Categoria Regional

porpjbarreto

ALPB realiza visita técnica às obras da Transposição na próxima sexta-feira (7)

A Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa promoverá, no próximo dia 07, uma visita técnica, às obras da transposição do Rio São Francisco, O roteiro da visita às obras do Eixo Norte, iniciará no escritório do Ministério da Integração Nacional em Salgueiro (PE), às 9h, seguida de visitação à Estação de Bombeamento (EBI-3) e finalizando no túnel Milagres (CE). A iniciativa do deputado estadual Jeová Campos (PSB) tem o objetivo de verificar in loco o andamento das obras.

O parlamentar lembra que é fato público e notório que as obras da transposição de águas do Rio São Francisco, no Eixo Norte, ficaram paradas quase um ano e foram retomadas recentemente pelo consórcio Ferreira Guedes – Toniolo, Busnello e que é importante encerrar o ano com informações mais precisas do andamento da obra. “Sabemos que as obras do Eixo Leste já estão praticamente concluídas, inclusive as águas já estão chegando ao Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão (PB). O sertão paraibano e o Estado do Rio Grande do Norte não tiveram a mesma sorte em razão da paralisação das obras do Eixo Norte pela empresa Mendes Júnior, no ano de 2016 e pelo consórcio Emsa-Siton, no ano de 2018, com essa retomada, precisamos saber o que falta para fazer para poder cobrar a conclusão dos serviços”, afirma Jeová.

O deputado destaca ainda que é imperioso chamar a atenção do Ministério da Integração Nacional para que se adote as providências legais para a execução das obras do canal de, aproximadamente, seis quilômetros que interligará as Barragem de Caiçara / Engenheiro Ávidos, situadas no Município de Cajazeiras (PB). “Sem esse canal as águas da transposição do Rio São Francisco não abastecerão os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte”, reitera Jeová. Segundo o parlamentar é preciso também que seja elaborado e executado o projeto de inclusão das obras do Eixo Piancó / Coremas / Piranhas, tão necessário ao atendimento da vasta população do Vale do Piancó, além da execução integral do projeto de transposição de águas do Rio são Francisco até a Bacia do Apodi/RN, assim como a execução do projeto do canal Mauriti-CE / Conceição (PB).

Os deputados Gervásio Maia (PSB) e Frei Anastácio (PT), que integrarão a bancada federal da Paraíba a partir do próximo ano, foram convidados e segundo o deputado Jeová Campos devem participar da visita técnica. “Eles serão importantes interlocutores da Paraíba junto ao governo federal e é fundamental que eles vejam como estão as obras para cobrar a conclusão das mesmas”, finaliza Jeová.

Assessoria

porpjbarreto

José Inácio e Wallace Guedes são homenageados em encontro anual de Engenheiros Agrônomos da PB, PE e RN

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais, e o também agrônomo Wallace Guedes, foram homenageados durante evento de confraternização dos engenheiros agrônomos da PB, PE e RN. O encontro, que acontece há mais de 20 anos, foi realizado nesta quinta-feira (29), na granja do Sr.  João Valões, localizada no município de Santa Rita.

Cada homenageado teve uma apresentação prévia de seu currículo e história de vida. Coube a Djalma Euzébio, da Stab, falar um pouco sobre a vida e trajetória do agrônomo Wallace Guedes, que aos 82 anos, apesar de aposentado, ainda dá consultoria na área agrícola e se mantém antenado com as questões ligadas ao campo, especialmente, no tocante a cana-de-açúcar. Já a apresentação de José Inácio, ficou sob a responsabilidade do produtor e diretor da Asplan, Raimundo Nonato Siqueira. Em ambos os discursos foi evidenciado o amor dos homenageados pela agricultura, um histórico de contribuições importantes para o desenvolvimento da cultura canavieira dada por cada um deles e também a importância de ambos, cada um na sua área, para o setor produtivo do Nordeste.

