Categoria ÚLTIMAS NOTÍCIAS

porAutor

Manicure cajazeirense morre vítima de câncer

Familiares e amigos lamentam pela morte prematura de Marta Suely Nogueira, ela exercia a profissão de manicure e tinha 50 anos.

Cajazeirense, Seuly era bastante conhecida e querida na comunidade, ela sofria de um câncer. Suely era filha de “Lacerdinha” e “Mariinha”.

Aos irmãos Ana Maria, José Roberto e José Nogueira, amigos, familiares e demais parentes da mesma, a nossa solidariedade.

O corpo de Suely foi velado na Central de Velórios São Sebastião e sepultado no Cemitério Municipal Nossa Senhora Aparecida – Jardim Oásis, nesta cidade de Cajazeiras.

 

Redação – fmrural.com.br

porAutor

Candidatos participam de debate em Cajazeiras nesta segunda-feira (24)

João Azevedo, José Maranhão, Lucélio Cartaxo, Tárcio Teixeira e Rama Dantas participam de sabatinas e de debate na TV Diário do Sertão, nesta segunda-feira (24), na cidade de Cajazeiras.

Os candidatos ao Governo do Estado participam de sabatinas e de debate em WebTV no Sertão da Paraíba, nesta segunda-feira (24). Vejam os compromissos de campanha de João Azevedo, José Maranhão, Lucélio Cartaxo, Tárcio Teixeira e Rama Dantas.

João Azevedo (PSB)

08h – Grava para guia eleitoral

10h – Concede entrevista à Rádio CBN

11h – Concede entrevista à TV Tambaú

15h – Participa de debate com empresários, na sede da Fiep, em Campina Grande

20h – Participa de debate da TV Diário do Sertão, em Cajazeiras

José Maranhão (MDB)

Manhã: Grava para o guia

Tarde: 13h: Sabatina na Fiep em Campina Grande

Noite: 20h: Debate TV Diário do Sertão – Cajazeiras

Lucélio Cartaxo (PV)

10h – Reunião com coordenação de campanha

15h15 – Participa de sabatina da Fiep, em Campina Grande

20h – Participa do debate da TV Diário do Sertão/OAB, em Cajazeiras

Tárcio Teixeira (PSOL)

Manhã: Minicomícios em Cajazaeiras

Tarde: Tárcio – Reunião com apoiadores/as  e Preparação para Debate

Noite: Tárcio – 20h- Debate TV Diário do Sertão

Rama Dantas (PSTU)

Não divulgou agenda para esta segunda-feira.

 

Com assessoria dos candidatos

porAutor

TRE inicia nesta segunda (24) a preparação das urnas para as Eleições 2018

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, anunciou, que o TRE-PB inicia nesta segunda-feira (24), a partir das 8h, a preparação das urnas eletrônicas, que serão utilizadas nas Eleições 2018.

Esta etapa está sob a responsabilidade da Juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, Presidente da Comissão de Preparação das Urnas. Os trabalhos serão realizados nos Núcleos de Voto Informatizados (NVI), antigos NATUs, que funcionam na Capital, Campina Grande, Patos, Pombal e Cajazeiras.

O Núcleo de Voto Informatizado de João Pessoa está localizado na avenida Hílton Souto Maior, s/n, no bairro do José Américo.

Os procedimentos incluem a inserção dos dados e fotos dos 621 candidatos, sendo 13  ao cargo de presidente e seus vices, 05 candidatos a governador e seus vices, 07 a senadores e seus suplentes, 159 a deputados federais e 429 a deputados estaduais. Também serão inseridas informações dos eleitores de cada seção, para onde irão as urnas eletrônicas e as mídias para gravação dos resultados.

Representantes do Ministério Público, de partidos políticos e de entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), foram convidados para presenciar a carga das urnas. Durante os procedimentos as pessoas presentes podem conferir os dados e acompanhar todas as atividades, para atestar a transparência do processo.

O Desembargador Romero Marcelo informou também que serão utilizadas 11.609 mil urnas, sendo que 9.946 destinadas às seções eleitorais, 7 para seções de presos provisórios, 2 para seções de voto em trânsito e 9 para seções de justificativas, contabilizando 10.027 urnas. O restante (1.582 urnas), figurarão como reserva de contingência para casos em que houver a necessidade de substituição de algum equipamento.

Segundo dados estatísticos do Tribunal Superior Eleitoral, os paraibanos terão 422 candidatos homens e 199 candidatas mulheres, para todos os cargos em disputa. Apesar de o eleitorado feminino predominar na Paraíba com 52,9%, os cargos em disputa são de maioria masculina, com 68%, contra 32% feminino.

