Categoria Sertão

porpjbarreto

Ex-reitor Thompson Mariz declara apoio à candidatura do deputado Jeová Campos

Eu quero comunicar publicamente que, de forma espontânea, estou aqui, na casa de Jeová para prestar meu apoio irrestrito a ele, porque entendo que Jeová é a voz mais contundente da Assembleia Legislativa em defesa das pessoas excluídas e das causas mais democráticas e importantes para o nosso Estado e País”, declarou nesta quinta-feira (20), o ex-reitor da UFCG, Thompson Fernandes Mariz, ao anunciar apoio à candidatura do deputado estadual Jeová Campos (PSB), que tenta outro mandato na ALPB.

De acordo com o Mariz, Jeová merece mais que o voto, ele merece apoio. “Quero reiterar que vou trabalhar por ele, onde for possível neste Estado, para garantir a renovação deste mandato que está à altura do que o povo da Paraíba merece”, disse o ex-reitor que prometeu ao parlamentar arregaçar as mangas na busca de votos e apoio nestes últimos dias de campanha.

O parlamentar externou a sua satisfação de ter tão importante aliado nesta caminhada. “Gostaria de falar da minha alegria de receber esse grande amigo que como reitor fez muito pela Paraíba na condição de gestor, a exemplo da expansão da UFCG, e que merece o meu respeito. Quero agradecer o apoio recebido e a contundente compreensão por entender que bem representamos o povo da Paraíba no parlamento estadual”, destacou Jeová.

Para o deputado, o ingresso de Mariz nessa jornada chega numa hora importantíssima da campanha e a fortalece. “Essa caminhada será vitoriosa, pois ela está sendo construída por pessoas, homens e mulheres, comprometidos com a Paraíba, com a democracia e com o Brasil e Mariz também simboliza tudo isso, de forma que estou agradecido e muito feliz com esse apoio”, finalizou Jeová.

 

Assessoria

porpjbarreto

Polícia Federal deflagra operação para desarticular esquema de tráfico de drogas de dentro de presídios

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (21), a Operação TRIGLAV, com objetivo de cumprir seis mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão, na Paraíba e no Rio Grande do Norte, além de ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes, expedidos pela Vara de Entorpecentes da Comarca de João Pessoa/PB.

Segundo informações repassadas pela PF, a organização é acusada de transportar maconha, cocaína e crack do Rio Grande do Norte para comercializar na Paraíba. A investigação, iniciada há seis meses, resultou, até a presente esta sexta-feira, na apreensão de 100 Kg de drogas, além da identificação dos integrantes do grupo criminoso responsável pela distribuição de entorpecentes na Paraíba.

Após a identificação, os presos suspeitos de participação na facção foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, cujas penas, somadas, podem chegar a trinta anos de reclusão.

A ação tem por finalidade desarticular a associação criminosa, comandada do interior de estabelecimentos prisionais, responsável pelo tráfico de maconha, cocaína e crack oriundos do Rio Grande do Norte e comercializados em todo o estado da Paraíba.

A investigação, iniciada há aproximadamente seis meses, já apreendeu 100 Kg de drogas, além da identificação dos integrantes do grupo criminoso responsável pela distribuição de entorpecentes na Paraíba.

Os presos foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, cujas penas, somadas, podem chegar a trinta anos de reclusão.

Após os interrogatórios, os investigados serão apresentados à Justiça Estadual, para realização de audiência de custódia e, em seguida, transferidos para o sistema prisional do Estado.

O nome da operação faz alusão à divindade da mitologia Eslava TRIGLAV, deus de três cabeças que representava os três mundos que governava: Céu, Terra e Submundo.

