Categoria Brasil

porpjbarreto

Veneziano lamenta fala desrespeitosa do ministro Paulo Guedes, que chamou servidores públicos brasileiros de “parasitas”

O senador Veneziano Viral do Rêgo (PSB-PB) lamentou a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, que classificou os servidores públicos brasileiros de “parasitas”. Segundo Veneziano, a fala do ministro não é apenas desrespeitosa por si só, mas sobretudo por representar fielmente atos praticados pelo governo que prejudicam milhares de trabalhadores em todo o país.

Guedes comparou os servidores públicos a “parasitas” na última sexta-feira (07), ao comentar as propostas de reforma administrativa que o governo pretende enviar ao Congresso. A crítica foi feita durante palestra em um seminário sobre o Pacto Federativo, na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas.

Na oportunidade, Paulo Guedes também criticou o que considera “privilégios” dos funcionários públicos, como a estabilidade no emprego e o que classificou de “aposentadoria generosa”. Para o ministro, devido a esses benefícios, não faz sentido o governo conceder reajuste anual de salários aos servidores.

Veneziano disse que a fala do ministro foi uma “agressão gratuita e desnecessária” e que, além do termo “extremamente inapropriado” utilizado pelo ministro, as críticas a conquistas de décadas dos servidores – como é o caso da estabilidade – mostram que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem como um de seus propósitos o de prejudicar trabalhadores, retirando conquistas e atuando para reduzir salários.

Ele também lembrou a ameaça de Guedes, em março do ano passado, quando afirmou que o governo iria cortar os salários dos servidores públicos, caso a reforma da Previdência não fosse aprovada.

“Mais do que palavras, o governo tem feito ações em desfavor dos trabalhadores. A máquina pública no Brasil funciona graças à dedicação de muitos que atuam no serviço público. O problema é que quando um serviço não funciona a contento, o governo tende a se eximir da culpa e coloca-la toda em cima dos servidores. Desta forma, joga a população contra os trabalhadores e aproveita para continuar seu estado de inércia em relação aos avanços que o país precisa”, afirmou o Senador.

Após a fala do ministro, pelo menos 32 entidades que representam servidores públicos brasileiros emitiram notas de repúdio e anunciaram a disposição de denunciar Paulo Guedes à Justiça e à Comissão de Ética da Presidência da República, considerando que o ministro cometeu crimes de calúnia, difamação e assédio institucional.

Dentre as entidades estão a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco Nacional); a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), dentre outras.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Cãibra pode ser sinal de Doença Arterial Obstrutiva Periférica

Doença é comum em homens e causa muita dor na prática de exercícios

A claudicação intermitente – ato de mancar – é muito comum entre as pessoas que sofrem com a Doença Arterial Obstrutiva Periférica (DAOP). Em geral, as crises ocorrem durante a prática de exercícios físicos. O paciente sente uma dor parecida com a cãibra, o que acaba gerando grande incômodo na execução dos movimentos.

A DAOP é uma obstrução das artérias da perna, que dificulta a passagem sanguínea, da forma correta, pelo membro. Isso impede que o corpo envie oxigênio para os músculos e pode causar, além da dor, gangrena e úlceras nos locais afetados.

O angiologista e presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), Bruno Naves, explica que a DAOP nada mais é o que a falta de circulação na perna. “O fator mais importante para que isso aconteça chama-se tabagismo, que vai deteriorando os vasos arteriais. Associado ao cigarro tem a vida sedentária, o colesterol alto, o stress, isso tudo vai deteriorando a parede da artéria, e essa parede vai acumulando gordura e dificultando a chegada de sangue”.

Naves explica que a manifestação maior aparece ao andar. “Para andar o músculo precisa de sangue, de nutrição e oxigênio, com a doença não chega da forma adequada e o corpo sinaliza com dor: a pessoa anda, dói, ela para e melhora, anda de novo, dói, para e melhora. A gente chama isso de claudicação intermitente. Essa dor é uma sinalização que está faltando circulação no músculo, aí a pessoa não consegue andar”.

