Autor pjbarreto

porpjbarreto

MP instaura inquérito após ônibus escolar da Prefeitura de Cajazeiras ser parado transportando alunos e professores

O Diário Oficial Eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, trouxe em sua edição Nº 1551, do último dia 26 de setembro de 2018, no Extrato Nº 75/2018, a publicação de um fato ocorrido na BR-230, na Zona Rural de Cajazeiras – onde, numa abordagem da PRF, um ônibus escolar foi parado e fiscalizado.

Um ônibus escolar da Prefeitura de Cajazeiras, oriundo do Programa Federal “Caminhos da Escola”, foi parado numa abordagem da Polícia Rodoviária Federal, na BR-230, nas proximidades da entrada para o Distrito de Boqueirão de Piranhas em meados do inicio do mês de março de 2018 e, por determinação do MEC de não poder transportar pessoas outras no referido veículo, a PRF orientou o condutor do ônibus trafegar apenas com estudantes matriculados no Sistema Municipal de Educação de Cajazeiras.

Porém, o fato cominou na lavratura do Boletim de Ocorrência nº. 2153612180417173300, resultando ainda, no Inquérito Civil de nº: 038.2018.002322 proposto pela 4ª Promotoria de Justiça do Ministério Público Estadual com sede de Cajazeiras.

OBJETO: apurar suposta prática de ato de improbidade administrativa

por parte do Prefeito Constitucional e do Secretário de Educação,

ambos do Município de Cajazeiras/PB, consistente em desvio de

finalidade no uso dos ônibus escolares integrantes do Programa

“Caminhos da Escola”, após blitz realizada pela Polícia Rodoviária

Federal que consistiu na lavratura do Boletim de Ocorrência nº.

2153612180417173300.

2018-09-26-Diario Oficial MPPB

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

“Haddad vai à cadeia pela 15.ª vez para receber instruções de Lula”

“Na reta final para o primeiro turno, o presidenciável Fernando Haddad (PT) começa a semana recebendo instruções do ex-presidente Lula, preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba desde abril deste ano. É a 15.ª vez que o ex-prefeito de São Paulo vem a Curitiba (PR) para conversar com o líder petista, a quarta como candidato do partido à Presidência da República.

Haddad tem por hábito visitar Lula na cadeia toda segunda-feira. Nesta segunda (1º), ele teve um encontro com o ex-presidente pela manhã. O candidato chegou à PF por volta das 10h35 da manhã e foi recebido por manifestantes petistas e políticos do partido, como Gleisi Hoffmann, presidente do PT, e Mirian Gonçalves, candidata à senadora pelo Paraná. Haddad vestiu um colete vermelho e um cocar a pedido de uma militante indígena, como forma de assumir compromisso com a causa, antes de entrar para fazer a vista.

Depois de mais de duas horas, Haddad saiu da carceragem e falou rapidamente com a imprensa. Ele repudiou a decisão do ministro Luiz Fux que suspendeu a liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski autorizando o ex-presidente Lula a conceder entrevista à Folha de S.Paulo. O petista classificou a decisão de Fux de “violação à liberdade de imprensa”.

Também criticou a revista IstoÉ, que divulgou no fim de semana uma matéria de capa afirmando que Lula envia bilhetes para aliados e caciques de outros partidos prometendo recursos para campanhas e cargos em um eventual governo Haddad em troca de apoio.

A úncia pergunta que o candidato respondeu foi sobre a possibilidade de o PT fazer uma nova Constituição. Haddad disse que a ideia do partido não tem relação com a defendida pelo general Mourão, vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL). Mourão é a favor de fazer uma nova Constituição elaborada por notáveis. O petista defendeu a realização de uma Constituinte para tratar das reformas necessárias, como a tributária, trabalhista e da Previdência.

