopping)
Instagram: @festaruanda
Assessoria
porpjbarreto

Filme paraibano com atuação da atriz cajazeirense Raquel Rolim é selecionado para festival em Los Angeles/EUA

Fábio Campos interpreta Leon e Raquel Rolim, Dolores.

A edição deste ano do Los Angeles Brazillian Film Festival contará com a exibição de um longa-metragem paraibano. O festival irá acontecer entre os dias 21 e 25 de outubro e será 100% online.

Programação da Mostra Paralela de Longas-Metragens do LABRFF terá o filme ‘Incursão’, que conta com a direção de Silvio Toledo e Eduardo Moreira. ‘Incursão’ é um drama sobre Leon, um homem em busca de desvendar o mistério sobre o passado de sua família. Ano passado, ‘Incursão’ foi exibido no Festival de Cinema de Brasília.

Essa será a primeira exibição oficial do filme fora do território brasileiro.

Raquel Rolim é Cajazeirense, atriz de TV, teatro e cinema, jornalista, repórter   humorista, produtora, apresentadora de TV, idealizadora do primeiro festival de cinema em Cajazeiras em 2015. Recentemente atuou no filme longa- metragem INCURSÃO como atriz coadjuvante, e no curta KABUUUM, curta-metragem que foi eleito como melhor filme no festival de cinema de Remígio.

Também, ganhou o prêmio como a melhor atriz destaque do ano de 2020. Já passou por várias emissoras como apresentadora TV Sertão, TV Sauro, TV Arapuan (com programa independente), repórter no programa Ênio Carlos na TV Diário de Fortaleza e dentre outras. No humor, com seus shows em Fortaleza dividindo palco com grandes nomes de humoristas, dentre eles, Naná Pinheiro, vencedor da competição de humor do programa do Tom Cavalcante no melhor do riso.

Raquel está na produção e assistência de direção do filme VEREDAS D’UM SERTANEJO e já na produção de mais um outro longa que começa em 2021 com também, sua atuação. No longa INCURSÃO, interpreta a personagem Dolores. Além de Raquel Rolim, o filme conta com um Grande elenco, Fábio Campos, Cláudia Lira, Fernando Teixeira, Arly Arnaud, Dadá Venceslau, Beto Quirino, Sebastião Formiga, Ruy Marques e Mariana Abreu.

 

Assessoria

porpjbarreto

RuralTur supera expectativas e torna-se referência para criação de rede intercontinental de turismo rural

Evento continua nesta quinta-feira (3) com inauguração e tour virtual de pousada em Cabaceiras e mais rodadas de negócios

A 16ª edição da Feira de Turismo Rural (RuralTur) chegou ao segundo dia, nesta quarta-feira (2), recheada de atrações. O ponto alto, de acordo com a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, foram as palestras da II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (II Cinturr) e as visitas técnicas virtuais. Ela afirma que a Cinturr – na qual ela foi palestrante e acontece paralelamente à RuralTur – trouxe conhecimentos e experiências que agregam valor à Feira de Turismo Rural. “Pelos comentários, o evento está acima das expectativas e é possível que consigamos parcerias, conexões e uma rede internacional de turismo rural para que possamos avançar mais ainda nas propostas de desenvolvimento de uma política pública de inovação e competitividade do setor”, ressalta.

Outro destaque foram as visitas técnicas, elas começaram na Comunidade Rural de Chã de Jardim, em Areia, com direito a City Tour em Piranhas, com Estrela Turismo, Alagoas, passeio pelo Bistrô Rural Semente da Terra – Assentamento Tiradentes, em Mari, e termina com uma Experiência com a Natureza, no Território Macuxi, Conde. Já o Encontro de Experiências do Turismo Rural trouxe palestras nacionais. Para fechar o dia ainda são esperadas rodadas de negócios e exibições nas salas de cinema. A Rede Intercontinental de Turismo Rural, para fortalecimento e reconhecimento do segmento de Turismo Rural, em nível mundial, teve sua primeira reunião neste dia 02 de setembro, das 18h às 19h30.