Exercícios

O administrador aposentado Armado Camillo, de 73 anos, convive com a doença há cerca de 20 anos. Ele contou que no caso dele são determinadas artérias que estão entupidas, com gordura calcificada, e o problema é decorrente do tabagismo, embora já tenha abandonado o vício há 18 anos.

“Quando faço algum esforço, sinto uma fadiga extremamente dolorosa na barriga, que às vezes me impedem inclusive de andar, tenho que parar, esperar um pouco, depois continuar. E uma das soluções é justamente o andar, e o andar provoca a dor, então é um círculo que a gente tem que ficar administrando. Como a doença é progressiva, o andar é a alternativa para que não progrida ainda mais”.

Além das caminhadas, ele faz hidroginástica e exercícios na bicicleta ergométrica. “Estou numa situação estável há quatro anos, isso decorrente dessas atividades que pratico, mas por sofrer da doença aconselho aos jovens, não fume. Vejo a moçada com sua vida de fumante e a gente que foi fumante vê como é perigoso esse hábito maléfico”, recomenda Camillo.

Cãibras

Segundo o angiologista, a cãibra pode ser também uma manifestação da falta de circulação. “O músculo, às vezes, por falta de irrigação, contrai e causa dor e pode também ser por deficiência de magnésio. O solo do Brasil é pobre em magnésio, mesmo comendo as verduras verde escuras, que são fonte de magnésio, nem sempre é o suficiente para manter esse mineral na quantidade ideal para o nosso corpo. A gente tem que fazer o diagnóstico diferencial para saber se a cãibra é por falta de algum mineral ou se é por falta de circulação”, alertou.

Para quem sofre com a falta do mineral, é feita a reposição por meio de medicamento. No caso da pessoa com a doença arterial periférica quando está no estágio inicial, o tratamento é motivar o paciente a andar. “Toda vez que ele anda e sente dor, o cérebro recebe uma mensagem assim: ‘olha, não estou dando conta de jogar sangue o suficiente lá na perna, tenho que me virar’. E o nosso organismo é fantástico, ele consegue criar uma circulação colateral que é novinha, fininha, essa circulação colateral consegue refazer a circulação jogar a quantidade necessária de oxigênio novamente, mas para isso acontecer tem que ter motivo”, descreveu Naves.

Ele explica que para todo paciente que tem sintoma de claudicação, e sente dor ao andar, o tratamento é justamente andar. “No começo ele vai andar 100 metros, depois 200m. Quando ele perceber está andando 1km, porque o próprio organismo vai fazer essa melhora. É claro, a melhora acontece aliada à cessação total do tabagismo, controle muito vigoroso do colesterol e da glicose, se ele for diabético, e se estiver obeso, também deve diminuir o peso melhor, porque ele vai andar com mais facilidade”, recomenda o médico.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Senac Paraíba está com aproximadamente 400 vagas abertas para cursos de idiomas

O Senac Paraíba está com aproximadamente 400 vagas abertas para os cursos de inglês e espanhol nas unidades do Centro de Desenvolvimento Gerencial (Cendege) de João Pessoa e em Campina Grande.

São 25 turmas divididas nos níveis básico, intermediário e avançado. As aulas acontecem nos turnos manhã, tarde e noite, a partir do dia 17 de fevereiro. Os cursos são indicados para alunos com idade a partir de 12 anos e possuem carga horária que varia de 40h a 70h, de acordo com o idioma.

A programação completa, com a lista dos cursos disponíveis, mais detalhes sobre cada um, valores e pré-requisitos, pode ser acessada pelo site www.pb.senac.br ou através dos exemplares impressos distribuídos em cada unidade do Senac no estado da Paraíba.

Para se matricular em um dos cursos, os interessados devem se dirigir à unidade do Senac de sua cidade, portando os documentos de RG, CPF e comprovante de pré-requisito exigido pelo curso escolhido. Se menor de idade, o aluno deverá estar acompanhado de um representante legal.