Caminhada

À tarde, Haddad, militantes e outros políticos do PT seguiram para uma caminhada com apoiadores pelo calçadão rua XV de Novembro, no Centro de Curitiba. Depois, se concentraram na Praça Santos Andrade, também na região central, e discursaram para os presentes. A concentração para o ato foi marcada para às 11h, mas o início foi postergado, já que o candidato chegou somente no fim da manhã para conversar com Lula.

Haddad firmará, ainda, compromissos com as lideranças dos sindicatos de trabalhadores do Paraná durante sabatina da Força Sindical do Paraná. O evento faz parte do projeto “Eleições 2018: o Brasil tem jeito”, que também já teve a presença do candidato a presidente Ciro Gomes (PDT).

O ato marcado desta segunda é a primeira agenda de rua do candidato do PT em Curitiba, após sua candidatura ter sido protocolada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em agosto, ele participou de um evento em Curitiba, mas ainda como porta-voz do ex-presidente Lula. Depois, teve encontros com Lula na cadeira, mas não participou de eventos de rua.

Ordem: atacar Bolsonaro

Conforme apurou a Gazeta do Povo com mais de 15 pessoas que atuam, internamente ou regionalmente, na campanha do PT ao Planalto, Lula ordenou que Haddad comece a brigar com Jair Bolsonaro (PSL) já nesta semana.

A estratégia seria adotada somente no segundo turno, mas foi antecipada pela rapidez na transferência de votos e pela certeza, na visão de Lula, de que o partido estará no segundo turno. A orientação teria sido dada a Haddad na segunda-feira (24) passada, quando ele também esteve em Curitiba conversando com o ex-presidente.

DESEJOS PARA O BRASIL: Até semana anterior ao dia 24 de setembro, a avaliação era que esse embate com Bolsonaro poderia ser deixado para os demais adversários e adotado apenas no segundo turno. O ex-presidente também mudou de ideia ao tomar conhecimento de pesquisas internas que demonstram migração de votos em áreas tradicionais do PT, como periferias do Rio e São Paulo, para o Bolsonaro.

Ao atacar Bolsonaro, a campanha do PT também vai aproveitar para surfar na onda das manifestações contra o candidato do PSL. O fim de semana foi marcado por atos em todo o Brasil organizados por mulheres contra o capitão da reserva. Por outro lado, apoiadores de Bolsonaro reagiram rápido e foram para a rua mostrar apoio ao deputado.”

Gazeta do Povo

porpjbarreto

Vídeo: Polícia Militar prende em flagrante três elementos acusados de tentar assaltar agência dos Correios de São José de Piranhas

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e frustrou um assalto na agência dos Correios da cidade de São José de Piranhas, no Alto Sertão da Paraíba. O fato foi registrado na manhã desta segunda-feira (1º) de outubro, dia da feira-livre e grande movimentação naquela cidade.

Populares revoltados com o alto índice de violência – tentaram linchar os elementos, mas a polícia agiu rapidamente, detendo os acusados e encaminhando os mesmos para a Delegacia de Polícia, para serem adotadas as providências cabíveis.

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Na frente desde dezembro de (2017) audiência da Rádio Rural FM de Cajazeiras deixa para trás emissoras antigas e tradicionais

Inaugurada recentemente com uma programação bastante popular, a Rádio Rural FM de Cajazeiras, entrou no ar em (27) de dezembro de (2017) e, de lá para cá, vem batendo a audiência em algumas emissoras muito tradicionais e já conhecidas há décadas dos ouvintes de Cajazeiras e região.

No aplicativo Rádios Net, a Rural alcança o primeiro lugar como rádio web em audiência no Sertão da Paraíba e em Cajazeiras, oscila entre o quarto e quinto lugar em todo o Estado, desde sua inauguração até os dias de hoje.

Começando o mês de outubro/2018 – em primeiro lugar

Ainda de acordo com o aplicativo Rádios Net, que pode mensurar a quantidade de ouvintes ao longo dos meses, a Rádio Rural FM está à frente da Rádio Patamuté 94.5 FM, da Rádio Cidade 104.9 FM e, Rádio Mais 88.9 FM.