 

Assessoria

porpjbarreto

Gestantes de Quixaba conhecem instalações e estrutura da Maternidade de Patos

Já virou rotina na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, receber grupos de gestantes que vão conhecer a unidade e se familiarizar com a estrutura que as acolherá no momento do parto. A experiência faz parte do Projeto Acolher, iniciado no ano passado. O último dia 13, foi a vez das gestantes atendidas pela UBS Robson Carneiro Pereira, de Quixaba, conhecerem o ambiente e esclarecerem dúvidas sobre o parto.  Durante a visita, as futuras mamães conheceram o Serviço Social, recepção, alojamentos, a sala de parto humanizado, o alojamento Mãe-Canguru, o Banco de Leite, entre outras dependências da Maternidade.

Além da visita, acompanhada pela Gerência de Enfermagem, houve também um momento que elas receberam orientações sobre o parto normal e humanizado, sobre direitos da paciente, incluindo aí a opção por ter um acompanhante, e sobre aleitamento materno, além de orientações do que ela pode levar para a Maternidade.

“Conhecer previamente o ambiente que as acolherá para o parto e ter a oportunidade de tirar dúvidas, traz mais segurança para esse momento, pois isso, de alguma forma, as tranquiliza”, destaca o diretor geral da Maternidade, Umberto Júnior. Ele lembra ainda que apesar de muita gente conhecer e saber dos diferenciais da unidade, que integra a rede estadual de saúde, ao ver a estrutura ficam mais confiantes.

Para agendar as visitas basta a unidade de saúde que atende gestantes, entrar em contato com o Núcleo de Estágio, Capacitações e Eventos (Nece) da Maternidade, via ofício. A coordenadora do Nece, Mabel Longo, explica que o pedido é encaminhado à gerência administrativa que faz o agendamento. “É um procedimento que precisa ser agendado para que possamos mobilizar a gerente de Enfermagem, Milene Nunes, para acompanhar a visita”, reitera Mabel.

O projeto foi idealizado pela psicóloga e técnica de enfermagem da cidade de Malta, Maria Lidiana Gomes, com apoio das enfermeiras Ligia Karla e Nallygi Gyanca e Rosalba Dantas. Do ano passado para cá, gestantes de várias cidades já vivenciaram a experiência.

 

Assessoria

porpjbarreto

Deputado Jeová Campos desafia prefeito de Cajazeiras e esposa para debate

O deputado estadual e candidato à reeleição, ao referido cargo – Jeová Vieira Campos (PSB), respondeu ás duras críticas feitas e amplamente reverberadas pelo prefeito José Aldemir (PP) nas emissoras de rádio de Cajazeiras e demais veículos de comunicação da cidade nos últimos dias.

Aldemir utilizou dos mais diversos meios e espaços nos programas radiofônicos, para denegrir, difamar e tentar atingir a imagem do deputado Jeová Campos – porém, em contra partida, o parlamentar atacado fez um desafio; “Eu sou conhecido como o deputado das águas”, frisou.

Desafiando – “Agora Zé Aldemir, eu vou te falar uma coisa, eu estou doido para fazer um debate contigo, chama tua esposa, vai você e ela, podem ir os dois, vão vocês dois para debater comigo, os dois falam uma hora, eu só quero quinze minutos”, prosseguiu.

Na sequência, o deputado afirmou que a cidade de Cajazeiras está abandonada e o prefeito José Aldemir só tem apenas um projeto na cabeça – a eleição da esposa, Dra. Paula.

Abaixo, o áudio com a fala do deputado Jeová Campos.

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Nova Central de Esterilização do HU de Cajazeiras começa a funcionar. Veja!

Setor conta com equipamentos de última geração e profissionais qualificados

O Hospital Universitário Júlio Bandeira, em Cajazeiras, já conta com a nova Central de Material e Esterilização trabalhando a todo o vapor. O espaço foi totalmente reestruturado e agora funciona com equipamentos modernos e uma equipe capacitada para atuar no setor, considerado um dos mais importantes dentro de uma unidade hospitalar. Desde 2015, o HUJB da Universidade Federal de Campina Grande é vinculado à Rede Ebserh.

