Categoria Cultura

porpjbarreto

12 de outubro- Especial Semana da Criança, parte 5

Música: “Valsa Para Uma Menininha”, de Vinícius de Moraes e Toquinho

Letra
Menininha do meu coração
Eu só quero você
A três palmos do chão
Menininha, não cresça mais não
Fique pequenininha na minha canção
Senhorinha levada
Batendo palminha
Fingindo assustada
Do bicho-papão
Menininha, que graça é você
Uma coisinha assim
Começando a viver
Fique assim, meu amor
Sem crescer
Porque o mundo é ruim, é ruim
E você vai sofrer de repente
Uma desilusão
Porque a vida é somente
Teu bicho-papão
Fique assim, fique assim
Sempre assim
E se lembre de mim
Pelas coisas que eu dei
E também não se esqueça de mim
Quando você souber enfim
De tudo o que eu amei
Compositores: Vinicius de Moraes / Antonio Pecci Filho Toquinho

 

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Agência Rádio Câmara

porpjbarreto

IFPB: Departamento de Gestão de Pessoas promove ações no mês do servidor no Campus Cajazeiras

Serviço ofertado no Campus Cajazeiras é pioneiro no IFPB

O departamento de Gestão de Pessoas do Campus Cajazeiras preparou uma campanha especial neste mês de outubro. A iniciativa em comemoração ao mês do servidor público traz ações diversas, que passam do resgate da história funcional dos servidores à inovação dos serviços oferecidos pelo departamento.

O mês de outubro começou com o resgate do quadro de funcionários e na segunda semana, o chefe do departamento Edmundo Vieira de Lacerda, anunciou a disponibilização da pasta funcional digital dos servidores efetivos. O processo de digitalização iniciado em 2015 é o primeiro a ser entregue em todo o Instituto Federal da Paraíba.

De acordo com Edmundo, “a partir de agora qualquer servidor que queira seus documentos funcionais digitalizados pode solicitá-los no departamento de gestão de pessoas e sua pasta será disponibilizada por meio de um dispositivo magnético, como o pen drive”, destacou.

A diretora geral do Campus, Lucrécia Petrucci, participou da ação e parabenizou a equipe pelas ações. Lucrécia enfatizou o trabalho que esse serviço exigiu do departamento e disse que “é com orgulho que anunciamos a ação. Somos o primeiro campus da nossa instituição a ter essa ferramenta tecnológica à disposição dos nossos servidores”, disse.

O professor Raphael Falcão participou da ação como convidado a ser o primeiro servidor a ter acesso ao novo serviço. Ele reconheceu o valor da ação como “extremamente importante para termos acesso à nossa pasta digitalizada, para atualizar currículo como também pleitear direitos. Ficamos felizes em ver a eficiência e o comprometimento do departamento, é assim que penso enquanto servidor dessa casa”, declarou.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

10 de outubro – Especial Semana da Criança, parte 4

Música: “É de Chocolate”, de Sullivan e Massadas, com Trem da Alegria

 

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Agência Rádio Câmara

porpjbarreto

Veneziano e João Azevedo prestigiam exposição que homenageia aos 100 anos de Jackson do Pandeiro, em Brasília

No centenário de Jackson do Pandeiro, o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) e o governador João Azevedo (PSB) visitaram a exposição que faz homenagem ao “Rei do Ritmo”, em Brasília. A exposição “100 anos de Jackson” acontece no Salão Negro do Congresso Nacional.

Em recente homenagem, Veneziano destacou o quanto a vida deste ilustre paraibano foi e continua sendo importante para as gerações que vieram depois dele.

“Não há dúvida alguma de que os novos ritmos desenvolvidos por Jackson, entrelaçando-se a outros existentes, como o samba, mudaram, e muito, a musicalidade nacional. Por isso eu fico muito feliz de poder prestar essa homenagem, agradecendo à vida que foi tão fértil, que foi tão importante para todos nós paraibanos, para todos nós brasileiros”, destacou o parlamentar.