Penúltimo dia – A inauguração e visitação à Pousada Rural Matuto Sonhador, em Cabaceiras é um dos momentos mais esperados desta quinta-feira (03), assim como o Encontro Temático Mulheres Turismo Rural, o Encontro das Muheres  e o Encontro Nacional de Caminhadas na Natureza. Ao todo, a RuralTur conta com mais de 60 palestras, 16 visitas técnicas, 4 rodadas de negócios e  filmes na Sala de Cinema que todos terão acesso, das 22h às 00h, até 3 de setembro.

Como participar – Por ser um evento online e gratuito, os participantes podem ter acesso a programação com apenas alguns clicks por meio do smartphone ou computador no site www.ruralturdigital.com.br.

Parceiros – Para a realização, o evento conta com diversos parceiros, como o Instituto Brasil Rural, Associação Brasileira de Agências de Viagens da Paraíba, Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo do Ceará, além do Sebrae do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Santa Catarina e Espírito Santo, o que beneficiará mais de 400 micro e pequenas empresas do Brasil.

Serviço:

16ª Ruraltur | Feira de Turismo Rural do Brasil

Data: 1 a 4 de setembro de 2020

Local: 100% digital

www.ruralturdigital.com.br

 

Assessoria

porpjbarreto

Turismo rural em destaque: Sebrae Paraíba inicia atividades da 16ª RuralTur

Evento, realizado pela primeira vez de forma 100% digital, reúne empreendedores, estudantes, produtores rurais e artesãos até o dia 4 de setembro

O Sebrae Paraíba iniciou, na manhã desta terça-feira (1), as atividades da 16ª edição da Feira de Turismo Rural (RuralTur), evento que reúne empresários, produtores rurais, estudantes e artesãos de diversos estados brasileiros, com o objetivo de promover e fortalecer os negócios e os destinos do turismo rural no país. Este ano, o evento tem como tema central “A Inteligência do Turismo Rural” e oferece uma série de capacitações e atividades gratuitas para o público.
Realizada pela primeira vez de forma 100% digital, por conta da pandemia do coronavírus, a RuralTur também proporciona visibilidade para o ano do turismo rural, celebrado em 2020 pela Organização Mundial do Turismo (OMT). Ao participar da abertura do evento, o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar, destacou o potencial do turismo rural no Brasil.
“Façamos da RuralTur um dos eventos que irão marcar esse momento tão difícil que estamos passando, um momento em que o mundo, mais do que nunca, necessita de ousadias no empreendedorismo. Acredito que o mundo rural pode contribuir bastante nesse processo tão danoso para a humanidade, mas que nós vamos saber reverter. Vamos estar mais do que nunca juntos, como estamos nesse encontro”, afirmou.
Por sua vez, o gerente de competitividade do Sebrae Nacional, César Rissete, pontuou a importância econômica e social do segmento rural para o Brasil. “O Sebrae Nacional fica muito feliz de promover esse segmento importante que é o turismo rural. Ele mostra como nós somos capazes de darmos respostas à situação que estamos vivendo, a partir da construção de convergência e de uma atuação conjunta. A RuralTur, assim como outros eventos, tem de fato agregado muito valor aos produtores e a esse segmento capaz de mudar uma realidade”, declarou.
Já a presidente do Instituto Brasil Rural, Andréia Roque, ressaltou a celebração do ano do turismo rural. “O ano do turismo rural começa hoje. Tenhamos a ciência de que nós temos que fazer um mundo diferente, melhor, estratégico e inteligente, sendo o turismo rural o caminho para unir o mundo rural produtivo e o mundo do turismo”, afirmou.
Também participaram da abertura do evento a presidente da PBTUR, Ruth Avelino, o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, além de outros representantes do Sebrae e da cadeia produtiva do turismo. O início da 16ª RuralTur também marcou a abertura da II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (CINTURR), que contará com palestrantes do Uruguai, Brasil, Venezuela, Portugal, Costa Rica, Argentina, Estados Unidos, Equador, Cabo Verde, México, Colômbia e Peru.
Programação – O evento contará com mais de 60 palestras, 16 visitas técnicas, 4 rodadas de negócios, marketplace com mais de 300 lojas virtuais e Sala de Cinema, com 60 filmes disponíveis para serem acessados das 22h às 00h. Para realizar o credenciamento e conferir mais detalhes da programação, que segue até o dia quatro de setembro, os interessados devem acessar o site oficial do evento, no endereço https://ruralturdigital.com.br/.
Assessoria
porpjbarreto