De acordo com a chefe do Setor de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT), Eliane Leite, a CME passou por inovações na área de infraestrutura, toda modernizada, além de renovação do parque tecnológico e aquisição de mão de obra qualificada, possível graças à chegada dos colaboradores contratados por meio do concurso da Ebserh.

“A partir do processo de estruturação da Central, propõe-se um espaço de trabalho renovado com novos processos e fluxos para o bom funcionamento do setor e grandes possibilidades de expansão de outros serviços do hospital. Anteriormente não tínhamos capacidade para abrir novos serviços. Hoje, com a CME funcionando em sua plenitude, há essa possibilidade de crescimento”, destacou Eliane.

Ainda segundo a chefe do SADT, o layout inicial da nova CME foi desenvolvido pela equipe técnica de infraestrutura da UFCG e reestruturado com o auxílio de colaboradores da Rede Ebserh. Eliane explica que, após a contratualização com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, profissionais especializados em infraestrutura hospitalar da estatal sugeriram mais uma atualização no projeto, sob a perspectiva do dimensionamento do Centro Cirúrgico, da melhoria do fluxo de profissionais e da simplificação do funcionamento do processo no setor, atendendo rigorosamente às normas da vigilância sanitária.

A gestão do hospital investiu pesado em equipamentos modernos para oferecer o que há de melhor do mercado à população usuária do HUJB. Um exemplo foi a aquisição de uma termodesinfectadora de última geração. Materiais como seladoras, incubadoras, pistolas para limpeza e secagem de materiais também estão entre os modelos mais atuais.

Investimentos futuros constam do planejamento para a Central, e um deles é a compra, no próximo ano, de uma autoclave com tecnologia mais avançada. “O HUJB investiu recursos para que pudéssemos ter uma CME com potencial de desenvolvimento tecnológico tanto no que diz respeito a equipamentos como também na parte de consumo no diz respeito às embalagens para condicionamento dos materiais”, explicou.

ESPAÇO

A Central de Material e Esterilização do HU de Cajazeiras ocupa uma área de 100 metros quadrados estrategicamente localizada próximo aos chamados centros consumidores como salas de PPP (pré-parto, parto e pós-parto), UTI Neonatal, e Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (UCIN), Centro Cirúrgico, e unidades fornecedoras como farmácia, almoxarifado e lavanderias.

O ambiente foi fisicamente estruturado de acordo com a as exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e se divide em área de recepção e limpeza, área de acondicionamento do processo de esterilização, arsenal para guarda e distribuição de materiais esterilizados, além de vestiário com sanitário para funcionários, depósito de material de limpeza e área anexa para descanso dos colaboradores.

Para Eliane Leite, a CME é considera o “coração do hospital”, tamanha a sua relevância. “Isso porque é a partir dela que todos os outros setores dão continuidade à assistência aos pacientes. Assume um papel importante na prevenção de infecções e está intrinsecamente relacionada com a qualidade da assistência, pois realiza os diferentes processos de limpeza, desinfecção e esterilização de materiais necessários para a prática hospitalar. O mau funcionamento deste setor compromete a segurança do paciente”, conclui.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUJB-UFCG é filiado à Rede Ebserh, instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC) que administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Tribunal de Contas do Estado solicita plano financeiro ao IPAM de Cajazeiras

O Acompanhamento de Gestão do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (SAGRES do TCE) quer saber, no prazo de 15 dias, do prefeito José Aldemir Meireles (PP) a respeito da avaliação atuarial do exercício de 2018, o que envolve especialmente, o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) em Cajazeiras.