Com curadoria do Museu de Arte Popular da Paraíba e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a exposição em Brasília retrata a carreira de Jackson do Pandeiro, cujos 100 anos de nascimento são comemorados neste ano.

Cantor e compositor paraibano, Jackson do Pandeiro se tornou referência na música brasileira e ficou conhecido como o Rei do Ritmo. Nascido na cidade de Alagoa Grande, Jackson firmou seu nome como um dos maiores ritmistas da história da música popular brasileira. Ao lado de Luiz Gonzaga, foi um dos principais responsáveis pela nacionalização da música nordestina.

Na exposição, Veneziano gravou mensagens para as redes sociais e concedeu entrevistas, destacando a grande importância de Jackson para a música brasileira. Também participaram da visita os secretários de Estado Nonato Bandeira (Comunicação Institucional), Ronaldo Guerra (Chefia de Gabinete e Articulação Política) e Adauto Fernandes (Representação em Brasília)

Após visitar a exposição, o Senador Veneziano participou de reunião da Bancada paraibano no Congresso Nacional que contou com a presença do governador João Azevedo e de prefeitos da Paraíba.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Festival de arte e cultura mobiliza 400 jovens da Paraíba e Ceará

Festival das Juventudes, arte e cultura será realizado em Cabaceiras, conhecida como a  holiúde nordestina

De 11 a 13 de outubro, será realizado em Cabaceiras (PB), o Festival das Juventudes, com o lema: Arte e Cultura e tema: participação social, protagonismo e autonomia juvenil.  O evento vai acontecer na Escola Abdias Aires e a estimativa é reunir 400 jovens, sendo (300 da Paraíba e 100 do Ceará). A finalidade será realizar um Festival de Juventudes para afirmar o protagonismo e autonomia juvenil com a perspectiva de motivar as juventudes para a participação social, subsidiando-as para as incidências políticas, conquistas sociais e de espaços de representação do segmento geracional, ou seja, fortalecer os mecanismos que garantam a implementação e monitoramento dos direitos das juventudes.

O festival é um evento de culminância de diferentes expressões culturais – teatro, música, dança – da juventude das regiões da Borborema, Zona da Mata e Sertão (Paraíba) e Cariri e Centro Sul (Ceará) com objetivo de disseminar a campanha ‘Quando o Povo Se Junta o Poder Se Espalha’, uma das ações do Projeto ‘Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e controle social para a efetivação de políticas públicas’, desenvolvido através da parceria da Casa Pequeno Davi (João Pessoa/PB) com as organizações Rede de Educação Cidadã (Recid), Instituto Frei Beda de Desenvolvimento Social , com atuação no Sertão paraibano, ONG Menina Feliz, que atua em Campina Grande e a United Purpose (ONG – representação internacional), com co-financiamento da União Europeia.

As juventudes que participarão serão assentados/as da reforma agrária, quilombolas, indígenas, agricultura familiar, cultura e periurbanos.

“É importante as juventudes afirmarem seus espaços de participação, suas expressões, identidades e diversidades. Historicamente os jovens tem sacado as necessidades e os momentos para as transformações sociais em prol de sociedades mais justas, igualitárias e menos intolerantes. Quando precisam oferecem a cara para garantir seus propósitos”, afirma Ronildo Monteiro, coordenador do Projeto.

Sobre o papel do projeto para o segmento juventude, Ronildo acrescenta: “Nós estamos presentes, apoiando trabalhos e iniciativas em várias comunidades rurais e urbanas, bairros, grupos, e as juventudes apresentam essas demandas, esses desejos. O festival traz esses desejos das juventudes, para afirmarem seus espaços de participação social”.

