Categoria Esporte

porpjbarreto

Maior Parque de Infláveis do Nordeste investe em brinquedos lúdicos e seguros para crianças e adultos

Com 3.500m2 de área e estacionamento privativo e gratuito, Parque Panorâmico, em João Pessoa, conta com 20 opções de brinquedos infláveis divertidos e confortáveis

Inaugurado no mês de fevereiro de 2019 em João Pessoa, o Parque Panorâmico, complexo de lazer infantil localizado no Altiplano, tem se consolidado como opção ideal para o lazer nos finais de semana. Para proporcionar uma experiência única de diversão para toda a família, o espaço conta com 20 brinquedos infláveis lúdicos e está sempre inovando para oferecer novos atrativos e surpreender o público. “A nossa missão é proporcionar alegria e diversão com segurança à toda família, desde a criança ao adulto. Nós sentíamos a necessidade de um espaço de lazer infantil ao ar livre aqui em João Pessoa, onde os pais pudessem se reunir com amigos e, ao mesmo tempo, proporcionar uma programação de lazer à criançada. Foi a partir desta necessidade que o Parque Panorâmico surgiu e hoje encanta crianças e adultos”, explica Kátya Moroni, uma das sócias do espaço. O Parque Panorâmico conta com uma área exclusiva de 3.500m² com brinquedos infláveis, praça de alimentação e espaço para festas e eventos.

No interior do Parque, tanto as crianças quanto os responsáveis podem aproveitar os brinquedos infláveis, que incluem boate eletrônica, piscina de bolinha, cama elástica, futebol de sabão, guerra dos cotonetes, corrida de obstáculos e castelo escorregador. Recentemente, novos brinquedos chegaram ao espaço e já são sucesso entre a criançada. “Acreditamos muito na importância de surpreender e encantar o público com novos atrativos, buscamos explorar sentimentos, valores e desenvolver habilidades sociais. Por isso, além de todos os brinquedos que o Parque oferece, estamos sempre trazendo novidades para proporcionar ainda mais aventura e diversão, como brinquedos exclusivos, apresentações culturais e musicais”, comenta Kátya. Entre as novidades, estão o Tobogã Tubarão, Tobogã Dino, Corrida Maluca e Castelo Medieval. “São brinquedos lúdicos que realmente encantam toda a família. Além de toda a diversão que os infláveis proporcionam, eles contribuem positivamente para o desenvolvimento cognitivo e motor das crianças”, detalha. Todos os brinquedos contam com o apoio de monitores para a segurança dos pequenos.

O público pode conferir ainda com uma praça de alimentação com food-trucks e opções para todos os gostos, como cachorro quente, coxinha, hambúrguer, espetinhos, pizzas, croissant, pipoca, algodão doce, sorvetes, tortas e doces gourmet.

Ingressos – Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou no aplicativo do Parque Panorâmico, disponível na App Store e no Google Play. Apenas crianças acima de dois anos pagam, devidamente acompanhada dos responsáveis.

Funcionamento – Aberto de sexta à domingo, das 17h às 22h, a entrada ao parque é gratuita, mas para a utilização dos brinquedos o ingresso único é de R$35 para crianças e responsáveis que forem brincar. Mediante comprovação, crianças de até dois anos não pagam.

O Parque Panorâmico fica localizado na Av. João Cirilo da Silva – Altiplano, próximo a Escolinha do Flamengo.  Para acompanhar as novidades, programação de férias e promoções, basta seguir o perfil oficial no Instagram, @parquepanoramico.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Comissão de Combate à Violência nos Estádios analisa laudos do Presidente Vargas e faz recomendações

A Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios se reuniu na manhã desta quarta-feira, na sede da Promotoria de Justiça de Campina Grande para analisar a situação do Estádio Presidente Vargas, de propriedade do Treze Futebol Clube. O órgão cobrou do clube o atendimento às recomendações contidas nos laudos de segurança, elaborado pela Polícia Militar, e de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico, elaborado pelo Corpo de Bombeiros Militar, e o Treze assumiu o compromisso de atendê-las.