Primeiro lugar no mês de setembro/2018

Primeiro lugar no mês de agosto/2018

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Associação LGBT de Cajazeiras emite nota de repúdio em desfavor de servidor público por comportamento homofóbico em rede social

A Associação do Orgulho LGBT da cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano – emitiu neste domingo (30), uma Nota de Repúdio em desfavor de um servidor público de Cajazeiras, no tocante aos seus comentários e postagens consideradas homofóbicos nas redes sociais.

Abaixo, todo o conteúdo da Nota de Repúdio, leia!

NOTA DE REPÚDIO – PDF

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Cristiano Moura estreia o programa “Coisas de Cajazeiras” na TV Diário do Sertão

O jornalista Christiano Moura, editor do blog Coisas de Cajazeiras, estreia nesta terça-feira (2), às 19h30, o programa Coisas de Cajazeiras, na TV Diário do Sertão e na grade de programação da Netline HD, no canal 3.

O programa dá continuidade à parceria firmada com o Sistema de Comunicação Diário, quando o blog passou a integrar a seleta lista que está hospedada no servidor do Diário do Sertão, site mais acessado da Paraíba.

“O programa Coisas de Cajazeiras só vem engrandecer o projeto do Sistema de Comunicação Diário, que tem como carros-chefes o portal e a TV Diário do Sertão. Com produção caprichada, será apresentado ao vivo, às terças e quintas-feiras, a partir das sete e meia da noite, com reprises em horários alternativos a serem divulgados oportunamente”, disse Petson Santos, diretor do Sistema.

A nova fase traz, a partir de agora, o blog para o formato televisivo, com suas seções que nasceram lá em 2001, na revista Oba!, e que foram adaptadas para a plataforma dos blogs, reaparecendo repaginadas para o formato do vídeo, com adequações para serem retransmitidas em alta definição pela Netline Canal 3 e através do endereço eletrônico tvdiariodosertao.com.br.

O telespectador poderá acompanhar reportagens, bate-papo, entrevistas, o giro regional e a agenda cultural de Cajazeiras e região pela TV Diário do Sertão e nos canais do Coisas de Cajazeiras no Facebook, Twitter, Instagram e, principalmente, Youtube, além do onipresente Whatsapp.

“Através da TV Diário do Sertão e os mais diferentes formatos de mídia digital, mostraremos uma moderna revista eletrônica, com o essencial em política, cotidiano, esportes, memória e tudo mais que diga respeito às boas coisas de Cajazeiras”, exultou o jornalista Christiano Moura.

 

Fonte: Blog Coisas de Cajazeiras

porpjbarreto

A uma semana das eleições, João Azevêdo lidera intenções de voto com mais de 35%

A sete dias da eleição na Paraíba, se o primeiro turno fosse hoje, o candidato do PSB, João Azevedo, venceria a disputa ao Governo do Estado com 35,5% das intenções de voto. O segundo colocado na corrida ao Palácio da Redenção é Lucélio Cartaxo (PV), com 19,1% da preferência, seguido de José Maranhão (MDB), que aparece em terceiro lugar como o preferido de 18,7% dos entrevistados. É o que revela pesquisa realizada pelo Instituto Veritá (MG) e divulgada, em parceria, pelo Portal MaisPB, na tarde deste sábado.

Pela margem de erro, Cartaxo e Maranhão estão empatados tecnicamente. A diferença dos dois é de apenas quatro décimos, o que – na reta final – expõe o acirramento entre os dois candidatos da oposição para garantir vaga ao segundo turno.

Tárcio Teixeira (PSOL) tem 0,5. Rama Dantas (PSTU) é a última colocada. A candidata acumula apenas 0,3 do eleitorado consultado na pesquisa.

Não sabem ou não responderam correspondem a 13,2%. Brancos e nulos somam 12,6%. No total, ainda há 25,9% de indecisos no universo eleitoral paraibano.

Votos válidos – O Insituto Veritá também fez os cálculos somente considerando os votos válidos. Nesse quadro, João Azevedo chega a 47,9%. Lucélio Cartaxo e José Maranhão praticamente se nivelam, com 25,7% e 25,3%, respectivamente. Tárcio Teixeira surge com 0,7% e Rama Dantas tem 0,4%.

Dados técnicos – Registrada no TSE sob o número PB-08081/2018, a pesquisa Veritá/MaisPB ouviu 2.040 eleitores, entre os dias 26 e 28 de setembro, em 33 municípios do Estado. A margem de erro é de 2,8% para mais ou para menos.

O Instituto – O Instituto Veritá tem 20 anos de experiência no mercado brasileiro. Sediado em Uberlândia (MG), a empresa faz pesquisas em vários estados do País. Em 2016, por exemplo, publicou números das eleições nas principais capitais brasileiras, à exemplo de Aracajú (SE), Belém (PA), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES).

Disciplinado pela legislação em vigor, o Instituto está habilitado a divulgar os resultados de suas pesquisas uma vez que se encontra inscrita no Conselho Federal de Estatística e em três Conselhos Regionais de Estatística: Conselho Regional de Estatística 1a Região, sob. No-31, Conselho Regional de Estatística 3a Região, sob. No-5910, Conselho Regional de Estatística 5a Região, sob. N°- 15.

 

Com Assessoria & Paraíba Já

porpjbarreto

Ato contra o governo reúne milhares de pessoas em Roma

Encurralado, PD busca formas de se recuperar

Ato contra o governo reúne milhares de pessoas em Roma

Derrotado nas eleições de 4 de março, o centro-esquerdista Partido Democrático (PD) realizou neste domingo (30) uma manifestação na Piazza del Popolo (Praça do Povo), no centro histórico de Roma, para tentar iniciar seu renascimento e protestar contra o governo.

Após meses de divergências entre suas lideranças, a legenda conseguiu reunir dezenas de milhares de pessoas – 70 mil, segundo a organização -, além de seus principais expoentes, os ex-primeiros-ministros Matteo Renzi e Paolo Gentiloni, o ex-ministro do Desenvolvimento Econômico Carlo Calenda e o atual secretário da sigla, Maurizio Martina.

“Essa é uma praça que pede união, mas sobretudo uma praça que diz que existe um povo que rechaça o governo dos perdões fiscais e dos subsídios. Provavelmente eles ainda são maioria, mas há uma parte do país que diz ‘não’ às medidas de assistencialismo”, declarou Renzi.

O ex-premier fazia referência à lei orçamentária para 2019, que incluirá uma elevação do déficit para financiar promessas eleitorais, como a renda de cidadania, que pagará subsídios para pessoas desempregadas, e a renegociação de dívidas tributárias.

Antes de chegar a Roma, Renzi havia escrito no Facebook que o PD precisa superar as divisões internas e organizar “formas de resistência civil contra a deriva venezuelana” dos vice-primeiros-ministros Luigi Di Maio (M5S) e Matteo Salvini (Liga).

“Me parece um bom renascimento não apenas para o PD. Vi muita gente que não é do PD, mas quer se opor a esse governo populista”, declarou Calenda, um liberal de história recente no partido, mas que se tornou um de seus quadros mais populares.

“Fazia 25 anos que eu não ia a uma manifestação”, revelou.    Depois de ter governado a Itália por cinco anos, com três primeiros-ministros diferentes (Enrico Letta, Renzi e Gentiloni), o PD sofreu uma dura derrota nas eleições de março, alcançando menos de 20% dos votos e se reduzindo à terceira força do Parlamento, atrás do M5S e da Liga.

ANSA

porpjbarreto

Tufão deixa mais de 70 feridos e afeta transportes no Japão

Dezenas de milhares de pessoas receberam ordens de evacuação.

Tufão deixa mais de 70 feridos e afeta transportes no Japão

Um potente tufão atingiu o Japão neste domingo (30), causando transtornos e o cancelamento de voos e viagens de trens por causa de chuvas torrenciais, fortes ventos e inundações.