 

PROGRAMAÇÃO

SEXTA FEIRA – 11/10/2019

15h00 – Credenciamento

17h30 – Acolhida Cultural

18h00 – Jantar

19h00 – Mística de Abertura com cada microrregião

20h00 – Abertura do Festival

23h30- Descanso

 

SÁBADO – 12/10/2019

07h00- Café (OBS: ver equipe comunicação  Rádio Cultural/fofoca/fuá)

08h00- Mística

08h30- Ouvindo as Juventudes – O Chão que Pisamos

  • Feminicídio;
  • LGBT Fobia;
  • Extermínio da Juventude Negra;
  • Autonomia Juvenil e Relações de Poder;
  • Participação Juvenil e Políticas públicas;
  • Identidade Camponesa;

10h30 – Lanche e Apresentação Cultural

11h00 – Plenária das Juventudes

12h30 – Almoço

  • 14h00- Plenária Cultural
  • 15h30- Lanche
  • 16h00- Preparação Cortejo
  • 16h30 Cortejo (Poste Poesia, Sinalizar a Cidade, Marcar, Batucada …)
  • 19h00 – Jantar
  • 20h00 – Festival Cultural (Shows)

DOMINGO – 13/10/2019

  • 09h00 – Mística
  • 09h15 – Plenária – Política Nacional das Juventudes (Ganhos e Percas)
  • 10h00 – Diálogos por Estado (Diálogos sobre organização e articulação de juventudes em nível estadual)
  • 11h00 – Diálogo com autoridades do CE e PB

Serviço: Festival das Juventudes, Arte e Cultura: participação social, protagonismo e autonomia juvenil

Data: 11  a 13 de outubro de 2019

Local: Cabaceiras (PB)

Contatos e Informações: Ronildo Monteiro (98803-9941), Emmanuel Barbosa (9.9638-1559)  ou Tiago Aquino (9.9839-7653).

 

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

9 de outubro – Especial Semana da Criança, parte 3

Música: “A Porta”, de Vinícius de Moraes, com Fabio Jr

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Agência Rádio Câmara

porpjbarreto

Projeto usará gibi da Turma da Mônica para ensinar educação financeira a alunos da rede pública

O objetivo é que cerca de dois milhões de estudantes em todo o Brasil sejam beneficiados pelo projeto até 2021

Até o ano de 2021, cerca de duas milhões de crianças devem aprender educação financeira em sala de aula, com o apoio de gibis da Turma da Mônica produzidos especialmente para esse fim.

O projeto, chamado “Em Busca do Tesouro”, ensina sobre gastos públicos e privados e é organizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Ministério da Economia, em parceria com o Instituto Mauricio de Sousa, e apoiado pelo PNUD Brasil.

As crianças, que foram escolhidas para participarem do projeto piloto, são de 150 escolas públicas do Distrito Federal e tem de 9 a 11 anos. Mas o objetivo é ampliar a iniciativa para dois milhões de estudantes em todo o Brasil até 2021.

De acordo com o líder do Programa Tesouro Educacional, o auditor federal de Finanças e Controle, Antônio Barros, é importantíssimo investir na formação de pequenos cidadãos e cidadãs, a fim de que eles entendam não apenas o funcionamento do governo, mas também a necessidade de ter comportamentos financeiros saudáveis.

“A gente está dizendo para a criança que ela precisa desde cedo a entender como ela deve cuidar do seu próprio dinheirinho. Se ela se ajudar, tendo o mês para isso, o Estado fica livre para cuidar de quem não está tendo essa oportunidade”, disse.

Segundo o cartunista Maurício de Sousa, o intuito é que as crianças aprendam de forma lúdica e com uma linguagem acessível.

“É, realmente, uma lição de economia, no sentido amplo da palavra: língua de gibi”, comentou.

A Maria Eduarda de Queiroz, de 10 anos, estudante da Escola Classe 18 de Taguatinga, no Distrito Federal, por exemplo, já teve a oportunidade de conhecer o projeto.

“Eu gosto de gastar dinheiro com coisas boas, mas eu também sei que, às vezes, o governo gasta dinheiro com coisas desnecessárias”, relata.

A previsão é de que o projeto piloto comece no início do primeiro semestre de 2020, com participação de mil e quinhentos estudantes.

