Categoria Música

porpjbarreto

Música: Bicentenário de Walt Whitman

A Música do Dia é “Walt Whitman’s Niece“, com Billy Bragg.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Mario Lago morreu em 30 de maio de 2002

A Música do Dia é “Ai, que saudades da Amélia” e “Atire a Primeira Pedra”, com Mario Lago.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

João Pessoa sedia o maior festival de música eletrônica da Paraíba

Comments Cool recebe grandes nomes da música eletrônica nacional e acontece no dia 1 de junho, no Jardim D’Louvre, no Altiplano

Um evento inédito e surpreendente e inesquecível. Assim será a Comments Cool, uma festa com 17 horas de duração que vai reunir grandes nome da música eletrônica nacional em João Pessoa. O evento acontece no próximo sábado (1),  no Jardim D’Louvre, no Altiplano,  a partir das 14h. A realização é da Fábrica de Ideias.

Com uma mistura de estilos e irreverências, a Comments Cool será o  maior festival de música eletrônica já realizado na Paraíba e recebe nomes, como Gustavo Mota, Gabriel Bone, Lothief, Alan Maciel, Julio Monteiro, Serju, 8bits e Graber.

Além de música, gente bonita e muita animação, a organização do evento preparou uma decoração especial temática no local, distribuição de brindes e outras surpresas para que a primeira edição da Comments Cool seja uma experiência única para os participantes.

Serviço:
Comments Cool – Maior Festival de música eletrônica da Paraíba  

Data: 1 de junho de 2019 (sábado)
Hora: a partir das 14h
Local: Jardim D’Louvre, no Altiplano,
Ingressos: https://www.eventbrite.com.br/e/comments-cool-tickets-61514472443
Venda física: Venda física na APPSHOP OU NO JOAO PAULO MAISON
Realização: Fábrica de idéias.

Assessoria

porpjbarreto

Em 1867 nascia o escritor cearense Adolfo Caminha

A Música do Dia é “Bom Crioulo“, com Itamar Assumpção.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

ALPB aprova voto de pesar pelo falecimento de Gabriel Diniz

A sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) desta terça-feira (28) foi repleta de homenagens ao cantor Gabriel Diniz, que faleceu na última segunda-feira (27) vítima de acidente aéreo na cidade de Estância, em Sergipe. O presidente da Casa, Adriano Galdino, através da Mesa Diretora, juntamente com mais oito parlamentares, apresentaram requerimentos com ‘Voto de Profundo Pesar’ pelo falecimento do artista e dos dois pilotos.

Além de Galdino, Nabor Wanderley, Bosco Carneiro, Anderson Monteiro, Branco Mendes, Cabo Gilberto, Ricardo Barbosa, Walber Virgolino e Raniery Paulino.

“Jovem, talentoso, competente, ganhou popularidade em todo o Brasil. Levava a Paraíba no coração e onde estava fazia questão de demonstrar o orgulho que tinha da nossa terra”, disse o presidente Adriano Galdino.

Segundo Ricardo Barbosa, a Casa se entristece com a notícia da morte de um grande artista que, recentemente, sagrou-se Cidadão Paraibano. “Nossos espíritos estão todos melancólicos e chorosos pela perda do nosso GD [Gabriel Diniz]. O encanto, o brilhantismo, a sua áurea, sempre muito alegre e muito feliz, contaminou a todos. GD parte aos 28 anos numa velocidade precoce de rompimento com a vida, assim como foi sua trajetória de sucesso. Que Deus o acolha”, declarou o deputado.

Lindolfo Pires também usou a tribuna para prestar solidariedade à família do artista e lamentar sua morte. “Lamentamos profundamente pela morte de uma pessoa tão jovem, que ainda tinha muito a contribuir com a música brasileira. Um paraibano de coração, por adoção, teve esse triste acontecimento. Estamos aqui para fazer nosso voto de pesar em relação a morte do cantor Gabriel Diniz”, declarou Lindolfo.

Velório 

Os deputados estaduais também participaram do velório do cantor Gabriel Diniz e lamentaram o falecimento do artista. O presidente Adriano Galdino lamentou a morte e destacou homenagem realizada recentemente no parlamento ao cantor. “A ALPB fazendo justiça concedeu a ele o título de cidadão paraibano, de autoria do deputado João Gonçalves. Naquela oportunidade foi uma sessão muito festiva e alegre”, revelou.

