Categoria Regional

porpjbarreto

Reforma da Previdência é apoiada por maioria do Congresso Nacional, aponta pesquisa

Na Câmara, 82% são a favor do texto; no Senado, o percentual chega a 89%

A maior parte do Congresso Nacional é a favor da Reforma da Previdência, segundo pesquisa divulgada na última segunda-feira (11) pelo banco BTG Pactual. Na Câmara, 82% são a favor da reforma, enquanto no Senado, o percentual chega a 89%.

A mudança nas regras previdenciárias também tem o apoio de especialistas. Para o economista e doutor em Ciências Políticas Paulo Tafner, não há mais como o Estado sobreviver se não fizer mudanças consideráveis.

“Vários estados não estão pagando o salário em dia, nem a aposentadoria. Hoje, em mais da metade dos estados, a folha com aposentado é maior com ativo e a tendência é só crescer. E hoje não tem mais jeito do Estado sobreviver se não for enfrentando a questão previdenciária. E a população está percebendo isso porque ela percebe que é pior não ter educação, não ter segurança e não ter salário do que mexer na aposentadoria.”

Na proposta da reforma da Previdência, o governo quer utilizar o sistema de capitalização, no qual o trabalhador faz uma espécie de poupança para garantir a aposentadoria no futuro. Esse regime vai substituir o atual modelo de repartição, no qual quem contribui paga os benefícios de quem já está aposentado.

Segundo Tafner, o modelo atual transfere um custo individual para o coletivo. Por isso, o especialista entende que o governo quer incentivar as pessoas a bancarem sua própria aposentadoria.

“A gente está tirando o risco do ombro da sociedade. Parte do problema do nosso sistema é que a Previdência criou um mecanismo de enorme proteção às pessoas, cujo esforço de poupança é muito baixo. Um bom modelo é aquele que dá uma proteção mínima e força e incentiva as pessoas à fazerem a sua pensão, a sua aposentadoria, poupando ao longo da vida. É necessário criar um sistema que incentive as pessoas e as famílias a fazerem a sua poupança.”

Na proposta enviada para o Congresso, a maioria dos parlamentares também é favorável à inclusão dos militares na reforma e em regras diferentes para aposentados rurais e urbanos. No entanto, a maioria dos congressistas discorda da proposta de idade mínima igual para homens e mulheres, que seria de 65 anos.

O levantamento do BTG Pactual foi realizado pelo instituto de pesquisa FSB entre os dias 4 e 8 de fevereiro, com 235 deputados federais e 27 senadores.

A maior parte do Congresso Nacional é a favor da Reforma da Previdência, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (11) pelo banco BTG Pactual. Na Câmara, 82% são a favor da reforma, enquanto no Senado, o percentual chega a 89%.

A mudança nas regras previdenciárias também tem o apoio de especialistas. Para o economista e doutor em Ciências Políticas Paulo Tafner, não há mais como o Estado sobreviver se não fizer mudanças consideráveis.

“Vários estados não estão pagando o salário em dia, nem a aposentadoria. Hoje, em mais da metade dos estados, a folha com aposentado é maior com ativo e a tendência é só crescer. E hoje não tem mais jeito do Estado sobreviver se não for enfrentando a questão previdenciária. E a população está percebendo isso porque ela percebe que é pior não ter educação, não ter segurança e não ter salário do que mexer na aposentadoria.”

Na proposta da reforma da Previdência, o governo quer utilizar o sistema de capitalização, no qual o trabalhador faz uma espécie de poupança para garantir a aposentadoria no futuro. Esse regime vai substituir o atual modelo de repartição, no qual quem contribui paga os benefícios de quem já está aposentado.

Segundo Tafner, o modelo atual transfere um custo individual para o coletivo. Por isso, o especialista entende que o governo quer incentivar as pessoas a bancarem sua própria aposentadoria.