 

Por Cintia Moreira – Agência do Rádio

porpjbarreto

Escritora pernambucana lançará livro com poesias no III Encontro Nacional da Advocacia do Sertão em Cajazeiras

Mariana Teles é Advogada, formada pela Universidade Católica de Pernambuco

Especialista em Compliance para o Setor Público. Sertaneja de Tuparetama-PE, poetisa, declamadora e escritora. Lança o seu segundo livro OUTROS MARES, pela gráfica e editora Halley do Grupo Claudino, uma coletânea de poesias reunindo a tradição da poesia popular e a vivência da jovem advogada, numa linguagem contemporânea e didática, reúne as expressões da cultura sertaneja em poesias revestidas de crítica social, sensibilidade e afirmação feminina na obra.

Assessoria

porpjbarreto

Malotes com provas do Enem já estão a caminho dos locais de aplicação

A um mês do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) deu início a distribuição das provas para os locais de aplicação distribuídos em todo o país. Na quinta-feira, 3 de outubro, 408 mil impressões saíram do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército, em Osasco (SP), com a escolta da Polícia Militar, em direção a municípios da Bahia e do Pará. Para o exame deste ano, são 10,2 milhões de provas impressas.

“O Enem envolve o país inteiro, é um projeto nacional. São milhares de participantes que contam com a gente, que esperam uma boa prova, um bom ambiente para aplicarmos essas provas com segurança”, disse o presidente do Inep, Alexandre Lopes. O Enem 2019 tem 5,1 milhões de inscritos.

O diretor de Gestão e Planejamento do Inep, Murillo Gameiro disse que a logística do Enem é “uma verdadeira operação de guerra”. “Sem a participação de todos os parceiros não seria possível. Estamos trabalhando para que o sucesso seja antes, na entrega das provas, até o final, quando realizamos a divulgação dos resultados”, completou.

Enem 2019

Este ano, o exame ocorre em 3 e 10 de novembro. São 10.133 locais de aplicação em 1.727 municípios. O Enem avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e instituições portuguesas. O exame também possibilita o financiamento e apoio estudantil, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Para o dia da prova, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, a única permitida. O Inep recomenda também que o participante imprima o Cartão de Confirmação da Inscrição e a Declaração de Comparecimento (caso precise de comprovante) e leve os dois para a sala do exame.

* Com informações do Ministério da Educação

porpjbarreto

No dia 4 de outubro de 1970 morreu Janis Joplin. Considerada a “Rainha do Rock and Roll”

Música: “Me And Bobby McGee”

Janis Lyn Joplin (Port Arthur19 de janeiro de 1943 — Los Angeles4 de outubro de 1970) foi uma cantora e compositora norte-americana. Considerada a “Rainha do Rock and Roll“,[1][2] “a maior cantora de rock dos anos 1960[3] e “a maior cantora de blues e soul da sua geração”.[4] Ela alcançou proeminência no fim dos anos 1960 como vocalista da Big Brother and the Holding Company e, posteriormente, como artista solo, acompanhada de suas bandas de suporte: a Kozmic Blues e a Full Tilt Boogie. A revista Rolling Stone a considerou entre os 100 maiores artistas de todos os tempos.[5]

Influenciada por grandes nomes do jazz e do blues, como Aretha FranklinBillie HolidayEtta JamesBig Mama ThorntonOdettaLeadbelly e Bessie Smith,[6][7] Janis fez de sua voz a sua característica mais marcante,[8] tornando-se um dos ícones do rock psicodélico e dos anos 1960.[9] Todavia, problemas com drogas e álcool encurtaram sua carreira. Morta em 1970 devido a uma overdose de heroína,[3][10] Janis lançou apenas quatro álbunsBig Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968), I Got Dem Ol’ Kozmic Blues Again Mama! (1969) e o póstumo Pearl (1971), que foi o último álbum com participação direta da cantora. (wikipedia)

 

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Agência Rádio Câmara