Categoria Regional

porAutor

Hospital do Bem atende pacientes de 15 municípios nas duas primeiras semanas de funcionamento

Nas duas primeiras semanas de funcionamento, o Hospital do Bem – unidade de oncologia do Sertão – atendeu pacientes de 15 municípios da região (Água Branca, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Catingueira, Desterro, Jericó, Mãe D’água, Malta, Maturéia, Patos, Piancó, Quixaba, Riacho dos Cavalos, São Mamede e Teixeira). O tipo de câncer com maior incidência neste primeiro balanço foi o de mama, com cinco registros.

O Hospital faz parte do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos e foi inaugurado no último dia 05 de setembro e atende, para efeito de tratamento quimioterápico e cirúrgico, quatro tipos de câncer: pele, próstata, mama e colo de útero.

Nas duas primeiras semanas de atendimento, a maior parte foi do sexo feminino e a cidade que mais enviou pacientes foi Teixeira, com um total de 14 pessoas; seguida de Água Branca, com seis pacientes; e Patos com dois. Entre os dias 05 e 20 deste mês, foram realizados 34 atendimentos ambulatoriais, sendo 30 pacientes do sexo feminino e quatro do sexo masculino, uma cirurgia e uma sessão de quimioterapia. Neste período, a unidade registrou 16 internamentos, dos quais, seis ainda se encontravam em tratamento na unidade, até essa quinta-feira (20).

De acordo com a coordenadora do setor de Enfermagem do Hospital, Aretuza Delfino, para efeito de internação, o paciente não precisa de regulação. “Qualquer tipo de câncer pode ser internado aqui, pois o hospital só trata as quatro referências somente para efeito de quimioterapia e cirurgia. No caso de internações é diferente. Basta o paciente chegar na emergência do Complexo e, se tiver apresentando sintomas ou sinais de doenças oncológicas que necessitem de internação, é encaminhado para uma enfermaria”, explicou.

Ela lembrou ainda que o paciente pode ser internado via ambulatório. “Se o paciente se sentir mal, por exemplo, depois de uma sessão de quimioterapia, pode ser internado também”, pontuou. O Hospital do Bem funciona com serviços de Oncologia de média e alta complexidade e tem uma estimativa de atendimento de 650 cirurgias oncológicas e 5.300 procedimentos de quimioterapia/ano, direcionados para a população dos 68 municípios que compõem a 3ª e 4ª macrorregiões de saúde do estado.

 

Assessoria

porAutor

Polícia Federal deflagra operação para desarticular esquema de tráfico de drogas de dentro de presídios

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (21), a Operação TRIGLAV, com objetivo de cumprir seis mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão, na Paraíba e no Rio Grande do Norte, além de ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes, expedidos pela Vara de Entorpecentes da Comarca de João Pessoa/PB.

Segundo informações repassadas pela PF, a organização é acusada de transportar maconha, cocaína e crack do Rio Grande do Norte para comercializar na Paraíba. A investigação, iniciada há seis meses, resultou, até a presente esta sexta-feira, na apreensão de 100 Kg de drogas, além da identificação dos integrantes do grupo criminoso responsável pela distribuição de entorpecentes na Paraíba.

Após a identificação, os presos suspeitos de participação na facção foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, cujas penas, somadas, podem chegar a trinta anos de reclusão.

A ação tem por finalidade desarticular a associação criminosa, comandada do interior de estabelecimentos prisionais, responsável pelo tráfico de maconha, cocaína e crack oriundos do Rio Grande do Norte e comercializados em todo o estado da Paraíba.

A investigação, iniciada há aproximadamente seis meses, já apreendeu 100 Kg de drogas, além da identificação dos integrantes do grupo criminoso responsável pela distribuição de entorpecentes na Paraíba.

Os presos foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, cujas penas, somadas, podem chegar a trinta anos de reclusão.

Após os interrogatórios, os investigados serão apresentados à Justiça Estadual, para realização de audiência de custódia e, em seguida, transferidos para o sistema prisional do Estado.

O nome da operação faz alusão à divindade da mitologia Eslava TRIGLAV, deus de três cabeças que representava os três mundos que governava: Céu, Terra e Submundo.

 

Assessoria

porAutor

Gestantes de Quixaba conhecem instalações e estrutura da Maternidade de Patos

Já virou rotina na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, receber grupos de gestantes que vão conhecer a unidade e se familiarizar com a estrutura que as acolherá no momento do parto. A experiência faz parte do Projeto Acolher, iniciado no ano passado. O último dia 13, foi a vez das gestantes atendidas pela UBS Robson Carneiro Pereira, de Quixaba, conhecerem o ambiente e esclarecerem dúvidas sobre o parto.  Durante a visita, as futuras mamães conheceram o Serviço Social, recepção, alojamentos, a sala de parto humanizado, o alojamento Mãe-Canguru, o Banco de Leite, entre outras dependências da Maternidade.

Além da visita, acompanhada pela Gerência de Enfermagem, houve também um momento que elas receberam orientações sobre o parto normal e humanizado, sobre direitos da paciente, incluindo aí a opção por ter um acompanhante, e sobre aleitamento materno, além de orientações do que ela pode levar para a Maternidade.

“Conhecer previamente o ambiente que as acolherá para o parto e ter a oportunidade de tirar dúvidas, traz mais segurança para esse momento, pois isso, de alguma forma, as tranquiliza”, destaca o diretor geral da Maternidade, Umberto Júnior. Ele lembra ainda que apesar de muita gente conhecer e saber dos diferenciais da unidade, que integra a rede estadual de saúde, ao ver a estrutura ficam mais confiantes.

Para agendar as visitas basta a unidade de saúde que atende gestantes, entrar em contato com o Núcleo de Estágio, Capacitações e Eventos (Nece) da Maternidade, via ofício. A coordenadora do Nece, Mabel Longo, explica que o pedido é encaminhado à gerência administrativa que faz o agendamento. “É um procedimento que precisa ser agendado para que possamos mobilizar a gerente de Enfermagem, Milene Nunes, para acompanhar a visita”, reitera Mabel.

O projeto foi idealizado pela psicóloga e técnica de enfermagem da cidade de Malta, Maria Lidiana Gomes, com apoio das enfermeiras Ligia Karla e Nallygi Gyanca e Rosalba Dantas. Do ano passado para cá, gestantes de várias cidades já vivenciaram a experiência.

 

Assessoria

porAutor

Zé Maranhão faz carreatas em Lagoa e Jericó e comícios em Pombal e Condado

Depois de cumprir compromissos em Patos, a caravana Zé do Povo seguiu viagem para os municípios de Lagoa e Jericó. As cidades ficaram em festa, repletas de bandeiras e moradores cheios de animação para saudar o futuro governador da Paraíba.

Em uma breve fala antes de sair em carreata, Maranhão reforçou que pretende levar indústrias para interior e cuidar mais da saúde pública: “Eu vou reabrir a maternidade de Jericó. Quando estive no governo hospital funcionava, hoje muitos não estão mais nem abertos. “Um governador precisa manter uma boa relação com os gestões municipais.Eu quero fazer um governo humano, com a cara de cada um dos paraibanos”, disse.

A chegada de Maranhão em Pombal virou um verdadeiro arrastão. Centenas de moradores acompanharam o futuro governador até o palco do comício. Mais uma vez Zé destacou a preocupação com a saúde pública. “Além de cuidar da saúde de cada município, nós também vamos construir o Hospital de Trauma do sertão. A Paraíba não tinha hospitais desse modelo e fui eu quem fez o de João Pessoa e de Campina Grande. Eu já fiz e ainda vou fazer muito mais”, enfatizou.

A programação do domingo foi encerrada com mais um grande comício em Condado. Maranhão reforçou o compromisso com a melhoria de infraestrutura do município: “Eu tenho uma missão que é trabalhar para o desenvolvimento da Paraíba. Vamos fazer uma gestão inovadora e humana. Essas serão as nossas marcas.”

 

Assessoria

porAutor

Paciente que inaugurou serviços de cirurgia do Hospital do Bem recebeu alta

A aposentada Marli Alves da Silva, de 66 anos, de São Mamede, recebeu alta do Hospital do Bem, na manhã desta segunda-feira (17), e já está em casa. Na última sexta-feira (14), ela foi operada e inaugurou os serviços cirúrgicos da unidade que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos e atende casos de câncer de próstata, mama, colo de útero e pele.

A alta foi assinada pelo cirurgião oncológico, Wostenildo Crispim, o mesmo que realizou o procedimento de retirada de tumor no endométrio. A técnica de enfermagem aposentada estava internada no Hospital do Bem desde o último dia 06 e, neste período, ficou em tratamento para regressão de uma anemia severa que impedia a realização do procedimento cirúrgico.

A paciente tem retorno marcado para o próximo dia 24, quando será reavaliada pelo cirurgião e, a partir deste procedimento, será definido o agendamento para início das sessões de quimioterapia, que também serão feitas no Hospital do Bem.

 

Assessoria

porAutor

Ações preventivas em prol do Setembro Amarelo tem apoio da LBV e da Associação Norte-Riograndense de Psiquiatria em Natal

Nesta quarta-feira, 19/09, às 15h, a Legião da Boa Vontade – LBV promove com o apoio da Associação Norte-Riograndense de Psiquiatria – ANP, palestra sobre prevenção ao suicídio com o tema “Viver é a melhor opção”, que será conduzida pela psiquiatra Ranna Athena Pereira de Brito. O encontro é para os pais e responsáveis das crianças e adolescentes assistidos pelo Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, em apoio à campanha Setembro Amarelo, iniciativa que visa conscientizar a população mundial a respeito do suicídio e suas formas de prevenção.

O Brasil é o 8º país em números absolutos de suicídio no mundo, e a cada 45 minutos uma pessoa tira sua própria vida. A Organização Mundial da Saúde (OMS), alerta que mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais, entre eles a dependência de álcool e a depressão. Globalmente, o suicídio já representa a segunda principal causa de mortes entre jovens entre 15 a 29 anos. E este público é mais suscetível ao alto consumo de álcool. Contudo, o cenário pode ser revertido. Daí a importância de falar e debater sobre o tema ser cada vez maior.

Durante todo o mês, nas unidades socioeducacionais da LBV em todo o Brasil serão promovidas palestras, rodas de conversa, workshops com profissionais da área de saúde, além de oficinas e ações para alertar os atendidos e colaboradores sobre o suicídio e debater a importância de ajudar as pessoas que estejam enfrentando seus desafios.

Vale destacar que a LBV, na sua Campanha Permanente de Valorização da Vida, promove, há mais de 68 anos, ações de combate ao suicídio. A sede da LBV, está localizada na Rua dos Caicós, 2148 – Bairro Dix-Sept Rosado.

 

Serviço

Evento: Palestra “Viver é a melhor opção”

Dia: 19 de setembro – 15h – Quarta-feira

Local: Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, localizado a

Rua dos Caicós, 2148 – Bairro Dix-Sept Rosado

Informações: (84) 3613-1655