O parlamentar declarou ainda desejou conforto aos familiares e amigos do cantor. “Infelizmente hoje estamos aqui no seu velório, que Deus possa contemplar em sua glória, e que ele possa continuar o seu ciclo em plano divino”, disse. Os deputados Nabor Wanderley, Bosco Carneiro, Anderson Monteiro, Branco Mendes, Cabo Gilberto, Ricardo Barbosa, Camila Toscano, Eduardo Carneiro, Chió também participaram do velório do cantor.

“Nós participamos da última homenagem feita a Gabriel, que deixa agora um legado pelo seu trabalho e muita saudade a todos os amigos e familiares”, disse Camila Toscano.

A Casa de Epitácio Pessoa realizou no mês passado sessão solene para entregar um título de cidadão paraibano ao cantor. A propositura, de autoria do deputado licenciado João Gonçalves, reconheceu oficialmente a cidadania paraibana de Gabriel, que era natural de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, mas residia na Paraíba desde criança.

Assessoria de Imprensa – ALPB

porpjbarreto

Wesley Safadão se emociona e canta “Paraquedas” durante velório de Gabriel Diniz

Wesley Safadão e Xand Avião se emocionaram durante o velório de Gabriel Diniz, que aconteceu nesta terça-feira (28), no Ginásio o Ronaldão, no Bairro do Cristo Redentor em João Pessoa, na Paraíba. Visivelmente abalados, os dois cantores foram se despedir do amigo e colega, e se abraçaram durante a cerimônia.

Gabriel morreu no inicio da tarde da última segunda-feira (27), aos 28 anos, após o avião de pequeno porte em que viajava cair na região de Estância, em Sergipe.

Padrinho e sócio do cantor, Wesley homenageou o amigo com um discurso. “Gabriel vai fazer muita falta para todos nós. Você vai ser sempre lembrado pela sua alegria e tudo o que você fez por nós. Vai deixar uma grande mensagem pra nós. Que a gente possa viver nossa vida intensamente, como ele viveu”. O cantor já havia lamentado a morte de Gabriel com uma publicação no Instagram.

Em seguida, Safadão cantou a música “Paraquedas”, originalmente de Gabriel Diniz com Jorge e Mateus. No momento, o cantor lembrou que o amigo disse que pularia de um paraquedas ao escutar a música.

Xand Avião também recordou Gabriel durante a cerimônia. “Ontem minha filha viu quando eu estava assistindo o noticiário sobre a morte dele, mas eu não queria que ela escutasse, então abaixei o volume. Mas aí ela leu e perguntou se ele tinha morrido. Eu disse que sim. E ela disse: ‘que pena, mas ainda bem que ele deixou a música dele para nós, papai‘”, contou, emocionado.

O velório se encerrou com um coro de “Jenifer” puxado pelo público presente no Ginásio Poliesportivo Ronaldo Cunha Lima, o Ronaldão. Os presentes aplaudiram e começaram a gritar o nome do grande hit de Gabriel, que estourou no início deste ano.

Velório aberto ao público

O corpo chegou às cinco da manhã ao ginásio. O local fica no bairro do Cristo, onde ele morou por muitos anos em João Pessoa. Gabriel viajava com dois tripulantes, saindo de Salvador para Maceió.

Em clima de muita comoção, fãs e amigos começaram a chegar muito cedo, por volta das 5hs. No entanto, o velório foi aberto primeiro para amigos e familiares. Algumas estrelas da música passaram pelo ginásio, como Kauan, da dupla com Matheus, e Leo Santana.

A cerimônia foi aberta ao público às 8hs. Os fãs fizeram filas para entrar e dar o último adeus ao cantor, muitos com faixas para prestar homenagens a ele.

Por volta das 10hs20, uma grande roda foi feita para uma oração, na chegada de integrantes da produção e da banda do sertanejo, com diversas pessoas vestindo camisetas da produção de Gabriel. A reza foi encerrada com uma salva de palmas.

Por volta das 11hs, de acordo os responsáveis pela organização da cerimônia, cerca de 9 mil pessoas haviam passado pelo velório.

Pouco antes das 14hs, uma missa homenageou o cantor. O padre Sandro dos Santos iniciou a celebração rezando pela alma de Gabriel e lembrando que ele teve uma trajetória na Igreja Católica, em grupos de jovens. A cerimônia terminou em tom de emoção, com uma versão da música “Trem Bala”, de Ana Vilela, interpretada pelo cantor.

