Categoria Brasil

porpjbarreto

João Azevêdo e Paraíba são destaques em TV chinesa

O governador João Azevêdo foi destaque na TV China Central Television (CCTV), oportunidade em que apresentou as potencialidades da Paraíba e as oportunidades de negócios geradas pelo Estado, a exemplo do projeto para a instalação do estaleiro para reparos navais no município de Lucena e para a ampliação do Porto de Cabedelo. Na entrevista à emissora chinesa, o gestor paraibano também ressaltou o potencial da Paraíba na geração de energias alternativas.

“As potencialidades do nosso Estado são muito grandes, principalmente, na geração de energias alternativas, como a eólica e solar. Nós temos a possibilidade muito grande de receber investimentos para a construção de um estaleiro para reparos de navios e para a ampliação do Porto de Cabedelo”, destacou João Azevêdo à CCTV, que possui uma rede de 50 canais e é assistida por mais de um bilhão de telespectadores.

Na última terça-feira (12), o chefe do Executivo estadual manteve reunião com representantes da Communications Construction Company Ltd. (CCCC), empresa multinacional de engenharia envolvida em projetos de construção e operação de ativos de infraestrutura, ocasião em que apresentou aos investidores chineses os projetos para implantação do estaleiro para reparos navais no município de Lucena e do Polo Turístico Cabo Branco e destacou as ações do Governo para manter a solidez fiscal e investimentos na Paraíba.

Confira a entrevista no link abaixo:

http://app.cctv.com/special/cbox/detail/index.html?guid=7f1b2681a1c24d68afb60bb6cd5cbfac&vsid=VSET100258670037&from=singlemessage&isappinstalled=0#0

 

Secom

porpjbarreto

Bolsonaro anuncia que deixará o PSL para criar novo partido

Para a criação do partido ‘Aliança pelo Brasil’, Bolsonaro precisa reunir pelo menos 500 mil assinaturas

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira 12, a sua saída oficial do PSL e a criação de uma nova legenda, o “Aliança pelo Brasil”.

Para conseguir criá-la, Bolsonaro precisará reunir cerca de 500 mil assinaturas, uma exigência do Tribunal Superior Eleitoral. Enquanto isso não acontece, o presidente ficará sem partido. Essa será a nona troca de partido por parte de Bolsonaro.

Quem confirmou as especulações acerca da criação do novo partido foi o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que se colocou como um dos políticos que pretende mudar de sigla – apesar disso só acontecer quando o novo partido for oficialmente criado. Outros parlamentares, como Bia Kicis (PSL-DF) também comentaram o anúncio, que foi feito após uma reunião de Bolsonaro com aliados no Palácio do Planalto.

Com a saída de Bolsonaro do PSL, termina, assim, uma disputa de meses entre o capitão e o presidente da sigla, o deputado federal Luciano Bivar, que fez a bancada rachar ao meio.

A legislação eleitoral proíbe que um parlamentar deixe seu partido por entender que o mandato pertence à legenda. Mas existe uma brecha na lei que autoriza essa troca se o partido escolhido for recém-criado.

O PSL hoje é a segunda maior legenda do congresso, perdendo apenas para o PT. A sigla, que foi criada em 1994, sempre foi uma legenda nanica até a entrada de Bolsonaro.

Com a popularidade do presidente, o PSL elegeu deputados, senadores e três governadores (Rondônia, Roraima e Santa Catarina). Com essa quebra, o presidente perde apoio no Congresso e o acesso ao fundo eleitoral, que pode chegar a 1 bilhão de reais até 2022.

Carta Capital

porpjbarreto

Débito, crédito ou Facebook Pay? Agora dá para pagar usando até o WhatsApp

Facebook acaba de anunciar, nesta terça-feira (12), um novo sistema de pagamentos chamado Facebook Pay.

A plataforma estará disponível para usuários dos aplicativos Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp, permitindo transações dentro de suas próprias contas, como efetuar pagamentos de compras, doações para entidades, além de também enviar dinheiro para amigos.

A novidade será lançada, inicialmente, nos Estados Unidos ainda nesta semana, no Facebook e no Messenger. Os primeiros usuários a testarem o Facebook Pay poderão fazer pagamentos pessoais, compra de ingressos e compras de páginas existentes dentro do Marketplace da companhia.

O Facebook Pay terá suporte para a maioria dos cartões de débito e crédito, além do PayPal.

