Autor pjbarreto

porpjbarreto

DataFolha: 51% das mulheres ainda não escolheram candidato à presidência

Pesquisa mostra que mulheres sem candidato representam o dobro dos homens indecisos

O eleitorado feminino pode definir quais candidatos à presidência da República vão para o segundo turno das eleições. Isso porque 51% delas ainda não têm candidato para o primeiro turno das eleições, marcado para 7 de outubro. Os dados são do DataFolha.

Na prática, isso significa que quase 40 milhões de eleitoras afirmaram não saber em quem vão votar (38%) ou pretendem votar nulo ou branco (13%). O instituto mapeou ainda o perfil socioeconômico dessa porcentagem a pedido do portal O Globo. O resultado revela que 45,3% das eleitoras indecisas moram no Sudeste e 54% ganham até dois salários mínimos por mês.

 

Reportagem: Clara Sasse

porpjbarreto

Cajazeiras: MP instaura inquérito para investigar ato de improbidade administrativa por parte do prefeito José Aldemir e demais auxiliares

O Ministério Público do Estado da Paraíba instaurou inquérito civil público a fim de apurar suposta prática de ato de improbidade administrativa por parte do Prefeito Constitucional de Cajazeiras/PB José Aldemir Meireles de Almeida, do Secretário de Administração Thiago Souza Macambira, ex-Secretária de Saúde Paula Francinete Lacerda Cavalcante de Almeida, Procurador-Geral do Município Ednelton Helejone Bento Pereira, consistente no descumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta – TAC.

O Ministério Público da Paraíba ajuizou 05 ações executivas de título executivo extrajudicial sobre o respectivo TAC, tombadas sob os nº: 0800721-90.2018.815.0131, 0800719-23.2018.815.0131, 0800716-68.2018.815.0131, 0800715-83.2018.815.0131 e 0800712-31.2018.815.0131, a fim de obrigar o Município de Cajazeiras/PB a realizar concurso público.

Clique no link a seguir 038.2018.002256-Portaria_despacho de instauração-2018-0000560787 , para ter acesso às informações da ação de autoria da PROMOTORIA DE JUSTIÇA CUMULATIVA DE CAJAZEIRAS/PB.

 

Com informações do Ministério Público Estadual da Paraíba

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Veja como foi a rodada inaugural da Segunda Divisão do Paraibano

Foi dada a largada na Segunda Divisão do Campeonato Paraibano de 2018. No último domingo (23), quatro jogos movimentaram a rodada inicial da competição. O maior destaque ficou por conta da Perilima, que atropelou a Picuiense por 6 a 0.

Na partida disputada no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, o destaque foi o atacante Manu, que marcou seis vezes. Marcelinho Paraíba, principal jogador do time, também deixou o seu. Sillas anotou os dois tentos que completaram o placar. A Picuiense contou apenas com dois jogadores no banco de reservas pois teve problema com o registro de atletas.

No outro jogo do grupo do Agreste, o Sport-PB venceu a Queimadense por 3 a 0, no estádio Titão, em Lagoa Seca. Os gols da vitória do Carneiro foram marcados por Chiquinho, Mailson e Vitor.

O grupo do Sertão não ficou atrás em termos de goleada. No Estádio José Cavalcanti, em Patos, o Sabugy não ofereceu resistência ao Femar e foi derrotado pelo placar de 7 a 2. O grande nome do jogo foi Tallyson, que marcou 4 gols. Os outros três foram anotados por Denilson.

Ainda no interior, no Estádio Pereirão, em Pombal, o Nacional empatou por 1 a 1 com o Esporte de Patos. Kalel abriu o placar para os donos da casa, e Ruan empatou para os visitantes.

Pelo grupo do Litoral, o Confiança de Sapé voltou a disputar uma competição após 20 anos de hiato, e começou com o pé direito. Contra o Spartax, no Estádio Almeidão, Yobe e Eriquinho marcaram os gols da vitória por 2 a 0.

Em Cruz do Espírito Santo, no Estádio Carneirão, o São Paulo Crystal venceu o Internacional-PB por 2 a 0, com gols de Ebinho e Vitor Caicó. Mas o maior destaque ficou por conta da escalação de jogadores irregulares por parte do Colorado de Lucena, como foi adiantado pela reportagem.

