Autor pjbarreto

porpjbarreto

Acordo assegura indenização às vítimas da tragédia de Mariana-MG

Depois de três anos do ocorrido, o acordo prevê a reparação integral de todos os prejuízos sofridos, incluindo danos morais

Foto: EBC

A mineradora Samarco e o Ministério Público de Minas Gerais firmaram um acordo que assegura a indenização às vítimas da tragédia na Barragem de Fundão, em Mariana.

Agora, a Fundação Renova, que é a organização criada para articular as ações de reparação, junto com a Samarco, vão ter até três meses para se manifestar quanto aos valores de indenização que foram pedidas pelos atingidos. Tudo isto de acordo com o perfil e os danos sofridos por eles.

O rompimento da Barragem de Fundão ocorreu em novembro de 2015 e no incidente, que foi considerado o maior desastre socioambiental do país, 19 pessoas morreram.

Esse acordo que foi firmado prevê a reparação integral de todos os prejuízos sofridos, incluindo danos morais. Se a pessoa discordar da proposta apresentada pela mineradora, ela vai poder recorrer a um processo de liquidação e cumprimento de sentença, contestando e indicando o valor que ela acredita ser justo.

Essa negociação deve ser concluída em um ano e caso as empresas não cumpram o prazo, poderão arcar com o pagamento de multas, que serão convertidas em favor das vítimas. Além disso, o acordo colocou a disposição das vítimas advogados cujos honorários são cobertos por contas da Samarco bloqueadas judicialmente.

De acordo com cálculos da promotoria de Justiça do município, cerca de 3 mil pessoas já estão inscritas no cadastro para receber a compensação financeira, mas este número pode chegar a 4 mil pessoas. Como essa indenização vai ser personalizada e definida de forma gradual, ainda não foi possível calcular qual será o montante total desembolsado pela Samarco.

Reportagem: Cintia Moreira

 

porpjbarreto

Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

O Ibope divulgou na última quarta-feira (3) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores na segunda-feira (1º) de setembro e na terça-feira (2).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 32%
  • Fernando Haddad (PT): 23%
  • Ciro Gomes (PDT): 10%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
  • Marina Silva (Rede): 4%
  • João Amoêdo (Novo): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Alvaro Dias (Podemos): 1%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 0%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 11%
  • Não sabe/não respondeu: 6%

Acima, nos votos totais, são considerados os votos brancos e nulos e o percentual dos eleitores que se declaram indecisos.

Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de setembro – evolução da intenção de voto para presidente. — Foto: Arte/G1

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na segunda-feira (1º):

Bolsonaro passou de 31% para 32%;

Haddad foi de 21% para 23%;

Ciro foi de 11% com 10%;

Alckmin foi de 8% para 7%;

Marina se manteve com 4%;

Os indecisos foram de 5% para 6% e os brancos ou nulos, de 12% para 11%.

Votos válidos

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Os números são:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 38%
  • Fernando Haddad (PT): 28%
  • Ciro Gomes (PDT): 12%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 4%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 2%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de outubro – Evolução da intenção de votos válidos — Foto: Arte/G1

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?“.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram:

  • Bolsonaro: 42%
  • Haddad: 37%
  • Marina: 23%
  • Alckmin: 17%
  • Ciro: 16%
  • Meirelles: 10%
  • Cabo Daciolo: 9%
  • Eymael: 8%
  • Boulos: 8%
  • Vera: 8%
  • Alvaro Dias: 8%
  • Amoêdo: 7%
  • João Goulart Filho: 6%
  • Poderia votar em todos: 3%
  • Não sabe/não respondeu: 7%
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de outubro – evolução da taxa de rejeição na intenção de voto para presidente. — Foto: Arte/G1

Simulações de segundo turno

  • Haddad 43% x 41% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 3%)
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de setembro – simulação de segundo turno entre Haddad e Bolsonaro — Foto: Arte/G1

  • Ciro 46% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 3%)
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de outubro – simulação de 2º turno entre Ciro e Bolsonaro. — Foto: Arte/G1

  • Alckmin 41% x 40% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 3%)
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de outubro – simulação de 2º turno entre Alckmin x Bolsonaro. — Foto: Arte/G1

  • Bolsonaro 43% x 39% Marina (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
Nova rodada do Ibope: Bolsonaro, 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; Alckmin, 7%; Marina, 4%