Deborah Liu, vice-presidente de e-commerce e marketplace do Facebook, conta que, em breve, mais pessoas poderão usar o serviço também no Instagram e no WhatsApp. No entanto, nenhuma data foi revelada para isso, muito menos sobre o lançamento em outros países.

A nova plataforma de pagamentos não tem nenhuma relação com a criptomoeda Libra e a carteira digital Calibra, ambas também em desenvolvimento pelo Facebook.

 

Fonte: The Verge via Facebook Newsroom

porpjbarreto

Deputados da Paraíba e de Pernambuco se reúnem em Recife para traçar ações conjuntas em relação às obras da transposição do Rio São Francisco

Os deputados estaduais Jeová Campos (PSB), da Paraíba e, o deputado pernambucano, Antônio Fernando (PSC), que integram a Frente Interestadual em Defesa da Transposição, se reuniram nesta terça-feira (12), em Recife, para definirem as próximas ações da Frente. Uma das decisões é que os parlamentares vão pleitear uma participação no Fórum dos Governadores do Nordeste, nos próximos dias, e também terão uma nova agenda em Brasília.

“Precisamos retornar a Brasília para saber como ficou a montagem do orçamento para 2020, em relação a transposição do Eixo Norte, e também a questão do terceiro ramal, o Ramal do Piancó. Essa viagem deverá acontecer, ainda este mês”, disse Jeová, lembrando que para tratar dessa pauta, uma audiência já foi solicitada pela Frente ao Ministério da Integração Nacional.

Sobre a participação da Frente no Fórum de Governadores, Jeová explica que é fundamental aglutinar forças tanto do poder executivo, quanto legislativo na busca da conclusão das obras da Transposição. “Essa é uma pauta que interessa ao Nordeste e, portanto, aos chefes do executivo também, de forma que quanto mais unidos, mais forças teremos para cobrar a conclusão das obras do Eixo Norte e do Terceiro Ramal”, finaliza Jeová.

Assessoria 

porpjbarreto

Vídeo: Em conversa com RC, Lula relembra miséria e calor em Sousa e afirma que a luta está apenas começando. Veja!

O ex-governador e atual presidente estadual do (PSB), Ricardo Coutinho, esteve visitando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em SP, nesta terça-feira (12) onde recebeu afagos e a promessa que em breve estará em solo paraibano, para dar continuidade às lutas iniciadas por ele há décadas atrás, na companhia de Ricardo, quando o mesmo enfileirava os quadros do (Partido dos Trabalhadores).

Lula relembrou de um evento político que esteve participando na cidade de Sousa, no Sertão e, afirmou que uma cena triste e muito lamentável teria marcado sua vida.

Abaixo, um vídeo onde Lula promete que virá à Paraíba:

Redação

porpjbarreto

CCJ da Câmara abre reunião para discutir PEC da prisão em 2ª instância

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara rejeitou, por 38 votos a 12 os requerimentos de adiamentos de pauta da proposta de emenda à Constituição (PEC) 410/2018

A comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) começou, nesta terça-feira (12/11), parlamentares rejeitaram os requerimentos de adiamentos de pauta da proposta de emenda à Constituição (PEC) 410/2018 por 38 votos a 12. A PEC regulamenta a prisão após o julgamento em segunda instância. O presidente da casa, Felipe Francisichini (PSL-PR) tenta, desde segunda-feira (11/11). Os debates continuam.

Os principais argumento da oposição é que a CCJ julga o tema por “casuísmo”, devido à decisão do Supremo Tribunal Federal contrária à prisão antes do transitado em julgado. Eles alegam que a intenção da presidência da CCJ e dos governistas é voltar a prender o ex-presidente Lula. É fato que Francischini trouxe o tema à pauta justamente quando os ministros começaram a debater o tema. Mas, também é fato que Francischini decidiu suspender o andamento da Pec até a decisão dos ministros.
Após a decisão, porém, ele voltou a correr com o tema. Parlamentares da direita e governistas argumentam, por sua vez, que “casuísmo” seria, na verdade, o argumento da oposição, de afirmar que a Pec é endereçada a Lula. Eles afirmam que o tema é antigo, que estão lutando contra a corrupção e a impunidade e que é dever do Congresso debater o tema. Afirmam, ainda, que não se trata de violação de cláusula pétrea da Carta Magna, principalmente, porque o presidente do STF, Dias Toffoli, afirmou, em seu voto contrário à prisão em segunda instância, que caberia ao legislativo regular o tema.
Existe, ainda, um movimento partidário na Câmara para tentar apressar a votação Pec na CCJ, caso a oposição consiga segurá-la. Segundo Alex Manente (Cidadania-SP), autor da proposta, Cidadania, Novo, Podemos e parte do PSL concordaram em cruzar os braços no plenário até que a matéria esteja votada na comissão. Vice-líder do PT e titular da CCJ, Maria do Rosário (RS), ironizou o movimento, por atrasar as pautas do governo.
“Eles querem obstruir? Aí, não entenderam o que é ser governo. Ou querem ser um governo que não faça nada. Se quiserem obstruir, terão nosso apoio. Qual o projeto no plenário que é a favor do povo? Reformas trabalhistas, previdenciárias, contra a população? Se o governo obstrui suas próprias questões, eu vou dizer para obstruir sua pauta ruim para o Brasil. Bolsonaro não tem nem partido aqui dentro”, disparou.
O líder do PSL na Câmara, Eduardo Bolsonaro (SP) se disse aberto a conversas, mas, inicialmente, contrário à iniciativa, assim como a parlamentar petista. “Os líderes disseram que fariam obstrução até que fosse votada a prisão em segunda instância. Só que não adianta fazer obstrução se o projeto não está preparado para ir para o plenário. Se me provarem que, se fizerem obstrução, pode ajudar na aprovação, contem comigo na liderança do PSL e da bancada para fazer obstrução. Agora, fazer obstrução para um projeto que, sabe-se lá quando, a gente vai conseguir colocar em plenário, só significa atrasar as pautas do país”, ponderou.
Correio Braziliense
porpjbarreto

Dia Nacional de Luta contra a privatização do saneamento mobiliza servidores da Cagepa em toda a Paraíba

Portanto cartazes, faixas e distribuição de panfletos e uso de serviços de som, os funcionários da Cagepa foram às ruas nesta segunda-feira, 11, no Dia Nacional pela Universalização do Saneamento. Os diretores do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba (Stiupb), se revezaram e participaram de todas as atividades agendadas: Campina Grande, João Pessoa, Patos, Guarabira, Sousa e Cajazeiras.

Em Campina Grande, o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, foi até à Depuradora da Cagepa, no bairro do Tambor, onde expôs aos trabalhadores  o que é o Projeto de Lei (PL) nº 3261/2019, que quer transformar a água em mercadoria, favorecendo apenas as grandes empresas privadas.

Na oportunidade, o dirigente sindical pediu que a categoria procurasse ser ativa nessa luta, cobrando dos deputados uma posição sobre o tema, já que o Projeto vai entrar em pauta para votação em Plenário oportunamente.

 “Não estamos aqui lutando apenas pela manutenção dos nossos postos de trabalho, mas por nossa Cagepa pública, uma das mais eficientes do País, conforme estudo que já foi divulgado nacionalmente. Acreditamos também que a privatização não visa atender ao chamamento da universalização do saneamento, mas tão somente beneficiar o capital privado em nome do lucro e deixando de fora desse bolo as pequenas cidades que possuem uma arrecadação menor em termos de arrecadação tarifária”, assinalou Wilton.

Idêntica manifestação aconteceu na Cagepa R2, no centro de Campina. Em Patos, a manifestação aconteceu no Regional da Cagepa, englobando o Regional das Espinharas. Guarabira, Sousa, Cajazeiras e João Pessoa da mesma forma também realizaram manifestação e em algumas delas, os próprios gerentes fizeram questão de participar, compartilhando o pensamento de que a privatização não atenderá aos anseios dos brasileiros, notadamente das regiões mais pobres como o Nordeste e o Norte do Brasil.

Assessoria de Imprensa – Stiupb

porpjbarreto

Bárbara Paz confirma participação no 14° Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro

Abertura do evento será com filme sobre Hector Babenco, premiado em Veneza

O documentário “Babenco – alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, filme de estreia da atriz Bárbara Paz por trás das câmeras, será o abre-alas do 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, que acontece entre os dias 28 deste mês e 4 de dezembro, no Cinépolis Manaíra Shopping, em João Pessoa. Recém-premiada no Festival Internacional de Cinema de Veneza por esse documentário, Bárbara estará na abertura do evento.

Com esse filme, Barbára Paz venceu o Bisato D’Oro, prêmio da crítica independente da 76ª edição do festival veneziano, e também o prêmio de melhor documentário sobre cinema na mostra Venice Classics. Ele narra os últimos dias de vida do cineasta Hector Babenco, de quem ela ficou viúva em 2016. É um documentário que traz cenas de hospitais, trechos de filmes, imagens caseiras, memórias, reflexões e depoimentos – tudo filmado e gravado com a anuência do cineasta, em épocas distintas dos seus últimos três anos de vida.

O documentário, segundo Bárbara, é uma ode a Babenco e a sua obra. Traça um paralelo entre a arte e o câncer que o vitimou (ou seja, é sobre a vida e a morte do cineasta), em preto e branco, com produção da própria Bárbara, de Myra Babenco e dos irmãos Caio e Fabiano Gullane. O diretor, que nasceu na Argentina e se naturalizou brasileiro, morreu aos 70 anos. Seus filmes mais famosos incluem “Lúcio Flávio, passageiro da agonia” (1977), “Pixote: A lei do mais fraco” (1982), “O beijo da Mulher Aranha” (1985) e “Carandiru” (2003).

Semana de cinema – A partir do dia 28 de novembro, a cidade de João Pessoa será sede da Sétima Arte. Durante uma semana, a capital paraibana vai ser invadida por atores, cineastas, críticos, jornalistas e diretores, todos em torno das mostras competitivas e dos lançamentos de novos trabalhos. A programação do evento, que acontece até o dia 4 de dezembro, se dividirá entre o Cinépolis Manaíra Shopping (exibição de filmes) e o Hotel Tambaú (debates e oficinas). O Fest Aruanda é patrocinado pela Energisa (Usina Cultural) e pelo Armazém Paraíba, via Lei Federal de Incentivos – Ministério da Cidadania, com chancela da UFPB.

Serviço

14° Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro

Data: 28/11 a 04/12/19

Local: Cinépolis Manaíra Shopping e Hotel Tambaú – João Pessoa-PB.

 

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

Autor da música ‘Caneta Azul’ prepara disco com produtor que gravou sucesso de Tiririca

Apesar do ritmo brega escolhido por Manoel, Costa afirma que o disco será bastante eclético, podendo ter um pouco de pop, rock, axé e até reggae.

Foi através do Whatsapp que Manoel Gomes ficou conhecido em todo o país. De uma mensagem a outra, os versos “caneta azul, azul caneta” viraram hit. Mas a “fama” do maranhense de 49 anos não deve parar por aí, já que ele lançará um álbum ainda neste ano.

“Não podemos deixar passar essa febre”, afirma Laércio da Costa, que está produzindo o disco de Manoel. “Ele tem mais de 21 mil músicas, todas nesse estilo bem brega, mas é um fenômeno”, completa o produtor musical, que compara Manoel a Tiririca, que estourou com a música “Florentina” (1996).

Costa afirma que estava em Dubai gravando um DVD quando foi chamado pelo programa Hora do Faro (Record) para produzir uma nova versão de “Caneta Azul”.

Assim que conheceu Manoel, ele decidiu embarcar na parceria e começou a preparar o álbum, que deverá ter 15 canções.

Apesar do ritmo brega escolhido por Manoel, que trabalha como segurança na cidade de Balsas (MA), Costa afirma que o disco será bastante eclético, podendo ter um pouco de pop, rock, axé e até reggae: “Conforme vier a inspiração”, afirma ele, que já produziu nomes como Glória Stefan, Thaeme e Thiago e Zezé di Camargo e Luciano.

Folha Press

porpjbarreto

Incursão: filme paraibano é classificado para o 14º Festival de Audiovisual Comunicurtas da UEPB de Campina Grande

Mais um trabalho glorioso na carreira da cajazeirense Raquel Rolim, que atuou como atriz coadjuvante no filme  “Incursão”

Agora é o 14° Festival Audiovisual Comunicurtas da UEPB, tradicional festival realizado em Campina Grande-PB.

A exibição ocorrerá no dia 29 de novembro, uma sexta-feira à tarde, no charmoso Cine Teatro São José com entrada franca.

Esta exibição será considerado como o lançamento do filme na cidade da Stairs Filmes, uma das coprodutoras do longa-metragem. O filme conta com um grande elenco paraibano. A cajazeirense Raquel Rolim que foi uma das atrizes coadjuvantes, a atriz Claudia Lira, Mariana Abreu, Arly Arnaud, o ator Beto Quirino, Sebastião Formiga, Ruy Marques, Fernando Teixeira, Fábio Campos que protagoniza essa história que vai te prender do início ao fim e Dadá Venceslau.

A direção é de Eduardo Moreira e Sílvio Toledo.

 

Assessoria de Imprensa