A audiência foi coordenada pelo procurador de Justiça Valberto Lira e contou com a participação do tenente-coronel Otávio José de Melo Ferreira, presidente da Comissão para Elaboração dos Laudos de Segurança, no âmbito da PM; do tenente-coronel Carlos Jean, comandante do 2º Comando Regional do Bombeiro Militar, e do tenente Avlanfrance Marcelino, chefe da CAT do 2º Batalhão de Bombeiro Militar, além do representante do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB), Corjesu Paiva.

De acordo com Valberto Lira, foram analisados os itens recomendados pelos órgãos de Segurança Pública nos diagnósticos dos laudos e verificou-se o cumprimento da maior parte deles. O presidente do Treze, Walter Júnior compareceu, acompanhado do advogado do clube, Warlen Andrade. O clube assumiu o compromisso de cumprir, até o próximo dia 24 de julho, do Plano de Segurança do Estádio; de destinar e identificar sala destinada aos órgãos de segurança; de comprovar a contratação de profissionais orientadores para o público nos dias de jogos; de colocar corredores de acesso nas arquibancadas, a cada vinte metros, e de alargar os portões de acesso ao campo de jogo para viaturas de atendimentos de emergência.

O Clube também se comprometeu a, no prazo de 120 dias, colocar SPDA (sistema de para-raios). O estádio foi liberado para os últimos jogos do Treze na Série “C” do campeonato brasileiro, à exceção da partida entre o Treze e o Botafogo de João Pessoa, no próximo dia 24 de agosto, em face das características do jogo, inclusive, a realização do jogo com torcidas das duas equipes está dependendo de entendimentos.

MPPB

porpjbarreto

Ministério Público recomenda suspensão de jogos dos campeonatos de futebol Sub-17 e Sub-19 na Paraíba

O Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) do Ministério Público da Paraíba recomendou à Federação Paraibana de Futebol (FPF) que suspenda a realização dos jogos desta quarta-feira (17), pelo Campeonato Sub 19, e do próximo domingo (21), pelo Campeonato Sub 17.

De acordo com o coordenador do Nudetor e da comissão, procurador Valberto Lira, a suspensão foi recomendada devido à divulgação de ausência de ambulâncias, médicos e enfermeiros dos jogos realizados nos últimos sábados e domingos. Além disso, os clubes não estão cumprindo o Estatuto do Torcedor, quanto à solicitação de agentes de segurança.

Na próxima quinta-feira (16/07), será realizada uma reunião, no auditório do Crea,, com representantes da FPF e os presidentes dos clubes que disputam os Campeonatos Sub 17 e Sub 19, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB), Sindicato dos Árbitros e Associação Cronistas Esportivos Paraíba (Acep). Na reunião, será oportunizado a assinatura de compromisso para cumprimento do Estatuto do torcedor.

O procurador destaca que o Estatuto do Torcedor estabelece que é dever do mandante do jogo solicitar ao Poder Público a presença de agentes de segurança responsáveis pela segurança do torcedor, dentro e fora dos estádios.

Além disso, é dever também do mandante do jogo informar, imediatamente após a decisão da realização da partida, aos órgãos de segurança, transporte e higiene os dados necessários à segurança da partida, como a hora, local, capacidade de público do estádio, expectativa de público, entre outros.

O Nudetor também requisitou da FPF as súmulas de todos os jogos realizados nos últimos sábado e domingo; a relação de todos os clubes participantes dos campeonatos Sub 17 e Sub 19, com endereços e nomes de presidentes; e a relação dos atletas inscritos nas competições.

Estádios

Nessas segunda e terça-feira, a Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios visitou os estádios dos municípios de Rio Tinto, Mamanguape, Nova Floresta e Alagoinha, que receberão jogos da 2ª divisão do Campeonato Paraibano. Conforme o procurador Valberto Lira, serão produzidos relatórios pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilâncias Municipais.