Pesquisa Ibope – 3 de outubro – simulação de 2º turno entre Bolsonaro e Marina. — Foto: Arte/G1

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 3.010 eleitores
  • Quando a pesquisa foi feita: 1º e 2 de outubro
  • Registro no TSE: BR-08245/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

 

G1

porpjbarreto

JFPB convoca seus aposentados e pensionistas para recadastramento anual

A não realização do procedimento poderá acarretar na suspensão dos proventos

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realiza, até o dia 30 de novembro, o recadastramento de todos os seus aposentados e pensionistas. O atendimento ocorre no horário das 10h às 17h, na Seção de Cadastro, Provimento e Vacância, no edifício sede da JFPB, em João Pessoa; ou nas Seções de Apoio Administrativo, localizadas nos Fóruns das Subseções Judiciárias de Campina Grande, Sousa, Monteiro, Guarabira e Patos.

De acordo com o diretor do Núcleo de Gestão de Pessoas, Luis Carlos Cavalcante, a Seção Judiciária da Paraíba espera receber, nos próximos dias, 64 aposentados e 18 pensionistas. “Iniciado na última segunda-feira (1º/10), o procedimento é de fundamental importância, pois objetiva fazer prova de vida dos beneficiários, conforme exigência legal, além de assegurar que a Instituição mantenha todas as informações cadastrais devidamente atualizadas”, explicou.

A JFPB disponibilizou o Manual de Recadastramento 2018 (clique aqui), com informações acerca da documentação necessária, os locais de comparecimento, bem como a possibilidade de realização do procedimento nas Seccionais das respectivas residências, para aqueles que moram em outros estados.

A Seção de Cadastro, Provimento e Vacância está disponível para dirimir eventuais dúvidas através dos telefones (83)2108-4185 e (83)2108-4014, e também pelo e-mail cadastro@jfpb.jus.br. “O não recadastramento poderá acarretar na suspensão dos proventos do aposentado ou do pensionista”, enfatizou o diretor do Núcleo de Gestão de Pessoas.

cid:image002.png@01D2C03D.E1629CC0

Assessoria de Comunicação 
Justiça Federal na Paraíba – JFPB

porpjbarreto

Polícia investiga abuso sexual e morte por envenenamento de pai e filha

Um pai matou a filha envenenada e comete suicídio, na última terça-feira (2), em Campo Grande, Zona Rural de Sobrado, na Paraíba.

Conforme informações preliminares, o pai era suspeito de abusar sexualmente da filha de 17 anos, que era portadora de distúrbio mental e estaria gravida de três meses do pai.

Mercindo, como era conhecido, iria com a filha de nome Maria, participar de uma audiência no Fórum da Cidade, nessa quarta-feira (3), para esclarecer a denúncia de abuso sexual.

A Polícia investiga o caso. O delegado Fred Magalhães afirmou que a gravidez da jovem não foi confirmado até o momento. Magalhães afirmou que o laudo que pode confirmar o envenenamento foi solicitado em caráter de urgência.

 

Fonte: WSCOM
porpjbarreto

Lira quebra silêncio e anuncia apoio a Ricardo Barbosa para Deputado Estadual e Hugo Motta para Federal

A Paraíba aguardava o posicionamento do Senador Raimundo Lira (PSD) sobre as eleições estaduais e o parlamentar finalmente quebrou o silêncio ontem, na reta final da campanha, por meio de vídeos gravados anunciando quem apoia para a Assembleia Legislativa da Paraíba, bem como para a Câmara Federal, nestas eleições. Lira, que esteve no último fim de semana no Estado para receber uma homenagem e participar da inauguração do CER – Centro Especializado em Reabilitação, modalidade III, na cidade de Princesa Isabel, disse em vídeos que votará no candidato a Deputado Estadual Ricardo Barbosa (PSB) e no candidato a Deputado Federal Hugo Motta (PRB).

Na sua mensagem de apoio a Ricardo Barbosa o Senador disse: “Eu quero, nessa oportunidade, mandar uma mensagem aos paraibanos. O meu candidato a Deputado Estadual é o Deputado Ricardo Barbosa. É um deputado extremamente trabalhador. É um homem que se dedica profundamente aos problemas dos municípios que ele assiste e, portanto, eu entendo ser uma grande opção o voto em Ricardo Barbosa. Portanto, eu quero reafirmar para todos os paraibanos que meu candidato a Deputado Estadual é Ricardo Barbosa”, disse Lira.

Sobre Hugo Motta, Lira revelou a trajetória de trabalho do Deputado como um dos fatores que o fizeram apoiar Hugo. “Eu quero me dirigir ao povo da Paraíba e informar que o meu candidato a Deputado Federal é o Deputado Hugo Motta. Fizemos muitas ações juntos, atendendo os municípios da Paraíba. É, portanto, um deputado extremamente trabalhador, que se preocupa com seus municípios e, portanto, merecedor do seu voto no dia 07 de outubro”, afirmou Lira.

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Saiba como consultar seu local de votação

É possível, por exemplo, verificar a zona eleitoral, com endereço completo, no site do TSE

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 147 milhões eleitores estão aptos para votar neste domingo (7), mas tem muita gente que não sabe ou não lembra onde fica sua seção eleitoral.

Se você é um deles, fique atento. No site do TSE, há uma aba na parte superior, escrita “Eleitor e eleições”. Lá, você deverá selecionar “Serviços ao eleitor”. Logo em seguida, aperte em “Título de Eleitor” e, depois, faça a consulta pelo “nome do eleitor” ou “número do título eleitoral”.

No primeiro caso, é preciso informar o nome completo, a data de nascimento e o nome da mãe. No segundo, é necessário ter em mãos o número do título e a data de nascimento.

Ao fazer a consulta, o eleitor obterá o número de sua inscrição eleitoral, zona eleitoral e local de votação, com endereço completo.

Quem baixou o aplicativo e-Título, que é uma versão digital do título de eleitor, também vai poder saber o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, poderá ser guiado até a seção eleitoral. Essa ferramenta pode ser baixada de graça nos dispositivos móveis nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Se o eleitor já tiver feito o recadastramento biométrico, o aplicativo também vai servir como documento de identificação.

Também é possível consultar o local de votação por meio do serviço Disque-Eleitor dos TREs. No portal do Tribunal Superior Eleitoral, você encontra todos os contatos do tribunais regionais.
Além dessas opções, o eleitor também pode ir ao cartório eleitoral mais próximo ou ao TRE de seu estado e consultar as informações pessoalmente.

O importante é não deixar para votar na última hora. O pleito acontece das oito da manhã às cinco da tarde, então, o ideal é que você se programe para não correr o risco de não votar e exercer sua cidadania.

Na Paraíba, o eleitor pode consultar no site do TRE-PB.

Reportagem: Cintia Moreira

porpjbarreto

Votação paralela tem início neste sábado (6) e prevê auditoria em tempo real das urnas eletrônicas

Votação paralela tem início neste sábado (6) e prevê auditoria em tempo real das urnas eletrônicas

A votação paralela é um evento realizado no mesmo dia das eleições, usando um sistema informatizado de captação e contabilização de votos, com o objetivo de demonstrar o funcionamento e a segurança das urnas eletrônicas. Os trabalhos na Paraíba terão início no sábado (06), véspera da eleição, com o sorteio das seções eleitorais que serão utilizadas nos trabalhos e tudo deve ocorrer sob a supervisão do Ministério Público Eleitoral, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e representantes dos partidos políticos.

No domingo, 07 de outubro, os trabalhos prosseguem com a votação paralela e auditoria das urnas. A Paraíba possui 9.955 seções eleitorais e, para a realização da auditoria de funcionamento das urnas, serão sorteadas, por turno, três seções no cadastro eleitoral.

Em agosto deste ano, o Tribunal instituiu a Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas referente às Eleições gerais deste ano. Os trabalhos serão coordenados pelo Juiz Adilson Fabrício Gomes Filho, que atuará como presidente da comissão, e de servidores da Corregedoria, Assessoria Jurídica, Secretaria Judiciária e de Informação, Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação e Assessoria de Planejamento Estratégico.

Como a votação paralela funciona na prática?

Na prática, essa auditoria consiste em realizar uma votação paralelamente à votação oficial, a fim de comprovar que o voto digitado pelo eleitor na urna eletrônica é exatamente o mesmo que foi escrito em uma cédula de papel e em um terminal de apuração independente. Tudo é feito em ambiente filmado e fiscalizado.

Após a emissão da zerésima – relatório expedido pela urna que comprova que não há nenhum voto no dispositivo – serão iniciados os trabalhos de auditoria, conforme os procedimentos e horários estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a votação oficial. A ordem de votação deverá ser aleatória em relação à folha de votação.

O objetivo final é que seja comprovada a coincidência entre os resultados obtidos nos boletins de urna e os dos relatórios emitidos pelo sistema de apoio à votação paralela e entre as cédulas da auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas e o registro digital dos votos apurados.

Mais três sessões sorteadas para serem auditadas no dia do pleito, por meio da verificação de autenticidade e integridade dos sistemas eleitorais, a partir das 7h, sob a supervisão do Juiz Eleitoral e Ministério Público Eleitoral, e acompanhada por fiscais dos Partidos Políticos/Coligações e OAB.

 

Assessoria de Comunicação

porpjbarreto

Hospital do Bem atende 57 pacientes no primeiro mês de funcionamento

O balanço do primeiro mês de funcionamento do Hospital do Bem – unidade de oncologia do Sertão – mostra que foram atendidos 57 pacientes, sendo 44 mulheres e 13 homens, realizadas três cirurgias e duas sessões de quimioterapia. Inaugurado no dia 05 de setembro, a unidade que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos, atua com atendimento ambulatorial, tratamento quimioterápico e cirúrgico, para quatro tipos de câncer: pele, próstata, mama e colo de útero.

Neste período, segundo o levantamento do Hospital, foram atendidos pacientes de 22 municípios do sertão paraibano, que foram regulados das cidades de Água Branca, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Cacimbas, Catingueira, Catolé do Rocha, Desterro, Igaracy, Itaporanga, Jericó, Mãe D’água, Malta, Maturéia, Patos, Piancó, Quixaba, Riacho dos Cavalos, São Bento, São José do Sabugi, São Mamede, Serra Grande e Teixeira. O tipo de câncer com maior incidência neste primeiro balanço mensal foi o de mama, com nove casos confirmados e um suspeito.

O balanço que corresponde ao período de 05 a 28 de setembro mostra ainda que foram realizados 61 atendimentos ambulatoriais, sendo 57 primeiras consultas e quatro retornos. Neste período, a unidade registrou 18 internamentos.

A coordenadora do setor de Enfermagem, Aretuza Delfino, lembra que o Hospital do Bem só atende pacientes regulados, ou seja, com consultas e procedimentos já agendados previamente. A única exceção, explica ela, é em relação a internação. “Neste caso, o paciente não precisa de regulação, pois acolhemos pessoas com qualquer tipo de câncer pra internação. O hospital só trata as quatro referências somente para efeito de quimioterapia e cirurgia, para internação não há essa restrição. Porém, para isso, o paciente tem que se dirigir a emergência do Complexo e, se tiver apresentando sintomas ou sinais de doenças oncológicas que necessitem de internação, é encaminhado para uma de nossas enfermarias”, esclarece. Ela lembra ainda que a internação pode ser via ambulatório. “Se o paciente se sentir mal, por exemplo, depois de uma sessão de quimioterapia, pode ser internado também”, disse Aretuza.

A diretora geral do Complexo, Liliane Sena, reitera que o Hospital do Bem não funciona de portas abertas, ou seja, não atende pacientes que não estejam agendados. “Recentemente, tivemos o caso de uma paciente de oncologia que nos procurou para tomar uma medicação, mas, nós não podemos atender desta forma, pois só atendemos pacientes com dia e hora marcados. Em casos de emergência, o paciente dá entrada no Hospital Regional e, se for o caso, é direcionado para o Hospital do Bem”, esclarece Liliane.

O Hospital do Bem funciona com serviços de Oncologia de média e alta complexidade e tem uma estimativa de atendimento de 650 cirurgias oncológicas e 5.300 procedimentos de quimioterapia/ano, direcionados para a população dos 68 municípios que compõem a 3ª e 4ª macrorregiões de saúde do estado.

Assessoria

porpjbarreto

Praça das Profissões promove II Feira de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia

A Praça das Profissões, unidade pertencente à UFCG, é um projeto que integra a comunidade acadêmica em geral (Alunos, Professores e Servidores) com a sociedade de Campina Grande e região, tendo como objetivo e missão principal, levar conhecimento sobre cada área e profissão para alunos do ensino médio das redes pública/estadual e privada.

Esta é uma tarefa fundamental para que suas dúvidas sobre as áreas de atuação e graduação que irão escolher como carreira sejam sanadas, visando reduzir a evasão no ensino superior, e reduzir a insatisfação com o que é visto ao longo do curso e no exercício de cada profissão. Assim, a unidade da Praça das Profissões – UFCG vem se solidificando dentro do ambiente acadêmico e integrando-se à sociedade.

Nesse sentido, os alunos integrantes da unidade promoverão a segunda edição da Feira de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia (ACCT), desenvolvida juntamente com o apoio de grupos da comunidade acadêmica.

A II ACCT acontecerá no próximo dia 10 de outubro, com programação das 08h às 17h. Na agenda do evento estarão as seguintes atividades:

  • Apresentações de dança, música e teatro;
  • Palestra sobre “Ansiedade e estresse na Universidade”
  • Mini-palestras teóricas e práticas sobre as graduações (incluindo experiência em laboratório);
  • Visita ao Museu de Minerais e Gemas do Centro Gemológico do Nordeste.

Serviço

II ACCT – Feira de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia da Praça das Profissões

Quando? Dia 10 de outubro, das 08h às 17h

Onde? Sede da Praça das Profissões, na UFCG

Prof. Raimundo Nonato Calazans Duarte (coordenador da Praça das Profissões)
(83) 83 9922-9922 / nonatocduarte@hotmail.com
 
Sérgio Almeida (coordenador de eventos)
(83) 83 9820-6446 / sergio22almeida@gmail.com
porpjbarreto

Após audiência de custódia em Sousa quatro acusados de assalto à agência dos Correios de SJP são encaminhados ao Presídio de Cajazeiras

O crime aconteceu em São José de Piranhas, na última segunda-feira (1º).

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realizou, na tarde desta terça-feira (02), na Subseção Judiciária de Sousa, a audiência de custódia dos seis presos, em flagrante, na tentativa de assalto à agência dos Correios e Telégrafos de São José de Piranhas, no Alto Sertão do Estado, fato ocorrido na segunda-feira (1º) de outubro. Depois de serem ouvidos pelo juiz federal Diego Guimarães, da 8ª Vara, quatro acusados foram encaminhados para o Presídio de Cajazeiras e dois ficaram em liberdade provisória.

Os presos – que tiveram a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva – são: José Wilk Pereira, de 25 Anos; Marcos da Silva, 48; Valdemi Tenório da Silva, 41; Francisco Alexandre da Silva, 19. De acordo com o magistrado, há elementos suficientes para manutenção dessas prisões, com vistas a garantir a ordem pública. “A forma como o crime ocorreu mostra a periculosidade dos agentes envolvidos e associados, o que justifica a manutenção da prisão cautelar desses acusados”, ressaltou.

De acordo com os autos, a empreitada criminosa envolveu o manejo de quatro armas de fogo, de calibre 38, com munição em número significativo. Além disso, segundo relato colhido pela autoridade policial, os executores ainda teriam mantido clientes jovens e idosos como reféns, após subtrair armas e colete do segurança da agência/ETC, durante quase todo o momento das negociações, em fase prévia à rendição.

Já os que ficaram em liberdade provisória foram: Claudemir Oliveira Santos, 27; e Poliana Farias Estrela de Oliveira, 25. Com relação a esses acusados, houve dúvidas sobre o tipo de atuação criminosa realizada, e até sobre a vontade livre, consciente e dirigida para participar dos crimes de roubo e de quadrilha. “Entendo que não se justifica a manutenção prisão dos dois e, especialmente, em relação à Poliana, que é mãe de duas crianças, de 6 e 4 anos, e estudante do curso técnico de enfermagem, na cidade de Cajazeiras”, decidiu.

O crime – A tentativa de assalto à agência dos Correios e Telégrafos de São José de Piranhas aconteceu por volta das 8h da segunda-feira (1º) de outubro. Dois agentes armados ingressaram na citada agência, anunciaram o assalto, renderam o segurança, mantiveram os clientes idosos que ali estavam como reféns e subtraíram o dinheiro que seria depositado por uma cliente. Enquanto aguardavam a abertura do cofre pelo sistema de segurança, foram pegos em flagrante pela polícia.

Relembre o caso 

Vídeo: Polícia Militar prende em flagrante três elementos acusados de tentar assaltar agência dos Correios de São José de Piranhas

 

Com informações da Assessoria