Com passagens pelo IPA, pelo Planalçúcar, pelo Prorural, pela UFRPE e pela Estação de Carpina e com importantes contribuições na área de mecanização agrícola, o agrônomo Wallace Guedes, ainda está na ativa e se diz um apaixonado por tudo ligado à terra. “Eu sou do tempo de mecanização de engenho em caldeira, da época em que o profissional não dispunha de tanta tecnologia e tinha que ir a campo colocar a mão na terra, mas a evolução tecnológica é sempre muito bem-vinda porque ela aprimora a atividade, assim como as pesquisas que, infelizmente, na área de cana-de-açúcar ainda são insuficientes”, destacou Wallace que agradeceu a homenagem dos colegas.

A apresentação feita por Raimundo Nonato, sobre José Inácio, incluiu um breve histórico de vida dele, desde menino, em Macaparana (PE), até as passagens por Areia, onde se formou em agronomia, em 1982, quando casou, em 1985, sobre os três filhos ( duas mulheres e um homem) do homenageado, um dos quais também segue a carreira do pai, passando pelo fato de José Inácio ser um dos maiores produtores de cana da Paraíba, com uma produção de quase 100 mil toneladas, gerando emprego e renda, além de ser um líder de classe que, já por duas vezes, assumiu a presidência da Associação paraibana.

“Para mim é uma honra ser filho de um agricultor e plantador de cana, sou engenheiro agrônomo com muito orgulho, meu irmão também é engenheiro agrônomo, assim como meu filho Inacinho, e quero deixar aqui meu testemunho de que com determinação, trabalho, honradez e com a proteção divina, nós vamos continuar plantando cana e fazendo história, afinal são mais de 400 anos de cultura”, disse José Inácio que, na ocasião, lembrou do exemplo de seu pai que foi o primeiro fornecedor de cana a comprar adubo na zona da mata norte de Pernambuco, nos idos de 1960, e que conseguiu, como agricultor, educar e criar todos os filhos com dignidade. Tanto José Inácio, como o professor Wallace, foram homenageados pelos colegas pelos relevantes serviços prestados ao setor canavieiro e por acreditarem na cultura da cana-de-açúcar.

 

Fotos: Walmar Pessoa e Washington Luiz

Assessoria

porpjbarreto

Governador interino Gervásio Maia inspeciona obras no Sertão paraibano

O governador em exercício, Gervásio Maia, realizou nesta quinta-feira (29), visita técnica as obras viárias na cidade de Catolé do Rocha, Sertão paraibano. 

A lado da equipe técnica do DER, Gervásio inspecionou as obras da Avenida Américo Maia; o acesso à Universidade Estadual da Paraíba e a Ponte do Rancho do Povo.

 

Com Assessoria

porpjbarreto

Veneziano anuncia audiência com Ministro da Integração para debater restabelecimento da vazão da Transposição na Paraíba

As razões da baixa vazão e atual suspensão do bombeamento das águas da Transposição do Rio São Francisco para o Eixo Leste da obra, na Paraíba, serão tema de audiência solicitada pelo Deputado Federal e Senador Eleito Veneziano Vital do Rêgo (PSB) junto ao Ministro da Integração Nacional (MIN) Pádua Andrade, a partir das 16hs desta quarta-feira (28) em Brasília.

Veneziano revelou que, em em contato com o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Fernandes, o mesmo explanou sobre os efeitos dessa suspensão, que prejudicou o volume da água que chegava ao açude de Camalaú, e, consequentemente, que ia para o açude de Epitácio Pessoa (Boqueirão), abastecendo diversas cidades polarizadas por Campina Grande.

Veneziano destacou que cobrará do ministro imediatas soluções para o retorno da vazão, por entender que não é a formalização da fase comercial da transposição, junto ao Governo da Paraíba, um motivo para manter esse contratempo. “A manutenção dessa vazão é algo de interesse de todos os paraibanos”, disse O parlamentar, destacando que tal atitude vem causando a milhares de paraibanos a diminuição dos volumes de vários mananciais na Paraíba.