“A gente está tirando o risco do ombro da sociedade. Parte do problema do nosso sistema é que a Previdência criou um mecanismo de enorme proteção às pessoas, cujo esforço de poupança é muito baixo. Um bom modelo é aquele que dá uma proteção mínima e força e incentiva as pessoas à fazerem a sua pensão, a sua aposentadoria, poupando ao longo da vida. É necessário criar um sistema que incentive as pessoas e as famílias a fazerem a sua poupança.”

Na proposta enviada para o Congresso, a maioria dos parlamentares também é favorável à inclusão dos militares na reforma e em regras diferentes para aposentados rurais e urbanos. No entanto, a maioria dos congressistas discorda da proposta de idade mínima igual para homens e mulheres, que seria de 65 anos.

O levantamento do BTG Pactual foi realizado pelo instituto de pesquisa FSB entre os dias 4 e 8 de fevereiro, com 235 deputados federais e 27 senadores.

Reportagem – Mariana Fraga

Agência do Rádio

porpjbarreto

Comissão vistoria estádio Almeidão e interdita arquibancada sombra

A Comissão Estadual de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, coordenada pelo Ministério Público da Paraíba, interditou a arquibancada sombra do Estádio Almeidão, após a queda de um pedaço de concreto da marquise do estádio ocorrida, no último sábado (9), durante o jogo Botafogo e CSP, pelo Campeonato Paraibano. Um torcedor ficou ferido no acidente.

A interdição ocorreu na última segunda-feira (11) após uma vistoria realizada pela comissão no Estádio. Conforme o procurador de Justiça Valberto Lira, coordenador da comissão, os jogos de menor público só poderão utilizar a arquibancada sol.

Já nos jogos de maior público, como os da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, a comissão vai analisar caso a caso para decidir se libera parte das cadeiras dentro de um perímetro que mantenha a segurança do torcedor.

Participaram o o coronel Ferreira da Polícia Militar; o engenheiro do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-PB), Corjesu Paiva; o tenente -coronel Oliveira e o capitão Bezerra, do Corpo de Bombeiros.

Também participaram a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michele Ramalho; o secretário de Juventude, Esporte e Lazer do Estado, José Marco Melo; a superintendente da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães.

A superintendente Simone Guimarães informou que o Estado já está tomando providências para a recuperação do beiral da marquise de onde se desprendeu o pedaço de concreto.

Assessoria de Imprensa – MPPB

porpjbarreto

Brumadinho poderá ter CPI mista

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, informou nesta segunda-feira (11) que está em negociações com a Câmara dos Deputados para a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) mista para apurar o rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG).

Davi disse que, por conta disso, por ora não dará andamento ao requerimento dos senadores Carlos Viana (PSD-MG) e Otto Alencar (PSD-BA) para criar uma CPI sobre o tema no Senado. Em lugar disso, trabalhará para que deputados e senadores atuem juntos na investigação sobre o desastre que matou 165 pessoas. Ainda há 170 desaparecidos.

— Vamos somar esforços, em vez de dividi-los com uma investigação em cada Casa sobre os mesmos fatos — justificou o presidente. Ele acrescentou que os autores do requerimento original no Senado já foram informados.

Judiciário

Outro requerimento de criação de CPI foi arquivado por Davi Alcolumbre nesta segunda-feira. A CPI do Judiciário, proposta pelo senador Alessandro Vieira (PPS-ES), não teve a quantidade de assinaturas necessárias (um terço da composição do Senado ou 27 assinaturas) para prosseguir.

O requerimento havia sido protocolado com 27 assinaturas, o mínimo exigido para a criação de uma CPI. No entanto, os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Gomes (MDB-TO) retiraram suas assinaturas.A Secretaria Geral da Mesa também confirmou a retirada de assinatura da senadora Kátia Abreu (PDT-TO).

— Assim, o requerimento deixa de atender ao que exigem a Constituição e o Regimento Interno — explicou Davi.