O TCE pediu para encaminhar à Corte a avaliação atuarial relativa aos dois fundos/planos instituídos (fundo/plano financeiro e fundo/plano capitalizado); legislação que trata: da criação do RPPS e da respectiva unidade gestora, e suas atualizações; dos conselhos, da segregação de massas, caso implantada; das alíquotas de contribuição (patronal – custo normal e suplementar e do segurado) vigentes no exercício de 2018; e da regulamentação do comitê de investimentos e suas atualizações; legislação que implementou o plano de amortização de déficit atuarial sugerido na avaliação atuarial de 2018 ou declaração de que não houve a implementação desse plano, caso a avaliação atuarial em questão tenha apontado a existência de déficit atuarial.

O Tribunal pede ainda o demonstrativo contábil dos aportes recebidos pelo RPPS no período de janeiro a junho de 2018, discriminando os valores relativos a aportes para cobertura de déficit atuarial, déficit financeiro (complementação da folha de benefícios), cobertura de despesas administrativas, e pagamento de outras despesas; ato de designação e comprovação da certificação do gestor dos investimentos do RPPS no exercício de 2018; ato de designação e comprovação da certificação dos membros do comitê de investimentos no exercício de 2018; política de investimentos para o exercício de 2018 e comprovação de sua aprovação pelo órgão deliberativo do RPPS competente; ato de nomeação dos membros dos conselhos previdenciários referente ao exercício de 2018, com a indicação de quem o membro representa de acordo com o ato normativo disciplinador; Atas das reuniões dos conselhos previdenciários realizadas em 2018.

DENÚNCIA EM 2017 – O vereador Moacir Menezes (DEM) usou a tribuna da Câmara Municipal de Cajazeiras para fazer uma grave denúncia contra a gestão municipal. De acordo com o parlamentar, de janeiro a abril de 2017, houve o desvio de R$ 1,9 milhão do Instituto de Previdência do município.

Segundo ele, em 31 de dezembro do ano passado os servidores tinham reservado R$ 8,5 milhões, dinheiro para garantir a aposentadoria. Já pelos dados do Portal da Transparência do Tribunal de Contas da Paraíba (Sagres), de 19 de maio, o valor reservado para aposentadoria caiu para R$ 6,6 milhões.

De acordo com o vereador, o dinheiro que deveria ser usado para aposentadorias está sendo utilizado para outros serviços da prefeitura e cria “um rombo na previdência”.

Na sessão, o vereador solicitou um requerimento, que foi aprovado pela maioria dos vereadores, para que contadores da Casa façam um levantamento sobre os dados. Após documentado, Menezes afirmou que iria encaminhar a denúncia ao Ministério Público, através da Procuradoria da Câmara.

Ainda segundo o vereador, a gestão deixou de repassar durante este mesmo período (janeiro, fevereiro, março e abril) o montante se R$ 3,5 milhões da parte de segurado e patronal. “Os prejuízos são imensos e os servidores municipais podem ficar sem aposentadorias no futuro”, finalizou.

 

Fonte: Coisas de Cajazeiras

porpjbarreto

Deputado Jeová Campos se reúne com a diretoria da Cagepa e cobra solução para a falta de água no Distrito de Divinópolis

A problemática do abastecimento d’água vivenciada pelos moradores do distrito de Divinópolis, em Cajazeiras, que há muito tempo clamam por água limpa e potável para realização de tarefas cotidianas, pode estar perto de ser solucionada. Isto porque, o deputado estadual Jeová Campos (PSB), mais conhecido como o ‘deputado das águas’, assumiu como uma das bandeias de luta de seu mandato a resolutividade deste problema que afeta os moradores daquela localidade.

Na última terça-feira (18) o parlamentar fez um pronunciamento na ALPB e na quarta (19) ele se reuniu com a diretoria da Cagepa e cobrou providências que resolvam definitivamente essa questão.

“Na próxima quinta-feira (27), técnicos da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba se reunião com moradores da localidade e verificarão, in loco, detalhes para a resolução deste problema antigo que é importante e, indiscutivelmente, precisa ser resolvido”, disse Jeová após a reunião na Cagepa.