Ele lembrou que, no Cariri, por exemplo, o açude da cidade de Sumé é que vem abastecendo os 14 municípios da região, dependendo, apenas, da água das chuvas, e que o manancial tem pouco mais 2 milhões de metros cúbicos da capacidade.

Em recente entrevista, João Fernandes salientou que o governo federal está, de certa forma, pressionando o Governo do Estado para já iniciar a fase comercial da transposição, e que, na Paraíba, esta cobrança deverá ser em torno de R$ 140 milhões. Ele frisou também que o Ministério deveria ter instalado um sistema de energia solar na obra, porque 90% do preço da transposição vai para pagar a energia que é gasta.

“O sistema ainda está em fase de teste e não custava nada continuarem os testes até o dia 31 de dezembro, continuando a alimentar o Rio Paraíba e Poções (em Monteiro), para mantermos a perenização do Rio Paraíba. Temos um equipamento caro para medir a chegada de água e nós tiramos porque parou o bombeamento. O ministro disse que ia manter a vazão, mas infelizmente não o fez. O que na verdade o que o governo federal quer é contratar essa operação, e o preço que eles vão cobrar pelo serviço nós estamos lutando para reduzir. Eu fiz um relatório com todos os dados do que chegava em Monteiro, em Boqueirão, e passei para um dos senadores da Paraíba e um deputado federal, pedindo para eles, para ninguém estar dizendo que eu estou pressionando. Quando eu coloco a situação nas rádios da Paraíba, não tem deputado e senador que não tome conhecimento dos alertas que estamos fazendo. Então nenhum deles pode se fazer de doido e alegar que desconhece o problema”, disse João.

Assessoria de Comunicação

porpjbarreto

Após 48 anos sem contato com parentes em São José de Piranhas mulher agradece à Rádio Rural de Cajazeiras por encontrá-los. Escute!

Com o título “Sertaneja de São José de Piranhas residente no Estado da Bahia procura por parentes. Ajude encontrá-los”! Nely Guilherme de Matos, filha dos Senhor ‘Sebasto’ Guilherme e Dona Maria Braúna do Sítio Antas – São José de Piranhas, encontrou seus familiares logo depois que entrou em contato com a Rádio Rural de Cajazeiras.

Nely foi embora para Jacobina aos 12 anos de idade e após 48 anos distante, ela quer reencontrar com seus familiares.

Após divulgação no último domingo (25), no Programa Rural em Debate e veiculação de matéria no site da rádio, diversos familiares da Senhora Nely, tanto no Sertão da Paraíba como no Estado de São Paulo – tomaram conheciemento do fato e buscaram contado com a mesma.

Nely Guilherme de Matos, reside na cidade de Jacobina, na Bahia e enviou carinhosamente uma mensagem através de aplicativo agradecendo o nosso trabalho de utilidade pública. Escute abaixo!

Sertaneja de São José de Piranhas residente no Estado da Bahia procura por parentes. Ajude encontrá-los!

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Comissão de Ética de Enfermagem do Hospital Regional de Patos toma posse em evento com palestra do COREN sobre conduta profissional

Os novos membros da Comissão de Ética de Enfermagem do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) tomaram posse na última quinta-feira (22). A solenidade aconteceu na sede da 6ª Gerência Regional e contou com a participação do representante do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba, Valdeni Mendes e do Coordenador do Departamento de Processo Ético do COREN, Júnior Gomes. Eles falaram da importância da Comissão e sobre ‘Processo Ético’ e mostraram vídeos sobre condutas dos profissionais e suas consequências no ambiente hospitalar. O CHRDJC conta, atualmente, com um quadro de mais de 300 profissionais na área de Enfermagem.

Coube a diretora de Enfermagem do CHRDJC, Jaqueline de Medeiros, falar sobre a importância da Comissão, focando a contribuição dela no sentido de acompanhar o exercício profissional e ético da enfermagem no âmbito de todas as funções inerentes às atividades da área no Complexo. “A Comissão tem uma função fundamental na observação e atuação do exercício ético-profissional na área de assistência e um papel importante na defesa do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem”, destacou Jaqueline.

A diretora geral do CHRDJC, Liliane Sena, que prestigiou a solenidade, destaca que a existência de Comissão de Ética de Enfermagem no Complexo reforça o atendimento humanizado que já é dispensado aos pacientes da unidade, com ainda mais  qualidade, segurança e ética em todas as condutas ligadas a Enfermagem.

A Comissão do CHRDJC e formada pelas enfermeiras, Daniela Almeida, que foi escolhida presidente e Maria da Conceição Ferreira, vice-presidente e ainda Patrícia Freire de Almeida, técnica de Enfermagem, que será a Secretária da Comissão. O mandato tem duração de dois anos.

 

Assessoria

porpjbarreto

Teatro de bonecos leva arte e educação para 60 mil pessoas em Fortaleza e João Pessoa

Bonecos de cinco metros e meio, com mais de 100 anos, dentro de cenários na casa das toneladas e com enredos que trazem conhecimentos para toda uma vida. Esse é o resumo da ópera do Festival SESI Bonecos do Mundo, o maior festival de teatro de bonecos do Brasil. Carregado de cultura, valor histórico e imaterial, o Festival compartilhou arte com cerca de 60 mil pessoas em 15 dias de apresentações por Fortaleza e João Pessoa, mas, mais do que isso, proporcionou, de forma democrática, aprendizado e intercâmbio cultural com outros nove países.

A cenografia é interativa, o conteúdo é inteligente, com diferentes performances, tudo acontecendo simultaneamente, diante os olhos de dezenas de milhares de pessoas. O Festival SESI Bonecos do Mundo edição 2018 apresentou, entre os dias 5 e 18 de novembro, várias técnicas, numa viagem entre o tradicional mamulengo nordestino, passando pela manipulação com fios e varas, até apresentações nas quais os personagens são partes do próprio corpo dos
Artistas.

Segundo a idealizadora e curadora do Festival, Lina Rosa Vieira, um dos grandes diferenciais é, justamente, o acesso democrático a uma arte “especial, misteriosa e com tanto conteúdo inteligente”. Ainda Segundo Lina, além das apresentações, o público teve acesso a educação profissional, dentro de oficinas para formação de novos artistas, novas companhias e de até novos espetáculos.

“Não existe educação de qualidade onde a cultura não seja elevada como importância. Os principais mestres da educação, os mais respeitados no Brasil e no mundo, falando de Paulo Freire, por exemplo, não existe construção de conhecimento educativo sem a presença intensa da cultura. Então você poder trazer espetáculos que estimulam a inteligência e não estão completos neles mesmos, que o olhar do outro é necessário a partir das suas próprias referências, para que esse espetáculo seja compreendido e completado dentro de cada um”, pondera a curadora.

O conhecimento está dentro de cada apresentação, afirma Lina. Releituras como a de “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll, e de “Aladim”, encenados pelos artistas tchecos The
Forman Brothers’ Theatre, puderam ser apreciadas em cerca de uma hora de espetáculo, onde o público era convidado para entrar na história, refletir e questionar. “Há vários ganchos que também ficam para as pessoas pesquisarem, correrem atrás do conhecimento depois, complementarem, continuarem com esse conhecimento, porque o processo de aprendizado não termina quando termina uma aula, assim como não termina quando termina a peça de teatro. Serve para a vida toda. E essas memórias vão ficar para sempre, em reflexões para a vida toda”, garante Lina Rosa.

SESI Bonecos

Fortaleza voltou a receber o Festival depois de seis anos da última apresentação no estado. Já João Pessoa, tinha visto o mesmo espetáculo pela última vez em 2008. Sempre gratuito, o Festival é feito por mais de 150 artistas de diversas nacionalidades que, apenas este ano, fizeram um total de mais de 100 apresentações nas duas capitais; e tem patrocínio do Serviço Social da Indústria (SESI). “O festival é uma iniciativa que beneficia não apenas o nosso trabalhador e sua família, mas também toda a comunidade”, afirma Paulo Mól, diretor de Operações do SESI.