Assessoria de Comunicação – MPPB

porpjbarreto

Cajazeiras: Secretarias de Esporte e Educação revitalizam Ginásio Poliesportivo dos Cocos

O trabalho realizado contou com a renovação da pintura da quadra e a instalação da iluminação do ginásio

A Secretaria de Esporte e Lazer em parceria com a Secretaria de Educação realizou a revitalização da pintura da quadra e instalou a iluminação do Ginásio Poliesportivo da escola EMEIEF Antônio de Sousa Dias do Sítio Cocos, atendendo um pleito do vice-prefeito Marcos do Riacho do Meio.

O trabalho realizado contou com a renovação da pintura da quadra e a instalação da iluminação do ginásio que está pronto e a disposição dos alunos daquela comunidade.

Essa é mais uma ação da gestão municipal que já conseguiu recuperar outras praças de esporte, sempre com a dedicação do secretário Ninha, que não mede esforços para oferecer o melhor aos praticantes de esporte da cidade.

Vale destacar a parceria com a Secretaria de Educação através da secretária Socorro Delfino e da sub secretária Shirley Maciel que tem promovido um novo momento na educação do município.

Secom-CZ

porpjbarreto

Fiscais do Conselho de Educação Física notificam dez academias em JP e no interior do estado

Na maioria dos casos, estabelecimentos não tinham profissional adequado e receberam avisos de impedimento para não funcionar

O Departamento de Orientação e Fiscalização do Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região – Paraíba (CREF10/PB) notificou dez academias nas cidades de João Pessoa, Teixeira, Taperoá, Livramento, Junco do Seridó e Soledade. Na maioria dos casos, na hora da fiscalização, os estabelecimentos não tinham profissional habilitado e registrado no Conselho e receberam avisos de impedimento para não funcionar até que a situação fosse regularizada.

Na capital, foram fiscalizadas oito academias nos bairros Valentina de Figueiredo, Paratibe e Jardim Cidade Universitária, sendo uma delas notificada. Em Teixeira, foram visitadas duas academias e constatado que havia duas pessoas atuando sem registro profissional, levando um dos locais a receber notificação. Em Taperoá, três estabelecimentos foram notificados, dois por estar sem registro no CREF10 e os três por não ter profissional de Educação Física no horário da ação. Um dos locais estava com profissional licenciado, mas não habilitado a trabalhar em academias.

Já em Livramento, uma academia foi encontrada sem registro e, também, com ausência de profissional no horário. Em Junco do Seridó, dois estabelecimentos foram fiscalizados, sendo que um apresentou situação irregular, em virtude da ausência de profissional e por estar sem registro. Em Soledade, duas academias foram notificadas pelos mesmos motivos.

As cidades de Assunção e Passagem também foram visitadas, mas os estabelecimentos estavam fechados no momento da ação. Já em Tenório, a equipe do CREF10/PB verificou que uma academia não funcionava mais. Em Cacimba de Areia, a academia visitada estava em situação regular.

Desinterdição

Os fiscais do Conselho também passaram pela cidade de Juazeirinho e desinterditaram um dos estabelecimentos fechados na ação do dia (13/06) por apresentar, na época, situação irregular. Agora, as duas academias da cidade possuem autorização de funcionamento.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

Brasil derrota Peru, volta a erguer taça em casa e conquista nono título da Copa América

Ao erguer a taça, o Brasil mantém a tradição de vencer o torneio sempre que o sediou

A Seleção Brasileira confirmou o seu favoritismo no Maracanã, derrotou o Peru neste domingo, por 3 a 1, e conquistou o seu nono título da Copa América. Os gols foram de Everton Cebolinha, Gabriel Jesus e Richarlison (de pênalti). Paolo Guerrero descontou, também em cobrança de penalidade.

Ao erguer a taça, o Brasil mantém a tradição de vencer o torneio sempre que o sediou. Foi assim também nas edições de 1919, 1922, 1949 e 1989.
Os outros títulos da Seleção na Copa América foram em 1997 (Bolívia), 1999 (Paraguai), 2004 (Peru) e 2007 (Venezuela). Embora seja o maior campeão mundial, com cinco títulos, o Brasil ainda terá longo caminho para ser tornar o maior vencedor na América do Sul. Com novas taças, o país está atrás de Uruguai (15) e Argentina (14) em conquistas da Copa América.

Em seu primeiro jogo como técnico no Maracanã, o técnico Tite também se sagrou campeão de forma inédita à frente da Seleção Brasileira. Em três anos de trabalho, ele agora tem 33 vitórias, sete empates e apenas duas derrotas no cargo.
Tudo indica que o título respaldará a continuidade de Tite no comando do Brasil até 2022, na Copa do Mundo do Catar. O próximo desafio dele será classificar o país para o Mundial. As eliminatórias começam em março de 2020.
SuperEspotes
porpjbarreto

Equipe dos EUA confirma favoritismo e é bicampeã do mundo

Americanas vencem holandesas por 2 a 0 e conquistam quarta Copa do Mundo

O favoritismo era esperado e, com isso, o resultado não foi surpreendente. A seleção feminina dos Estados Unidos venceu neste domingo, em Lyon (França), a seleção holandesa por 2 a 0 e conquistou o bicampeonato consecutivo, quarto título mundial em oito edições de Copa do Mundo. As americanas se igualam as alemãs, que foram bicampeãs em 2003 e 2007. Para as holandesas, foi a melhor campanha numa Copa e o vice-campeonato das atuais campeãs europeias garante às Leoas Laranjas uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. A Suécia, terceira colocada na Copa, e a Inglaterra, quarta colocada, são as outras representantes da Europa – na decisão de sábado, em Nice, as suecas venceram as inglesas por 2 a 1, gols de Asllani e Jakobsson; Kirby descontou para as inglesas.

A americana Megan Rapinoe foi o grande nome do jogo e da Copa. Ela foi eleita a melhor jogadora em campo, a melhor jogadora da Copa e ganhou o prêmio como artilheira do mundial. Ela passa a ser a jogadora mais velha a receber essa premiação, com 34 anos e dois dias de idade. A goleira holandesa Van Veenendaal foi eleita a melhor da Copa na posição.

A final, assistida por 57.900 pessoas, teve, ainda, outras marcas dignas de registro. Foi apenas a segunda vez na história das Copas Femininas em que duas mulheres estiveram à frente das equipes finalistas – a primeira foi em 2003, na final entre Alemanha e Suécia. Esse ano, a Holanda foi dirigida por Sarina Wiegman; os Estados Unidos, por Jill Ellis. A britânica entra para a história como a segunda técnica bicampeã do mundo – o italiano Vittorio Pozzo era o único detentor dessa marca, campeão com a Itália nas Copas de 1934 e 1938.

A seleção campeã recebeu um prêmio de 4 milhões de dólares – vale dizer que a França, campeã do mundo da Copa de 2018, faturou 38 milhões de dólares. A próxima Copa do Mundo de Futebol Feminino, a ser disputada entre julho e agosto de 2023, ainda não tem sede definida, e ela só será conhecida em março de 2020, em evento da FIFA em Miami (EUA). Nove países são candidatos a sediar o evento. Além do Brasil, África do Sul, Argentina, Austrália, Bolívia. Coreias (Norte e Sul), Colômbia, Japão e Nova Zelândia.

Pelos resultados apresentados pelas emissoras de TV em todo o mundo, com recordes de audiência, a expectativa é de que o futebol feminino ganhe maior apoio da Fifa a partir desse mundial na França. A partida Brasil x França, por exemplo, foi assistida por mais de 35 milhões de espectadores no Brasil e outros 10,6 milhões na França, superando o jogo EUA x Japão da Copa de 2015, com público estimado de 25 milhões de pessoas nos Estados Unidos e recorde anterior. No Reino Unido, EUA x Inglaterra foi visto por 11,7 milhões de espectadores, a maior audiência da BBC no ano.

Entre as medidas previstas pela FIFA para incremento do futebol feminino estão um Mundial Feminino de Clubes, a Liga Mundial Feminina, ampliar o número de participantes na próxima Copa para 32 seleções, investir 500 milhões de dólares no futebol feminino e dobrar a premiação para o próximo Mundial – o que ainda será insuficiente para chegar próximo aos prêmios estimados para a Copa do Catar: são 400 milhões de dólares previstos para os homens e 60 milhões de dólares para as mulheres.

O jogo

O Rei Willem-Alexander, da Holanda, e o campeão mundial, o francês Mbappé, estiveram entre os torcedores no estádio de Lyon. E viram um início de jogo bem estudado, que logo quebrou uma marca: pela primeira vez nessa Copa as americanas não marcaram um gol até os 12 minutos de jogo.

A primeira boa oportunidade foi aos 27, num chute forte de Ertz. Foi quando a goleira holandesa começou a se destacar. Van Veenendaal defendeu no reflexo. A Holanda não se perturbou e manteve seu esquema, segurando a pressão norte-americana e arriscando nos contra-ataques. As atuais campeãs só voltaram a ameaçar aos 37, mas novamente Van Veenendaal brilhou: primeiro numa cabeçada de Mewis e, logo em seguida, num chute rasteiro de Morgan, que a goleira rebate, a bola bate na trave e volta para as mãos dela. E teve mais: aos 39, Morgan chutou forte de fora da área para defesa segura de Van Veenendaal.

A expectativa só fez aumentar para o segundo tempo. Afinal, em toda a Copa, nem Estados Unidos, nem Holanda haviam ficado atrás no placar em qualquer dos jogos até então. A temperatura elevada de 30 graus, apesar do céu encoberto, não ajudava as equipes a acelerarem a velocidade do jogo. Com 30 segundos as americanas tiveram um primeiro escanteio e logo uma chance de gol, em cabeçada de Ertz. Mas o ritmo do primeiro tempo logo voltou a ser visto.

A Holanda tentou sair um pouco mais para o jogo, mas com cuidado. As americanas arriscavam em contra-ataques, sem sucesso. Mas aos 12 minutos, numa bola esticada na área para Morgan, a zagueira holandesa Van der Gragt, imprudente, levantou demais o pé e, além de errar a bola, acertou a atacante norte-americana. A árbitra francesa Stephanie Frappart marcou escanteiro, mas foi chamada pelo árbitro de vídeo. E após rever o lance, marcou o pênalti. Rapinoe deslocou Van Veenendaal e abriu o placar para as americanas: 1 a 0. Rapinoe entra para a história como primeira jogadora a marcar um gol de pênalti numa final de Copa e por ser, também, a mais velha a marcar numa final de Copa, com 34 anos e dois dias. Ela foi eleita a melhor jogadora em campo na final.

Não havia o que fazer e a Holanda foi ao ataque buscar o empate. Miedema quase empatou aos 19, mas errou ao insistir no drible em vez de finalizar. E o castigo veio em seguida. Lavelle, que se destacava pela movimentação, arrancou sozinha e ganhou campo diante do recuo da zaga holandesa. Na entrada da área, deu um drible curto e bateu forte no canto: 2 a 0, aos 24 minutos. Com este gol, os Estados Unidos chegaram a 26, na Copa da França, um recorde para uma única edição de Mundial Feminino.

A técnica holandesa Wiegman resolveu mexer no time. Mas foram as americanas que voltaram a pressionar, com Heath e Morgan. O jogo ficou mais aberto e as mudanças feitas pelas duas treinadoras não surtiram muito efeito. Vitória incontestável das novas bicampeãs, quatro vezes campeãs em oito edições de Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Os Estados Unidos jogaram com Naeher, O´Hara (Krieger), Dahlkemper, Sauerbrunn e Dunn; Mewis, Ertz e Lavelle; Heath (Lloyd), Morgan e Rapinoe (Press). Técnica – Jill Ellis. A Holanda, com Van Veenendaal; Van Lunteren, Dekker (Van de Sanden), Van der Gragt e Bloodworth; Groenen, Van de Donk e Spitse; Beerensteyn, Miedema e Martens (Roord). Técnica – Sarina Wiegman. A árbitra do jogo foi a francesa Stephanie Frappart.

 

Por Sergio du Bocage/Agência Brasil

porpjbarreto

Holanda e Estados Unidos estão na final da Copa do Mundo na França

O jogo será realizado domingo, às 12h, no Estádio de Lyon, em Lyon

A seleção holandesa fará contra os Estados Unidos a sua primeira final de Copa do Mundo. As americanas, atuais campeãs do mundo, já ganharam a competição três vezes, inclusive o primeiro mundial em 1991.

A equipe americana também lidera oranking das nelhores seleções da Federação Internacional de Futebol (Fifa). As holandesas são as campeãs da Europa.

Futebol Futebol - Copa do Mundo Feminina - Grupo F - Estados Unidos x Chile - Parc des Princes, Paris, França - 16 de junho de 2019 Christen Press dos EUA em ação REUTERS / Christian Hartmann
A seleção dos EUA buscam o seu quarto título de Copa do Mundo. Na foto, a jogdora Christen Pres em um lance da partida contra o Chile REUTERS / Christian Hartmann – CHRISTIAN HARTMANN

A decisão está marcada para o próximo domingo (7), às 12h (horário de Brasília), em Lyon, na França.

A Holanda garantiu a presença na final da Copa em um jogo dramático contra a Suécia, decidido durante a prorrogação por de 1 a 0, com gol da jogadora Groenen, nessa quarta-feira (3).

Holanda derrota o Japão na Copa Feminina
Atual campeão da Europa, a Holanda tenta contra a seleção dos EUA o seu primeiro título de Copa do Mundo – REUTERS/Stephane Mahe/Direitos reservados

Os EUA selaram sua terceira final consecutiva com uma vitória sobre a Inglaterra por 2 a 1, em Lyon, na abertura das semifinais na terça-feira (2). Os gols foram marcados por Christen Press e Alex Morgan. Ellen White descontou para as inglesas.

Brasil

A seleção brasileira foi eliminado da competição nas oitavas da final em partida contra a França. As brasileiras foram derrotadas por 2 a 1, na prorrogação. Nas quartas de final, as francesas foram eliminadas pelas americanas.

 

EBC

porpjbarreto

Há 60 anos a tenista Maria Esther Bueno venceu o torneio de Wimbledon

A Música do Dia é “Recado“, com Maysa.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Fuminc 2018/2019: Álbum vai contar a história dos 70 anos do Atlético de Cajazeiras

A história do Atlético de Cajazeiras é tema de projeto aprovado no edital do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fuminc) 2018, que será desenvolvido neste ano de 2019, numa iniciativa da Prefeitura Municipal de Cajazeiras através da Secretaria de Cultura e Turismo. Trata-se do lançamento de um álbum intitulado “Atlético Cajazeirense de Desportos – 70 anos de história”, cuja propositura é de Reudesman Lopes Ferreira.

O objetivo é recuperar a memória dos 70 anos de história da fundação do Atlético Cajazeirense de Desportos através de fotografias, documentos e impressos que marcaram este período do clube de futebol da cidade.

“O Atlético Cajazeirense de Desportos é parte integrante da história de Cajazeiras, através do futebol, e este projeto mostra essa tradição e como tal permite uma continuidade para que todos possam conhecer e entender o tamanho da sua grandeza”, justifica.

A previsão de lançamento do álbum com a história do clube é para 17 de agosto deste ano. Como contrapartida, pretende ofertar edições de exemplares a Biblioteca de Cajazeiras e realizar palestras e oficinas na rede pública e privada e de ensino. Reudesman Lopes, autor da propositura, já mantém, no Museu instalado na Secretaria de Cultura do Município, um grande acervo sobre o Atlético de Cajazeiras.

Os investimentos em cultura do governo municipal para 2019 serão em torno de R$ 217 mil, sendo que desse valor 15% são retidos para a manutenção do Fundo. No ano passado, os investimentos foram de R$ 130 mil. A Prefeitura Municipal de Cajazeiras, na atual gestão, foi a primeira a respeitar a lei de incentivo a cultura, ao repassar ao Fuminc o percentual de 2% da arrecadação do município, conforme a lei 1891/2010.

Secom-Cz