 

TRE

porAutor

Cavalcante Primo denúncia Prefeitura de Cajazeiras após licitação suspeita de fraude, prefeito é citado para defesa

O Procurador Geral do Ministério Público de Contas, Dr. Luciano Andrade Farias, acatou denúncias apresentas pela empresa Cavalcante Primo de propriedade do empresário José Cavalcante da Silva contra a Prefeitura Municipal de Cajazeiras em face do Pregão Presencial nº 60002/18, que teve por objeto a aquisição de veículos novos para o ente público municipal.

No relatório é conhecido o fato de que o mencionado pregão estava maculado em razão de a empresa vencedora – e contratada – ter apresentado em sua proposta comercial veículos que não atendiam às especificações técnicas contidas no respectivo edital, tanto que foi determinada a suspensão.

O Prefeito José Aldemir (PP), como já mencionado no relatório do MPC, alegou que não houve a efetiva entrega dos veículos, em virtude da medida cautelar de suspensão.

– A Auditoria, após a manifestação do gestor, acatou a informação encaminhada a esta Corte de que os veículos foram devolvidos.

Reitere-se que soa, no mínimo, estranha a alegação de que os carros não chegaram a ser entregues tendo em vista a notícia publicada pelo próprio portal eletrônico municipal e contida na fl. 84 destes autos.

No entanto, pode-se acatar a informação, com o cuidado, porém, de se determinar que, em próxima diligência a ser realizada na Prefeitura de Cajazeiras, se efetuem diligências com vistas a confirmar a informação dos efeitos daquela licitação, através de medida cautelar, até decisão final deste Tribunal.

Por fim, o Procurador Geral do Ministério Público de Contas, Dr. Luciano Andrade Farias, decide por assim, este membro do ministério Público de Contas reitera seu posicionamento no sentido da procedência da denúncia, na linha do que foi exposto em manifestações anteriores.

O Tribunal de Contas determinou citar o Prefeito José Aldemir Meireles de Almeida, para contestar o Relatório do MPC, haja vista o processo será julgado no dia (02) de outubro de 2018.

 

Fonte: TCE

Com informações de Repórter PB

porAutor

Julgamento da Aije do Empreender pode virar bomba política

É grande a expectativa em torno do julgamento da Aije do Empreender-PB, marcada para o dia 28 próximo no Tribunal Regional Eleitoral, tendo como alvo o governador Ricardo Coutinho, do PSB. Em setores políticos a impressão é de que o caso pode tornar-se uma bomba – o julgamento acontecerá a uma semana das eleições e promete causar impacto porque responderá se houve ou não uso de recursos públicos para favorecer a reeleição do chefe do Executivo em 2014, conforme registra em sua coluna, no “Correio da Paraíba”, a jornalista Lena Guimarães. O advogado Harrison Targino considera “devastadoras” as provas contra o governador Ricardo Coutinho.

O Empreender-PB foi um programa criado na gestão de Ricardo com o intuito de facilitar o acesso a recursos por parte de pessoas interessadas em tornar-se pequenos investidores, mas o Ministério Público Eleitoral insinua desvio de finalidade, com utilização eleitoreira, e abriu a possibilidade de ocorrer a cassação do mandato do governador e da sua vice, Lígia Feliciano. No dia do julgamento, a próxima sexta-feira, restarão apenas 94 dias de mandato de Ricardo, que optou por não concorrer ao Senado, como aguardavam seus correligionários, permanecendo até o fim no exercício do Executivo. A sua vice, Lígia Feliciano, do PDT, é candidata à reeleição na chapa encabeçada pelo ex-secretário João Azevêdo, do PSB, lançado diretamente por Ricardo como pessoa de sua confiança capaz de dar continuidade a projetos em andamento.

Adversários do governador, como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), esperam que “seja feita Justiça”, o que implicaria em punição a Ricardo e Lígia, argumentando que a utilização eleitoreira do Empreender-PB desequilibrou o resultado do pleito de 2014, o que teria constituído abuso flagrante de poder político e econômico. Caso seja condenado o atual governador não poderá ser candidato a prefeito da Capital em 2020 e nem a governador em 2022, perdendo toda e qualquer perspectiva de poder. Um outro fato considerado extraordinário no processo é que se trata de uma das mais demoradas ações eleitorais da história do Tribunal Regional Eleitoral do Estado. Completará quatro anos de tramitação no dia 17 de dezembro.