Representantes da Associação dos moradores do Distrito de Divinópolis e região procuraram o deputado para pedir ajuda, já que muitos políticos prometem resolver o problema, mas, até agora só destinaram soluções paliativas. Segundo Jeová, o projeto que vai resolver definitivamente o problema e garantir o abastecimento do Distrito  e água nas torneiras das residências da localidade já está sendo elaborado. “Em breve, o povo do Distrito de Divinópolis terá água tratada em suas casas, não de forma esporádica, mas permanente. Esse é um pleito justo e urgente”, assegurou o parlamentar.

 

Com Assessoria

porpjbarreto

Candidata que é esposa de prefeito de importante cidade paraibana diz que marido tem amante e bancou salão. Escute!

Vem circulando nas redes sociais e grupos de WhatsApp no Sertão paraibano, desde o último final de semana, um áudio – onde um popular afirma que uma candidata que é esposa de um prefeito de importante cidade do interior paraibano tem amante e que o mesmo se relaciona com prostituas e bancou a montagem inteira de um salão para a atual “namorada” do referido gestor.

De acordo com o áudio abaixo, a nossa reportagem não identificou o autor da fala nem tão pouco, as pessoas envolvidas.

Vale salientar que em caso de direito de resposta, os evolvidos possam entram em contato com a nossa redação pelo e-mail: folhavip@yahoo.com.br

Redação – Folha VIP de Cajazeiras

porpjbarreto

Prefeito de Cajazeiras faz duras críticas em desfavor do deputado Jeová e chama Júnior Araújo de analfabeto. Escute!

Em entrevista à imprensa local na manhã desta terça-feira (18), o prefeito de Cajazeiras – José Aldemir Meireles (PP) fez duras críticas contra o deputado estadual Jeová Campos (PSB) e atribuiu ao candidato cajazeirense e advogado Junior Araújo (Avante), de o mesmo – não saber fazer uma petição e, nem tão pouco ter conhecimento dele ter soltado um preso de qualquer cadeia da região.

Fazendo referência ao deputado Jeová Vieira Campos, José Aldemir afirmou que Campos, sendo da base do governador Ricardo Coutinho (PSB), ele não tem força política e não consegue trazer uma UTI Neo Natal dentro do Hospital Regional de Cajazeiras.

Abaixo, é possível escutar as declarações pejorativas do chefe do executivo cajazeirense.

Redação – fmrural.com.br

porpjbarreto

Zé Maranhão faz carreatas em Lagoa e Jericó e comícios em Pombal e Condado

Depois de cumprir compromissos em Patos, a caravana Zé do Povo seguiu viagem para os municípios de Lagoa e Jericó. As cidades ficaram em festa, repletas de bandeiras e moradores cheios de animação para saudar o futuro governador da Paraíba.

Em uma breve fala antes de sair em carreata, Maranhão reforçou que pretende levar indústrias para interior e cuidar mais da saúde pública: “Eu vou reabrir a maternidade de Jericó. Quando estive no governo hospital funcionava, hoje muitos não estão mais nem abertos. “Um governador precisa manter uma boa relação com os gestões municipais.Eu quero fazer um governo humano, com a cara de cada um dos paraibanos”, disse.

A chegada de Maranhão em Pombal virou um verdadeiro arrastão. Centenas de moradores acompanharam o futuro governador até o palco do comício. Mais uma vez Zé destacou a preocupação com a saúde pública. “Além de cuidar da saúde de cada município, nós também vamos construir o Hospital de Trauma do sertão. A Paraíba não tinha hospitais desse modelo e fui eu quem fez o de João Pessoa e de Campina Grande. Eu já fiz e ainda vou fazer muito mais”, enfatizou.

A programação do domingo foi encerrada com mais um grande comício em Condado. Maranhão reforçou o compromisso com a melhoria de infraestrutura do município: “Eu tenho uma missão que é trabalhar para o desenvolvimento da Paraíba. Vamos fazer uma gestão inovadora e humana. Essas serão as nossas marcas.”

 

Assessoria