Na quarta-feira (26), será realizada a segunda rodada do torneio. Pelo grupo do Sertão, jogam Femar x Nacional de Pombal e Esporte de Patos x Sabugy. Pelo agreste, duelam Queimadense x Perilima e Picuiense x Sport-PB. Completando, pelo litoral se enfrentam Internacional-PB x Spartax e Confiança x São Paulo Crystal.

 

Fonte: Voz da Torcida

porpjbarreto

Operação Sintetcus: Decisão da Juíza da Vara de Entorpecentes da Capital repercute no portal Lex Magister

Repercutiu no portal jurídico Lex Magister, nesta segunda-feira (24), a decisão da juíza Isa Mônia Vanessa de Freitas Paiva, da Vara de Entorpecentes da Capital, que decretou oito prisões preventivas dos investigados por tráfico de drogas, dentro da Operação Sintetcus e duas prisões temporárias, além de mandados de busca e apreensão, no dia 6 de setembro deste ano. Na última quinta-feira (20), após a Audiência de Custódia, foram mantidas as prisões de três investigados. Os demais mandados de prisão ainda não foram cumpridos pela polícia.

Como o processo corre em segredo de justiça, a reportagem deixa de citar os nomes dos envolvidos. Mas, de acordo com os autos, comanda a organização criminosa um advogado, devidamente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil.

Os trabalhos de investigação da Operação Sintetcus, deflagrada nessa quinta (20), são da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), sob o comando do delegado Braz Marroni, na qual se pretende descortinar possível organização criminosa voltada à prática reiterada do crime de tráfico de drogas perpetrado em bairros da orla marítima da Capital (Bessa, Manaíra, Cabo Branco, Altiplano) e do Município de Cabedelo, especificamente no Bairro de Intermares.

A autoridade policial relata que as investigações foram iniciadas após denúncias anônimas informando sobre a prática do tráfico, tendo como público-alvo jovens de classe média e alta, frequentadores de festas rave e cujo objeto tráfico seriam drogas do tipo maconha, skank, cocaína e sintéticas – êxtase, MD, MDA, LSD.

Ao término da Audiência de Custódia, a magistrada manteve as prisões de três dos investigados e determinou que fossem encaminhados para a 6ª Companhia da Polícia Militar, 5º Batalhão da Polícia Militar e Presídio do Róger.

A matéria foi produzida pela Diretoria de Comunicação do TJPB e publicada no portal institucional nessa sexta-feira (21). Para ler a matéria, na íntegra, no site da Lex Magister, clique na palavra Sintetcus

Ascom – TJPB

porpjbarreto

TJPB determina sequestro de mais de R$ 700 mil em nove municípios

Determinação é referente a parcelas de precatórios em atraso

O Tribunal de Justiça da Paraíba determinou o sequestro de um total de R$ 702.864,25 das contas dos Municípios de Patos, Santa Luzia, Itapororoca, Boqueirão, Casserengue, Gurjão, Bom Jesus, Mulungu e Prata, referente às parcelas vencidas e não pagas pelas Edilidades no período de janeiro a julho do corrente ano. A decisão foi publicada no Diário da Justiça eletrônico (DJe) da última sexta-feira (21), com os valores relativos a cada Prefeitura e as condições de parcelamento.

Nos despachos, o presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, propôs formas parceladas de pagamento, pois, diante dos valores elevados, considerou o princípio da razoabilidade, a fim de não inviabilizar a Administração Pública na prestação dos serviços básicos para a população.

De acordo com a publicação, o maior valor sequestrado corresponde à dívida do Município de Mulungu, no total de R$ 238.876,13, seguido de Patos, com R$ 164.738,90. O menor valor de bloqueio é R$ 12.737,91, do Município de Prata. Santa Luzia terá que renegociar o pagamento de R$ 14.412,71. O débito de Itapororoca totaliza R$ 96.000,03. Em Boqueirão, a dívida chega a R$ 60.101,68. Casserengue sofrerá o sequestro de R$ 47.249,30. Em Gurjão, serão bloqueados R$ 28.429,80 e em Bom Jesus, R$ 40.317,79.

A determinação da Presidência ocorreu de acordo com os termos da Resolução nº 115/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dispõe sobre a Gestão de Precatórios no âmbito do Poder Judiciário, e com os pareceres ofertados pelo juiz auxiliar  responsável pela pasta de Precatórios do TJPB, José Guedes Cavalcanti Neto, e pelo Ministério Público estadual.

Foi determinada, também, a continuidade do sequestro das parcelas que ainda irão vencer em 2018, relativas ao período de agosto a dezembro, sempre descontados os valores transferidos espontaneamente pelo ente devedor mês a mês. Os bloqueios deverão ser procedidos via BACEN JUD, em conformidade com a Emenda Constitucional nº 99/2017.

Por Gabriela Parente – Ascom

porpjbarreto

Policiais militares apreendem duas armas de fogo na cidade de Cajazeiras

Nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (24), que guarnições de Rádio Patrulha e da ROTAM do 6º BPM apreenderam duas armas de fogo na cidade de Cajazeiras.

A primeira foi apreendida no Bairro dos Remédios, por volta das 09hs30min, durante o atendimento de uma ocorrência de violência doméstica onde segundo a vítima seu esposo, que é funcionário público aposentado, de 53 anos de idade, estaria embriagado e lhe ameaçando de morte com um revólver, Cal 38, e uma faca Peixeira.

De imediato duas guarnições foram deslocadas para averiguar a denúncia, e chegando ao local foi constatado a veracidade das informações, momento em que o acusado foi preso e as armas apreendidas.

A segunda arma foi apreendida por volta das 10 h, após a Central de Comunicações do 6º BPM – COPOM, receber uma denúncia anônima no número de emergência – 190, dando conta de que um senhor estaria armado com uma arma de fogo e que o mesmo seria suspeito de ter praticado um homicídio recentemente na cidade de Sousa.

Um trio da ROTAM e uma guarnição de Rádio Patrulha foram acionados para averiguar as informações e chegando ao local o suspeito foi localizado, um senhor, aposentado de 63 anos de idade, o qual passou por uma busca pessoal não sendo encontrado nada de ilegal, no entanto a arma de fogo foi localizada escondida no interior de sua residência.

Em ambos os casos os acusados receberem voz de prisão foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras para as providências legais juntamente com as armas apreendidas.

 

Assessoria

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Manicure cajazeirense morre vítima de câncer

Familiares e amigos lamentam pela morte prematura de Marta Suely Nogueira, ela exercia a profissão de manicure e tinha 50 anos.

Cajazeirense, Seuly era bastante conhecida e querida na comunidade, ela sofria de um câncer. Suely era filha de “Lacerdinha” e “Mariinha”.

Aos irmãos Ana Maria, José Roberto e José Nogueira, amigos, familiares e demais parentes da mesma, a nossa solidariedade.

O corpo de Suely foi velado na Central de Velórios São Sebastião e sepultado no Cemitério Municipal Nossa Senhora Aparecida – Jardim Oásis, nesta cidade de Cajazeiras.

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Candidatos participam de debate em Cajazeiras nesta segunda-feira (24)

João Azevedo, José Maranhão, Lucélio Cartaxo, Tárcio Teixeira e Rama Dantas participam de sabatinas e de debate na TV Diário do Sertão, nesta segunda-feira (24), na cidade de Cajazeiras.

Os candidatos ao Governo do Estado participam de sabatinas e de debate em WebTV no Sertão da Paraíba, nesta segunda-feira (24). Vejam os compromissos de campanha de João Azevedo, José Maranhão, Lucélio Cartaxo, Tárcio Teixeira e Rama Dantas.

João Azevedo (PSB)

08h – Grava para guia eleitoral

10h – Concede entrevista à Rádio CBN

11h – Concede entrevista à TV Tambaú

15h – Participa de debate com empresários, na sede da Fiep, em Campina Grande

20h – Participa de debate da TV Diário do Sertão, em Cajazeiras

José Maranhão (MDB)

Manhã: Grava para o guia

Tarde: 13h: Sabatina na Fiep em Campina Grande

Noite: 20h: Debate TV Diário do Sertão – Cajazeiras

Lucélio Cartaxo (PV)

10h – Reunião com coordenação de campanha

15h15 – Participa de sabatina da Fiep, em Campina Grande

20h – Participa do debate da TV Diário do Sertão/OAB, em Cajazeiras

Tárcio Teixeira (PSOL)

Manhã: Minicomícios em Cajazaeiras

Tarde: Tárcio – Reunião com apoiadores/as  e Preparação para Debate

Noite: Tárcio – 20h- Debate TV Diário do Sertão

Rama Dantas (PSTU)

Não divulgou agenda para esta segunda-feira.

 

Com assessoria dos candidatos

porpjbarreto

TRE inicia nesta segunda (24) a preparação das urnas para as Eleições 2018

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, anunciou, que o TRE-PB inicia nesta segunda-feira (24), a partir das 8h, a preparação das urnas eletrônicas, que serão utilizadas nas Eleições 2018.

Esta etapa está sob a responsabilidade da Juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, Presidente da Comissão de Preparação das Urnas. Os trabalhos serão realizados nos Núcleos de Voto Informatizados (NVI), antigos NATUs, que funcionam na Capital, Campina Grande, Patos, Pombal e Cajazeiras.

O Núcleo de Voto Informatizado de João Pessoa está localizado na avenida Hílton Souto Maior, s/n, no bairro do José Américo.

Os procedimentos incluem a inserção dos dados e fotos dos 621 candidatos, sendo 13  ao cargo de presidente e seus vices, 05 candidatos a governador e seus vices, 07 a senadores e seus suplentes, 159 a deputados federais e 429 a deputados estaduais. Também serão inseridas informações dos eleitores de cada seção, para onde irão as urnas eletrônicas e as mídias para gravação dos resultados.

Representantes do Ministério Público, de partidos políticos e de entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), foram convidados para presenciar a carga das urnas. Durante os procedimentos as pessoas presentes podem conferir os dados e acompanhar todas as atividades, para atestar a transparência do processo.

O Desembargador Romero Marcelo informou também que serão utilizadas 11.609 mil urnas, sendo que 9.946 destinadas às seções eleitorais, 7 para seções de presos provisórios, 2 para seções de voto em trânsito e 9 para seções de justificativas, contabilizando 10.027 urnas. O restante (1.582 urnas), figurarão como reserva de contingência para casos em que houver a necessidade de substituição de algum equipamento.

Segundo dados estatísticos do Tribunal Superior Eleitoral, os paraibanos terão 422 candidatos homens e 199 candidatas mulheres, para todos os cargos em disputa. Apesar de o eleitorado feminino predominar na Paraíba com 52,9%, os cargos em disputa são de maioria masculina, com 68%, contra 32% feminino.

 

TRE

porpjbarreto

Cavalcante Primo denúncia Prefeitura de Cajazeiras após licitação suspeita de fraude, prefeito é citado para defesa

O Procurador Geral do Ministério Público de Contas, Dr. Luciano Andrade Farias, acatou denúncias apresentas pela empresa Cavalcante Primo de propriedade do empresário José Cavalcante da Silva contra a Prefeitura Municipal de Cajazeiras em face do Pregão Presencial nº 60002/18, que teve por objeto a aquisição de veículos novos para o ente público municipal.

No relatório é conhecido o fato de que o mencionado pregão estava maculado em razão de a empresa vencedora – e contratada – ter apresentado em sua proposta comercial veículos que não atendiam às especificações técnicas contidas no respectivo edital, tanto que foi determinada a suspensão.

O Prefeito José Aldemir (PP), como já mencionado no relatório do MPC, alegou que não houve a efetiva entrega dos veículos, em virtude da medida cautelar de suspensão.

– A Auditoria, após a manifestação do gestor, acatou a informação encaminhada a esta Corte de que os veículos foram devolvidos.

Reitere-se que soa, no mínimo, estranha a alegação de que os carros não chegaram a ser entregues tendo em vista a notícia publicada pelo próprio portal eletrônico municipal e contida na fl. 84 destes autos.

No entanto, pode-se acatar a informação, com o cuidado, porém, de se determinar que, em próxima diligência a ser realizada na Prefeitura de Cajazeiras, se efetuem diligências com vistas a confirmar a informação dos efeitos daquela licitação, através de medida cautelar, até decisão final deste Tribunal.

Por fim, o Procurador Geral do Ministério Público de Contas, Dr. Luciano Andrade Farias, decide por assim, este membro do ministério Público de Contas reitera seu posicionamento no sentido da procedência da denúncia, na linha do que foi exposto em manifestações anteriores.

O Tribunal de Contas determinou citar o Prefeito José Aldemir Meireles de Almeida, para contestar o Relatório do MPC, haja vista o processo será julgado no dia (02) de outubro de 2018.

 

Fonte: TCE

Com informações de Repórter PB