As autoridades já contabilizam mais de 70 feridos, porém não há registros de mortes. O tufão, chamado “Trami”, chegou ao arquipélago pelo sudoeste e causou alagamentos na ilha de Kyushu.

As ordens de evacuação englobam dezenas de milhares de pessoas, segundo a emissora “NHK”. Centenas de voos foram cancelados em aeroportos por todo o país, incluindo os de Narita e Haneda, nos arredores da capital Tóquio. Trami deve seguir em direção ao norte nesta segunda-feira (1º).

No início de setembro, o Japão já havia sido atingido pelo tufão Jebi, o mais potente em 25 anos e que deixou 11 mortos. Além disso, em julho, deslizamentos e enchentes fizeram 221 vítimas no arquipélago.

ANSA

porpjbarreto

Após ser ligada a Temer, Daniella perde quase 7 mil seguidores na rede social

Um fator considerado por todos os marqueteiros Brasil afora que contribui para uma queda vertiginosa nas pesquisas eleitorais desde ano é sem dúvida lembrar respectivamente à proximidade de um candidato a imagem do atual presidente da República Michel Temer (MDB), tal fato possa explicar nos últimos dias a vertiginosa queda de seguidores nas redes sociais da candidata ao Senado Daniella Ribeiro (PP).

Após a circulação na imprensa paraibana e nas redes sociais da proximidade da parlamentar do PP, que é irmã do líder do Governo Temer, Aguinaldo Ribeiro (PP), a parlamentar vem caindo vertiginosamente no seu número de seguidores, vale ressaltar que semana passada Daniella tinha 43,6 mil seguidores no Instagram e passou para neste domingo (30.09.2018) a ter 36,7 mil. Uma perca de quase 7 mil seguidores, ou seja, mil seguidores por dia, nós últimos sete dias.

A imprensa paraibana lembrou recentemente que Daniella é a parlamentar paraibana, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral, que recebeu mais recursos da advindos da JBS, empresa que delatou às autoridades federais o esquema de propina envolvendo políticos em todo o país e teve seus proprietários presos. Ela embolsou somente em 2014 a bagatela de R$ 267 mil. (https://www2.pbagora.com.br/noticia/politica/20170522142053/daniella-ribeiro-foi-a-deputada-da-pb-que-mais-recebeu-recursos-da-jbs).

Recentemente Daniella Ribeiro também disse a um portal de Campina Grande ser contraria a qualquer mudança na atual Reforma Trabalhista aprovada pelo presidente Michel Temer, que teve como um dos coordenadores seu irmão Aguinaldo Ribeiro. Ela disse que se eleita Senadora não pretende alterar em nada a Reforma Trabalhista. “não vejo necessidade de mudar” a reforma que entrou em vigência no final do ano passado e é objeto de contestação por parte dos sindicatos. (https://paraibaonline.com.br/2018/07/daniella-ribeiro-reforma-trabalhista-nao-precisa-ser-alterada/).

Daniella também foi uma das reesposáveis junto ao seu irmão Aguinaldo Ribeiro, pela indicação do cargo de confiança do Governo Michel Temer para sua mãe, a ex-prefeita de Pilar é atual superintendente da Fundação Nacional de Saúde da Paraíba (Funasa). Outro ponto que a imprensa revelou recentemente é que o coordenador da sua campanha ao Senado é o ex-ministro das Cidades no governo de Dilma Rousseff e líder do governo Michel Temer na Câmara Federal, o deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro, do Partido Progressista. (http://www.paraibaradioblog.com/2018/07/16/lider-de-temer-deve-assumir-coordenacao-da-pre-candidatura-de-daniella-ao-senado/).

Aguinaldo como líder de Temer vem orientando a bancada governista em votações favoráveis ao Governo como a Reforma Trabalhista, Terceirização, MP do Trilhão que concedeu isenções de impostos a petrolíferas estrangeiras no valor de mais de R$ 1 trilhão.

 

Fonte: Jornalismo PB