 

Por Camila Costa

Fonte: Agência do Rádio

porpjbarreto

Sertaneja de São José de Piranhas residente no Estado da Bahia procura por parentes. Ajude encontrá-los!

Nely Guilherme de Matos, filha dos Senhor ‘Sebasto’ Guilherme e Dona Maria Braúna do Sítio Antas – São José de Piranhas. Nely foi embora para Jacobina aos 12 anos de idade e hoje, quer reencontrar com seus familiares. Quem souber informações e conhecer as pessoas acima mencionadas favor em entrar em contato com Nely Guilherme de Matos – (83)  9.9151-0310 telefone da Rádio Rural FM de Cajazeiras.

 

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Cão é morto a facadas e queimado no Sertão da Paraíba

Representantes de uma Organização Não-Governamental (ONG) especializada na recuperação e adoção de animais abandonados usaram as redes sociais para denunciar um crime cruel. Um dos animais acolhidos e recuperados pelo grupo foi morto a facadas e teve o corpo queimado.

O crime teria ocorrido no município de Patos, no Sertão da Paraíba. De acordo com a postagem, o cachorro chamado de Scooby foi vítima de uma facada na região do pescoço. “pareceu um MONSTRO e matou Scooby com uma facada no pescoço e achando pouco tocou fogo nele, só queria avisar a esse MONSTRO que graças a Deus não o conhecemos e nem queremos saber quem é, só sabemos que o CASTIGO dele vem dos céus”, diz a postagem.

O caso teria acontecido a cerca de uma semana no bairro do Jardim Europa.

 

Com PB Agora

porpjbarreto

Hoje foi dia de exames e consultas do Novembro Azul no Hospital do Bem de Patos

O auxiliar administrativo, Cláudio Florentino, foi um dos homens que fizeram nesta sexta-feira (23) o exame do Toque no Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos. A unidade de oncologia do sertão está com uma programação especial do Novembro Azul que inclui a realização de exames de PSA e consultas com o urologista Dr. Antonio Gomes da Costa Segundo Neto. No próximo domingo (25) haverá uma ação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica com apoio do Hospital e no dia 30 uma palestra encerrará a programação.

Morador do Jardim Bela Vista, o Sr. Cláudio, que tem 52 anos, faz exames periódicos e na semana passada aproveitou e fez também o PSA. Ele não descuida porque tem histórico familiar de casos de câncer e porque entende que a prevenção é sempre a melhor opção. “Achei muito boa essa iniciativa do Hospital em dar a oportunidade dos funcionários e familiares poderem fazer os exames preventivos. Prevenir é sempre melhor que remediar”, disse ele.

Nesta sexta-feira, dentro da programação do Novembro Azul, foram realizadas 29 consultas, cinco biopsias de próstata, três biopsias de mama e ainda três consultas com a oncologista Nayhara Castro. Todo material recolhido nos exames para biopsia segue para laboratórios de João Pessoa e São Paulo que são conveniados com o Complexo. Os resultados saem, em média, com sete dias.

Os exames e as consultas do Novembro Azul são restritos aos funcionários da unidade que podem ainda indicar um familiar para também realizar os exames e consulta, explica a diretora. do Complexo Liliane Sena. A indicação para o público em geral é que deva procurar a assistência médica do município onde mora para fazer a consulta e o exame. “Em caso de suspeita ou confirmação do câncer, o paciente é regulado para atendimento no Hospital do Bem”, reitera Liliane. Já o passeio e a palestra são abertos ao público.

Os exames de PSA para funcionários e um familiar indicado já aconteceram nos dias 07, 14, 21 e vai acontecer no dia 28 de novembro, enquanto que as consultas com o urologista ocorreram no dia 09 e hoje. A ação da SBCO com apoio do Hospital do Bem será realizada no domingo e encerrando a programação do Novembro Azul do Complexo, no dia 30, haverá uma palestra com a oncologista, Dra. Nayarah Castro, na Câmara de Vereadores, às 19h.

Assessoria