O advogado Harrison Targino, que atua na acusação representando a coligação que teve Cássio Cunha Lima como candidato a governador em 2014, em tom de desabafo, afirmou: “As pessoas, até mesmo os autores, nem confiavam mais na ação. Fiquei solitariamente tocando a ação ao lado de poucos colegas. Não fosse essa persistência, o desencanto teria vencido e a impunidade já teria triunfado”.

O julgamento programado não diz respeito apenas ao Empreender – engloba mais duas Aijes, inclusive a dos “codificados” ou servidores contratados sem nenhum vínculo legal, que recebiam proventos apenas com o número do CPF, na agência bancária. Sobre o Empreender, Harrison diz estar confiante porque a ação é muito forte e agrega depoimentos gravados em vídeo por promotores em todo o Estado. Segundo ele, a perícia judicial é devastadora. O laudo atestaria o aumento de liberação do Empreender no segundo semestre de 2014. Em 2011, foram gastos R$ 5 milhões, em 2012 (ano de eleição) R$ 18 milhões, em 2013 caiu para R$ 16 milhões e em 2014 voltou a subir, para R$ 32 milhões. “Nunca se viu tanta prova confirmando abuso de poder. A Justiça tem de ser rigorosa na aplicação da Lei”, conclui Harrison Targino.

 

Por Lenilson Guedes

porAutor

Redes sociais ‘guiam’ opinião do brasileiro nas eleições, indicam especialistas

Há menos de um mês para as Eleições 2018, a difusão de memes envolvendo os principais candidatos à presidência da República tem esquentado o debate político nas redes sociais. E mais: essas imagens que correm pelo Whatsapp, Facebook e Twitter, com montagens de fotos e frases humorísticas ou críticas, podem influenciar a decisão final dos eleitores brasileiros na hora do voto.

É o que indicam análises de dois cientistas políticos ouvidos pela reportagem. Para o professor da Universidade de Guarulhos-SP, Gleibe Pretti, o cenário atual, composto por grande número de indecisos, favorece a utilização das redes sociais como plataforma de convencimento.

“É exatamente a influência nas redes sociais que está modificando a opinião e diante de um cenário que nós temos o que? A dúvida. A maioria das pessoas hoje não sabem em quem vão votar, então esse acesso à internet vai fazer com que as pessoas votem ou no candidato A ou no candidato B.”

Há memes mais agressivos – que atacam ou diminuem candidatos -, seja transformando presidenciáveis em fantoches ou colocando propostas de governo de forma irônica.

“A tendência é que esses ataques pessoais realmente vão crescendo conforme esse momento (eleição) vai chegando”.

Os presidenciáveis somam mais de 12 milhões de curtidas em suas páginas oficiais e com isso, desprezam o horário na televisão ou rádio para alcançar seus eleitores no mundo digital. O meme aparece logo em seguida e vira assunto mais comentado entre os amigos e familiares.

Isso por conta do poder que aplicativos e redes como o Whatsapp têm de chegar a diferentes classes sociais e faixas etárias. É o que explica Diogo Tourino, professor da Universidade Federal de Viçosa-MG

“Atualmente, não dá para gente dizer – ainda que tenha dificuldades na linguagem e etc. – que a minha ‘tia mais velha’ ou que meus parentes com idade um pouco mais avançada não retornem ao Whatsapp da família e que também compartilhem lá as suas piadinhas e ironias com candidatos.”

Os últimos memes envolvendo candidatos que se espalharam pelo aplicativo de mensagens instantâneas foi o que compara os presidenciáveis a séries famosas internacionalmente. As séries que foram comparadas foram La Casa de Papel, Lost, Better Call Soul, Grey’s Anatomy e Prison Break.

 

Por Igor Brandão

Reportagem: Sara Rodrigues

porAutor

Agenda do candidato Tárcio Teixeira (PSOL) para esta segunda-feira (24)

Agenda do candidato ao Governo do Estado – Tárcio Teixeira 50

Segunda (24/09)

– Manhã: Minicomícios em Cajazeiras

– Tarde: Tárcio mantém reunião com apoiadores/as e preparação para o debate.

– Noite: Ás 20hs – debate na OAB, para a TV Diário do Sertão – Cajazeiras.

 

Assessoria

porAutor

Policiais federais vão às ruas para prender organização criminosa que contrabandeia cigarros

Entre os criminosos, estão policiais da PRF, da PM e da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul

Policiais federais saíram às ruas, neste sábado (22), e executaram a Operação Nepsis. O objetivo foi de desarticular organização criminosa responsável pelo contrabando de cigarros, e além disso, combater a corrupção policial que facilitava esses crimes no Mato Grosso Sul, em São Paulo, no Paraná, Rio de Janeiro e em Alagoas.