Em João Pessoa, o Cendege fica na Rua Desembargador Souto Maior, 115, Centro e o telefone para contato é o (83) 3214-2340. Na cidade de Campina Grande, a unidade está localizada na Rua Manoel Tavares, 300, Alto Branco, e atende no telefone (83) 3341-5711.

 

Assessoria

porpjbarreto

Flávio José, Walkyria e Santanna são as atrações da melhor prévia junina de João Pessoa

“Arrastapé da Capitá” acontece no dia 16 de maio, na orla de Cabo Branco

No dia 16 de maio, o forró vai comer solto na praia de Cabo Branco. A um mês da festa mais nordestina do Brasil, o som da sanfona, do triângulo e da zabumba ecoará no “Arrastapé da Capitá”. No palco, nada menos que Flávio José, Walkyria Santos e Santanna, o Cantador. O evento é uma realização da Planeta Promo e da Colônia Produções.
Esta será a quarta edição do “Arrastapé da Capitá”, considerada a maior prévia junina da Paraíba. Com megaestrutura e atrações que brilham no firmamento do cenário musical do Nordeste, o evento tem tudo para ser mais um sucesso.
Serviço
Arrastapé da Capitá
Antigo BNB Clube (orla de Cabo Branco)
Dia: 16/05/2020
Horário: a partir das 19h
Assessoria 
porpjbarreto

Turma Recursal da JFPB começa a atender em novo prédio a partir desta segunda-feira (10)

No último dia 31, a 5ª Vara Federal também foi transferida para o local, que abrigará, ainda, alguns setores administrativos da Seção Judiciária paraibana

A partir desta segunda-feira (10), a Turma Recursal (TR) da Justiça Federal na Paraíba (JFPB) atenderá na Torre Sul do Duo Corporate Towers (DCT), às margens da BR-230, número 2051, quase em frente ao novo prédio da Polícia Federal. Os gabinetes dos juízes federais, os setores administrativos e o atendimento em geral estarão no 4º andar. Já a sala de julgamentos ficará no 5º andar, com primeira sessão prevista para o dia 14/02.

Compõem a Turma, os juízes federais Rudival Gama do Nascimento (presidente), Sérgio Murilo Wanderley Queiroga e Bianor Arruda Bezerra Neto. Os magistrados João Pereira de Andrade Filho e Rogério Roberto Gonçalves de Abreu são suplente e auxiliar, respectivamente. A TR tem a competência de julgar e processar os recursos formulados contra as sentenças proferidas pelos Juizados Especiais Federais, tanto em matéria cível, quanto criminal.

A 5ª Vara Federal foi a primeira a ser transferida para o DCT, que, em breve, contará ainda com os serviços de alguns setores administrativos da Seção Judiciária paraibana.

Assessoria de Comunicação 
Justiça Federal na Paraíba – JFPB

porpjbarreto

Fim de semana será chuvoso no país, prevê meteorologia

Chuvas mais fortes devem permanecer em Goiás e Distrito Federal

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou nesta sexta-feira (7) que o fim de semana deve ser de chuvas em grande parte do país.

De acordo com o Inmet, o volume será significativo nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, podendo variar entre 80 e 200 milímetros.

Entre os dias 9 e 15 de fevereiro, a maior concentração de chuvas vai ocorrer nas regiões Sul e Sudeste e, ainda, no litoral norte do Brasil.

O tempo deve ficar encoberto a nublado, com pancadas de chuva no sul e sudoeste do Amazonas, Pará, sul do Amapá e no Acre.Também será nublado a encoberto, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas, em Rondônia e Tocantins, permanecendo nublado nas demais áreas da Região Norte.

No Sul do Maranhão, o clima deve ficar de encoberto a nublado, com pancadas de chuva, ao sul do Maranhão, e nublado a encoberto com pancadas de chuva no Piauí, Ceará e na Bahia. Nas demais regiões do Nordeste,  estará nublado com pancadas de chuvas isoladas.

Para a Região Sul, a indicação é de tempo nublado, com pancadas de chuva no litoral do Paraná, leste e norte de Santa Catarina. Também será parcialmente nublado a nublado, com pancadas de chuva isoladas nas demais áreas do Paraná e de Santa Catarina e no norte, nordeste e sul do Rio Grande do Sul.

No oeste e centro do Rio Grande do Sul, a previsão é de chuvas isoladas. Nas demais áreas, parcialmente nublado a nublado.

“Os maiores acumulados de chuva estão previstos para o litoral de Santa Catarina e do Paraná, onde os totais poderão ficar próximos aos 100 milímetros, nas demais áreas da região, os acumulados de chuva irão variar entre 5 e 60 mm, sendo os maiores valores concentrados no norte do estado do Paraná”, informou o Inmet.

Sudeste

Para o Sudeste, a previsão é de clima nublado a encoberto, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em Minas Gerais. Em São Paulo e Rio de Janeiro, permanecerá parcialmente nublado a nublado, passando a encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. No Espirito Santo, o céu fica parcialmente nublado com aviso de chuva moderada.

Segundo a meteorologista do Inmet, no Rio de Janeiro, Marlene Leal, o fim de semana no estado deve ser com menos chuvas e tempo parcialmente nublado. “O final de semana terá nebulosidade e leves pancadas de chuvas tanto no sábado quanto no domingo, com mínima de 12 graus e máxima de 34 graus.”

Centro-Oeste

O Centro-Oeste deve permanecer com tempo nublado a encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal e, ainda, parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

Segundo a meteorologista Naiane Araújo, o Distrito Federal vai permanecer chuvoso durante todo o final de semana, “com chuvas, mínimas de 17 e 18 graus e máximas de 23 e 24 graus, e deve permanecer assim até segunda-feira”.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Chão cede e alunos caem em buraco no laboratório de escola de Fortaleza, no Ceará

Dois alunos ficaram feridos; professor também caiu

Dois alunos se feriram após o chão ceder no laboratório de ciências da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Dourado, no Bairro Padre Andrade, em Fortaleza, na manhã desta sexta-feira (7). Segundo uma estudante, que estava no laboratório no momento e não vai ser identificada, sete alunos e o professor caíram no buraco.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Ceará (Seduc) disse que engenheiros irão acompanhar o caso para esclarecer as causas e adotar as providências necessárias, de forma imediata. Os feridos receberam atendimento no local, afirmou a secretaria.

Uma estudante conta que o professor alertou à turma que o chão estava “fofo” e que eles não deveriam correr ou se aglomerar. Os alunos, no entanto, se concentraram no mesmo ponto em determinado momento, e o chão acabou cedendo. “No meio da aula, quando ele foi mostrar as coisas, todo mundo foi para um lugar só. Ai o chão afundou com tudo”, explica a aluna.

O Sistema Verdes Mares questionou à Seduc se a equipe discente da instituição já sabia dos riscos do acidente, mas não recebeu resposta sobre essa questão especificamente até a publicação desta matéria.

Conforme relata a mãe de uma das estudantes que se feriram no ocorrido, membros da organização da escola afirmaram que existia anos atrás uma fossa no local onde abriu um buraco. A filha dela caiu na cratera e teve arranhões nos braços e pernas. “Foi um susto. Fiquei preocupada porque a escola é um lugar de segurança”, conta a mãe, que é costureira.

 

Diário do Nordeste

porpjbarreto

Poço Dantas está na agenda do deputado Wilson Santiago apreendida pela Policia Federal, afirma o Estadão

A Polícia Federal encontrou no apartamento do deputado Wilson Santiago (PTB), em João Pessoa, uma agenda com ‘anotações de pagamentos para personalidades politicamente relevantes da Paraíba‘, mencionando deputados, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores ligados a 62 Municípios do Estado. Segundo a PF, a relação contém o nome do atual prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), ao lado de quantum que totalizam R$ 260 mil.
A Polícia Federal pegou também um manuscrito com uma relação de municípios e ‘o que seriam valores financeiros a eles relacionados. Na listagem constavam os nomes dos Municípios Poço Dantas, Bernardino Batista, Bonito de Santa Fé, Poço de Jose de Moura, dentre outros. O tema foi divulgado na Revista Crusoé e o Jornal Estadão.

Além disso foram apreendidos documentos de operações bancárias de depósito em favor de empresas controladas pelo grupo familiar de Wilson Santiago, além do registro de controle financeiro da aeronave PT-WRL, registrada em nome da empresa JFB Locadora.

“O material apreendido durante o procedimento de busca e apreensão revela importantes indícios de ocultação patrimonial e dissimulação de operações financeiras através de pessoas dos círculos íntimos familiar e profissional de Wilson Santiago bem como indicativos de repasses ou recebimentos de recursos financeiros”, registrou a equipe no relatório.

A Polícia Federal também apreendeu, no quarto do parlamentar, sete cópias de planilhas de cheques com anotações de valores e nomes, e uma outra agenda, com indicações semelhantes.

 

Com informações de O Estadão

porpjbarreto

Processo que pede retorno de Ricardo Coutinho à prisão está concluso para julgamento

Caminha para um desfecho o julgamento da ministra Laurita Vaz (Superior Tribunal de Justiça), no caso da suspensão de liminar dada pelo seu colega Napoleão Nunes Maia, que permitiu a soltura do ex Ricardo Coutinho, dois dias após ser preso no âmbito da Operação Calvário, em 21 de dezembro de 2019. Os autos, conforme o site do STJ, já se encontram conclusos para julgamento.

Como se sabe, a decisão de Napoleão foi questionada e o caso foi para a ministra Maria Thereza de Assis Moura, vice-presidente do STJ, que encaminhou o processo para Laurita, que é a relatora dos habeas corpus envolvendo prisão dos envolvidos na organização criminosa que foi desbaratada pela Operação Calvário.

Com o fim do recesso do Judiciário, a ministra assumiu os autos e abriu vistas à Procuradoria-Geral da República, e ao Ministério Público da Paraíba (Gaeco). Cumprida essa tramitação, os autos se encontram conclusos para julgamento, e a ministra poderá, ou julgar, monocraticamente, a liminar de Napoleão ou levar a votação do feito à julgamento na 6ª turma do STJ.

A 6ª turma é integrada por Laurita Vaz e os demais ministros Sebastião Reis Júnior, Schietti Cruz, Nefi Cordeiro e Antônio Saldanha Palheiro. É considerada uma turma linha dura.

Pra entender – Em 24 de dezembro de 2019, após a decisão de Napoleão, a ministra Maria Thereza Moura, vice-presidente do STJ, já havia decidido que, findo o recesso do Judiciário, os autos fossem remetidos para apreciação da relatora, a ministra Laurita.

O último parecer da Procuradoria-Geral da República foi pelo retorno de Ricardo Coutinho (mais a prefeita Márcia Lucena e o advogado Francisco das Chagas Ferreira) e os demais para a prisão. O pedido foi protocolado, após a liminar de soltura dada por Napoleão. Todos os pedidos anteriores de integrantes da organização criminosa de pedido de soltura foram negados por Laurita Vaz antes do recesso.

 

Com informações de Helder Moura

porpjbarreto

Votando para afastar Wilson Santiago, Pedro defendeu cassado no Congresso e atacou paraibano em 2011

O deputado federal Pedro Cunha Lima, presidente do PSDB na Paraíba, foi um dos parlamentares da bancada paraibana que votou pelo afastamento do colega de Parlamento, Wilson Santiago (PTB). O discurso e a ânsia do deputado em ver punição a denunciados contrastam com o posicionamento dele em 2010/2011, quando seu pai foi afastado do Senado com base da lei da Ficha Limpa.

Cássio foi cassado em 2008, quando era governador do Estado. Ele foi condenado pelo TRE-PB e pelo TSE pelo crime eleitoral de compra de votos e pelo uso do Jornal A União para a promoção de sua campanha em 2006.

Na época, Pedro criticou a aplicação imediata da Ficha Limpa, o ministro Gilmar Mendes, e atacou o então senador Wilson Santiago – que ficou em 3º e assumiu o Senado por sete meses até Cássio conseguir um recurso que postergou a aplicação da Ficha Limpa.

Redação