Após TCE-PB mandar gestor devolver R$ 568 mil, prefeito Allan Seixas emite nota de esclarecimento. Leia!

porpjbarreto

Após TCE-PB mandar gestor devolver R$ 568 mil, prefeito Allan Seixas emite nota de esclarecimento. Leia!

NOTA DE ESCLARECIMENTO PUBLICO

Em virtude de determinadas denúncias publicadas na net e no meio radiofônico, nestes últimos dias, o Prefeito Constitucional de Cachoeira dos Índios – PB, procurado por este Assessor de imprensa nos informou que no tangente as atuais publicações, (sobre superfaturamento, obras não licitadas, uso de empresa indevida. Bom, denúncias de ordem negativa) não é a primeira vez que coisa do tipo acontece. O TC da Paraíba está fazendo o seu papel de fiscal do erário público e quando encontra qualquer obra ou ação que por qualquer motivo não apresente conformidade com o padrão preestabelecido certamente uma denúncia surgira para elucidação real do fato. Não implica dizer em culpa ou qualquer outra coisa como insinuam dado grupo de pessoas. A administração goza de certos princípios que lhe dão capacidade de alterar a lei em benefício comum se afastando da regra imposta com o objetivo de atingir o princípio da finalidade e que após apuração, denuncia, defesa o resultado vem à tona e a verdade real surgirá.

Allan nos assegurou que estar tranquilo, nada fez de errado que venha lhe trazer prejuízo moral, ético ou que possa macular sua administração no sentido de ilicitude como desvio de verbas. Sua assessoria jurídica já estar se manifestando nos autos e é neste local que as provas são apresentadas para a palavra final do pleno do TC. Pena é que após ser julgada aprovada a ação questionada aqueles que cobram transparência não tenham hombridade de reconhecer que lançaram a pedra na pessoa errada. Isto já aconteceu antes, está acontecendo de novo, e provavelmente acontecerá no futuro. Mas, nada há a temer sobre estas últimas denúncias pois o ato foi licito, legal e obedeceu aos princípios administrativos que regem a coisa pública.

Assim, Allan se diz tranquilo, provará sua inocência e o TC faz correto sua função típica. Tudo está bem e afora o burburinho de cunho eminentemente político (fato comum a situação) Cachoeira segue sua rotina administrativa e apesar do Brasil estar afundado numa crise sobrenatural de ordem econômica que reflete nos municípios nossa cidade segue sua rotina normal e a saúde é um reflexo destas ações que ultrapassam ações que vão direto atender aos mais pobres com médicos morando inclusive em nossa cidade para uma melhor prestação. Daí pergunta-se: quando isto aconteceu antes?

Quanto a denúncias nada de novo além de especulações que morrerão após manifestação já impetrada nos autos e que ao final calará a qualquer um. Afirmou sereno o prefeito de Cachoeira dos Índios, Allan Seixas.

– PREFEITO ALLAN SEIXAS

Assessoria de Comunicação – PMCI

 

Assunto relacionado.::.

TCE manda prefeito devolver R$ 568 mil pagos a empresa sem comprovação de serviços

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta