Categoria Cultura

porpjbarreto

ONG paraibana promove oficinas educativas no sertão do Estado

Cursos ministrados por voluntários da Milagre Sertão buscam movimentar a economia da região e empoderar a comunidade sertaneja

Atuante em todo o estado da Paraíba, a Milagre Sertão é uma ONG que busca melhorar a qualidade de vida dos sertanejos por meio de projetos sustentáveis e inovadores. Periodicamente, o Projeto realiza ações e campanhas para prestar assistência às famílias do sertão paraibano, por meio de doações, cuidados na saúde, e também ministrando oficinas educativas de diversos segmentos, com objetivo de movimentar a economia do sertão.

Maria José, artesã assistida pela ONG, conta que as oficinas têm um objetivo ainda maior do que apenas questões econômicas. “As oficinas educativas buscam não só movimentar a economia da região, mas também promover o empoderamento individual dos sertanejos. Os voluntários têm o cuidado na escolha dos cursos, dos locais onde serão ministrados e até a acessibilidade dos materiais para a implementação prática das oficinas”, conta a artesã.

As oficinas são realizadas em todas as ações da ONG e ministradas pelos próprios voluntários, que incluem em seu time profissionais da saúde, artesãs, agrônomos, engenheiros, entre profissionais de outras áreas. Além do ensino teórico e prático, os participantes das oficinas aprendem sobre como valorizar o produto com noções de custos e lucros, e recebem um kit chamado de “Monte o seu próprio negócio” com materiais de base. Já foram ministrados mais de 15 cursos diferentes nas oficinas, incluindo confecções de roupas, culinária, manicure, construção, cultivo e artesanato. Alguns dos produtos produzidos nas oficinas podem ser encontrados na própria Lojinha do Milagre no site http://lojinhadomilagre.iluria.com/. Por conta da pandemia, as ações ainda não possuem data para acontecer.

A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 81 Sala 01 e 02 – Miramar. Outras informações, no site milagresertao.org/, no (83) 3021-9891 e no insta @milagresertao.

 

Assessoria

porpjbarreto

15º Fest Aruanda promove intercâmbio em parceria com Universidade Lusófona, de Portugal

Projeto tem aval da Universidade Federal da Paraíba e terá início nesta edição do evento

Com a apresentação da nova identidade visual do Fest Aruanda 2020, segue repercutindo no meio cultural local o intercâmbio firmado entre o evento e a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, com sede em Lisboa. A novidade foi anunciada em primeira mão pelo produtor executivo do festival, Lúcio Vilar. “Foram várias reuniões remotas com os docentes Filipe Vale e Orlando Franco, das áreas de fotografia e cinema da Lusófona. A partir daí, avançamos na formatação da proposição que, enfim, começa a ganhar forma e terá sua estréia na edição 2020 do Fest Aruanda, em dezembro”, adiantou Lúcio.
Segundo Lúcio, o intercâmbio acontecerá ainda este ano com a realização de duas mostras audiovisuais especiais na programação do Fest Aruanda, com conteúdos audiovisuais portugueses e da União Europeia. “Estamos trabalhando na perspectiva de oferecer duas mostras de curtas-metragens produzidos por alunos da Lusófona, e outra mais ampliada, com obras de diretores de países da União Europeia chancelados pela universidade portuguesa, com filmes no campo da ficção, animação e dos documentários”, adiantou o produtor.
Para o diretor da Universidade Lusófona, Manuel José Damásio, o projeto, que tem o aval da reitora Margareth Diniz e da Agência de Cooperação Internacional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem a possibilidade de tornar conhecido o trabalho produzido pelos estudantes portugueses no Brasil. “Percebemos que um festival com a importância que tem o Aruanda, no contexto brasileiro, seria uma boa oportunidade para darmos a conhecer, no Brasil, o trabalho realizado pelos nossos alunos do departamento de Cinema da Universidade Lusófona”, conta Manuel.
Para ele, o projeto terá a oportunidade de aumentar e melhorar a circulação de objetos culturais entre Portugal e Brasil, promovendo uma verdadeira cultura da lusofonia. “Além disso, nós apostamos na criação de laços que possam permitir tornar regular este intercâmbio de produções cinematográficas entre Portugal e Brasil, e também o intercâmbio de jovens criadores e artistas entre os dois países que têm tanto em comum”, revela o diretor.
O 15° Fest Aruanda acontece de 10 a 17 de dezembro no Cinépolis (Manaíra shopping).
Serviço:
15º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro
Data: de 10 a 17 de dezembro
Inscrições: www.festaruanda.com.br
Local: Cinépolis (Manaíra Shopping)
Instagram: @festaruanda
Assessoria
porpjbarreto

Filme paraibano com atuação da atriz cajazeirense Raquel Rolim é selecionado para festival em Los Angeles/EUA

Fábio Campos interpreta Leon e Raquel Rolim, Dolores.

A edição deste ano do Los Angeles Brazillian Film Festival contará com a exibição de um longa-metragem paraibano. O festival irá acontecer entre os dias 21 e 25 de outubro e será 100% online.

Programação da Mostra Paralela de Longas-Metragens do LABRFF terá o filme ‘Incursão’, que conta com a direção de Silvio Toledo e Eduardo Moreira. ‘Incursão’ é um drama sobre Leon, um homem em busca de desvendar o mistério sobre o passado de sua família. Ano passado, ‘Incursão’ foi exibido no Festival de Cinema de Brasília.

Essa será a primeira exibição oficial do filme fora do território brasileiro.

Raquel Rolim é Cajazeirense, atriz de TV, teatro e cinema, jornalista, repórter   humorista, produtora, apresentadora de TV, idealizadora do primeiro festival de cinema em Cajazeiras em 2015. Recentemente atuou no filme longa- metragem INCURSÃO como atriz coadjuvante, e no curta KABUUUM, curta-metragem que foi eleito como melhor filme no festival de cinema de Remígio.

Também, ganhou o prêmio como a melhor atriz destaque do ano de 2020. Já passou por várias emissoras como apresentadora TV Sertão, TV Sauro, TV Arapuan (com programa independente), repórter no programa Ênio Carlos na TV Diário de Fortaleza e dentre outras. No humor, com seus shows em Fortaleza dividindo palco com grandes nomes de humoristas, dentre eles, Naná Pinheiro, vencedor da competição de humor do programa do Tom Cavalcante no melhor do riso.

Raquel está na produção e assistência de direção do filme VEREDAS D’UM SERTANEJO e já na produção de mais um outro longa que começa em 2021 com também, sua atuação. No longa INCURSÃO, interpreta a personagem Dolores. Além de Raquel Rolim, o filme conta com um Grande elenco, Fábio Campos, Cláudia Lira, Fernando Teixeira, Arly Arnaud, Dadá Venceslau, Beto Quirino, Sebastião Formiga, Ruy Marques e Mariana Abreu.

 

Assessoria

porpjbarreto

RuralTur supera expectativas e torna-se referência para criação de rede intercontinental de turismo rural

Evento continua nesta quinta-feira (3) com inauguração e tour virtual de pousada em Cabaceiras e mais rodadas de negócios

A 16ª edição da Feira de Turismo Rural (RuralTur) chegou ao segundo dia, nesta quarta-feira (2), recheada de atrações. O ponto alto, de acordo com a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, foram as palestras da II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (II Cinturr) e as visitas técnicas virtuais. Ela afirma que a Cinturr – na qual ela foi palestrante e acontece paralelamente à RuralTur – trouxe conhecimentos e experiências que agregam valor à Feira de Turismo Rural. “Pelos comentários, o evento está acima das expectativas e é possível que consigamos parcerias, conexões e uma rede internacional de turismo rural para que possamos avançar mais ainda nas propostas de desenvolvimento de uma política pública de inovação e competitividade do setor”, ressalta.

Outro destaque foram as visitas técnicas, elas começaram na Comunidade Rural de Chã de Jardim, em Areia, com direito a City Tour em Piranhas, com Estrela Turismo, Alagoas, passeio pelo Bistrô Rural Semente da Terra – Assentamento Tiradentes, em Mari, e termina com uma Experiência com a Natureza, no Território Macuxi, Conde. Já o Encontro de Experiências do Turismo Rural trouxe palestras nacionais. Para fechar o dia ainda são esperadas rodadas de negócios e exibições nas salas de cinema. A Rede Intercontinental de Turismo Rural, para fortalecimento e reconhecimento do segmento de Turismo Rural, em nível mundial, teve sua primeira reunião neste dia 02 de setembro, das 18h às 19h30.

Penúltimo dia – A inauguração e visitação à Pousada Rural Matuto Sonhador, em Cabaceiras é um dos momentos mais esperados desta quinta-feira (03), assim como o Encontro Temático Mulheres Turismo Rural, o Encontro das Muheres  e o Encontro Nacional de Caminhadas na Natureza. Ao todo, a RuralTur conta com mais de 60 palestras, 16 visitas técnicas, 4 rodadas de negócios e  filmes na Sala de Cinema que todos terão acesso, das 22h às 00h, até 3 de setembro.

Como participar – Por ser um evento online e gratuito, os participantes podem ter acesso a programação com apenas alguns clicks por meio do smartphone ou computador no site www.ruralturdigital.com.br.

Parceiros – Para a realização, o evento conta com diversos parceiros, como o Instituto Brasil Rural, Associação Brasileira de Agências de Viagens da Paraíba, Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo do Ceará, além do Sebrae do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Santa Catarina e Espírito Santo, o que beneficiará mais de 400 micro e pequenas empresas do Brasil.

Serviço:

16ª Ruraltur | Feira de Turismo Rural do Brasil

Data: 1 a 4 de setembro de 2020

Local: 100% digital

www.ruralturdigital.com.br

 

Assessoria

porpjbarreto

Turismo rural em destaque: Sebrae Paraíba inicia atividades da 16ª RuralTur

Evento, realizado pela primeira vez de forma 100% digital, reúne empreendedores, estudantes, produtores rurais e artesãos até o dia 4 de setembro

O Sebrae Paraíba iniciou, na manhã desta terça-feira (1), as atividades da 16ª edição da Feira de Turismo Rural (RuralTur), evento que reúne empresários, produtores rurais, estudantes e artesãos de diversos estados brasileiros, com o objetivo de promover e fortalecer os negócios e os destinos do turismo rural no país. Este ano, o evento tem como tema central “A Inteligência do Turismo Rural” e oferece uma série de capacitações e atividades gratuitas para o público.
Realizada pela primeira vez de forma 100% digital, por conta da pandemia do coronavírus, a RuralTur também proporciona visibilidade para o ano do turismo rural, celebrado em 2020 pela Organização Mundial do Turismo (OMT). Ao participar da abertura do evento, o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar, destacou o potencial do turismo rural no Brasil.
“Façamos da RuralTur um dos eventos que irão marcar esse momento tão difícil que estamos passando, um momento em que o mundo, mais do que nunca, necessita de ousadias no empreendedorismo. Acredito que o mundo rural pode contribuir bastante nesse processo tão danoso para a humanidade, mas que nós vamos saber reverter. Vamos estar mais do que nunca juntos, como estamos nesse encontro”, afirmou.
Por sua vez, o gerente de competitividade do Sebrae Nacional, César Rissete, pontuou a importância econômica e social do segmento rural para o Brasil. “O Sebrae Nacional fica muito feliz de promover esse segmento importante que é o turismo rural. Ele mostra como nós somos capazes de darmos respostas à situação que estamos vivendo, a partir da construção de convergência e de uma atuação conjunta. A RuralTur, assim como outros eventos, tem de fato agregado muito valor aos produtores e a esse segmento capaz de mudar uma realidade”, declarou.
Já a presidente do Instituto Brasil Rural, Andréia Roque, ressaltou a celebração do ano do turismo rural. “O ano do turismo rural começa hoje. Tenhamos a ciência de que nós temos que fazer um mundo diferente, melhor, estratégico e inteligente, sendo o turismo rural o caminho para unir o mundo rural produtivo e o mundo do turismo”, afirmou.
Também participaram da abertura do evento a presidente da PBTUR, Ruth Avelino, o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, além de outros representantes do Sebrae e da cadeia produtiva do turismo. O início da 16ª RuralTur também marcou a abertura da II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (CINTURR), que contará com palestrantes do Uruguai, Brasil, Venezuela, Portugal, Costa Rica, Argentina, Estados Unidos, Equador, Cabo Verde, México, Colômbia e Peru.
Programação – O evento contará com mais de 60 palestras, 16 visitas técnicas, 4 rodadas de negócios, marketplace com mais de 300 lojas virtuais e Sala de Cinema, com 60 filmes disponíveis para serem acessados das 22h às 00h. Para realizar o credenciamento e conferir mais detalhes da programação, que segue até o dia quatro de setembro, os interessados devem acessar o site oficial do evento, no endereço https://ruralturdigital.com.br/.
Assessoria
porpjbarreto

PBTur participa da 16ª Feira de Turismo Rural 100% digital

Os principais pontos turísticos da Paraíba serão divulgados durante a realização da 16ª Ruraltur – Feira de Turismo Rural do Brasil, a primeira feira de turismo rural do mundo 100% digital, com transmissão grátis para diversos países. O evento será realizado de 1º a 4 de setembro. O Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), vai participar com um estande virtual – chamado pelos organizadores de ‘loja virtual’ – área onde as pessoas poderão conhecer e obter informações do Destino Paraíba.

Nessa área serão expostos vários roteiros turísticos, com informações detalhadas e imagens. Não haverá interação com o público, por isso, a PBTur vai disponibilizar um link com o número do whatsapp para atender as pessoas, em especial, agentes e operadores de viagens.

De acordo com o diretor de Marketing da PBTur, Luciano Lapa, o estande virtual da estatal apresentará os tradicionais roteiros pelo interior do estado, tendo em vista o contexto da RuralTur, que remete a destinos que tenham características interioranas, enaltecendo o trabalho de suas comunidades, fazendo girar a economia criativa. A presidente da PBTur, Ruth Avelino, explicou que a Paraíba é repleta de destinos que se encaixam na proposta das atividades rurais, com uma excelência na produção de artesanato, gastronomia e muita cultura.

O público da RuralTur será formado por empresários de micro e pequenos negócios, estudantes, professores, artesãos e produtores de diversos países. O tema abordado será “A Inteligência do Turismo Rural”. A feira terá uma programação voltada para empresas, produtores rurais e artesãos que atuam em atividades econômicas vinculadas ao turismo rural. A RuralTur é promovida pelo Sebrae Paraíba, e vai contar com 57 palestras, 15 visitas técnicas, quatro rodadas de negócios, 60 filmes na Sala de Cinema que todos terão acesso, das 22h às 0h, de 1 a 3 de setembro.

Haverá também a inauguração online da Pousada Rural Matuto Sonhador, em Cabaceiras, sala de cinema com a produção de empresários parceiros e a exposição de mais de 200 lojas virtuais com produtos e serviços do turismo e da produção associada.

Paralelo ao evento, vai acontecer a II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (CINTURR), considerado um dos maiores eventos do setor, que contará com palestrantes do Uruguai, Brasil, Venezuela, Portugal, Costa Rica, Argentina, Estados Unidos, Equador, Cabo Verde, México, Colômbia e Peru. Outro evento que promete ser destaque é o Encontro Nacional de Caminhadas na Natureza, com palestrantes da França, Estados Unidos e Canadá.

Como Participar – por ser um evento online e gratuito, os participantes podem ter acesso a programação com apenas alguns clicks por meio do smartphone ou computador no site www.ruralturdigital.com.br.

 

Assessoria

porpjbarreto

Ruraltur digital terá sala de cinema e vídeo para apresentar curtas paraibanos

Filmes serão transmitidos durante a programação de 1 a 3 de setembro, das 22h às 00h

Apresentar a riqueza cultural por meio de filmes que produzidos na Paraíba e no Nordeste brasileiro. Este é o propósito da sala de cinema da 16ª Ruraltur, que contará com sete curtas consagrados de cineastas paraibanos clássicos e contemporâneos. “É uma alegria muito grande poder reunir duas áreas da economia criativa em um evento especial – a Ruraltur. O cinema e o turismo têm uma proximidade na medida em que um pode integrar o outro, representando fatos da história da região. Estamos preparando uma programação para encantar a todos”, adianta João de Lima, cineasta, vice-presidente da Associação Paraibana de Cinema, coordenador do NUDOC-UFPB, professor do Decom no curso de cinema e organizador da sala de cinema e vídeo da feira. Os filmes serão exibidos nos dias 1, 2 e 3 de setembro, das 22h às 00h.

A transmissão será aberta ao público e promete surpreender com filmes que revelam paisagens, personagens e costumes do universo rural nordestino. “Será um painel rico em conhecimento, trazendo desde perfis de escritores, como José Américo de Almeida e Ariano Suassuna, a obras experimentais de um cinema mais clássico, como o de Linduarte Noronha com o filme ‘Cajueiro Nordestino’, por exemplo”, explica.

Um dos curtas da programação é o “Onde meus Olhos podem Alcançar” com direção de Leonardo Gonçalves. “Este filme traz memórias de personagens que desenvolveram o hábito de recitar versos olhando o campo em poéticas paisagens do Brejo paraibano”, conta João de Lima. Outro destaque será “Cajueiro nordestino”, de Linduarte Noronha, mundialmente reconhecido pelo seminal “Aruanda”. “O filme de 1962 traz uma monografia científica que serve de ponto de partida para o cineasta trazer ao público uma pérola da culinária nordestina, o caju”, conta.

Além disso, o público poderá assistir também “Uma flor na várzea”, com direção de Mislene Santos e Matheus Andrade, “Romão”, de Vânia Perazzo, e “Ariano Suassuna: Cabra de Coração e Arte”, com produção e direção de Las Luzineides, João Carlos Beltrão e Cláudio Brito.

 

Confira os filmes que serão exibidos:

  1. Borges (2003)

Direção: Laurita Caldas

Duração: 7 min

O cordelista J. Borges é famoso por ser além de um criador gráfico (capista e impressor de incontáveis folhetos da tradição popular) um profundo amante das histórias desse gênero tão popular nas feiras livres no país. A obra de Laurita Caldas arrebatou diversos prêmios quando de sua participação em festivais de cinema e vídeo, criando uma ambiência extremamente rica a partir de uma visita nas oficinas do velho impressor.

 

Onde meus olhos podem alcançar (2020)

Direção: Leonardo Gonçalves

Duração: 3 min

O que Fernando Pessoa comunica a uma agricultora de Alagoa Grande, na Paraíba? A resposta vem na forma como o cineasta Leonardo Gonçalves vasculha a memória de personagens que desenvolveram o hábito de recitar versos olhando o campo em poéticas paisagens do brejo paraibano.

Uma flor na várzea (2006)

Direção: Mislene Santos e Matheus Andrade

Duração: 20 min

A flor – Margarida – foi abruptamente violentada pela explosão de um fuzil na paz do seu lar. Margarida Maria Alves não merecia esse trágico fim. Foi silenciada a mando do latifúndio, porém o trabalho da dupla de documentarista foi investigar as ramificações desse acontecimento com o poder local. E mais, explicar aos espectadores que as ideias que a líder sindical deixou continuam no clamor de inúmeras vozes não silenciadas.

 

Romão (1982)

Direção: Vânia Perazzo

Duração: 15 min

A cineasta Vania Perazzo acompanha o cotidiano do agricultor e artista Romão. Deu voz à sua singular personalidade de andarilho nas redondezas da cidade de Areia. A forma como cria e se diverte com seu improvisado berimbau e conjunto de latas reaproveitadas do lixo é comovente.

Ariano Suassuna: Cabra de Coração e Arte ou o Cavaleiro da Alegre Figura (2008)

Produção/Direção: Las Luzineides, João Carlos Beltrão e Cláudio Brito

Duração: 49 min

A dupla de cineastas com o apoio do coletivo Las Luzineides, conseguiu flagrar Ariano Suassuna e familiares numa tranquila tarde de conversas. Daí surge uma obra que explica grande parte da genialidade do escritor paraibano radicado no Recife e a obra literária relacionada ao alto sertão da Paraíba, sua fauna e sua flora. Pouquíssimas pessoas tiveram o privilégio – que ora é compartilhado com o espectador – de ver tão bem explicado em imagens e sons esse universalista da cultura nacional.

Cajueiro nordestino (1962)

Direção: Linduarte Noronha

Duração: 20 min

Uma monografia científica serve de ponto de partida para o cineasta Linduarte Noronha – mundialmente reconhecido pelo seminal “Aruanda” – trazer ao público uma pérola da culinária nordestina, o cajú. Vazado em experiências formais de buscar um cinema “puro” ele mostra-se tão criativo – ou mais – como no seu primeiro filme.

 

A Bagaceira – livro e contexto (1998)

Direção: João de Lima e Manuel Clemente

Duração: 7 min

Elisalva Madruga, especialista na obra de José Américo de Almeida, concede uma substancial entrevista para resumir o trabalho criativo do paraibano que inaugurou o romance regionalista brasileiro. Também Odilon Ribeiro Coutinho nos conta da inserção dessa obra no contexto nacional.  A fotografia é do experiente Manuel Clemente, que por mais de cinco décadas enquadra o litoral, brejo e sertão da Paraíba.

 

Assessoria

porpjbarreto

Falta uma semana para a edição digital da Feira de Turismo Rural do Brasil

De 1 a 4 de setembro, 16ª Ruraltur promete reunir empresários de micro e pequenos negócios, estudantes, professores, artesãos e produtores de diversos países

Com o tema “A Inteligência do Turismo Rural”, a Ruraltur Digital terá uma programação voltada para empresas, produtores rurais e artesãos que atuam em atividades econômicas vinculadas ao turismo rural. Promovida pelo Sebrae Paraíba, a edição será a primeira feira de turismo rural 100% digital do mundo com transmissão gratuita e totalmente online para diversos países. De acordo com Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, a diferença dos resultados de um evento físico para um digital é enorme. “Os resultados são bem maiores, por ter maior abrangência, visibilidade, segurança para todos em tempos de pandemia, prospecção de negócios, otimiza tempo, minimiza investimentos, e o número de visitantes é incomparável”, afirma Regina.

O evento contará com 57 palestras, 15 visitas técnicas, 4 rodadas de negócios, 60 filmes na Sala de Cinema que todos terão acesso, das 22h às 00h, de 1 a 3 de setembro. Haverá também a inauguração online da Pousada Rural Matuto Sonhador, em Cabaceiras, sala de cinema com a produção de empresários parceiros e a exposição de mais de 200 lojas virtuais com produtos e serviços do turismo e da produção associada. 

Além disso, a Ruraltur sediará encontros paralelos, como a II Conferência Intercontinental de Turismo Rural (CINTURR), considerado um dos maiores eventos do setor, que contará com palestrantes do Uruguai, Brasil, Venezuela, Portugal, Costa Rica, Argentina, Estados Unidos, Equador, Cabo Verde, México, Colômbia e Peru. Outro evento que promete ser destaque é o Encontro Nacional de Caminhadas na Natureza, com palestrantes da França, Estados Unidos e Canadá.