 

Agência Senado

porpjbarreto

Fala Governador: João Azevêdo anuncia ampliação do programa ‘Se Liga no Enem’

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (11), durante o programa ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a ampliação do ‘Se Liga no Enem’, que passará a ser um programa. Segundo ele, na edição de 2019 serão realizados 28 eventos de preparação aos sábados, envolvendo 17.600 alunos. No ano passado, ocorreram 17 edições contemplando cinco mil estudantes.  Na ocasião, o chefe do Executivo estadual também divulgou o lançamento dos Prêmios ‘Mestres da Educação’ e ‘Escola de Valor’, que, neste ano, farão alusão ao Ano Cultural Jackson do Pandeiro.

O chefe do Executivo estadual também anunciou o lançamento da abertura do edital do programa ‘Se Liga no Enem’ para alunos egressos da rede estadual, que oferecerá 1.770 vagas, sendo 1.050 vagas na modalidade de Educação a Distância (EAD) e 720 na modalidade presencial. As ações de preparação para o Enem também envolverão núcleos de redação; simulados e formação de professores.

O ‘Se Liga no Enem nas Escolas’ será realizado em 64 polos presenciais, beneficiando quatro mil alunos das escolas regulares e 5.390 das escolas integrais. Já o ‘Se Liga no Enem para Egressos’ ocorrerá em quatro polos presenciais para 720 alunos e 14 polos de Educação a Distância para 1.050 alunos. As aulas do “Se Liga no Enem” beneficiarão um total de 11.160 alunos neste ano. Em 2018, o PBVest atendeu 8 mil alunos, o que corresponde a uma ampliação de 39,5%.

Dentro das novas ações de preparação para o Enem, o governo irá disponibilizar núcleos de redação que oferecerão livros de redação, banca de corretores e plataforma digital, beneficiando 29.826 estudantes de 412 escolas nas 14 regionais de Educação. Também serão realizados dois simulados nos meses de maio e agosto. Ao todo, 603 professores serão orientados nas competências e habilidades do Enem.

João Azevêdo disse que o governo trabalha para garantir que os alunos da rede estadual tenham bons resultados no Enem. “Na nossa concepção, a universidade não é para poucos, não deve ser para poucos, não deve ser para uma elite, deve ser para todos aqueles que desejarem e tenham o sonho de realizar o curso superior”, destacou.

O chefe do Executivo estadual também comemorou a aprovação de mais de 1.590 alunos no Enem. “Para nossa felicidade, 110 alunos foram aprovados em 1º lugar em universidades públicas, se destacando nacionalmente; isso é o fruto desse trabalho. Todos os alunos que obtiveram essa realização do sonho, professores e funcionários estão de parabéns. Esses resultados são frutos do compromisso com a educação que todos têm”, ressaltou.

Prêmios – O Prêmio Escola de Valor contempla com o 14º salário todos os funcionários das escolas premiadas: gestores, merendeiras, professores, porteiros e vigias. Já a premiação ‘Mestre da Educação’ possibilita que os professores sejam beneficiados com o 14º salário; e caso estejam lotados nas escolas contempladas com o Prêmio Escola de Valor recebam o 15º salário.

Os prêmios são uma iniciativa do governo que consiste no fomento, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação em exercício e lotados nas escolas públicas estaduais de Educação Básica, e que, comprovadamente, estejam tendo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e de aprendizagem. De 2011 a 2018 os prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor ofereceram 85.693 premiações a professores e servidores, com investimentos de mais de R$ 132 milhões.

Abertura do ano letivo – O governador João Azevêdo também desejou boas-vindas aos estudantes da rede estadual que iniciaram nesta segunda-feira (11) o ano letivo 2019. Neste ano, mais de 260 mil alunos estão matriculados nas 663 escolas do Estado; destas 153 são Escolas Cidadãs Integrais.

“A partir de hoje, iniciamos o processo de acolhimento dos alunos e eles começam a entender esse processo novo de educação que acontece na Paraíba. Eu desejo que todos os alunos se sintam acolhidos, sejam bem-vindos e façam dessa oportunidade a grande meta de suas vidas”, declarou.

 

Secom-PB

porpjbarreto

Adriano Galdino recebe secretário do TCU e ressalta diálogo entre instituições

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, recebeu nesta segunda-feira (11) a visita do secretário de Controle Externo no Estado do Tribunal de Contas da União (TCU), Márcio Fernando Sueth da Silva. A reunião, que contou com a participação do deputado estadual Bosco Carneiro, teve objetivo de estreitar relações entre as instituições.

Para o chefe do Legislativo Estadual, a ocasião foi uma oportunidade para estabelecer o diálogo para futuros projetos e parcerias com o órgão federal no Estado. “Com muita satisfação, nós recebemos o secretário do TCU e, mais uma vez, mostramos que a Assembleia quer se aproximar do povo e das instituições, que, no caso do TCU, é um órgão controlador que tem uma larga folha de serviços prestados à Paraíba e ao Brasil”, afirmou Adriano Galdino.
O secretário Márcio Sueth, do TCU, agradeceu o convite do presidente da Assembleia e destacou que o encontro reforça a busca por transparência pública no estado. “Nós, do Tribunal de Contas, temos a missão de contribuir para o aperfeiçoamento da administração pública. Essa parceria se mostra muito importante nesta Casa, que faz as leis, tendo a oportunidade de fazermos os nossos diagnósticos e levantamentos sobre a situação do controle externo no estado da Paraíba”, pontuou.

 

Assessoria de Imprensa – ALPB

porpjbarreto

Ademir Assunção lança dois livros em João Pessoa

Nesta terça-feira (12/02), às 19h, o poeta Ademir Assunção estará em João Pessoa lançando dois livros na Budega Arte Café (Rua Artur Américo Cantalice, 197 – Bancários). Um deles se tornou um símbolo da resistência política no Brasil atual.

A antologia LULA LIVRE LULA LIVRO conta com textos ou desenhos de autores como Chico Buarque, Raduan Nassar, Carlos Renó, Caco Galhardo, Aldir Blanc, Alice Ruiz, Augusto de Campos, Laerte, Chacal, Raimundo Carreiro, Xico Sá e outros autores brasileiros que “mostraram a cara”, como diz Ademir Assunção que organizou este livro-manifesto juntamente com o escritor Marcelino Freire.

O livro conta ainda com a presença dos paraibanos Chico Cesar, Linaldo Guedes e Carlos Moreira, poeta paraibano residente em Rondônia. Também do poeta Lau Siqueira, nascido no Rio Grande do Sul e residente em João Pessoa há mais de 30 anos.

O outro livro que Ademir Assunção estará autografando é “A voz do ventríloquo”, um livro premiado no Programa de Ação Cultural (ProAC 2011) para publicação de livros inéditos pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. O livro também recebeu o Prêmio Jabuti 2013, de melhor livro de poesia brasileira. Dividido em sete partes, cada parte abrindo sempre com um poema em prosa sob o título “Diário do Ventríloquo (“Primeira Noite” até “Sétima Noite”), o livro é marcado pela musicalidade dos poemas, imagens de impacto e abordagens críticas do consumismo, da violência e da ciranda financeira no mundo contemporâneo.

Ademir Assunção é uma das principais referências da Poesia Contemporânea Brasileira. Nascido em Araraquara-SP, atualmente reside em São Paulo. Jornalista, trabalhou nos Jornais Folha de Londrina, O Estado de São Paulo, a Folha de S. Paulo, Revista Veja e outros órgãos. Escreveu obras referenciais para a literatura brasileira contemporânea, tais como LSD Nô, a Máquina Peluda, Cinemitologias e outros. Em 2007 esteve em João Pessoa lançando o CD Rebelião na Zona Fantasma, no extinto projeto Agosto das Letras, na época produzido pela FUNJOPE – Fundação Cultural de João Pessoa.

Assessoria

porpjbarreto

Presidente da Famup considera que Veneziano será o “timoneiro” do Pacto Federativo e do Municipalismo no Senado

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) foi considerado o porta-voz dos gestores municipais na Paraíba e no Brasil. “Ele será o timoneiro do Pacto Federativo e da bandeira do municipalismo no Congresso”, disse o prefeito de Sobrado-PB, George Coelho (PSB), que preside a Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup).

“Nós, Prefeitos, integrantes da Famup, acreditamos que o porta-voz dos gestores municipais na Paraíba e no Brasil será o Senador Veneziano Vital do Rêgo, pois, como ex-prefeito, ele entende o sofrimento que passamos com a queda de arrecadação. Portanto, a federação tem nele essa confiança no seu trabalho. Nós hoje sabemos que podemos contar com o Senador e sabemos que ele será o timoneiro desse Pacto Federativo e da bandeira do municipalismo no Congresso”, afirmou George.

Escute a entrevista com o presidente da Famup no link: https://soundcloud.com/user-867663840/aud-20190208-wa0046

 George destacou também que Veneziano é a esperança dos mais de cinco mil Prefeitos do Brasil, pois encontram no parlamentar a vontade de lutar pela ampliação de recursos para as cidades, para que estas possam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos com investimentos na educação, segurança, saúde, dentre outras áreas. “Eu acredito que Veneziano fará parte dessa história, pois ele tem essa condição de liderança para encampar estas lutas”, finalizou o presidente da Famup.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Radialista perde controle de motocicleta e acaba sendo vítima de acidente na PB-400 próximo a São José de Piranhas

Ao retornar da cidade de São José de Piranhas pela rodovia estadual PB-400, na tarde deste domingo (10), em sua motocicleta, o radialista Paulo Feitosa perdeu controle do referido veículo e acabou colidindo violentamente contra o solo.

De acordo com informação de testemunhas, o radialista sofreu escoriações pelo corpo e reclamou de fortes dores em um dos pés e pernas.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), prestou os primeiros atendimentos e socorreu o mesmo para o Hospital Regional de Cajazeiras.

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Sousa vence o Clássico do Sertão, mantém invencibilidade e a vice-liderança do Grupo A

Com gols de André Beleza e Testinha, Dinossauro vence por 2 x 0, a terceira partida seguida e mantém invencibilidade na competição. Com a derrota, o Atlético de Cajazeiras cai para a segunda colocação do Grupo B do estadual.

Para evitar o segundo gol do Sousa, Saulo parou Naôh quando o atacante entrava livre na área do goleiro Fernando Henrique. O zagueiro do Atlético acabou expulso. O trovão agora joga um jogador a menos.

Para ter acesso a todos os detalhes do jogo, clique AQUI!

 

Com globoesporte.com/pb

porpjbarreto

Radialista na cidade de Sousa causa polêmica ao postar foto em redes sociais com artefato semelhante a caixão

Tem circulado nas redes sociais desde o último sábado (09), uma foto em que o radialista Fábio Kamoto, da cidade de Sousa – aparece com um artefato semelhante a um caixão, com a logo marca e brasão do Clube Atlético de Cajazeiras.

Indignados, torcedores do “Trovão Azul” do Sertão correram para gravar um jingle pejorativo em atribuição e resposta ao referido radialista. Na mensagem em ritmo de Funk, que também tem circulado pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, Fábio Kamoto é ameaçado.

No esporte isso chama rivalidade, já que o Atlético de Cajazeiras e o Sousa Esporte Clube se enfrentam neste domingo (10), pela 5ª rodada do Campeonato Paraibano/2019, no Estádio Marizão – logo mais ás 17hs na cidade de Sousa.

 

Redação – fmrural.com.br