Categoria CAJAZEIRAS

Vendedor cajazeirense está desaparecido no Estado do Piauí e família pede ajuda para encontrá-lo. Veja!

Ildislândio Rodrigues da Silva, 28 anos, conhecido por “Lândio”, natural de Cajazeiras, vendedor, foi visto pela última vez na cidade de Corrente/PI, no último dia (08) desse mês de maio.

Segundo informações da família, o patrão de “Lândio” precisou voltar para Cajazeiras neste meio tempo e, como de rotina de trabalho retornou ao Estado do Piauí, mas o cajazeirense não foi mais encontrado.

As pessoas que foram indagadas não souberam dar notícias do cajazeirense. Quem tiver alguma notícia sobre o paradeiro de Ildislândio favor ligar para o (83) 9.9361.3073, falar com Corrinha Pereira.

Redação – fmrural.com.br

Nota de Pesar e Aviso: aluno de três anos morre com suspeitas de infecção

Nota de Pesar: faleceu na tarde de ontem, domingo (20), o aluno Arthur Torres da turma da professora Jéssica. Por esta razão não haverá nesta segunda-feira (21).

Att. Irmã Regina – Colégio Nossa Senhora de Lourdes

PT de Cajazeiras: imprensa especula expulsão do vice-prefeito e exoneração de secretário de meio ambiente

Por ter ido receber no aeroporto o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na última sexta-feira (18), o vice-prefeito de Cajazeiras, Marcos Antônio Gomes da Silva, o “Marcos do Riacho do Meio” pode está a um passo de ser expulso da agremiação petista local.

Considerado golpista pelo Partido dos Trabalhadores e seus seguidores, Cássio que tenta sua reeleição ao Senado e tem apoio do prefeito José Aldemir (PP), tem trânsito livre no Sertão e admiração de alguns, portanto, não do (PT). Por esta razão e outras que os petistas mais radicais cultuam, o vice-prefeito é pauta para a próxima reunião que está marcada para os próximos dias na Terra do Padre Rolim. É aguardar.

Ainda sobre os quadro do (PT), a próxima vítima pode ser o atual Secretário Executivo de Meio Ambiente – José Maria Gurgel, que de maneira ingênua comentou e compartilhou uma charge fazendo referência à morte do ex-deputado federal Rômulo Gouveia (PSD). Caso venha se concretizar a exoneração de Zé Maria, o prefeito garante a vaga para outro petista.

É inconcebível esse tipo de comentário em rede social, Rômulo era meu amigo pessoal não tem perdão”, havia dito o gestor para um auxiliar.

Outro membro petista que não está correspondendo aos anseios do partido é a professora Laurecy Penaforte. Segundo informações chegadas a nossa redação, a professora, que ocupa a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres tem se comportado de maneira silenciosa, irritando os correligionários mais ativos.

Redação

TCU acata recurso de reconsideração e anula débito de ex-prefeito de Cajazeiras

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da União (TCU) acatou um recurso de reconsideração proposto pelo ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Antônio, que foi condenado ao ressarcimento de R$ 50.911,69 aos cofres públicos, além do pagamento de multa.

O caso tem a ver com a realização, ou não, de trabalho pago a maior nos serviços de rip-rap (montagem semelhante a muro de contenção, feita de pedaços de rochas justapostas para proteger estrutura ou área da ação da água) e de piso cimentado (calçadão) às margens do Açude Grande, em Cajazeiras, conforme apurado pela Controladoria-Geral da União (CGU).

Em seu parecer, o Ministério Público de Contas opinou no sentido de afastar o débito e excluir a empresa Rumos Engenharia Ambiental Ltda da relação processual, uma vez que entendeu cessada a jurisdição do TCU sobre terceiros privados que não gerenciam ordinariamente recursos públicos.

A ministra Ana Arraes, relatora do caso, acompanhou o parecer emitido pelo Ministério Público e votou pelo acolhimento do recurso de Carlos Antônio, afastando o débito a ele atribuído.

Com Os Guedes

Em entrevista ao Rural em Debate deste domingo (20) superintendente garante que agente de trânsito aplicou a lei

Em decorrência a um fato que causou grande repercussão nas redes sociais na última semana, quando um popular flagrou um veículo estacionado na contra mão e em cima de uma faixa de pedestres no Centro de Cajazeiras e, o carro, supostamente pertencer a um secretário municipal, o Superintendente João Vitor Mendes garantiu que a lei de trânsito foi aplicada.

A multa foi feita sim, a agente tem autonomia para exercer seu trabalho”. “Isso é sensacionalismo, ou divergência política”.

Em entrevista para o programa Rural em Debate da Rádio Rural FM de Cajazeiras, neste domingo (20), o Superintendente Municipal de Transportes e Trânsito de Cajazeiras – João Vitor Mendes fez uma explanação das suas ações e respondeu os questionamentos e interpelações dos apresentadores do referido noticioso dominical.

No quesito dificuldades – Mendes afirmou que no primeiro momento fora de grande necessidade à reorganização das atividades dos agentes e fiscalização por parte das equipes técnicas. Sobre os alvarás para os mototaxistas, por exemplo, não era possível a emissão do documento na sede do órgão, antes só seria possível retirar na Prefeitura, hoje, a emissão é feita no SCtrans. A aquisição de uma viatura nova, para auxiliar nos trabalhos foi um dos passos importantes no inicio de sua gestão. A construção de novas rotatórias, para viabilizar melhor fluidez no trânsito de Cajazeiras e, construção de uma rotatória na Avenida Severino Cordeiro, com Avenida Brasil e Avenida Comandante Vital Rolim, tem grande apelação pública e os primeiros trabalhos já foram iniciados.

Erro por emissão de multas indevidas: Há alguns anos atrás os agentes trabalhavam com o talonário manual passivo de muitos erros, hoje, os agentes trabalham com o talonário eletrônico, no instante da aplicabilidade da multa e na consulta das placas do veículo já se tem um histórico. Na maioria das vezes acontece que os condutores estão implicados em imprudência, mas os agentes fazem fotografias para salvaguardar sua imparcialidade. Em alguns casos o condutor pode recorrer na (JARI – Junta Administrativa de Recursos de Infração), onde uma equipe técnica vai avaliar os procedimentos e ocorrências de rua.

Um dos apresentadores – Humberto Nóbrega, afirmou para o Superintendente João Vitor que o trânsito de Cajazeiras é ruim. “Eu fiz um pequeno percurso aqui na cidade na companhia de um servidor público municipal e, verificamos juntos às irregularidades com mais de (60) veículos em desacordo com a legislação de trânsito”. “Os gestores são reféns dos donos da cidade”. “A SCtrans está enxugando gelo”, diz Humberto.

João Vitor fez referências dos comentários de Humberto e discordou, na sequência – expôs; “Em apenas quatro meses do primeiro ano da nossa gestão (2017), foram realizadas mais fiscalizações e aplicadas às devidas punições (multas) que em todo o ano de (2016), nós fazemos um trabalho educativo em pontos específicos da cidade, como por exemplo, nos novos conjuntos semafóricos”. O SCtrans tem uma sala de aula para educação no trânsito, para pessoas e alunos de todas as classes. Ainda de acordo com João, o trânsito brasileiro registra o segundo lugar no mundo em mortes violentas.

sensacionalismo, ou divergência política

Sobre o caso de um suposto secretário municipal ter sido flagrado estacionando seu carro na contra mão e em cima de uma faixa de pedestre, o Superintendente João Vitor atribuiu o fato a sensacionalismo ou divergência política e, que a pessoa que denunciou possa ter alguma desavença com o SCtrans – ele justificou que a notificação foi feita.

Nesse caso especifico, a multa foi feita sim, agora eu não vou pegar a multa e divulgar não, porque isso é falta de ética, a pessoa interessada, pode ser qualquer uma, ou o próprio Ministério Público, que queira saber em relação a esse caso, pode entrar com o pedido de esclarecimento se dirigindo ao Sctrans, e solicitar a cópia da multa”, justificou.

– Tomando o momento como oportuno após as afirmações do superintendente, a direção da Rádio Rural FM de Cajazeiras, se antecipou e redigiu um oficio – solicitando cópia da lavratura da multa. O mesmo titubeou a principio, mas acabou assinando como recebida à solicitação. Vale ressaltar, que a direção da rádio logo receba a cópia fará a devida publicação, para comprovar toda idoneidade nas ações executadas naquela autarquia municipal de trânsito.

 

Redação

Professor Abreu é encontrado morto em sítio de sua propriedade na tarde deste sábado (19) em Cajazeiras

Informações chegadas a nossa redação dão conta, que no final da tarde deste sábado (19), foi encontrado por uma moradora do Sítio Cabeça da Onça, o corpo de José Francisco de Abreu, conhecido popularmente por Professor Abreu.

De acordo com familiares, o mesmo sofria de pressão alta e diabetes, possivelmente sofreu um infarto fulminante e faleceu no referido sítio de sua propriedade. Ele costumava ir ao sítio todos os sábados logo cedinho e, hoje – demorou retornar.

O SAMU foi acionado, fez o resgate do corpo para o Hospital Regional de Cajazeiras, porém, nada pôde fazer. Após emitido o atestado de óbito, o corpo foi liberado aos familiares para realização do velório, que já está acontecendo em frente ao HRC.

Em vida, Abreu exerceu diversas atividades no setor público. Chegou a ser secretário na gestão do prefeito Léo Abreu. José Francisco de Abreu tinha quatro filhos e deixa viúva Dona Nerivânia.

 

Redação

Assédio sexual: jovem faz desabafo em rede social e presidente de associação de mototaxistas de Cajazeiras emite nota de solidariedade

Uma jovem  de Cajazeiras postou em sua rede social, que teria sido vítima de assédio sexual por um mototaxista, quando estaria sendo transportada de um ponto a outro da cidade.

 

Abaixo, um resumo e teor de parte da nota emitida pelo presidente da associação. Leia!

– A Associação dos Mototaxistas de Cajazeiras vem através desta, se solidarizar com essa jovem, onde relata em sua publicação que postou nas redes sociais ter sido assediada sexualmente por um mototaxista de Cajazeiras. Em tempo, a Associação discorda com ela, quando a mesma solicita na publicação que outras meninas evitem andar com mototaxistas em Cajazeiras. “MENINAS EVITEM DE ANDAR DE MOTOTÁXI EM CAJAZEIRAS“. Pois bem, nesse ponto ela se precipitou – porque jamais ninguém deve pagar pelos erros dos outros e como nossa categoria é uma categoria de mais de (650) mototaxistas cadastrados, junto ao órgão fiscalizador da nossa cidade, o (SCTRANS). Fora esses cadastrados, existem ainda, os mototaxistas que fazem o serviço clandestino. Então, a jovem deveria ter procurado o Sctrans, ou até mesmo a polícia, para que os fatos fossem apurados e conforme a lei, dar inicio a devida identificação do suposto acusado.

Ainda de acordo com o presidente da Associação dos Mototaxistas de Cajazeiras, Augustinho Filho – a vítima se precipitou, pois, da maneira que a mesma faz a narração do referido fato, toda categoria pode ser penalizada pela atitude isolada de um profissional de má fé e intenção duvidosa.

Discordando, Augustinho Filho completou: “Agora ela sair culpando toda a categoria, isso não pode! A categoria dos Mototaxistas de Cajazeiras têm profissionais que prestam serviços há mais de (22 anos). A Associação dos Mototaxistas de Cajazeiras se solidariza com a categoria por essa jovem ter culpado toda a classe. Pedimos providências às autoridades, que procurem essa jovem e investiguem o caso. Para que o verdadeiro culpado pague pelo seu erro”. Afirmou.

 

Redação

Polícia Militar recupera na Zona Rural de Cajazeiras motocicleta proveniente de roubo

Uma guarnição da 5ª Companhia de Trânsito do 6º BPM recuperou uma motocicleta com registro de roubo. O veículo foi localizado no Distrito Azevém, na Zona Rural de Cajazeiras. O fato se deu na tarde da última sexta-feira (18/05/2018). Com esta ocorrência, são duas motocicletas recuperadas pela 5ª CPTRAN em menos de 24 horas.

 

Redação com Assessoria

Hoje tem espetáculo no Teatro Ica! “A Feia de Caruaru”

O Teatro Íracles Pires apresenta neste sábado (19), logo mais ás 20hs, o espetáculo “A Feia de Caruaru”. O espetáculo é produzido pela Companhia Luna de Teatro. Vale a pena assistir.

Na contra mão: veículo de secretário municipal de Cajazeiras estaciona em desacordo com a legislação e deixa popular enfurecido

Um veículo Volkswagen Gol, de cor vermelha, placas: MOW-4384, inscrição de Cajazeiras/PB, que estacionou na contra mão de direção e em cima de uma faixa de pedestres da Rua Padre Rolim – Centro – Cajazeiras, nesta sexta-feira (18), como foi feito o flagrante (foto) e postada em grupos de um aplicativo de mensagens instantâneas – deixou um popular bastante revoltado.

De acordo com áudios que estão circulando pelas redes sociais, o referido veículo pertence a um secretário municipal de Cajazeiras, mas de acordo com o Detran-PB, consta nos registros em nome de uma empresa de transporte.

A revolta se deu ainda, porque uma agente de trânsito, servidora do órgão municipal fiscalizador chegou a estacionar sua motocicleta e deu inicio à execução do seu trabalho, porém, ao perceber que o veículo pertencia a alguém do seu conhecimento, a mesma “bateu em retirada”.

Vale salientar que segundo o Código Nacional de Trânsito, trata-se de infração grave com perda de 5 pontos na CNH, e multa de R$ 195,23, para:

– Transitar pela contramão em via de duplo sentido  R$ 195,23

– Estacionar em fila dupla     R$ 195,23(remoção)

– Estacionar afastado da guia (+ de 1 metro)  R$ 195,23 (remoção)

– Estacionar veículo na calçada      R$ 195,23 (remoção)

– Estacionar na faixa de pedestres R$ 195,23 (remoção).

 

Redação