Durante a programação da feira, haverá também o “Encontro Digital dos Estudante de Turismo com Foco no Turismo Rural e de Natureza”, que acontecerá durante a programação do dia 4 de setembro. Com a participação de pesquisadores, empreendedores, professores e mestres na área de turismo, serão realizadas seis palestras entre visitas técnicas e rodadas de negócios. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site do evento.

Como participar – Por ser um evento online e gratuito, os participantes podem ter acesso a programação com apenas alguns clicks por meio do smartphone ou computador no site www.ruralturdigital.com.br.

Parceiros – Para a realização, o evento conta com diversos parceiros, como o Instituto Brasil Rural, Associação Brasileira de Agências de Viagens da Paraíba, Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo do Ceará, além do Sebrae do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Santa Catarina e Espírito Santo, o que beneficiará mais de 400 micro e pequenas empresas do Brasil.

 

Serviço:

16ª Ruraltur | Feira de Turismo Rural do Brasil

Data: 1 a 4 de setembro de 2020

Local: 100% digital 

Público-alvo: Empresas e empreendedores, produtores rurais e culturais, artesãos que atuam em atividades econômicas, vinculadas ao turismo rural, profissionais do trade turístico, gestores públicos, profissionais da imprensa, pesquisadores, professores e alunos dos cursos de turismo e visitantes em geral.

Para mais informações, o site é http://ruralturdigital.com.br/e o instagram @ruralturdigital 

 

Assessoria

porpjbarreto

Presidente da Câmara parabeniza Cajazeiras pelos seus 157 anos de emancipação política

O Vereador José Gonçalves de Albuquerque, “Delzinho da Arara” (PSB), presidente da Câmara Municipal – deseja um abençoado Feliz Aniversário à cidade de Cajazeiras e, seus habitantes por mais uma data comemorativa e passagem dos 157 anos de emancipação político-administrativa.

Desejo um Feliz Aniversário a nossa querida Cajazeiras. Manifesto meu orgulho e sinto por ser filho desta terra, a qual por nada trocaria, onde contribuo com o meu trabalho, para fazer desta cidade um lugar ainda melhor para se viver.

Sinto imensurável orgulho de nossa cidade, de suas belezas, histórias, cultura e localização geográfica privilegiada com outros três estados vizinhos. Cajazeiras é acima de tudo, uma terra de gente acolhedora e amiga.

 

– Sobre Cajazeiras

 

Parabéns pelos seus 157 anos de emancipação política, Cajazeiras!

 

José Gonçalves de Albuquerque

Presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras

 

Assessoria

porpjbarreto

Olimpio defende a retomada dos espetáculos circenses em sistema drive-in, em Campina

Assim como no cinema, o drive-in pode ser o novo capítulo da história dos circos em Campina Grande, é o que defende o vereador Olimpio Oliveira que esteve nesta segunda-feira (17), no Circo Mundo Mágico, o qual está montado às margens da Av. Brasília, que está com as atividades suspensas desde março em virtude da pandemia do novo coronavírus.

“Conversei com Andrezza e fiquei impactado com o que ouvi. Na sua fala não há espaço para murmuração, pelo contrário, ela falou da sua imensa gratidão ao povo de Campina pelos reiterados atos de solidariedade, porém manifestou o desejo imenso de voltar a trabalhar e pediu para que a Prefeitura atenda o pleito para que possam voltar com os espetáculos no sistema Drive-in”, disse Olimpio por meio das suas redes sociais.

Segundo Olimpio, o objetivo desta solicitação, que segue para análise do Prefeito, é permitir a reunião de pessoas para experiências de fruição artística coletiva no contexto da pandemia, assegurando o cumprimento dos protocolos de saúde e o devido distanciamento recomendado por especialistas durante apresentações de música, teatro, audiovisual e atividades circenses.

 

Assessoria de comunicação