Às 15hs, o velório tornou-se novamente restrito para amigos e familiares. Depois, um cortejo o encaminhou para o Cemitério Parque das Acácias.

Em entrevista para o “Bom Dia Brasil”, o pai de Gabriel, Francisco Diniz, lamentou: “Esse momento é muito difícil. Às vezes você pensa que está sonhando, mas não está. Eu falo para os fãs que não se sintam tristes porque o Gabriel é a maior representatividade da alegria. Não me incomodo se as pessoas se manifestarem com alegria nesse momento. A gente tem que guardar as coisas boas que ele deixou.”

 

Com informações de Amara Alcântara/PolêmicaPB

porpjbarreto

Gabriel Diniz morre em queda de avião em Sergipe

Além de Gabriel Diniz, outras duas pessoas morreram no acidente, segundo o Corpo de Bombeiros

O cantor Gabriel Diniz morreu em um acidente com um avião bimotor, na tarde desta segunda-feira (27), em Sergipe.

O corpo do artista foi reconhecido por amigos dele que estiveram no local da queda.

O bimotor com três pessoas a bordo caiu em um mangue localizado no povoado Porto do Mato, em Estância. Antes da confirmação da morte, documentos do cantor, incluindo um passaporte, foram encontrados próximos aos destroços da aeronave.

passaporte
Documento de Gabriel Diniz encontrado em local de queda de avião
Foto: Reprodução/TV Globo

 

De acordo com o G1 Sergipe, uma moradora da região disse que o avião passou por cima da casa dela e caiu em seguida. Foi ouvido um estrondo no local. Ainda não foi divulgada a identificação das outras duas vítimas.

Gabriel Diniz morreu aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte na região da Praia do Saco, em Estância, Sergipe, no início desta tarde. Gabriel ficou conhecido nacionalmente após lançar a música Jenifer, em janeiro deste ano. Na noite de ontem, domingo (26), o cantor fez show em Feira de Santana, na Bahia.

G1/SE

porpjbarreto

Vídeo e Fotos do Local: Avião com o cantor Gabriel Diniz cai no litoral sul de Sergipe

Um avião de pequeno porte acaba de cair nesta segunda-feira, 27, no Porto do Mato, entre a Praia do Saco, em Estância, litoral,  sul de Sergipe.

Passaporte de Gabriel Diniz no local do acidente.

O Corpo de Bombeiros da cidade de Estância foi acionado para o local.

Na área do acidente, foi encontrada uma pasta com documentos da aeronave, de Alagoas, e um passaporte em nome de Gabriel Diniz, natural de Mato Grosso do Sul.

 

Vídeos e Fotos: WhatsApp

Com informações de Célia Silva/FanF1

porpjbarreto

Música: Dia Nacional da Mata Atlântica

A Música do Dia é “Matança“, com Xangai e Geraldo Azevedo.

Cipó caboclo tá subindo na virola
Chegou a hora do pinheiro balançar
Sentir o cheiro do mato da imburana
Descansar morrer de sono na sombra da barriguda
De nada vale tanto esforço do meu canto
Pra nosso espanto tanta mata haja vão matar
Foi mata atlântica e a próxima amazônica
Arvoredos seculares impossível replantar
Que triste sina teve cedro nosso primo
Desde menino que eu nem gosto de falar
Depois de tanto sofrimento seu destino
Virou tamborete mesa cadeira balcão de bar
Quem por acaso ouviu falar da sucupira
Parece até mentira que o jacarandá
Antes de virar poltrona porta armário
Morar no dicionário vida-eterna milenar

Quem hoje é vivo corre perigo
E os inimigos do verde da sombra
O ar que se respira
E a clorofila das matas virgens
Destruídas bom lembrar
Que quando chegar a hora
É certo que não demora
Não chama Nossa Senhora
Só quem pode nos salvar

É caviúna, cerejeira, baraúna
Imbuia, pau-d’arco, solva
Juazeiro, jatobá
Gonçalo-Alves, paraíba, itaúba,
Louro, ipê, paracauba,
Peroba, massaranduba
Carvalho, mogno, canela, imbruzeiro
Catuaba, janaúba, arueira, araribá
Pau-ferro, angico, amargoso, gameleira
Andiroba, copaíba, pau-brasil, jequitibá.

Composição: Jatobá

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Maio é o mês das noivas – parte 2

A Música do Dia é a sexta parte de “Sonho de Uma Noite de Verão“, de Mendelssohn.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara