Arquivo mensal setembro 2019

porpjbarreto

Caixa estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado

Aplicativo Caixa Econômica Federal- FGTS.

As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir no próximo sábado, das 9h às 15h, para liberação do saque de até R$ 500 em contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Caixa também vai trabalhar com horário estendido por duas horas, amanhã (13), início do saque, e nas próximas segunda (16) e terça-feiras (17).

Assim, as agências, que normalmente abrem às 11h, vão iniciar o atendimento às 9h. Aquelas que abrem às 10h, iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h, atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do horário de atendimento.

“Vamos avaliar o movimento desses dias para ver se teremos que abrir mais calendários especiais nas semanas seguintes”, disse o vice-presidente de Distribuição, Atendimento e Negócios da Caixa, Valter Nunes. Ele participou hoje (12) de transmissão no Facebook, juntamente com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o vice-presidente de FGTS da Caixa, Paulo Angelo, para tirar dúvidas sobre o saque imediato.

Depósito automático

A Caixa inicia amanhã (13) o pagamento dos recursos. O banco fará o depósito automático para quem tem conta poupança no banco, seguindo calendário de mês de nascimento.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebe primeiro. Os próximos a ter acesso ao saque são os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 deste mês. Em seguida, no dia 9 de outubro, será a vez os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Os clientes da Caixa que têm conta corrente podem fazer o pedido de crédito em conta por meio dos canais de atendimento

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa, aberta até o dia 24 de julho de 2019, ou conta-corrente, o calendário começa no dia 18 de outubro, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro.

Saiba como sacar aqui o pagamento do FGTS.

Agência Brasil

porpjbarreto

Projeto Violadas – Jaelson Farias e Convidados – 40 anos de vida musical. Confira!

Após nossa edição internacional do mês de agosto, o projeto Violadas volta-se novamente para nossos talentos. Esse mês uma edição especialíssima em comemoração aos 40 anos de vida musical de Jaelson Farias, um dos violonistas há mais tempo em atividade no nosso estado, tocando e lecionando, deixou sua marca em várias gerações de músicos.

Herdeiro musical de Edvaldo Cabral, é uma dos principais divulgadores da obra desse campinense que desenvolveu um jeito próprio de misturar o clássico e o popular, e cuja obra merece ser ainda descoberta pelas atuais gerações.

O repertório estará repleto de obras icônicas do violão brasileiro, como Sons de Carrilhões de João Pernambuco, Se ela perguntar, de Dilermando Reis, além de Ernesto Nazareth, Baden Powell e Villa-Lobos, presente no repertório de 10 em 10 concertistas do violão brasileiro.

No palco, Jaelson contará com as participações da cantora Thay Fernandes e do violonista Clemilson Dantas, outro dos discípulos de Edvaldo Cabral, com quem irá tocar várias obras e adaptações de Edvaldo para duo de violões

Segue em anexo release, programa e fotos da artista e no link abaixo mais fotos e vídeos.

Fotos, release e programa no link abaixo

https://drive.google.com/open?id=1ArQyX_Y0WQPNVD8zfH05MfS5kjgVXkvg

Solicito a gentileza, caso haja interesse e possibilidade, de cobertura para o evento, contribuindo assim para a divulgação da cultura em nossa terra.

Para mais esclarecimentos entrar em contato através deste e-mail, ou bruno.violonista@gmail.com, ou ainda pelo telefone (83) 98757-9700 (whatsapp)
Desde já agradeço,
Bruno Marinheiro
Diretor Geral da PaVio
Página da PaVio no Facebook

Concerto de Jaelson Farias (Violão)

Data: 14/09/2019 – Hora: 19h

Local: Usina Cultural Energisa

Ingressos: 20,00/10,00 (inteira/meia) – vendas no inicio do evento.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

TRF5 mantém condenação de homem que fez falsa acusação de fraude no Prouni contra ex-companheiro

A Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 manteve, na última terça-feira (27/08), a condenação por denunciação caluniosa de um homem que realizou uma comunicação de fraude no Programa Universidade Para Todos (Prouni). Inconformado com o fim de um relacionamento afetivo, o réu ofereceu denúncia falsa ao Ministério Público Federal (MPF) de que o ex-namorado e um amigo dele haviam inserido dados incorretos no sistema do Prouni, a fim de obter bolsas no ano de 2011. Pelo crime, ele pagará multa e ainda vai cumprir duas penas alternativas, que incluirá a prestação de serviços à entidade pública e o pagamento mensal de R$ 250,00 como prestação pecuniária, que será destinado a entidades sociais conveniadas à Justiça Federal da 5ª Região.

A decisão unânime do órgão colegiado também diminuiu o tempo da pena e o valor da multa. A Segunda Turma deu parcial provimento à defesa do réu, reduzindo de três para dois anos a duração das duas penas alternativas definidas pela 13ª Vara Federal de Pernambuco. O acórdão ainda reduziu o período de 90 dias-multa para 10 dias-multa e o cálculo do valor do dia-multa diminuiu de um décimo para um trigésimo do salário-mínimo. O relator do processo é o desembargador federal Paulo Machado Cordeiro.

“Do exame das peças colhidas ao longo do inquérito policial e da instrução processual penal, resulta a percepção de que: a) o réu, em verdade, sabia não haver sido praticado delito a justificar a persecução criminal de seu ex-companheiro, G. T. D. S., e de seu amigo comum, P. G. A. D. O.; b) em realidade, o réu, movido por descontentamento pessoal resultante da dissolução de seu relacionamento afetivo, promoveu a comunicação de ilícito inexistente ao MPF, em procedimento de retaliação ao seu ex-companheiro e ao citado amigo, o qual teria influenciado o seu ex-companheiro quanto à necessidade de término da relação”, escreveu, no voto, o relator. O inteiro teor da decisão da Segunda Turma foi publicado no sistema PJe no dia 31 de agosto. A sessão de julgamento ocorreu no dia 27 de agosto, com a participação dos desembargadores federais Paulo Roberto de Oliveira Lima e Bruno Leonardo Câmara Carrá (convocado, em função das férias do desembargador federal Leonardo Carvalho).

Na sentença proferida no 1º Grau, inicialmente, o réu foi condenado a três anos de reclusão e à pena de multa de 90 dias-multa, correspondendo cada dia-multa a um décimo do salário-mínimo. Na mesma decisão, houve a conversão da pena privativa de liberdade em duas penas alternativas pelo mesmo prazo de três anos. O crime de denunciação caluniosa está descrito no artigo 339 do Código Penal. Prevê pena de reclusão de 2 a 8 anos e pagamento de multa para quem “dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial, instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente”.

O estado de animosidade entre o réu e as vítimas também fundamentou as decisões do 1º e do 2ª Graus. “Entre os fatos que afastam a tese de ocorrência de erro de tipo e que contribuem para a formação da percepção supra, destacam-se, especialmente, os que revelam, como bem observado no Juízo singular, o estado de animosidade que se estabeleceu entre o réu e o seu ex-companheiro, o qual chegou até mesmo a registrar, em 15.05.2012, ou seja, 3 (três) dias após a denunciação caluniosa, boletim de ocorrência em estabelecimento policial, dando conta de que o réu, em 08.05.2012, teria, ao ingressar em sua residência, subtraído alguns de seus pertences”, destacou o desembargador federal Paulo Cordeiro no voto.

Entenda o caso – Segundo a denúncia do MPF, o réu, residente no Recife, ofereceu denúncia falsa, de modo consciente e voluntário, em face do seu ex-companheiro e de amigo comum aos dois, imputando-lhes a prática do delito tipificado no artigo 313-A e no artigo 327, §1º, do Código Penal (inserção de dados falsos em sistema de informações) com foco na suposta promoção de fraude em processo de obtenção de bolsa no Programa Universidade para Todos (PROUNI).

Durante a instrução processual no 1º e 2º Graus, a defesa do réu, realizada pela Defensoria Pública da União, alegou que ele não havia incorrido na prática do delito, porque fez a denúncia contra o ex-companheiro e o amigo por acreditar que o ilícito teria sido, de fato, praticado. A defesa também argumentou que não houve dolo na denunciação caluniosa e que o réu deveria ser absolvido por atipicidade da conduta.

Por sua vez, o MPF, em contrarrazões, pugnou pelo desprovimento do apelo do réu, porque a imputação caluniosa movimentou a máquina pública para a persecução criminal de delito inexistente. Também alegou que “o recorrente fez a falsa denúncia em retaliação, movido por descontentamento pessoal, em razão de, por influência do amigo denunciado, ter sido dissolvido seu relacionamento afetivo com seu ex-companheiro”.

Processo 0810449-07.2018.4.05.8300

 

Divisão de Comunicação Social do TRF5

porpjbarreto

SEBRAE: 13ª Feira Paraibana da Beleza

Objetivo

A 13ª Feira Paraibana da Beleza está de volta com diversos cursos para capacitar profissionais da beleza e apresenta as tendências do mercado.

Público-alvo

Microempreendedor individual, Empresa de pequeno porte, Potencial empreendedor

Informações

Horário: 13h às 21h
Local: Centro de Convenções – João Pessoa-PB

O que é

13ª Feira Paraibana da Beleza é um evento promovido pelo Sebrae na Paraíba, que traz oportunidades de geração de renda, conhecimento e inovação tecnológica para o segmento de beleza paraibano. O evento acontecerá no Centro de Convenções, entre os dias 15/09 a 17/09.

Atrações

A feira contará com presenças de grandes profissionais do segmento da beleza, como Lucas Vieira – Anairana make-up e Raphael Cintra – educador técnico da Olenka Cosméticos.

Veja abaixo alguns eventos:

Dia 15

Palco Principal

  • Inovação no Segmento da Maquiagem – Lucas Vieira – Anairana make-up;
  • Corte e Visagismo – Olenka – Raphael Cintra;

Sala 02 – Palestras do Sebrae

  • Como Controlar Fluxo de Caixa;
  • Quero ser MEI, como fazer?;
  • Parceria nos Salões – O que você precisa Saber.

Dia 16

Palco Principal

  • A Arte das Cores – Dry Pereira – Italian Color;
  • Design de Mechas – Beto Santana – Marie Louise;
  • Quer ter o que ninguém tem? Faça o que ninguém faz em Seu Negócio – Felipe Titto.

Sala 02 -Palestras do Sebrae

  • Modelo Disney de Encantar e Fidelizar os Clientes;
  • Marketing Digital para o Segmento da Beleza.

Dia 17

Palco Principal

  • Engenharia da Colorimetria é a Matemática da Cor – Katito – DONNATTI;
  • Tendências da Estação – Cidinha Campos;

Sala 02 – Palestras do Sebrae

  • Como Controlar Fluxo de Caixa;
  • Parceria nos Salões – O que você precisa Saber;
  • Quero ser MEI, como fazer?.

Programação completa

Além disso, a feira contará com workshops e seminários com profissionais renomados do segmento da Beleza e Estética. Veja abaixo:

  • Congresso MUDE – Inovação e Gestão para manicures: Inscrições – (83) 98693-6640.
  • Seminário Paraibano de Design de Sobrancelhas: Inscrições – (83) 98805-9725
  • Workshop Scissor Technique ClassInscrições aqui
  • 1º Seminário Científico de Estética: Valor – R$150 / Inscrições – (83) 98880-5067
  • 1º Seminário Paraibano de Negócios de PodologiaInscrições aqui ou (83)98842-6405
  • 2º Seminário de Inovação Científica em Micropigmentação: Inscrições – (83) 98805-9725
  • Orientação Técnica – Morenas Iluminadas – Raphael Cintra: Valor – R$100 / Inscrições – (83) 98898-4690 ou (83)99110-5876

Confira aqui a programação completa do evento.

Garanta já a sua vaga!

porpjbarreto

Justiça recebe denúncia contra nove pessoas acusadas de desvio de recursos da PMJP

O juiz da 4ª Vara Criminal da Capital, José Guedes Cavalcanti Neto, recebeu a denúncia feita pelo Ministério Público da Paraíba contra nove pessoas, entre elas, ex-secretários da Prefeitura de João Pessoa. São eles: Bernardo Vidal Domingues dos Santos, Gilberto Carneiro da Gama, Livânia Maria da Silva Farias, Laura Maria Farias Barbosa, Coriolano Coutinho, Raymundo José Araújo Silvany, Aracilba Alves da Rocha, Raimundo Nonato Costa Bandeira e José Vandalberto de Carvalho.

De acordo com os autos, o grupo teria desviado do Município R$ 49 milhões, sob o pretexto de contratação de serviço de recuperação de créditos tributários via empresa de consultoria. A denúncia também descreve como se dava o pagamento de propinas a agentes públicos entre 2009 e 2001, que foi marcado pela apreensão de R$ 81 mil, em junho de 2011. Os acusados foram incursos nos artigos 89 da Lei 8.666/93 (inexigibilidade indevida de licitação), 312 do Código Penal (peculato), 317 do CP (corrupção passiva) e artigo 305 do CP (supressão de documentos públicos).

“Na hipótese, a peça acusatória atende aos requisitos formais do artigo 41 do Código de Processo Penal, por estar alicerçada em fonte de informação básica dos delitos e oferecendo indícios de autoria, não havendo motivo que autorize a sua rejeição, como a inépcia ou falta de pressuposto processual ou condição para o exercício da ação penal. Desse modo, recebo a denúncia nos termos apresentados”, afirmou o juiz José Guedes.

No despacho, ele manda citar os denunciados na forma da lei. “Na resposta os acusados poderão arguir preliminares e invocar todas as razões de defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas, qualificando-as e requerendo sua intimação, quando necessário”, ressaltou.

Ascom-TJPB com informações do site do MPPB

porpjbarreto

TCE emite alertas sobre contratações de pessoas sem concurso na PMJP; Em CG, Romero tem mais de 7,6 mil apadrinhados

Em meio as denúncias de corrupção e nepotismo que envolvem a gestão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), o gestor campinense vem dando continuidade ao aumento de servidores sem concurso na prefeitura, muito destes parentes diretos do prefeito. Segundo levantamentos feitos no Sagres, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) o gestor vem desde janeiro deste ano de 2019, até o mês de junho, aumentando o número de comissionados e pessoas contratadas por excepcional necessidade. Em junho a PMCG apresenta exatos 7.666 pessoas contratadas sem concurso que custaram aos cofres públicos neste referido mês R$ 11.370.847,60. Ocorre que ontem (11.09) e nesta quinta-feira (12.09), o TCE-PB emitiu alertas no seu Diário Eletrônico sobre a contratação de pessoas sem concurso na prefeitura de João Pessoa.

Segundo o Sagres, estes 7.666 servidores estão divididos entre (comissionados e pessoas contratadas por excepcional necessidade), em pastas como a PMCG, o Fundo Municipal de Saúde, o Fundo Municipal de Assistência Social, a STTP, Urbema, AMDE e IPSEM, que tem recursos próprios. Ambos podem ser vistos no link do TCE-PB: https://sagres.tce.pb.gov.br/municipio_index.php

Pelo menos 12 parentes de vereadores e de pessoas ligadas ao alto escalão político de Campina Grande estão inseridos na folha de pessoal do município com gordos salários. Os vencimentos chegam a passar de R$ 14 mil. Veja mais: https://www.clickpb.com.br/politica/denuncia-aponta-parentes-de-vereadores-e-aliados-em-cargos-comissionados-na-prefeitura-de-cg-255788.html

PMJP – O TCE-PB emitiu alerta para a Prefeitura de João Pessoa, sob responsabilidade do prefeito Luciano Cartaxo (PV), para tomar providências com relação a legalidade das contratações por excepcional interesse público na gestão. A informação está publicada na edição desta quarta-feira (11) e quinta-feira (12) do Diário Oficial Eletrônico do órgão.

De acordo com o Conselheiro André Carlo Torres, atualmente em João Pessoa as contratações deste tipo constituem fato passível de comprometer os custos ou os resultados dos programas governamentais ou, até mesmo, a regularidade na gestão orçamentária.

Já na PMCG – Dentre os parentes identificados pelo TCE-PB estão a esposa do deputado estadual Moacir Rodrigues e cunhada do prefeito Romero Rodrigues. Giovanna Karla Barros Fernandes do Carmo lotada no Gabinete do prefeito com salário de R$ 14.196. Também consta na folha da PMCG Betânia Ligia de Araújo, tia da primeira dama, esposa do gestor em questão, que exerce o cargo de provimento em comissão de Gerente da Vigilância Sanitária. Outra parente direta é a Sra. Carine Moura, irmã da primeira dama do município, Micheline Rodrigues, ocupando o cargo de Gerente de Abastecimento Farmacêutico da Secretaria de Saúde de Campina Grande – PB, cargo em provimento de comissão.

Também estão ocupando cargos na PMCG esposas, filhos e filhas e primos de vários aliados do prefeito Romero Rodrigues.  Veja mais: http://www.caririemacao.com/1/2018/07/16/prefeito-romero-rodrigues-e-denunciado-por-empregar-parentes-com-altos-salarios-na-prefeitura-de-campina/

Parentes também do ex-senador Cássio Cunha Lima, primo do prefeito, ocupam diversos cargos na gestão como Germana Cunha Lima, que é prima do senador, ganhando R$ 5,8 mil. Veja mais detalhes: http://blogdodiegolima.com.br/2018/01/08/parentes-e-aliados-de-cassio-recebem-altos-salarios-da-pmcg/

Operação Famintos

A mais recente denúncia contra o prefeito de Campina, recai sobre a ‘Operação Famintos’, as investigações foram iniciadas a partir de representação autuada no MPF, que relatou a ocorrência de irregularidades em licitações na Prefeitura de Campina Grande (PB), mediante a contratação de empresas “de fachada”. Com o aprofundamento dos trabalhos pelos órgãos parceiros, constatou-se que desde 2013 ocorreram contratos sucessivos, que atingiram um montante pago de R$ 25 milhões. A CGU, durante auditoria realizada para avaliar a execução do PNAE no município, detectou um prejuízo de cerca de R$ 2,3 milhões, decorrentes de pagamentos por serviços não prestados ou aquisições de gêneros alimentícios em duplicidade no período de janeiro de 2018 a março de 2019.

 

Redação com PBNews

porpjbarreto

Maternidade de Patos amplia número de doadoras e estoque de leite graças às ações e atividades do Agosto Dourado

A Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, através da equipe do Banco de Leite Humano Drª Vilani Kehrle, realizou uma série de ações e atividades durante o Agosto Dourado. A proposta de estimular e incentivar a amamentação, pegando o gancho da Semana Nacional de Aleitamento Materno, deu muito certo e surtiu efeitos bem positivos, tanto que a unidade ampliou de apenas oito para 24 doadoras domiciliares regulares, aumentando assim a entrada de leite, numa média de três litros/dia, assegurando o alimento saudável e correto para os recém nascidos internos da unidade. As atividades do Agosto Dourado foram realizadas entre os dias 1º e 30. Na última terça-feira (10), a Maternidade tinha oito bebês, sendo quatro na UTI Neo, três na UCIN e um recém-nascido no alojamento Mãe Canguru dependendo, exclusivamente, do leite do banco para se alimentar.

A coordenadora do Banco de Leite de Patos, Joana Sabino, comemora as novas adesões, mas, alerta que o número de doadoras, embora atualmente satisfatório, nunca é permanente, enquanto que a necessidade do Banco é cotidiana e bastante cíclica. “Essas doadoras podem se desligar a qualquer momento, haja vista que basta parar de amamentar para que as doações terminem, então temos sempre que estar lembrando as mães que o excedente de leite pode ser doado sem prejuízo algum para ela ou seu bebê e foi isso que fizemos em todas as atividades que realizamos no Agosto Dourado”, destaca Joana, lembrado que apesar do aumento de doações, o Banco continua sem estoque que permita uma folga entre oferta e procura.

O diretor geral da Maternidade de Patos, o pediatra Umberto Marinho Júnior, reforça a importância de ações como o Agosto Dourado que possam estimular a doação de leite e desmistificar muitas informações que envolvem não apenas a doação, mas a amamentação em si. “É oportuno lembrar as mães que podem doar seu excedente sem prejuízo de nenhuma ordem para seu bebê e que isso é, sobretudo, um gesto de amor”, argumenta o pediatra, lembrando que o leite materno, nos primeiros meses de vida, é fundamental para o bom desenvolvimento e saúde do bebê.

Retrospectiva Agosto Dourado

As ações do Agosto Dourado do banco de Leite de Patos não se restringiram a cidade e foram desenvolvidas ainda em outros municípios, a exemplo de Catingueira, Pombal, São Mamede, Mãe D’água, São José do Bonfim, Malta e Santa Terezinha. Na programação, que começou dia 1º e terminou no dia 30 de Agosto,  teve café da manhã com as gestantes atendidas pela maternidade e mães de egresso, palestras, rodas de conversas, distribuição de laços dourados e material informativo, teve ainda programação lúdica e divertida, com uma manhã de beleza dedicada às mães doadoras externas e internas da Maternidade, com direito a coffee break e sorteio de brindes, treinamentos e culminou com uma ação de doação de frascos de vidro realizada em parceria com a Secretaria de Saúde de Patos, que rendeu a aquisição de 500 potes de vidro para o Banco.

Além de Joana Sabino, que participou da maior parte das palestras, se revezaram na realização das apresentações e dinâmicas, a bioquímica do Banco, Faldrecya de Sousa, a enfermeira Tereza Lucena e a nutricionista Silvania Rodrigues, além das técnicas de enfermagem, Rubénia Rúbia, Edilma Alves, Luzia Mendes, Rosekátia de Menezes, Andrea Pereira e inda a agente do Banco, Socorro Medeiros. A diretora sênior de vendas da Mary Kay em Patos, Isalice Belleza, foi a responsável pela manhã de beleza, que teve maquiagem, limpeza de pele e alongamento. A ação, realizada no dia 27, foi direcionada às pacientes e as profissionais da Maternidade.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Cursos ofertados pelo CRAS mudam a realidade de pessoas que precisam de uma renda extra para sustentar sua família

A necessidade de aumentar a renda familiar ou mesmo possuir meios para sustentar as despesas da casa é o que faz muita gente procurar capacitações ou cursos de aperfeiçoamento. Essa foi a realidade sentida no curso profissionalizante de Chocolate e Doces Finos ofertado pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de Soledade em parceria com o SENAC, encerrado na última quinta-feira (05). A boa notícia é que o curso já rende dividendos para os alunos, tanto que boa parte das 20 pessoas que concluíram o curso de Doces Finos já está vendendo seus produtos e tirando uma renda com eles.

É o caso da dona de casa Janileide dos Santos, que quando soube das inscrições para o curso não perdeu tempo para se profissionalizar. Hoje, ela comercializa dindins gourmet e é um sucesso. “Os cursos dessa parceria do CRAS com o SENAC são muito ricos. Então, quando abriram inscrições eu fui logo. Esse é um sonho que realizei. Hoje sou orgulhosa de dizer que sou uma profissional. Essa foi uma oportunidade incrível. Já comercializo meus dindins gourmet e tenho uma forma de aumentar minha renda. Sempre digo que sabedoria é você colocar em prática o que sabe. Neste caso, estou realizada”, comemora ela, agradecendo a iniciativa e oportunidade que teve com a capacitação.

Para a secretária da SETAS – Secretária do Trabalho e Assistência Social de Soledade, Janaína Barros, essa é uma vitória para o município, que está conseguindo atender a uma necessidade de sua população. “Isso é sensacional. Estamos vendo muitas pessoas que passaram por cursos no CRAS marcando a gente em publicações nas redes sociais agradecendo a oportunidade de capacitação, aprendizado, desenvolvimento. Estamos muito felizes com isso porque observamos que o que falta é oportunidade de se qualificar. Vontade as pessoas têm demais. E fico feliz porque é gente que está conseguindo gerar seu sustento sem ter que pedir favor a ninguém, resgatando também a sua autoestima”, afirmou Janaína.

Limpeza de Pele e outros cursos

Nesta terça-feira (10) o CRAS abriu inscrições para outro curso que será realizado em parceria com o SENAC. Trata-se do curso de Limpeza de Pele que terá 25 vagas. O início do curso está previsto para acontecer no próximo dia 18 de setembro. Para participar, o interessado deve ter como pré-requisito a idade mínima de 18 anos, ter o ensino médio completo ou já ser profissional da área.

A coordenadora do CRAS, Josefa Martins, explicou o Centro sempre está ofertando também oficinas como a de Biscuit, Auxiliar de Cabeleireiros, Laços e Fitas, Tapeçaria e Pintura em Tecidos. “Os cursos que ainda têm vagas, continuam com inscrições abertas até formar as turmas”, disse Josefa. Quem se interessar deve procurar o CRAS. As inscrições são feitas na sede da instituição.

Assessoria de Imprensa – PMS

porpjbarreto

Cajazeiras: Secretaria de Cultura inicia pagamento da terceira parcela do Fuminc

A Secretaria de Cultura e Turismo já iniciou o pagamento da terceira parcela do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fuminc) 2018, que está sendo desenvolvido neste ano de 2019. Na tarde de ontem, o secretário Ubiratan di Assis se reuniu com artistas e produtores culturais contemplados no edital, explicando os procedimentos para o recebimento da parcela. O pagamento está sendo feito na sede da Secult (Casarão da Epifânio Sobreira).

A reunião realizada ontem contou com as presenças do secretário de Governo e Articulação Política, José Anchieta, e do secretário de Comunicação, “Jota Herre”. Na ocasião, o secretário José Anchieta disse que é motivo de alegria para o prefeito José Aldemir efetuar o pagamento de mais uma parcela do Fuminc. Segundo ele, o objetivo é fechar 2019 com todos os recursos liberados, visando, com isso, dinamizar a produção cultural da cidade.

O secretário Ubiratan di Assis informou que para receber essa parcela é necessária a prestação de contas das parcelas anteriores. Ele destacou que o Fuminc é um projeto vitorioso. “Poucas cidades têm leis de incentivo à cultura. Por determinação do prefeito José Aldemir, tendo em vista que Cajazeiras é considerada a terra da cultura, a Prefeitura destina 2% dos tributos municipais para fomentar a cultura”, acrescenta.

Os investimentos em cultura do governo municipal para 2019 são de R$ 217 mil, 214 reais e 58 centavos. No ano passado, os investimentos foram de R$ 130 mil. A Prefeitura Municipal de Cajazeiras, na atual gestão, foi a primeira a respeitar a lei de incentivo a cultura, ao repassar ao Fuminc o percentual de 2% da arrecadação do município, conforme a lei 1891/2010.

Secom-Cz

porpjbarreto

PB Rural reúne 9 municípios para discutir demandas em Princesa Isabel

Representantes dos municípios de Água Branca, Imaculada, Juru, Manaíra, São José de Princesa, Desterro, Matureia, Teixeira e Tavares vão se reunir, nesta quinta-feira (12), na Câmara Municipal da cidade de Princesa Isabel, para discutir demandas dentro do 7º Seminário do Ciclo de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável. O evento começa às 8h e se prolonga até as 12h, com a participação de convidados dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS); de Organizações de Produtores Rurais (associações e cooperativas); de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR),

O seminário objetiva divulgar e informar aos beneficiários do PB Rural Sustentável sobre as ações, metas e formas de apresentar demandas a serem priorizadas de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa. O encontro é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds) e Projeto Cooperar.

O secretário executivo da Agricultura Familiar, Jonildo Cavalcante, durante a abertura do evento em Patos, nesta quarta-feira (11), disse que o Programa PB Rural Sustentável irá trazer grandes resultados para a agricultura familiar do Estado da Paraíba. Ele ressaltou que o Cooperar vive uma nova performance e, com os recursos de R$ 320 milhões, irá beneficiar pequenos agricultores dos 222 municípios do Estado. “Queremos trazer desenvolvimento e dignidade para as famílias e progresso para nosso Estado”, garantiu Jonildo.

O coordenador geral do Projeto Cooperar, Omar Gama, informou que o PB Rural Sustentável irá atingir a mais de 44 mil famílias, o que representa uma população de aproximadamente 165 mil pessoas de agricultores e pequenos produtores rurais. “Isso é realmente um campo muito vasto que nós temos trabalhado. Omar lembrou que os R$ 320 milhões que serão investidos no programa “é um dinheiro que não será a fundo perdido, minha gente, nós que estamos aqui temos que nos conscientizarmos que vamos pagar, o Governo do Estado daqui a alguns anos vai ter que pagar”.

O deputado estadual Erico Djan (Cidadania-PB) e a prefeita do município de Emas, Ana Alves de Araújo, agradeceram ao governador João Azevêdo por oportunizar aos agricultores e aos pequenos produtores rurais das suas regiões meios para poder sobreviver. “O governador João Azevêdo está dignificando a agricultura familiar e oferecendo apoio às famílias dos camponeses dos diversos municípios paraibanos. O PB Rural, segundo o deputado e a prefeita, dará condições para que o agricultor paraibano possa produzir muito mais”, afirmaram.

Nesta quarta-feira em Patos, no auditório do Sebrae, participaram do seminário representantes dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável; Organizações de Produtores Rurais (associações e cooperativas); Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR) e agentes dos Poderes Legislativo e Executivo dos municípios envolvidos. Também estavam presentes os prefeitos Segundo Domiciano (São José do (Sabugi), Umberto Jeferson (Emas), Paulo Rogério de Lira (Cacimba de Areia), Marcos Alves (Salgadinho), Ivânia Lacerda (Patos). Otoni Medeiros (Várzea), Antônio Gomes da Costa (São José de Espinharas), o prefeito de Patos, Antônio Ivani de Lacerda, foi representado pelo secretário de Agricultura, Javan Júnior Guedes.

Os municípios envolvidos foram os seguintes: Areia de Baraúnas, Cacimba de Areia, Cacimbas, Catingueira, Condado, Emas, Mãe D’água, Malta, Passagem, Patos, Quixaba, Salgadinho, Santa Luzia, Santa Terezinha, São José de Espinharas, São José do Bonfim, São José do Sabugi, São Mamede, Várzea e Vista Serrana.

Após as apresentações de estratégias de implementação do Programa PB Rural, foram realizadas as exposições dos técnicos do Cooperar sobre o Fortalecimento Institucional, pela coordenadora Nalfra Batista; Salvaguardas Socioambientais, pela gerente de Operações, Elisane Abrantes; Acesso à água e redução da vulnerabilidade agroclimática, pelo técnico João Guilherme; e Alianças Produtivas, pela coordenadora Valdeci Freire. Em seguida aconteceu uma roda de conversas entre os técnicos do Cooperar e os representantes dos municípios envolvidos, coordenado pelo gerente de Planejamento, Gestão e Monitoramento, Flávio Luna.

Na próxima semana os seminários serão realizados nos municípios de Soledade, dia 17; Sumé, 18; Campina Grande, 19; Cuité, 24; Bananeiras, 25 e Itabaiana, 26.

Secom-PB