O contrabando era feito para o Paraguai, na fronteira com o Mato Grosso do Sul. De acordo com a Polícia Federal, a organização criminosa formou um grande grupo de contrabandistas.

Cerca de 280 policiais saíram para cumprir 35 mandados de prisão preventiva, oito de prisão temporária, 12 suspensões de exercício de atividade policial e mais 43 mandados de busca e apreensão em quatro regiões brasileiras.

Entre os presos, existem policiais da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar e Civil do Mato Grosso do Sul.

O nome da operação, Nepsis, faz referência a um termo grego que significa vigilância interior, estado mental de atenção plena, e tem como objetivo combater as atividades contrabandistas no que se refere à corrupção do estado.

 

Com informações da Agência Brasil

Reportagem: Sara Rodrigues

 

porAutor

Vereadora de Nazarezinho será sepultada no quintal de casa

Faleceu na noite da última sexta-feira (21), em um dos leitos do Hospital Regional de Sousa, a vereadora Amanda Patrício Ribeiro, de 46 anos de idade, representante da Câmara de Nazarezinho, no Sertão paraibano. A parlamentar se tratava de Diabetes tipo 1 e Doença Renal Crônica havia alguns anos, inclusive realizava sessões de hemodiálise na cidade de Sousa.

Segundo o cunhado dela, João Bosco Pedrosa, há cerca de dois meses, Amanda sofreu uma queda e fraturou uma das pernas. Amanda passou por uma cirurgia e depois teve complicações na pressão arterial, o que também desencadeou uma infecção, complicando ainda mais seu estado de saúde.

Velório e sepultamento em casa

O velório está sendo realizado no Sítio Trapiá, localidade rural onde a parlamentar residia. Ainda na manhã deste sábado (22), será celebrada uma missa. À tarde outras homenagens serão prestadas.

Bosco Pedrosa confirmou ao Blog do Levi que o corpo da vereadora será sepultado logo mais em sua residência às 16h00. Segundo ele, nos momentos críticos da doença, Amanda pedia para que quando viesse a falecer, fosse enterrada no quintal de casa. “É a vontade dela e vamos atender”, disse.

Amanda Patrício tomava posições firmes na bancada de oposição. Seu mandato tinha a preocupação de atender moradores de Nazarezinho que precisavam de serviços nas áreas de Assistência Social e Saúde.

Natural do Rio do Janeiro, Amanda Patrício era filiada ao Partido Verde (PV), se elegeu pela primeira vez em 2012 e quatro anos mais tarde alcançou a reeleição com 355 votos.

O suplente Jader Gadelha Maia (PSB) assumirá a vaga na Câmara de Vereadores.

Na foto abaixo, há cerca de dois meses, a vereadora aparece com os vereadores Chico de Edval e Osório Miranda, o contador Assis Ribeiro, o deputado federal Damião Feliciano, o empresário Marcelo do Vale, além do suplente Jader Gadelha.

Amanda vereadora - A pedido, vereadora de Nazarezinho será sepultada no quintal de casa

 

Fonte: Blog do Levi

porAutor

João destaca “novo Cariri” durante largada do segundo dia de Caravana do Trabalho na região

O candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, comandou, na manhã deste sábado (22), a largada para o segundo dia da Caravana do Trabalho no Cariri paraibano. O governador Ricardo Coutinho, e os candidatos ao Senado Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Luiz Couto (PT), estiveram presentes durante o primeiro ato público, em Zabelê.

Tenho certeza que Zabelê saberá escolher um lado. Um lado de quem fez e que pode fazer muito mais. Vivemos num novo Cariri, região esquecida por outros governos. Hoje vocês têm estrada nova direto para Campina Grande, integrando diversas cidades da região. Tivemos um olhar diferenciado para o Cariri”, afirmou João.

De acordo com o socialista, os avanços proporcionados pela gestão do PSB nos últimos sete anos e meio no Estado não podem parar. Ele reafirmou que o legado de Ricardo não pode cair em mãos erradas, e que o projeto que revolucionou a vida dos paraibanos precisa continuar.

“Poder dar continuidade a um projeto como esse é o que nos move, sabendo que podemos fazer cada vez melhor. Uma Paraíba que queremos, acima de tudo, avançando e melhorando, ou aprimorando, suas políticas públicas”, disse o candidato. “Que a população faça a leitura que precisamos seguir avançando, e no dia 7 de outubro vote 40”, completou.

Acompanharam João durante a largada da caravana os candidatos a deputado estadual Adriano Galdino (PSB), Carlos Batinga (PTB) e Inácio Falcão (PCdoB); além do candidato a deputado federal Fabrini Brito (Avante).

 

Assessoria