Maior evento de turismo rural do Brasil começa nesta terça-feira (1)

Promovido pelo Sebrae, até 4 de setembro, 16ª Ruraltur reúne empreendedores, produtores e artesãos em transmissão online

Em 2020, a Ruraltur terá uma edição inédita e especial. Além de ser o ano do Turismo Rural junto a OMT – Organização Mundial do Turismo, a transmissão 100% online permite o alcance do conteúdo por pessoas de diversos países, trazendo visibilidade dos pontos turísticos do Estado e grandes oportunidades para o mercado. Com o tema “A Inteligência do Turismo Rural”, o evento conta com uma programação exclusiva voltada para o desenvolvimento do setor no País com a participação de palestrantes nacionais e internacionais.

“A nossa expectativa é que a Ruraltur Digital seja um divisor de águas na história do Turismo Rural do Brasil e do mundo, em termos de visibilidade, projeção, relacionamentos, negócios e fortalecimento da rede de negócios do Turismo Rural na América Latina, principalmente”, declara Regina Amorim, gestora de turismo do Sebrae Paraíba.

Com o objetivo de fomentar o turismo rural envolvendo elos da cadeia produtiva do Turismo, Agronegócios e da Economia Criativa, o evento terá 57 palestras, 15 visitas técnicas e 4 rodadas de negócios. Haverá também a exposição de mais de 200 lojas virtuais com produtos e serviços do turismo e da produção associada, e a inauguração da Pousada Rural Matuto Sonhador, em Cabaceiras, totalmente online.

Sala de cinema e vídeo – Sete curtas consagrados de cineastas paraibanos clássicos e contemporâneos serão apresentados durante a Ruraltur 2020. A transmissão será aberta ao público e promete surpreender com filmes que revelam paisagens, personagens e costumes do universo rural nordestino. Entre os curtas, estão “Onde meus Olhos podem Alcançar”, “Cajueiro Nordestino”, “Uma flor na várzea” e “Ariano Suassuna: Cabra de Coração e Arte”. Os filmes serão exibidos nos dias 1, 2 e 3 de setembro, das 22h às 00h.

Eventos paralelos – Buscando promover e fortalecer os negócios e destinos do turismo rural do Brasil, a Ruraltur sediará outros encontros voltados para o setor. Um deles será a II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (CINTURR), considerado um dos maiores eventos do segmento, que contará com palestrantes do Uruguai, Brasil, Venezuela, Portugal, Costa Rica, Argentina, Estados Unidos, Equador, Cabo Verde, México, Colômbia e Peru.

Para agregar ainda mais conhecimento, outro evento que promete ser destaque é o Encontro Nacional de Caminhadas na Natureza, com palestrantes da França, Estados Unidos e Canadá. Durante a programação da feira, no dia 4 de setembro, haverá ainda o “Encontro Digital dos Estudante de Turismo com Foco no Turismo Rural e de Natureza”. Com a participação de pesquisadores, empreendedores, professores e mestres na área de turismo, serão realizadas seis palestras entre visitas técnicas e rodadas de negócios. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site do evento.

Como participar – Por ser um evento online e gratuito, os participantes podem ter acesso a programação com apenas alguns clicks por meio do smartphone ou computador no site www.ruralturdigital.com.br.

Parceiros – Para a realização, o evento conta com diversos parceiros, como o Instituto Brasil Rural, Associação Brasileira de Agências de Viagens da Paraíba, Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo do Ceará, além do Sebrae Paraíba, Mato Grosso, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Santa Catarina e Espírito Santo, o que beneficiará mais de 400 micro e pequenas empresas expositoras do Brasil.

Confira a programação completa no site oficial do evento: www.ruralturdigital.com.br

Serviço:
16ª Ruraltur | Feira de Turismo Rural do Brasil

Data: 1 a 4 de setembro de 2020

Local: 100% digital

Público-alvo: Empresas e empreendedores, produtores rurais e culturais, artesãos que atuam em atividades econômicas, vinculadas ao turismo rural, profissionais do trade turístico, gestores públicos, profissionais da imprensa, pesquisadores, professores e alunos dos cursos de turismo e visitantes em geral.

Programação completa no site oficial: www.ruralturdigital.com.br

Instagram: @ruralturdigital .